Forum Espirita

GERAL => Psicologia & Espiritismo => Auto-Conhecimento => Tópico iniciado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 01:05

Título: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 01:05

Olá!

O ego é o falso, a parte ilusória que permite ao espírito conhecer o real, a verdade. Ou iludir o espírito eternamente.

...

Mantrams (afirmações)

«Eu» sou uma entidade— a minha mente é meu instrumento de expressão.
«Eu» existo independente, da minha mente e não dependo dela na minha existência ou no meu ser.

«Eu» sou senhor da minha mente e não seu escravo.

«Eu» posso pôr de lado minhas sensações, emoções, paixões; meus desejos, minhas faculdades intelectuais e todo o resto da minha colecção mental de instrumentos, como coisas pertencentes ao «Não-Eu» — e ainda permanece alguma coisa: — é o «Eu» que não pode ser pôsto de lado, porque é a minha verdadeira personalidade, a minha única consciência, o meu ser real — «Eu». Aquilo que resta depois de ser posto de lado, tudo que se pode pôr de lado, é o «Eu» — sou Eu mesmo — eterno, constante, imutável.

« Eu Sou uma manifestação da REALIDADE ». Eu SOU.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 01:20

Eu SOU.


Namasté

Permita-me discordar, amigo dim-dim.

Somente DEUS É.

abçs,

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 01:32

Somente DEUS É.


E o que é Deus? E o que é o Renato?

O livro dos Espíritos diz que Deus é a inteligência suprema e causa primária de TODAS as coisas, e diz que o Renato é um efeito.

E o que é um efeito?


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 01:41

Somente DEUS É.


E o que é Deus? E o que é o Renato?

O livro dos Espíritos diz que Deus é a inteligência suprema e causa primária de TODAS as coisas, e diz que o Renato é um efeito.

E o que é um efeito?


Namasté

Eu vou dizer viu!!! Estou conversando com uma americana lá no tópico de Spiritism English e uso o tradutor on-line.

Deveria ter um tradutor on-line também de espiritualismo professado em linguagem obscura e ininteligível

Deus É, e nós somos um "vir-a-ser", não é isso que foi ensinado pela Filosofia e a Teologia ocidental??

E a teologia oriental difere em que???

Haja paciência... ;D

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 01:51

Deus É, e nós somos um "vir-a-ser", não é isso que foi ensinado pela Filosofia e a Teologia ocidental??


Não sei. Nem sei o que é isso de "vir-a-ser".

Eu só perguntei o que é um efeito, que o livro dos Espíritos diz que é o Renato, nós.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: heitorcostadacruz em 22 de Abril de 2010, 03:45
Saudações!

"Enquanto Tudo está n’O TODO, é também verdade que O TODO está em Tudo.
Aquele que compreende realmente esta verdade alcançou o grande conhecimento." − O CAIBALION

Total paradoxo, não acham???

Se somos emanados da Divindade, fazemos parte da Divindade, e retornaremos a Divindade. Deus é imanente e transcendente ao mesmo tempo. Deus está em nós como identificação de nossa Centelha Divina, nossa Chispa Divina, portanto somos Unos com o Pai, porém sem perder a Individualidade. Os Cristãos buscam Deus de forma TRANSCENDENTAL, isto é, fora. Enquanto os Budistas buscam a Deus interiorizando-os de forma IMANENTE, isto é, dentro.

Os cristãos oram, transcendentalmente, os Budistas meditam imanentemente.

Assim declaro duas formas de evolução Espiritual, resolvido o mistério.


Paz e Luz!
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Marilene Dantas em 22 de Abril de 2010, 03:58
Ego do latim, indica o ponto da individualidade que recebe a maior influência exterior, por meio dos sentidos, tendo como função à comprovação da realidade e da sua aceitação, mediante uma seleção e um controle. O seu descontrole leva a pessoa ao egocentrismo, ou seja, fecha-se em si. É o que chamamos por “prisão psíquica. Trocando em miudos: O individuo que que tem o ego exarcebado é aquele que não tem senso de humildade, muito menos de caridade, o egocentrico sempre tem a última palavra, e a dele é sempre a mais certa,tudo gira ao seu redor.Indivíduo que acredita que tudo deve caminhar a seu favor, por achar que é o único a merecer; sem se preocupar com o seu semelhante. Infelismente o Ego ainda continua sendo um grande atributo as obsessões espirituais. Indico um livro:(NO LIMIAR DO ABISMO) do Dr. Inacio Ferreira (ESPIRITO),psicografia de Carlos Baceelli, que retrata o mal que o EGO pode fazer a um médium. Saude e PAZ o resto a gente tem por obrigação correr atrás.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: heitorcostadacruz em 22 de Abril de 2010, 04:00
Para uma compreensão adequada sobre essas idéias, coloco a disposição o livro Caibalion sobre o estudo da filosofia do antigo Egito e da Grécia.






Forte abraço!
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: heitorcostadacruz em 22 de Abril de 2010, 04:04
Boa noite Marilene e seja bem vinda!

Ótima iniciativa sua por colocar de forma expressiva o significado do EGO e também interessante a bibliografia postada.



Paz e Luz!
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Haga em 22 de Abril de 2010, 08:50
Definindo o ego
http://meeu.informe.com/02-definindo-o-ego-dt107.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL21lZXUuaW5mb3JtZS5jb20vMDItZGVmaW5pbmRvLW8tZWdvLWR0MTA3Lmh0bWw=)
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 22 de Abril de 2010, 09:38
Saudações!

"Enquanto Tudo está n’O TODO, é também verdade que O TODO está em Tudo.
Aquele que compreende realmente esta verdade alcançou o grande conhecimento." − O CAIBALION

Total paradoxo, não acham???

Se somos emanados da Divindade, fazemos parte da Divindade, e retornaremos a Divindade. Deus é imanente e transcendente ao mesmo tempo. Deus está em nós como identificação de nossa Centelha Divina, nossa Chispa Divina, portanto somos Unos com o Pai, porém sem perder a Individualidade. Os Cristãos buscam Deus de forma TRANSCENDENTAL, isto é, fora. Enquanto os Budistas buscam a Deus interiorizando-os de forma IMANENTE, isto é, dentro.

Os cristãos oram, transcendentalmente, os Budistas meditam imanentemente.

Assim declaro duas formas de evolução Espiritual, resolvido o mistério.


Paz e Luz!

Olá Heitor

Correcto todo o conceito que aqui nos trás.
Não sei quem é ou o que é o CAIBALION, mas sei que tenho colocado, por diversas vezes, este conceito por aqui.
O que significa que alcancei o grande conhecimento, eh, eh. ;D

Apenas dois pormenores;
- Ainda não somos unos com Deus, mas um dia seremos.
   Esta é uma questão ainda pouco entendida e que provoca muita contradição, mas um dia lá chegaremos.

- Aquilo que coloca em relação aos Cristãos e aos Budistas está correcto, mas verifique que tanto uns como os outros não seguem o ensinamento dos seus Avatares.
Enquanto Jesus nos ensinou a, também, nos virarmos para dentro de nós, coisa que os Cristãos não fazem, pois seguem a religião Judaica no seu procedimento de procurar Deus fora do Ser, igualmente Sidharta nos disse que o caminho certo é o do meio, aquele que associa o fora e o dentro.

Igualmente por diversas vezes afirmei, neste forum, que a evolução espiritual se faz pela associação dos dois processos, isto é, de dentro fora e de fora para dentro. De dentro para fora pela acção do Espírito ( com letra grande pois significa Deus no homem, ou  aquilo a que chamamos a centelha Divina ) sobre a matéria e de fora para dentro pela análise das coisas criadas.

Sobre a questão do ego pois, nada foi dito.

Atlante 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 22 de Abril de 2010, 09:50
Ego do latim, indica o ponto da individualidade que recebe a maior influência exterior, por meio dos sentidos, tendo como função à comprovação da realidade e da sua aceitação, mediante uma seleção e um controle. O seu descontrole leva a pessoa ao egocentrismo, ou seja, fecha-se em si. É o que chamamos por “prisão psíquica. Trocando em miudos: O individuo que que tem o ego exarcebado é aquele que não tem senso de humildade, muito menos de caridade, o egocentrico sempre tem a última palavra, e a dele é sempre a mais certa,tudo gira ao seu redor.Indivíduo que acredita que tudo deve caminhar a seu favor, por achar que é o único a merecer; sem se preocupar com o seu semelhante. Infelismente o Ego ainda continua sendo um grande atributo as obsessões espirituais. Indico um livro:(NO LIMIAR DO ABISMO) do Dr. Inacio Ferreira (ESPIRITO),psicografia de Carlos Baceelli, que retrata o mal que o EGO pode fazer a um médium. Saude e PAZ o resto a gente tem por obrigação correr atrás.
Olá
Afinal já temos aqui uma boa definição de ego.
Apenas retirava o fecha-se em si, pois isso não acontece nem pouco mais ou menos.
O egoista consider-se o centro do mundo. Tudo gira à sua volta, em sua função e em seu beneficio. Humildade zero, ele apenas procura protagonismo.
É a acção do chamado eu inferior, aquela parte de nós mais virada para as coisas do mundo. Mas que é essencial ao crecimento da alma.
Quando Jesus nos diz eu venci o mundo é a isto que se está referindo. O ego ou eu inferior, deixou de exercer qualquer influência sobre a alma que ele é.

Também se chama ao ego a personalidade. Quando se diz que uma pessoa tem uma personalidade forte significa que o ego exerce muita influência sobre si.

Ao contrário o eu superior, aquela parte de nós que nos liga ao lado espiritual, acordará na justa medida em que o ego for adormecido. O eu superior será então permanente conduzindo-nos à individualidade espiritual.

Um abraço.

Atlante 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Jorge em 22 de Abril de 2010, 10:01
Saudações!

"Enquanto Tudo está n’O TODO, é também verdade que O TODO está em Tudo.
Aquele que compreende realmente esta verdade alcançou o grande conhecimento." − O CAIBALION

Total paradoxo, não acham???

Se somos emanados da Divindade, fazemos parte da Divindade, e retornaremos a Divindade. Deus é imanente e transcendente ao mesmo tempo. Deus está em nós como identificação de nossa Centelha Divina, nossa Chispa Divina, portanto somos Unos com o Pai, porém sem perder a Individualidade. Os Cristãos buscam Deus de forma TRANSCENDENTAL, isto é, fora. Enquanto os Budistas buscam a Deus interiorizando-os de forma IMANENTE, isto é, dentro.

Os cristãos oram, transcendentalmente, os Budistas meditam imanentemente.

Assim declaro duas formas de evolução Espiritual, resolvido o mistério.


Paz e Luz!

Olá companheiros,

De facto, gostei bastante de ler estes pensamentos!

Eu também partilho desta linha de ideias!

Abraços.
Jorge
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 22 de Abril de 2010, 13:08
Todos os que aqui escrevemos somos egos. O ego é a personalidade, quer se chame João ou Maria. O ego é o instrumento de provas do espirito.

É no ego que estão escritas as provas, as vicissitudes (os altos e baixos ou as alternancias entre o prazer e a dor que acontecem durante a encarnação) e o momento do desencarne, tudo segundo a solicitação que o espirito fez antes de encarnar. O ego é como se fosse um HD com os programas ou joguinhos que o espirito vai vivenciar. É o ego quem continuamente mostra ao espirito o "mundo" do jeito que foi programado. Ao espirito cabe vivenciar a encarnação acreditando ou não no que o ego lhe conta.

Esta é a sua unica opção, ser escravo da mente ou ego ou senhor da mente ou ego.

O que caracteriza esta nossa época é a libertação em massa do ego. Para uma parcela da humanidade chegou o momento de deixar de ser escravo do ego para ser senhor do ego o que tambem significa des-humanizar-se, deixar de ser um espirito humanizado para tornar-se um espirito em regeneração. No Apocalipse isto foi descrito como "muitos serão chamados e poucos os escolhidos".
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 22 de Abril de 2010, 13:20
Somente DEUS É.

E se todos são deuses, cada um É. A questão é como descobrir (retirar a cobertura) enquanto vivendo sob o manto do ego, o que é muito dificil.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: MarcoALSilva em 22 de Abril de 2010, 14:50


Creio que uma analogia (ainda que pobre) sobre o pensamento do Anton seria:

Ego = software de inteligência artificial.
 
Espírito = o programador, que não consegue hodiernamente interferir no código de programação e, assim, se submete aos limites da inteligência artificial originariamente definida para cada encarnação.

Não sei se é exatamente isso... Estou ainda tentando entender.

Marco
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: heitorcostadacruz em 22 de Abril de 2010, 14:56
Saudações Amigos internautas!
Atlante
A palavra Caibalion na linguagem secreta significa tradição ou preceito manifestado por um Ser de cima. Esta palavra tem a mesma raiz que a palavra Qabala, Qibul, Qibal, com o acréscimo do ion, vida ou Ser manifestado, ou eon dos gnósticos.

Fio uma doutrina ensinada no antigo Egito por Hermes Trismegisto, o três vezes grande, isto é, foi rei, sacerdote e legislador. Seu nome Hermes, isto é hermético significa que esta fechado, secreto pois só o sabiam os iniciados das antigas fraternidades esotéricas.

Forte abraço!
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 15:49
O individuo que que tem o ego exarcebado é aquele que não tem senso de humildade, muito menos de caridade, o egocentrico sempre tem a última palavra, e a dele é sempre a mais certa,

;D ........

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 22 de Abril de 2010, 16:20
O individuo que que tem o ego exarcebado é aquele que não tem senso de humildade, muito menos de caridade, o egocentrico sempre tem a última palavra, e a dele é sempre a mais certa,

Esta é uma das caracteristicas do ego, uma faceta do egoismo em seu aspecto de posses morais. O individuo neste estado torna-se incapaz de apreender qualquer ideia diferente da sua pois ja "sabe" tudo. É um dos alicerces do dogmatismo. Costuma conduzir a longos periodos de perturbação espiritual.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 16:21
[Não sei quem é ou o que é o CAIBALION

lkkkkkkkk Esses espiritualistas rsrs

Vou continuar insistindo num ponto - e ele já foi reconhecido por alguns espiritualistas.

Falta a estruturação de uma linguagem, de uma conceituação clara, no afã de se tentar aventar uma "universalização" dos ensinos.  

Enquanto isso a coisa vai ficando complicada.

Mas que, bom que voltamos, não acha, Atlante?? ;D ----------> isso aqui é a continuação do tópico do livre-arbítrio apenas com outra roupagem...

É o que sempre digo, alia, aprendizado, com amizade, e... a diversão essa é garantida hehehee

abçs,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 16:27
Somente DEUS É.

E se todos são deuses, cada um É. A questão é como descobrir (retirar a cobertura) enquanto vivendo sob o manto do ego, o que é muito dificil.

Gente gente, vão estudar um pouco de filosofia, pelo amor de Deus!!

Não fiquem restringidos apenas ao muito citado, pouco lido, e raramente compreenndido LE. Se bem esse tem uma linguagem clara, acessível a todos, ainda que seja raramente compreendido. Mas em uma coisa acho que vcs concordam comigo: é melhor ser raramente compreendido, do que NUNCA ser compreendido não acham??

Pois, mas eu sei que uma hora a gente vai conseguir traduzir todos esses conceitos espiritualistas empolados, obscuros e ininteligíveis, afinal estamos aqui para isso.

ate mais

Renato

 

abçs,

Renato

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 22 de Abril de 2010, 16:36
Não fiquem restringidos apenas ao muito citado, pouco lido, e raramente compreenndido LE.

Isto não esta no muito citado, pouco lido, e raramente compreenndido LE, mas no ao mais ainda citado, bastante lido, e nada compreenndido evangelho.  :o
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 16:43
Não fiquem restringidos apenas ao muito citado, pouco lido, e raramente compreenndido LE.

Isto não esta no muito citado, pouco lido, e raramente compreenndido LE, mas no ao mais ainda citado, bastante lido, e nada compreenndido evangelho.  :o

Nada compreendido?? gostei dessa, mais uma para a nossa coleção de ensinos espiritualistas hehhee :D

abc

Renato

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 16:48


Creio que uma analogia (ainda que pobre) sobre o pensamento do Anton seria:

Ego = software de inteligência artificial.
 
Espírito = o programador, que não consegue hodiernamente interferir no código de programação e, assim, se submete aos limites da inteligência artificial originariamente definida para cada encarnação.

Não sei se é exatamente isso... Estou ainda tentando entender.

Marco

Bom, meu amigo... se você conseguiu fazer uma analogia do pensamento do Anton e "spiritualism company LTDA", está de parabéns...

Faz alguns meses que eu estou tentando entender alguma coisa, mas a gente ainda chega lá...

Será que o google não tem um tradutor de espiritualismo on-line?

Um abraço,

Renato


Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 17:26

Pois, mas eu sei que uma hora a gente vai conseguir traduzir todos esses conceitos espiritualistas empolados, obscuros e ininteligíveis, afinal estamos aqui para isso.


Isso é o que o ego faz o amigo Renato acreditar.

O ego também faz que o Renato acredite que tem pernas e braços, por isso o Renato ainda não conseguiu responder a tal afirmação do livro dos Espíritos: O Renato é um efeito. Eu só perguntei o que é um efeito?

O ego jamais acreditará que é um simples efeito.

Mas, o livro dos Espíritos não fala concretamente do ego (coisa que se compreende), mas diz a mesma coisa


" Allan Kardec "

266. Não parece natural que os Espíritos escolham as provas menos penosas?

– Para vós, sim; para o Espírito, não. Quando ele está liberto da matéria, cessa a ilusão, e a sua maneira de pensar é diferente.


A ilusão também pode cessar agora, pela compreensão do mundo, ilusório da razão.

É neste mundo ilusório da razão que 'vive' o ego.

A parte do livro dos Espíritos referente aos sonhos ainda tem muitos mais exemplos.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 17:31

" Allan Kardec "

266. Não parece natural que os Espíritos escolham as provas menos penosas?

– Para vós, sim; para o Espírito, não. Quando ele está liberto da matéria, cessa a ilusão, e a sua maneira de pensar é diferente.


A ilusão também pode cessar agora, pela compreensão do mundo, ilusório da razão.

É neste mundo ilusório da razão que 'vive' o ego.

A parte do livro dos Espíritos referente aos sonhos ainda tem muitos mais exemplos.


Namasté

Como?? mediante o desprendimento pelo sono, pelo estado êxtase, pelo sonâmbulismo e pela dupla vista??

Pois bem! e como é que os desenvolvemos para "fazer cessar a ilusão desde já"??

Um abraço,

Renato

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 17:36

Olá!

A resposta está aí na mensagem: Pela compreensão do mundo da razão.

Não é preciso dormir nem sonhar, é preciso compreensão e desprendimento, ser dono e senhor do pensamento.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 22 de Abril de 2010, 17:43
Saudações Amigos internautas!
Atlante
A palavra Caibalion na linguagem secreta significa tradição ou preceito manifestado por um Ser de cima. Esta palavra tem a mesma raiz que a palavra Qabala, Qibul, Qibal, com o acréscimo do ion, vida ou Ser manifestado, ou eon dos gnósticos.

Fio uma doutrina ensinada no antigo Egito por Hermes Trismegisto, o três vezes grande, isto é, foi rei, sacerdote e legislador. Seu nome Hermes, isto é hermético significa que esta fechado, secreto pois só o sabiam os iniciados das antigas fraternidades esotéricas.

Forte abraço!
Olá companheiro

Afinal é mais um nome para aquilo que conhecemos, daí o conceito ser igual.
O Hermes sim conheço a sua obra. Já por aqui coloquei algumas coisas sobre ele. É sobre a sua filosofia que foi desenvolvido tudo o conceito Rosacruz.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 17:47
Olá!

" Allan Kardec "

266. Não parece natural que os Espíritos escolham as provas menos penosas?

– Para vós, sim; para o Espírito, não. Quando ele está liberto da matéria, cessa a ilusão, e a sua maneira de pensar é diferente.



E, repare o amigo, que há aí duas formas de pensar, a real, do espírito, e a ilusória do ego. Cultural, o mundo da razão.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 17:49

Olá!

A resposta está aí na mensagem: Pela compreensão do mundo da razão.

Não é preciso dormir nem sonhar, é preciso compreensão e desprendimento, ser dono e senhor do pensamento.


Namasté

Mas que contradição!! você e o Anton vivem dizendo que não se é possível conhecer nada e tampouco de libertar do ego pela razão!

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 18:01
Olá!

" Allan Kardec "

266. Não parece natural que os Espíritos escolham as provas menos penosas?

– Para vós, sim; para o Espírito, não. Quando ele está liberto da matéria, cessa a ilusão, e a sua maneira de pensar é diferente.



E, repare o amigo, que há aí duas formas de pensar, a real, do espírito, e a ilusória do ego. Cultural, o mundo da razão.

Namasté

Mas que contradição!! você e o Anton vivem dizendo que não se é possível conhecer nada e tampouco de libertar do ego pela razão!


Não há contradição nenhuma, há é falta de compreensão do livro dos Espíritos.

Quando se compreende o mundo da razão já não se lhe dá mais nenhuma importância, cessa a ilusão, mas ela continua para quem não a compreendeu. Por isso é que eu só dou credibilidade à doutrina dos Espíritos. :o


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 22 de Abril de 2010, 18:02

Faz alguns meses que eu estou tentando entender alguma coisa, mas a gente ainda chega lá...

Renato


Olá Renato

Nem eles se conseguem entender a si mesmos, como quer o meu amigo entendê-los? Vai ser muito difícil.

Mas veja que um tópico, aberto sem base nem fundamento, por vezes pode tornar-se interessante. E não se preocupe com os espiritualistas, eles têm bases e fundamentos e não contrariam, em nada, a doutrina. O problema são aqueles que nada são, nem nada entenderam, só trazem confusão.

Sobre a questão do eu sou, o I Am do Shakespeare, parece que o meu amigo não entendeu ainda esta questão, mas também ninguém foi capaz de lhe explicar.
É o método Oriental para atingir o conhece-te a ti mesmo de Sócrates.
É interessante como tudo se conjuga entre as várias correntes espirituais.

Um abraço

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Jorge em 22 de Abril de 2010, 18:12
Uma interessante imagem sobre o EGO:

Abraços,
Jorge
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 18:23
Sobgre a questão do eu sou, o I Am do Shakespeare, parece que o meu amigo não entendeu ainda esta questão, mas também ninguém foi capaz de lhe explicar.
É o método Oriental para atingir o conhece-te a ti mesmo de Sócrates.
É interessante como tudo se conjuga entre as várias correntes espirituais.

Um abraço

Atlante

Sim, mas se eles não sabem explicar o que é de que adianta postar?? Na teologia ocidental, só Deus È, tudo o mais é um eterno vir-a-ser. Aí, eles dizem não conhecer esse be-a-bá da filosofia ocidental.

Desse modo gera confusão.

Concordo com você, que eles mesmos não se entendem, pois o Azuramaya entrou num dos tópicos do dim-dim, fez dois posts, e foi completamente ignorado. Não entendi porque, pois os dois são espiritualistas. Pensei que todos fossem mais unidos...

Mas vamos continuar. Eu gosto da sinceridade de todos os amigos daqui, porque se tem uma coisa  que me causa ojeriza é a hipocrisia e os sepulcros caiados.

Cabe a nós criticar e combater o legado do cristianismo enquanto opinião pública e hábitos sociais perniciosos enraízados. Está cheio  disso aqui no fórum. Mas aqui há espaço para todos, como num coração de mãe. É eles para lá nós para cá.


"Eles que eu digo", Anton são esses que NÃO LERAM o muito falado, pouco lido e raramente compreendido livros dos espíritos, O evangelho segundo o Espiritismo e outros mais

Que Deus nos abençôe a todos aqui,

abc,

Renato

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: heitorcostadacruz em 22 de Abril de 2010, 18:47
Querido Renato, esta questão é um tanto complexa porque necessita explicar toda a base do Ocultismo e como o Atlante mesmo mencionou que não há contradição na doutrina dos Espíritos. Eu estou estudando este campo do Ocultismo para melhor compreender a Doutrina Espírita e assim te ofereço o livro para uma compreensão básica destes princípios ocultos que até agora não vi contradição nenhuma somente acréscimo de conhecimentos.

o livro: Autocultura à Luz do Ocultismo. Autor: I. K. Taimni, vou ver se acho em pdf para postar aqui. Estou achando este livro fascinante.


Forte abraço!
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 18:51
Valeu Heitor, vou ver se acho o livro para comprar. Saberia me dizer a editora??

abçs,

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 22 de Abril de 2010, 19:02
Olá Renato

Nós estamos sempre aprendendo. Todas as correntes espirituais, na sua essência, dizem o mesmo. O problema é que muitas vezes as coisas estão veladas. Só quem tem o conhecimento as consegue entender. É o a quem muito tem muito lhe será dado de Jesus.
Veja o que nossos amigos nos dizem constantemente. Que nós não entendemos nada do livro dos espíritos, só eles.
Mas depois que vemos. Quase todas as citações que fazem de OLE estão fora de contexto, desenquadradas daquilo que procuram justificar.
São pessoas que da doutrina espírita não têm um minimo de entendimento. Se formos ver quando e como acederam à doutrina espírita, vamos verificar que foi há muito pouco tempo ou, noutros casos, o conhecimento que têm resulta da leitura simples de um ou outro livro da codificação. Ora não é por lermos os livros da codificação que vamos entender a doutrina espírita na sua essência, é necessário mais que isso.
Pensar que o conhecimento da doutrina pode ser obtido dessa forma é o mesmo que pensar que um leigo por estudar os livros de medicina se vai tornar médico. Não tem como.
Mas se perguntar como e quando acederam à doutrina logo lhe dirão que não tem nada com isso ou então irão por outro caminho que será bem pior.

Apenas vou colocar-lhe a questão de Deus é, como o meu amigo afirmou e muito bem.
Os Orientais partem de uma premissa para, através da meditação ou da concentração ( são coisas diferentes ), chegarem ao conhecimento daquilo que procuram.
Na questão de Deus eles partem da premissa de que Deus é. Ora se é, Ele será alguma coisa. O quê? Isso é o que vamos tentar saber. Ora através de todo o processo eles tomaram consciência de tudo e do Todo e chegaram à conclusão que não é possível definir Deus para fora de si mesmos. eus é algo que se sente mas não se consegue explicar.
Então eles acrescentaram como dinição final
Deus é o que é. Ele é o Todo que está em tudo.

Quando partimos do Deus é, partimos de um estado de ignorância. Quando chegamos ao Deus é o que é. Ele é o Todo que está em tudo, atingimos a plenitude da consciência e da sabedoria. Só que entre um ponto e outro, vai uma eternidade.

Agora verifique se não é isto que a doutrina espírita nos diz.

Onde está a incompreensão de nossos amigos? Apenas numa simples palavra. É e ESTÁ. Enquanto as correntes espirituais que nos apresentam e a própria doutrina espírita nos dizem que Deus ESTÁ em tudo, nossos amigos entendem que Deus É tudo. Depois é esta baralhação total.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: heitorcostadacruz em 22 de Abril de 2010, 19:03
Editora teosófica!  :)
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 19:09
Editora teosófica!  :)

humm teosófica?? acho que será difícil achar aqui na minha cidade,  mas  não impossível.

Muito obrigado Heitor,

Um abraço,

Renato
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: heitorcostadacruz em 22 de Abril de 2010, 19:24
Tem aqui na estantevirtual livros usados:

http://www.estantevirtual.com.br/mod_perl/busca.cgi?pchave=Autocultura+-+a+Luz+do+Ocultismo&tipo=simples&estante=%28todas+estantes%29&alvo=autor+ou+titulo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5lc3RhbnRldmlydHVhbC5jb20uYnIvbW9kX3BlcmwvYnVzY2EuY2dpP3BjaGF2ZT1BdXRvY3VsdHVyYSstK2ErTHV6K2RvK09jdWx0aXNtbyZhbXA7dGlwbz1zaW1wbGVzJmFtcDtlc3RhbnRlPSUyOHRvZGFzK2VzdGFudGVzJTI5JmFtcDthbHZvPWF1dG9yK291K3RpdHVsbw==)


ou no site do levir:

http://www.levir.com.br/livros/index4.php?ed=teosofica (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5sZXZpci5jb20uYnIvbGl2cm9zL2luZGV4NC5waHA/ZWQ9dGVvc29maWNh)




Abração!
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 22 de Abril de 2010, 19:28
Valeu Heitor...

Vou começar a estudar o Espiritualismo agora heheheee  ;)

Um abraço,

Renato

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 20:36

Olá!

Atenção!!

Terra. Um toque consciencial.
http://video.google.com/videoplay?docid=118133388754789445&ei=1ZeVS6bjO5HW-Aa5ztHlAg&q=terra.+um+toque+consciencial# (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3ZpZGVvLmdvb2dsZS5jb20vdmlkZW9wbGF5P2RvY2lkPTExODEzMzM4ODc1NDc4OTQ0NSZhbXA7ZWk9MVplVlM2YmpPNUhXLUFhNXp0SGxBZyZhbXA7cT10ZXJyYS4rdW0rdG9xdWUrY29uc2NpZW5jaWFsIw==)


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 21:29

Olá!

Ego, o falso centro-
- OSHO -

O primeiro ponto a ser compreendido é o ego. Uma criança nasce sem qualquer conhecimento, sem qualquer consciência de seu próprio eu. E quando uma criança nasce, a primeira coisa da qual ela se torna consciente não é ela mesma; a primeira coisa da qual ela se torna consciente é o outro. Isso é natural, porque os olhos se abrem para fora, as mãos tocam os outros, os ouvidos escutam os outros, a língua saboreia a comida e o nariz cheira o exterior. Todos esses sentidos abrem-se para fora.
O nascimento é isso.

Nascimento significa vir a este mundo, o mundo exterior. Assim, quando uma criança nasce, ela nasce neste mundo. Ela abre seus olhos, vê os outros.
O "outro" significa o tu.
Ela primeiro se torna consciente da mãe. Então, pouco a pouco, ela se torna consciente de seu próprio corpo. Este também é o outro, também pertence ao mundo. Ela está com fome e passa a sentir o corpo; quando sua necessidade é satisfeita, ela esquece o corpo.
É desta maneira que a criança cresce.

Primeiro ela se torna consciente do você, do tu, do outro, e então, pouco a pouco, contrastando com você, tu, ela se torna consciente de si mesma. Essa consciência é uma consciência refletida. Ela não está consciente de quem ela é. Ela está simplesmente consciente da mãe e do que esta pensa a seu respeito. Se a mãe sorri, se ela aprecia a criança, se diz: "Você é bonita", se ela a abraça e a beija, a criança sente-se bem a respeito de si mesma.
Agora um ego está nascendo.

Através da apreciação, do amor, do cuidado, ela sente que é boa, ela sente que tem valor, ela sente que tem importância. Um centro está nascendo.
Mas esse centro é um centro refletido. Ela não é o ser verdadeiro. A criança não sabe quem ela é; ela simplesmente sabe o que os outros pensam a seu respeito.

E esse é o ego: o reflexo, aquilo que os outros pensam. Se ninguém pensa que ela tem alguma utilidade, se ninguém a aprecia, se ninguém lhe sorri, então, também, um ego nasce - um ego doente, triste, rejeitado, como uma ferida; sentindo-se inferior, sem valor. Isso também é o ego. Isso também é um reflexo.

Primeiro a mãe - e mãe, no início, significa o mundo. Depois os outros se juntarão à mãe, e o mundo irá crescendo. E quanto mais o mundo cresce, mais complexo o ego se torna, porque muitas opiniões dos outros são refletidas.

O ego é um fenômeno acumulativo, um subproduto do viver com os outros. Se uma criança vive totalmente sozinha, ela nunca chegará a desenvolver um ego. Mas isso não vai ajudar. Ela permanecerá como um animal. Isso não significa que ela virá a conhecer o seu verdadeiro eu, não.

O verdadeiro pode ser conhecido somente através do falso, portanto, o ego é uma necessidade. Temos que passar por ele. Ela é uma disciplina. O verdadeiro pode ser conhecido somente através da ilusão. Você não pode conhecer a verdade diretamente. Primeiro você tem que conhecer aquilo que não é verdadeiro.

Primeiro você tem que encontrar o falso. Através desse encontro, você se torna capaz de conhecer a verdade. Se você conhece o falso como falso, a verdade nascerá em você.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 22 de Abril de 2010, 23:41

Sim, mas se eles não sabem explicar o que é de que adianta postar?? Na teologia ocidental, só Deus È, tudo o mais é um eterno vir-a-ser. Aí, eles dizem não conhecer esse be-a-bá da filosofia ocidental.

Desse modo gera confusão.


O problema, amigo Renato, não é o saber explicar, é o ego não saber sentir.

A consciência do espírito é sentimental, ele sente e sabe tudo instantaneamente pela intensidade dos sentimentos. É não-dual, liga-se com tudo.

O ego é individualista, dualista, está separado de tudo, não sabe sentir, raciocina apenas com os opostos, bom e mau, quente e frio, prazer e dor e assim por diante, por isso mesmo está sempre em sofrimento.

Para se chegar à verdade é preciso sentir o mundo a tempo inteiro e não raciociná-lo.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 23 de Abril de 2010, 22:03

Olá!

" Huberto Rohden "
O Sermão da Montanha

Não adianta analisar esse documento máximo da experiência crística. Só o compreende quem o viveu e vivenciou.
E, para preludiar o advento do reino de Deus sobre a face da terra, é necessário que cada homem individual realize dentro de si mesmo esse reino; que reserve cada dia, de manhã cedo, meia hora para se interiorizar totalmente no seu Eu Divino, no seu Cristo Interno, pela chamada meditação.

Durante a meditação, o homem se esvazia de todos os conteúdos de seu ego humano sem nada sentir, nada pensar, nada querer, expondo-se incondicionalmente à invasão da plenitude divina.
Onde há uma vacuidade acontece uma plenitude. O homem vazio de si é plenificado por Deus.

Mas, não se iluda! Quem vive 24 horas plenificado pelas coisas do ego — ganâncias, egoísmos, luxúrias, divertimentos profanos — não pode esvaizar-se desegoficar-se, em meia hora de meditação; esse se ilude e mistifica a si mesmo por um misticismo estéril. É indispensável que o homem que queira fazer uma meditação fecunda e eficiente, viva habitualmente desapegado das coisas supérfluas e se sirva somente das coisas necessárias para uma vida decentemente humana. Luxo e luxúria são lixo e tornam impossível uma vida em harmonia com o espírito do Cristo e do Evangelho.

O homem que queira ser crístico, não apenas cristão, necessita de viver uma vida 100% sincera consigo mesmo, e não se iludir com paliativos e camuflagens que lhe encubram a verdade sobre si mesmo.

Vai, leitor, conhece-te a ti mesmo! Realiza-te a ti mesmo! e serás profundamente feliz.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 23 de Abril de 2010, 22:35
Olá Renato


São pessoas que da doutrina espírita não têm um minimo de entendimento. Se formos ver quando e como acederam à doutrina espírita, vamos verificar que foi há muito pouco tempo ou, noutros casos, o conhecimento que têm resulta da leitura simples de um ou outro livro da codificação. Atlante

Olá Atlante. Mas quem foi que disse que eles "acederam há pouco tempo à Doutrina Espírita". Que!! não são espíritas. São respeitáveis estudiosos do Espiritualismo.

Por isso, desconsideram:
- os atavismo que trazemos do nosso passado espiritual;
- o grande e grave problema das obsessões;
- a influência da matéria no processo de gerar ou reforçar as paixões inferiores
- a auto-obsessão, que é pior do que a obsessão propriamente dita.

Sabe, meu amigo? Eu não posso jogar no lixo todos os meus livros do pós-Kardec só porque eles consideram "achismo". O Manoel P. de Miranda mesmo, influenciou muito, com suas obras, as terapias e tratamentos desobsessivos.

É com isto que as casas espíritas trabalham: foi essa a modalidade de auxílio e "modos e evolução" que os espíritas aprenderam. Falta a questão do auto-conhecimento?? talvez, porque nas obras de  Joanna de Ângelis, a questão do  auto-conhecimento, auto-descobrimento interior, o  processo de  se atingir a auto-consciência e a super-consciência (esta corresponde ao processo de "desumanização" que eles falam) está presente, então não se pode dizer que mesmo os espíritas tradicionais, com influências do catolicismo não tenham acesso a essa parte da "construção, reconstrução do eu interior".

Admiro e estou aprendendo o conhecimento que eles tem a nos passar, mas é óbvio que Doutrina Espírita, não se resume a um entendimento completo e impecável do muito citado,  pouco lido, e raramente compreendido Livro dos Espíritos

Um abraço,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 23 de Abril de 2010, 23:02
Olá Renato


São pessoas que da doutrina espírita não têm um minimo de entendimento. Se formos ver quando e como acederam à doutrina espírita, vamos verificar que foi há muito pouco tempo ou, noutros casos, o conhecimento que têm resulta da leitura simples de um ou outro livro da codificação. Atlante

Olá Atlante. Mas quem foi que disse que eles "acederam há pouco tempo à Doutrina Espírita". Que!! não são espíritas. São respeitáveis estudiosos do Espiritualismo.

Admiro e estou aprendendo o conhecimento que eles tem a nos passar, mas é óbvio que Doutrina Espírita, não se resume a um entendimento completo e impecável do muito citado,  pouco lido, e raramente compreendido Livro dos Espíritos


" Allan Kardec " - OLE -

A ciência espírita compreende duas partes: uma experimental, sobre as manifestações em geral, e outra filosófica, sobre as manifestações inteligentes. Todo aquele que somente observou a primeira está na posição de quem conhece a física apenas por experiências recreativas, sem ter penetrado a fundo na ciência.

A verdadeira Doutrina Espírita está no ensinamento dado pelos Espíritos, e os conhecimentos que esse ensinamento comporta são muito sérios para serem adquiridos de qualquer outro modo que não seja por um estudo atencioso e contínuo, feito no silêncio e no recolhimento, porque somente nessa condição pode-se observar um número infinito de fatos e de detalhes que escapam ao observador superficial e permitem firmar uma opinião.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 23 de Abril de 2010, 23:10
Citar
Allan Kardec: A verdadeira Doutrina Espírita está no ensinamento dado pelos Espíritos

Pois... os livros de André Luiz, M.P. de Miranda, Joanna de Ângelis, Emmanuel, Irmão X, Bezerra de Menezes, Meimei, Vianna de Carvalho, Victor Hugo, entre tantos outros, não constituem "ensinamento dado pelos Espíritos"?

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 23 de Abril de 2010, 23:24
Citar
Allan Kardec: A verdadeira Doutrina Espírita está no ensinamento dado pelos Espíritos

Pois... os livros de André Luiz, M.P. de Miranda, Joanna de Ângelis, Emmanuel, Irmão X, Bezerra de Menezes, Meimei, Vianna de Carvalho, Victor Hugo, entre tantos outros, não constituem "ensinamento dado pelos Espíritos"?


Não sei, amigo Renato. Praticamente não conheço essas obras.

Terá que se entregar ao recolhimento, ao silêncio interior para saber, como dizem os Espíritos, que aliás foi o que eu pretendi mostrar.

" Allan Kardec "

A verdadeira Doutrina Espírita está no ensinamento dado pelos Espíritos, e os conhecimentos que esse ensinamento comporta são muito sérios para serem adquiridos de qualquer outro modo que não seja por um estudo atencioso e contínuo, feito no silêncio e no recolhimento, porque somente nessa condição pode-se observar um número infinito de fatos e de detalhes que escapam ao observador superficial e permitem firmar uma opinião.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 23 de Abril de 2010, 23:38
Olá Renato

Pois é por isso que se chama doutrina espirita, porque foi ditada pelos espíritos.
Nós não podemos deixar de estudar e observar aquilo que esses nossos amigos nos dizem. Não significa que teremos que estar de acordo e aceitar tudo o que nos dizem, mas é bom que estudemos e que observemos para formar nossas ideias e nossos conceitos. E deverá ser sempre com nossas ideias e nossos conceitos que deveremos debater, pois esses são, efectivamente, a manifestação do que somos.
Nossos amigos, pelo contrário, levam o tempo a colocar textos de grandes pensadores(?), os ditos mestres, que chegaram áqueles pensamentos por força da sua acção. Mas esses são os pensamentos dos ditos mestres. O que me permite concluir que estão certos? Nada, são apenas pensamentos e teorias que procuram conquistar adeptos. E quantos destes levaram tantos ao suicidio.
Se estudarmos a Revistas Espírita, também lá vamos encontrar alguns destes ditos pensadores, que influenciaram tanta gente e que, em evocação espiritual,vêm reconhecer os seus erros e retratar-se dos mesmos. Como exemplo posso indicar Voltaire que, como espírito, tanto tem colaborado com a doutrina espírita.

Claro que sempre poderemos compreender a doutrina por um estudo continuo, feito no silencio e no recolhimento, de preferência feito no galinheiro observando as galinhas chocando seus ovinhos e dando grâozinhos a seus pintainhos.

Atlante  
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 23 de Abril de 2010, 23:40
Citar
Allan Kardec: A verdadeira Doutrina Espírita está no ensinamento dado pelos Espíritos

Pois... os livros de André Luiz, M.P. de Miranda, Joanna de Ângelis, Emmanuel, Irmão X, Bezerra de Menezes, Meimei, Vianna de Carvalho, Victor Hugo, entre tantos outros, não constituem "ensinamento dado pelos Espíritos"?


Não sei, amigo Renato. Praticamente não conheço essas obras.

Terá que se entregar ao recolhimento, ao silêncio interior para saber, como dizem os Espíritos, que aliás foi o que eu pretendi mostrar.

" Allan Kardec "

A verdadeira Doutrina Espírita está no ensinamento dado pelos Espíritos, e os conhecimentos que esse ensinamento comporta são muito sérios para serem adquiridos de qualquer outro modo que não seja por um estudo atencioso e contínuo, feito no silêncio e no recolhimento, porque somente nessa condição pode-se observar um número infinito de fatos e de detalhes que escapam ao observador superficial e permitem firmar uma opinião.


Namasté

Pois trate de ler, que isso é também Doutrina Espírita.

Estudar no recolhimento e no silêncio a Doutrina Espírita foi o que eu sempre fiz, numa época em que não existia essa bendita internet, então eu varava as noites, no silêncio da madrugada lendo e estudando o muito citado, pouco lido, e raramente compreendido Livro dos Espíritos e também o LM, o ESE, e A Gênese.

Até mais,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 23 de Abril de 2010, 23:42


Claro que sempre poderemos compreender a doutrina por um estudo continuo, feito no silencio e no recolhimento, de preferência feito no galinheiro observando as galinhas chocando seus ovinhos e dando grâozinhos a seus pintainhos.

Atlante  

Eita, você não perdoa eles mesmo hein!! me desculpem, mas é impossível não rir ... rs
Ainda bem que todos aqui são bem-humorados, e decerto que levam na brincadeira estas coisas.

abçs,

Renato

  
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 23 de Abril de 2010, 23:53

Pois trate de ler, que isso é também Doutrina Espírita.
 

Para quê, amigo Renato?

Já viu em algum lado eu dizer que sou espírita, espiritualista, que tenho religião, ou outra coisa qualquer? De certeza que não.

Sou simplesmente filho de Deus. Se quisesse ser outra coisa qualquer renegava a paternidade de Deus.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 24 de Abril de 2010, 00:07

Claro que sempre poderemos compreender a doutrina por um estudo continuo, feito no silencio e no recolhimento, de preferência feito no galinheiro observando as galinhas chocando seus ovinhos e dando grâozinhos a seus pintainhos.
 

Claro que sim amigo.

Aprende-se o caminho da inocência que nos liberta das intencionalidades, pelas quais Deus nos julga.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 24 de Abril de 2010, 15:16

Olá!

" Allan Kardec "

12. Quando considero a brevidade da vida, dolorosamente me impressiona a incessante preocupação de que é para vós objeto o bem-estar material, ao passo que tão pouca importância dais ao vosso aperfeiçoamento moral, a que pouco ou nenhum tempo consagrais e que, no entanto, é o que importa para a eternidade. Dir-se-ia, diante da atividade que desenvolveis, tratar-se de uma questão do mais alto interesse para a humanidade, quando não se trata, na maioria dos casos, senão de vos pordes em condições de satisfazer a necessidades exageradas, à vaidade, ou de vos entregardes a excessos. Que de penas, de amofinações, de tormentos cada um se impõe; que de noites de insônia, para aumentar haveres muitas vezes mais que suficientes! Por cúmulo de cegueira, freqüentemente se encontram pessoas, escravizadas a penosos trabalhos pelo amor imoderado da riqueza e dos gozos que ela proporciona, a se vangloriarem de viver uma existência dita de sacrifício e de mérito - como se trabalhassem para os outros e não para si mesmas! Insensatos! Credes, então, realmente, que vos serão levados em conta os cuidados e os esforços que despendeis movidos pelo egoísmo, pela cupidez ou pelo orgulho, enquanto negligenciais do vosso futuro, bem como dos deveres que a solidariedade fraterna impõe a todos os que gozam das vantagens da vida social? Unicamente no vosso corpo haveis pensado; seu bem-estar, seus prazeres foram o objeto exclusivo da vossa solicitude egoística. Por ele, que morre, desprezastes o vosso Espírito, que viverá sempre. Por isso mesmo, esse senhor tão animado e acariciado se tornou o vosso tirano; ele manda sobre o vosso Espírito, que se lhe constituiu escravo. Seria essa a finalidade da existência que Deus vos outorgou? -Um Espírito Protetor. (Cracóvia, l861.)


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 24 de Abril de 2010, 16:12


Claro que sempre poderemos compreender a doutrina por um estudo continuo, feito no silencio e no recolhimento, de preferência feito no galinheiro observando as galinhas chocando seus ovinhos e dando grâozinhos a seus pintainhos.

Atlante  

Eita, você não perdoa eles mesmo hein!! me desculpem, mas é impossível não rir ... rs
Ainda bem que todos aqui são bem-humorados, e decerto que levam na brincadeira estas coisas.

abçs,

Renato
  

Olá Renato

Sabe eu sigo aquela máxima Portugueasa que diz " vale mais perder um bom amigo que uma boa oportunidade "

Por outro lado é sempre uma tentativa der despertar estas consciências e levá-las a entender o que está escrito, ou, pelo menos, o que dizem.

Como pode verificar, nestes e noutros tópicos, a fantasia é persistente.

Sucede que a espiritualidade não se compadece com fantasias. Ela tem que ser tratada com todo o rigor, pés bem assentos no chão e muito questionamento. Este é um dos grandes ensinamentos de Kardec. Por alguma razão nos disse que é preferível rejeitar dez verdades que aceitar uma mentira. Mas nossos amigos que dizem ter compreendido a essência da doutrina, não sei como, desconhecem isso e preferem deslizar na maionese.

Um abraço

Atlante  
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 24 de Abril de 2010, 16:28

Pois trate de ler, que isso é também Doutrina Espírita.
 

Para quê, amigo Renato?

Já viu em algum lado eu dizer que sou espírita, espiritualista, que tenho religião, ou outra coisa qualquer? De certeza que não.

Sou simplesmente filho de Deus. Se quisesse ser outra coisa qualquer renegava a paternidade de Deus.

Namasté

Olá
Este post é a cereja em cima do bolo.

Não é espírita, coisa que já sabiamos há muito, mas conhece a essência da doutrina, como por diversas vezes já afirmou.
Não necessita estudar. Deve ser por isso que coloca como um mestre, já tudo sabe.
É filho de Deus, os outros não são.
Se fosse espírita teria renegado a paternidade. Devemos entender que os espíritas, por o serem, renegaram a paternidade Divina. Passaram a ser filhos de quem? Do demónio, claro.

Ora nosso amigo fez o seu percurso através do Xamanismo, como vamos entender o que afirma e porque afirma?

Depois não sendo espírita porquê citar tantas vezes OLE? Ainda por cima tentando dirigir aos outros mensagens que apenas a ele dirão respeito, certamente.

Atlante

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 24 de Abril de 2010, 18:02

Ora nosso amigo fez o seu percurso através do Xamanismo, como vamos entender o que afirma e porque afirma?
 

Bom, já que estamos a falar de ilusões... Os nomes não interessam.

A atenção que as galinhas dão aos ovos durante o choco :D é a atenção que desde a remota história os xamãs usaram para compreender o mundo espiritual, aliás, é Kardec que também nos diz que a doutrina dos espíritos sempre existiu na história da natureza e do homem. O que se compreende, apenas o mundo espiritual é real.

Por isso amigo, quando compreender essa ATENÇAO das galinhas sem usar pensamentos ou raciocínios compreende o mundo espiritual, e mais, liberta-se das ilusões. Não é que as ilusões acabem, simplesmente não lhes dá importância.

Ah, também não sou xamã, sou filho de Deus, sou a testemunha, nada mais.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 24 de Abril de 2010, 22:07

Olá!

" Allan Kardec "

Diz-se proverbialmente que há um deus para as crianças, para os loucos e para os ébrios. É mais veraz do que se supõe esse ditado. Aquele deus, outro não é senão o Espírito protetor, que vela pelo ser incapaz de se proteger, utilizando-se da sua própria razão.

15. - Nesta ordem de idéias, ainda mais longe se pode ir. Por muito racional que seja, essa teoria não resolve todas as dificuldades da questão.

Se observarmos os efeitos do instinto, notaremos, em primeiro lugar, uma unidade de vistas e de conjunto, uma segurança de resultados, que cessam logo que a inteligência o substitui. Demais, reconheceremos profunda sabedoria na apropriação tão perfeita e tão constante das faculdades instintivas às necessidades de cada espécie. Semelhante unidade de vistas não poderia existir sem a unidade de pensamento e esta é incompatível com a diversidade das aptidões individuais; só ela poderia produzir esse conjunto tão harmonioso que se realiza desde a origem dos tempos e em todos os climas, com uma regularidade, uma precisão matemáticas, cuja ausência jamais se nota. A uniformidade no que resulta das faculdades instintivas é um fato característico, que forçosamente implica a unidade da causa. Se a causa fosse inerente a cada individualidade, haveria tantas variedades de instintos quantos fossem os indivíduos, desde a planta até o homem. Um efeito geral, uniforme e constante, há de ter uma causa geral, uniforme e constante; um efeito que atesta sabedoria e previdência há de ter uma causa sábia e previdente. Ora, uma causa dessa natureza, sendo por força inteligente, não pode ser exclusivamente material.

Não se nos deparando nas criaturas, encarnadas ou desencarnadas, as qualidades necessárias à produção de tal resultado, temos que subir mais alto, isto é, ao próprio Criador. Se nos reportamos à explicação dada sobre a maneira por que se pode conceber a ação providencial (cap. II, nº 24); se figurarmos todos os seres penetrados do fluido divino, soberanamente inteligente, compreenderemos a sabedoria previdente e a unidade de vistas que presidem a todos os movimentos instintivos que se efetuam para o bem de cada indivíduo. Tanto mais ativa é essa solicitude, quanto menos recursos tem o indivíduo em si mesmo e na sua inteligência. Por isso é que ela se mostra maior e mais absoluta nos animais e nos seres inferiores, do que no homem.

Segundo essa teoria, compreende-se que o instinto seja um guia seguro. O instinto materno, o mais nobre de todos, que o materialismo rebaixa ao nível das forças atrativas da matéria, fica realçado e enobrecido. Em razão das suas conseqüências, não devia ele ser entregue às eventualidades caprichosas da inteligência e do livre-arbítrio. Por intermédio da mãe, o próprio Deus vela pelas suas criaturas que nascem.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 25 de Abril de 2010, 00:15

Olá!

" Allan Kardec "

O instinto é guia seguro, sempre bom. Pode, ao cabo de certo tempo, tornar-se inútil, porém nunca prejudicial. Enfraquece-se pela predominância da inteligência.

As paixões, nas primeiras idades da alma, têm de comum com o instinto o serem as criaturas solicitadas por uma força igualmente inconsciente. As paixões nascem principalmente das necessidades do corpo e dependem, mais do que o instinto, do organismo. O que, acima de tudo, as distingue do instinto é que são individuais e não produzem, como este último, efeitos gerais e uniformes; variam, ao contrário, de intensidade e de natureza, conforme os indivíduos. São úteis, como estimulante, até à eclosão do senso moral, que faz nasça de um ser passivo, um ser racional. Nesse momento, tornam-se não só inúteis, como nocivas ao progresso do Espírito, cuja desmaterialização retardam. Abrandam-se com o desenvolvimento da razão.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 03:06
O Ego é um zona de interferência entre o sensorial físico captado pelo sistema neural que nos faz sentir como corpos e todas as suas peias e necessidades fisiológicas e sexuais instintivas, porém, tendo a atividade racional como uma interface de ligação com o Conceito Universal de Mente ou , em sânscrito, Mahat, o princípio pensante que também participa da criação do Ahamkara (eu faço) ou egoísmo ou simplesmente Ego.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 25 de Abril de 2010, 14:44
O Ego é um zona de interferência entre o sensorial físico captado pelo sistema neural que nos faz sentir como corpos e todas as suas peias e necessidades fisiológicas e sexuais instintivas, porém, tendo a atividade racional como uma interface de ligação com o Conceito Universal de Mente ou , em sânscrito, Mahat, o princípio pensante que também participa da criação do Ahamkara (eu faço) ou egoísmo ou simplesmente Ego.

Permita-me fazer-lhe duas perguntas:

Sabe o que são espíritos?

Sabe o que significa amar e entregar-se a Deus sem reservas?


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 14:58
"O nosso ego tem vários comensais que desfilam e dançam com seus véus dissimulados e mal podemos ver quem de fato são. Suas reações se confundem com as nossas e às vezes pensamos que não poderíamos fazer certas coisas.
A ilusão de unicidade das nossas ações é tão somente reflexo da exteriorização através de um único canal físico, a individualidade do corpo.
Tais comensais através da história nos pregam peças e nos fazem passar "carão".
A maturidade, dita, espiritual não é o fato de matar essas faces e reminiscências de outrora assim como literalmente Ardjuna é persuadido a realizar por ordem da suprema personalidade de KRSHNA (Bhagavad Gita), mas apenas controlá-las e submetê-las.
O perfil da sociedade capitalista reagente aos estímulos é apenas o ceder constante a esses fantasmas que induzem freneticamente o corpo à sensação. Assim, a fome interna que habita cada um se manifesta, porém sem jamais ser a própria manifestação desse poder central, mas apenas um impulso periférico que respondia, outrora, por alguma função decisiva, mas que perdeu status e hoje se torna apenas uma sombra.
Vamos ser, no sentido de devemos ser, a réplica de um "arhat" (iniciado) até chegarmos ao nível de hierofante (mestre), pois o caminho do domínio não é apenas submeter os pequenos fluxos como os excessos carnais, mas realmente trazê-los todos cada vez mais brandos, ainda que ligeiramente, porém, uma reforma geral e nunca específica.

Namastê
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 15:00
Espíritos e amar a Deus.
O tempo vai te ensinar.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 25 de Abril de 2010, 15:10
Espíritos e amar a Deus.
O tempo vai te ensinar.

Já que não me respondeu, na essência, às perguntas, tenho que lhe perguntar agora o que é o tempo?


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 15:24
Primeiramente te agradeço pelo enquete, é sinal de avidez do saber e do confrontar novos conhecimentos.
A "ilusão dos sentidos" necessita do dissispar a instantaneidade, fato que transformaria todo o jogo da Creação (conforme Huberto Rohden) num evento sem repercussão, assim o tempo é o Centro dos fenômenos que pertencem ao jogo do Universo. Sem tempo, sem mérito, sem demérito, sem consciência, portanto o tempo é o próprio Pai.
A crença e definição a partir de uma visão montada sob um único ponto de vista é cômoda, porém infiel.
A própria noção de espírito é muito relativa dentro dos credos e filosofias.
Para algumas o Habal de Garmin ou um Döppel Ganger e assim sucessivamente, mas a amplidão do assunto excede em muito as 5000 letras a que disponho.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 25 de Abril de 2010, 15:38

A "ilusão dos sentidos" necessita do dissispar a instantaneidade, fato que transformaria todo o jogo da Creação (conforme Huberto Rohden) num evento sem repercussão, assim o tempo é o Centro dos fenômenos que pertencem ao jogo do Universo.

Sem tempo, sem mérito, sem demérito, sem consciência, portanto o tempo é o próprio Pai.


Desde quando e qual o porquê da ilusão dos sentidos, o afastamento do Pai?

Como é que se acaba com o tempo para se regressar ao Pai?


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 16:11
Meu caro Din-Din:

O conhecimento humano é muito vasto, complexo e relativo aos "conceitos" que cada um de nós carrega.
Conheci inúmeras doutrinas filosóficas, algumas mais a fundo, outras por especulação.
Dentre elas, o Kardecismo foi uma das que mais se aproxima da verdade complexa chamada de realidade, fenomênica ou simplesmente Natureza.
Tendo nascida da filosofia Vedanta, a visão de Kardec em muito seguiu essa vertente absolutamente assertiva no cerne do pensamento principal.
No entanto, as várias partes que empreenderam esse pensamento se separaram, da mesma forma com que tudo o que cresce, se desmembra e especializa.
Percebi nesses anos, que existem duas coisas principais que  o homem mediano aspira:
Uma delas é sair da esfera de incerta da vida e a outra é ter a certeza da sua imortalidade. Muitas empresas do espírito se coadunaram ao redor dessa máxima,  criando, a partir de premissas corretas, uma mitologia medíocre para alimentar a fome das massas.
Depois de jogar fora o acônito doutrinário de muitas filosofias, o homem chega a um nível de abstração diferenciado, porém isso pouco importa se não conseguir traduzir a teoria superior ao cotidiano inferior que na realidade consome quase toda a nossa energia e atenção nessa curta existência de atrelamento biológico.
Ao estudar tudo o que lhe chegar as mãos, você formará o seu mosaico, quando o mesmo te calçará como uma luva. Ao outro, com diferenças, haverão também luvas que na tua palma não se acertarão, pois cada um tem o seu nível de desenvolvimento.
Assim, seria inútil debater certos pontos de vista nascidos dos conceitos pessoais e conhecimento sobre física e metafísica.
Com certeza, você deve ter um conhecimento razoável para perceber isso e valorizar que cada opinião será amplamente entendida por aquele que já refletiu sobre o assunto.
Você já falou sobre amor de Deus e isso mostra ainda uma pessoa num determinado plano de relação com esse conceito.
Eu respeito as idades e entendo a forma peculiar de referência ao Demiurgo pela imaginação humana, ainda que isso seja apenas a idéia criada pelo pensamento humano através dos séculos de carência e dificuldade existencial.
Existem três deuses:
O emocional, o mental e o real!
Qual a composição desse conceito em nossas sinagogas?
Assim, ao tentar compreender o Ego, Maya, Mahat, Prakriti, e outros conceitos aos que Kardec se deparou e traduziu para o ocidental, descobriremos inúmeras e inusitadas coisas.
Por isso é bom estudar tudo, pois assim a nossa visão sempre se amplia.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 25 de Abril de 2010, 16:42

O conhecimento humano é muito vasto, complexo e relativo aos "conceitos" que cada um de nós carrega.


Este é o conhecimento ilusório que formata o tempo, por isso também ele ilusório. Este é o conhecimento (estória pessoal) que nos separou do Pai, é o mundo da razão, egoísta, que é presentemente enfatizado, mas a maior parte da nossa existência foi vivida juntos com o Pai, o conhecimento silencioso que não pensa não fala nem julga nada. Somos o princípio inteligente do universo iludidos com a valorização dos opostos dos sentimentos. O espírito é uma consciência, um aglomerado de sentimentos, não há ser humano. O ser humano é a estória pessoal.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 16:57

Há confusão entre "SER" e "EGO". Mas isso é comum pela falta de doutrina esotérica à cerca dos pretensos conhecimentos ocultos.
O Altar Mór só pode ser acessado pelos hierofantes e nós, apenas temos acesso ao átrio.
O Saber não é ilusório e o Ego é a interferência entre a contraparte física e mental.
Você pode ser muito espiritualista, mas sente dor, fome e está sujeito a estória pessoal, ou seja, seu ego.
Espírito é um termo amplo que admite várias teorias em várias filosofias, mas você o entende pelo prisma do kardecismo, assim como outros conceitos.
Voltamos ao que falei, ou seja.
Quando o conhecimento for amplo o que é estreito se torna capaz de comportar o menor, mas o menor não comporta o maior.
A própria interpretação antropomórfica do Demiurgo e um sinal de que o ego ainda é Ego e não alcançou o estado de libertação das forma ilusórias.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 17:10
Primeiramente te agradeço pelo enquete, é sinal de avidez do saber e do confrontar novos conhecimentos.

Olá Azuramaya,

Se eu conheço o dim-dim  (acho que conheço um pouco), o "enquete" dele tem outras finalidades, quais sejam - uma delas - aplicar-lhe a "dialética socrática" - muito embora,  aparentemente você tenha muito a ensinar a ele.  :)

Bons debates,  


Renato  

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 17:19
Salve Renato!
A gente, digo nós, nos preocupamos com a parte teórica e assim o Dim-Dim, Você eu e quase todos aqui gostamos de expor nossos conhecimentos e dar novos pontos de vista às coisas e problemas antigos.
Mas a verdade é que conheci inúmeros espíritas, evangélicos, católicos e outros adeptos e sectários que tinham muita fé e conheciam de trás pra frente o regimento de suas doutrinas, mas diversos deles eram daquele tipo de pessoa que estacionava o carro na vaga pra aleijados.
Assim, não existe complicação!
Ser cristão, estudar sempre para ampliar os horizontes e nunca fechá-los!

O "Namastê" cumprimento hindu que se dirige ao "SER", não se aplica ao Ego, coisa que o ocidental não consegue entender pelo simples fato de ele se olhar no espelho e falar:
Eu sou o Paulinho, Juquinha, Marquinho, sendo porém o seu "SER" eterno e absoluto ainda desconhecido!.

POis assim eu não cumprimento o Dim-Dim, mas o seu "SER":

Namastê
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 25 de Abril de 2010, 17:22
Azuramaya é um ego. Dim-dim é um ego. Achar que sabe alguma coisa é papo de ego. Esperar algo acontecer no futuro é papo de ego. Falar bonito é papo de ego. Achar é coisa de ego. Opinar é coisa de ego.

Isto responde a pergunta do tópico: o que é o ego?
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 25 de Abril de 2010, 17:34
Azuramaya é um ego. Dim-dim é um ego. Achar que sabe alguma coisa é papo de ego. Esperar algo acontecer no futuro é papo de ego. Falar bonito é papo de ego. Achar é coisa de ego. Opinar é coisa de ego.

Isto responde a pergunta do tópico: o que é o ego?

Pois é.

O espírito não acha nada, Deus dá-lhe a todo o instante tudo o que necessita vivenciar.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 17:49
Perfeito!
Todos somos ego!
É isso mesmo!
Se fôssemos espírito, daríamos tudo aos pobres e seguiriamos a viver como os pássaros.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: MarcoALSilva em 25 de Abril de 2010, 17:58

"Eu estou mentindo!"

Se for mentira o que digo, é verdade.
Se for verdade o que digo, é mentira.

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 25 de Abril de 2010, 18:09
Perfeito!
Todos somos ego!
É isso mesmo!
Se fôssemos espírito, daríamos tudo aos pobres e seguiriamos a viver como os pássaros.

Olá
E o Anton é um ego.
Então estamos todos na mesma condição de egos.

Sendo assim porque razão as coisas que o egos Anton e Dim Dim dizem estão correctas e aquilo que os outros dizem estão erradas, porque vindas de egos vivendo em ilusão?

É tudo muito estranho na mente destes egos.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 18:13
A confusão entre "Âtman" e "Purusha" ainda é compreensível, mas entre Kama-Manas e Âtman é erro crasso.
Não podemos confundir o estado com algo físico, ainda que seja quase imaterial.
O estado de "Ahamkara" não é um corpo, mas um estado e o "Corpo causal" é a última partícula que carrega as vivências do ego, recebendo um nome especial que me esqueci.
A rigor, para algumas doutrinas, espírito é qualquer coisa que não seja físico, o que não é verdade.
Os cascões astrais são o exemplo disso.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 25 de Abril de 2010, 18:14

O conhecimento humano é muito vasto, complexo e relativo aos "conceitos" que cada um de nós carrega.


Este é o conhecimento ilusório que formata o tempo, por isso também ele ilusório. Este é o conhecimento (estória pessoal) que nos separou do Pai, é o mundo da razão, egoísta, que é presentemente enfatizado, mas a maior parte da nossa existência foi vivida juntos com o Pai, o conhecimento silencioso que não pensa não fala nem julga nada. Somos o princípio inteligente do universo iludidos com a valorização dos opostos dos sentimentos. O espírito é uma consciência, um aglomerado de sentimentos, não há ser humano. O ser humano é a estória pessoal.


Namasté

Supunha que o Principio Inteligente do Universo era Deus, afinal somos nós.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 18:17
Ego é o complexo formado pela experiência exterior física e a alucinação dos sentidos que impinge a idéia de que o corpo seja o "SER".
Na realidade, vocês e eu, não sabemos quem somos....!
Isso é o básico e se não entender isso, não há espiritualidade na vivência!
Então Atlante:
Somos Deus ou estado d'Ele. Perfeito.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 25 de Abril de 2010, 18:23

A rigor, para algumas doutrinas, espírito é qualquer coisa que não seja físico, o que não é verdade.
Os cascões astrais são o exemplo disso.

Olá companheiro

Aqui não estamos de acordo.
Os, ditos, cascões astrais nada mais são que o corpo astral em decomposição.
Eles existem enquanto existir energia que coordene suas funções. Mas essa energia não se renova.
Não podemos confundir o corpo, seja ele qual for, com o espírito.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 25 de Abril de 2010, 18:26

O conhecimento humano é muito vasto, complexo e relativo aos "conceitos" que cada um de nós carrega.


Este é o conhecimento ilusório que formata o tempo, por isso também ele ilusório. Este é o conhecimento (estória pessoal) que nos separou do Pai, é o mundo da razão, egoísta, que é presentemente enfatizado, mas a maior parte da nossa existência foi vivida juntos com o Pai, o conhecimento silencioso que não pensa não fala nem julga nada. Somos o princípio inteligente do universo iludidos com a valorização dos opostos dos sentimentos. O espírito é uma consciência, um aglomerado de sentimentos, não há ser humano. O ser humano é a estória pessoal.


Namasté

Supunha que o Principio Inteligente do Universo era Deus, afinal somos nós.

Atlante

Está bem, da próxima vez acrescento: Individualização do...


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: arcam em 25 de Abril de 2010, 18:31
       
         Depois de ler alguma coisa, aquí com vcs, descobrí que o Ego é um Espirito vivendo na ilusão...
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 18:39
Perfeito!
Todos somos ego!
É isso mesmo!
Se fôssemos espírito, daríamos tudo aos pobres e seguiriamos a viver como os pássaros.

Olá
E o Anton é um ego.
Então estamos todos na mesma condição de egos.

Sendo assim porque razão as coisas que o egos Anton e Dim Dim dizem estão correctas e aquilo que os outros dizem estão erradas, porque vindas de egos vivendo em ilusão?

É tudo muito estranho na mente destes egos.

Atlante

:D pois é...

Aliás o Anton  anda meio sumido, será que tirou férias do fórum??

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 18:57
Deuses não me preocupam.
Espíritos não me preocupam.
Egos e corpos me preocupam!
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 25 de Abril de 2010, 19:17
E o Anton é um ego.
Então estamos todos na mesma condição de egos.
Sendo assim porque razão as coisas que o egos Anton e Dim Dim dizem estão correctas e aquilo que os outros dizem estão erradas, porque vindas de egos vivendo em ilusão?

Esta opinião é caracteristica de um ego completamente imerso em ilusões, porque o Anton nunca disse que alguem, seja quem for, fazendo o que estiver fazendo, esta errado, porque o Anton não usa estes termos que não existem no universo.

Ora. se Deus é a causa primaria de todas as coisas, dizer que alguem ou alguma coisa esta errada é uma visão parcial, irrealidade ou ilusão, é afirmar o desamor a Deus e o amor aos seres criados, os egos e a si proprio em primeiro lugar... É a apologia do individualismo que contraria o universalismo pregado pelos espiritos da codificação.

Este o motivo de sempre recomendar a todos mais estudo do muito citado, pouco lido e praticamente nada compreendido Livro dos Espiritos.

Mas a interpretação individualista do LE não esta errada, apenas mostra que o espirito  ainda cre nas criações de sua mente (ou ego), que são frutos dos sentimentos que nutre em casa instante. Mudando os sentimentos, perdendo o espirito o apego moral as verdades que lhe são sugeridas pela mente, modifica-se o seu mundo mental e passa a compreender o que no momento não compreende.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: FalunGong em 25 de Abril de 2010, 19:18
Para nós tudo é ilusório, mas para que serve a ilusão???
Ilusão de comer, beber, ir no banheiro, achar que temos pais, irmãos, conjuge,que possuimos coisas e pessoas,etc

Qual a finalidade?

Paz nos vossos corações
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 25 de Abril de 2010, 19:21
Supunha que o Principio Inteligente do Universo era Deus, afinal somos nós.

Consulte o muito citado, pouco lido e quase nada comprendido Livro dos Espiritos.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 25 de Abril de 2010, 19:26
Depois de ler alguma coisa, aquí com vcs, descobrí que o Ego é um Espirito vivendo na ilusão...

arcam,

Se voce não anexar e nem acrescentar absolutamente nada, independentemente da doutrina, cultura e lingua de onde provenha, ao que voce escreveu acima, e não se esqueçer um instante disto, voce esta proximo de comprender a si mesmo e ao universo.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 25 de Abril de 2010, 19:32
Aliás o Anton  anda meio sumido, será que tirou férias do fórum??

Tirei e estou tirando... Tem muita gente boa neste forum que ja esta expressando uma compreensão um pouco mais esclarecida do Livro dos Espiritos.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 25 de Abril de 2010, 19:39
Para nós tudo é ilusório, mas para que serve a ilusão???
Ilusão de comer, beber, ir no banheiro, achar que temos pais, irmãos, conjuge,que possuimos coisas e pessoas,etc
Qual a finalidade?

O espirito não possui forma, orgãos, membros, nada que reporte ao mundo material. E é somente atraves da imersão na ilusão que consegue perceber um mundo de percepções e reagir a cada uma delas e com isto formatar o sentimento de amor universal, o amor a Deus. A ilusão é a escola do espirito na fase em que nos encontramos.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 25 de Abril de 2010, 19:52
E o Anton é um ego.
Então estamos todos na mesma condição de egos.
Sendo assim porque razão as coisas que o egos Anton e Dim Dim dizem estão correctas e aquilo que os outros dizem estão erradas, porque vindas de egos vivendo em ilusão?

Esta opinião é caracteristica de um ego completamente imerso em ilusões, porque o Anton nunca disse que alguem, seja quem for, fazendo o que estiver fazendo, esta errado, porque o Anton não usa estes termos que não existem no universo.

Ora. se Deus é a causa primaria de todas as coisas, dizer que alguem ou alguma coisa esta errada é uma visão parcial, irrealidade ou ilusão, é afirmar o desamor a Deus e o amor aos seres criados, os egos e a si proprio em primeiro lugar... É a apologia do individualismo que contraria o universalismo pregado pelos espiritos da codificação.

Este o motivo de sempre recomendar a todos mais estudo do muito citado, pouco lido e praticamente nada compreendido Livro dos Espiritos.

Mas a interpretação individualista do LE não esta errada, apenas mostra que o espirito  ainda cre nas criações de sua mente (ou ego), que são frutos dos sentimentos que nutre em casa instante. Mudando os sentimentos, perdendo o espirito o apego moral as verdades que lhe são sugeridas pela mente, modifica-se o seu mundo mental e passa a compreender o que no momento não compreende.

Oh Anton

Tenha dó.
Se o meu amigo leva o tempo a contradizer aquilo que os outros afirmam, isso significa o quê?
Que os outros estão certinhos, o meu amigo é que está errado?
Quando aconselha aos outros, como voltou a acontecer, a leitura do muito citado, pouco lido e nada compreendido, mas infinitamente compreendido por si ( graças a Deus ), está passando, aos outros, um atestado de superior inteligência.
Depois essa mania de que, só o seu ego, interpretou correctamente o Livro dos Espíritos é de bradar aos céus.
Depois essas afirmações constantes de que os outros não amam a Deus, são individualistas e não sei quanto mais são para quê?
Ainda não percebeu que isso não pega?
Depois eu é que estou mergulhado em ilusão.
Já admitiu alguma vez estar errado? Claro que não.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: arcam em 25 de Abril de 2010, 20:09
Pois é, na condição de espiritos imperfeitos vivemos nas ilusões das paixões, defendendo nossos pontos de vista sem atentar que ao nosso lado há companheiros com outros entendimentos sobre um mesmo assunto, são pontos de vista divergentes aflorados pelo Ego...
Para nós tudo é ilusório, mas para que serve a ilusão???
Ilusão de comer, beber, ir no banheiro, achar que temos pais, irmãos, conjuge,que possuimos coisas e pessoas,etc
Qual a finalidade?

O espirito não possui forma, orgãos, membros, nada que reporte ao mundo material. E é somente atraves da imersão na ilusão que consegue perceber um mundo de percepções e reagir a cada uma delas e com isto formatar o sentimento de amor universal, o amor a Deus. A ilusão é a escola do espirito na fase em que nos encontramos.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 25 de Abril de 2010, 20:14
Supunha que o Principio Inteligente do Universo era Deus, afinal somos nós.

Consulte o muito citado, pouco lido e quase nada comprendido Livro dos Espiritos.

Oh pois claro
A pergunta foi colocada para o Dim Dim, que por sinal saiu-se bem, mas veio o professor com seu brilhantismo e esbarrou mais uma vez.
Em lado nenhum da codificação está escrito que os espíritos são o Principio Inteligente do Universo. Bem pelo contrário o que está escrito é que os espíritos foram criados simples e ignorantes. Se foram criados simples e ignorantes como podem ser o Principio Inteligente do Universo? De forma alguma.
Mas vamos esclarecer melhor para que não restem dúvidas.
A confusão do Anton, já agora também me permito deduzir alguma coisa, não pode ser só o nosso amigo, resulta da questão 23 de OLE. Mas aqui estamos falando de Deus e não das suas criaturas, isto é, estamos falando do Espírito e não dos espíritos.
Podemos compreender esta diferença verificando a questão 76 de OLE e a nota de Kardec à referida questão.
Q 76 - Que definição se podem dar dos espíritos?

R - Pode dizer-se que os espíritos são os seres inteligentes da criação. Povoam o Universo, fora do mundo material.

Nota - A palavra Espírito é empregada aqui para designar as individualidades dos seres extracorpórios e não mais o elemento inteligente do universo.

Percebe a diferença companheiro?

Atlante
 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: arcam em 25 de Abril de 2010, 20:39
 Nada disso. Estou na condição de uma consciencia bastante imperfeita a procura de esclarecimentos para melhor entender essa coisa que fala mais alto, que é o Ego. A minha percepção está ainda bastante acanhada nesse sentido.
Arcam
Depois de ler alguma coisa, aquí com vcs, descobrí que o Ego é um Espirito vivendo na ilusão...

arcam,

Se voce não anexar e nem acrescentar absolutamente nada, independentemente da doutrina, cultura e lingua de onde provenha, ao que voce escreveu acima, e não se esqueçer um instante disto, voce esta proximo de comprender a si mesmo e ao universo.

Sem dúvida alguma
O arcam acabou de se iluminar. A partir daqui poderemos chamá-lo de mestre.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 21:31
Terminei a leitura das novas mensagens  no tópico.
Amigos, tenho uma dúvida (não é dialética socrática não - tão ao sabor do nosso amigo dim-dim - é que eu não sei mesmo.
 
No livro do Hernani Guimarães Andrade, Espírito, Perispírito e Alma: ensaio sobre o Modelo Organizador Biológico em algum lugar ou capítulo por lá, ele diz que, a cada reencarnação temos uma personalidade diferente.

Pois bem! Trazemos das reencarnações passadas todos os nossos gostos, paixões, aprendizados, defeitos virtudes, costumes, para a reencarnação atual. Mas o que seria exatamente dizer que "a cada reencarnação temos uma personalidade diferente"? Quereria dizer que, a cada reencarnação assumimos "outro personagem", de modo que, as provas escolhidas são de  natureza diferente?? E quando o Espírito recapitula a mesma prova??

Se, retornamos à Terra sempre com os mesmos vícios e paixões, o personagem  não seria o mesmo que incorporamos  em outras vidas??

Me perdoem pela minha ignorância, mas é que esse assunto eu não sei mesmo e ficaria  feliz se os amigos pudessem elucidá-la,

Obrigado,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 21:44

Q 76 - Que definição se podem dar dos espíritos?

R - Pode dizer-se que os espíritos são os seres inteligentes da criação. Povoam o Universo, fora do mundo material.

Nota - A palavra Espírito é empregada aqui para designar as individualidades dos seres extracorpórios e não mais o elemento inteligente do universo.

Percebe a diferença companheiro?

Atlante
 

Olá Atlante. Essa dele (o dim-dim) dizer que os espíritos (sic) são o "princípio inteligente do universo" (sic) mandou mal mesmo, foi o mesmo que fazer um gol contra.


Até a pergunta 76, os Espíritos usam o termo espírito em minúscula, que significa o "princípio inteligente do universo", e, da questão 76 em diante, passam a utilizar Espírito, que são os seres com auto-consciência.

Parece banal essa diferenciação, mas ela cria muita confusão quando se está discutindo por exemplo, a questão da Evolução do espírito, que é uma coisa, e Evolução do Espírito, que é  outra completamente diferente.

E assim, torna-se evidente que o muito citado, pouco lido e tampouco compreendido LE parece estar meio empoeirado em suas bibliotecas, ou então foi porque o site do Portal do Espírito estava em reformas há dias atrás ;D

abçs


Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 22:11
"O nosso ego tem vários comensais que desfilam e dançam com seus véus dissimulados e mal podemos ver quem de fato são. Suas reações se confundem com as nossas e às vezes pensamos que não poderíamos fazer certas coisas.
A ilusão de unicidade das nossas ações é tão somente reflexo da exteriorização através de um único canal físico, a individualidade do corpo.
Tais comensais através da história nos pregam peças e nos fazem passar "carão".
A maturidade, dita, espiritual não é o fato de matar essas faces e reminiscências de outrora assim como literalmente Ardjuna é persuadido a realizar por ordem da suprema personalidade de KRSHNA (Bhagavad Gita), mas apenas controlá-las e submetê-las.


Olá Azuramaya, você está se referindo aos Espíritos desencarnados (obsessores), quando fala de "comensais"?

abçs,

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 22:35
Primeiramente te agradeço pelo enquete, é sinal de avidez do saber e do confrontar novos conhecimentos.
A "ilusão dos sentidos" necessita do dissispar a instantaneidade, fato que transformaria todo o jogo da Creação (conforme Huberto Rohden) num evento sem repercussão, assim o tempo é o Centro dos fenômenos que pertencem ao jogo do Universo. Sem tempo, sem mérito, sem demérito, sem consciência, portanto o tempo é o próprio Pai.
A crença e definição a partir de uma visão montada sob um único ponto de vista é cômoda, porém infiel.
A própria noção de espírito é muito relativa dentro dos credos e filosofias.
Para algumas o Habal de Garmin ou um Döppel Ganger e assim sucessivamente, mas a amplidão do assunto excede em muito as 5000 letras a que disponho.

Pois acho bom você se valer dos 5000 caracteres. Se não for possível, continue na outra página.

Bem, vc diz que o tempo é o "Centro dos fenômenos que pertencem ao jogo do Universo".

Como assim?? de que "universo" você fala?? do universo de matéria luminosa (corresponde a absurdos 0,4% do todo; matéria luminosa que eu falo não são somente estrelas e quasares não, são qualquer corpo que emite radiação dentro do espectro-eletromagnético. Ex. rádio-galáxias, como a Rádio-galáxia do Centauro, vista com binóculos ) ou do Universo de uma maneira geral??

Lemos em A Gênese Segundo o Espiritismo que o tempo é gerado pela rotação dos orbes  em torno do próprio eixo, o que está de acordo com a ciência. Jà o espaço-tempo de Einstein seria completamente diferente uma vez que, é devido à deformação do  "espaço" que o tempo pode sofrer variações (Einstein utiliza "deformação do espaço-tempo"). Porque, desse modo o tempo "passaria" de maneira desigual não somente em relação às diferentes rotações dos orbes, mas também porque o espaço-tempo seria tão elástico que poderia mesmo haver mundos em que o tempo não existiria.

Sei que está complicado isso aí acima, mas sei também que já já vão dizer que o tempo é também uma ilusão, porque ele só é percebido pelo ego e por seres que tenham "sentidos" naturais ou artificiais para percebê-lo.

Mas enfim, se  você pudesse explicar melhor... gaste as 5 mil linhas, afinal queremos aprender com você...

abçs,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 25 de Abril de 2010, 22:38
Pouco importa o que causa o tempo, mas o que importa é que ele é absolutamente relativo ao campo mental, colocado  junto à Mente. Os estados de consciência são variáveis a capazes de ter uma relação diversa com o tempo, haja visto o próprio estado de sono e sonhos.
O tempo é o Centro por que os detalhes surgem com Ele. Se uma vida durasse muito pouco ou muito tempo a nossa experiência seria inválida, já que não teria utilidade a monotonia. A monotonia é o círculo mental repetitivo que consome o tempo. Como o oscilar de um pêndulo, o vai e vem, deve ser acrescido de um implemento a cada ciclo de forma a aproveitar o potencial do campo a sua volta. Na nossa vida ruminante e repetitiva, quantas vezes naão repetimos os mesmos estados de ânimo?
Mas o que importa é que o tempo é uma das 3 condições que a mente precisa para visualizar um evento junto com o espaço e o observador. Só espaço e tempo não significam nada; espaço sem tempo não existe, pois não pode conter matéria; mente e espaço não tem a chance de açao, então deve haver ao menos um vazio com tempo decorrido e um observador nesse vazio que assim se perceba.
Nessa reflexão, aliás, a experiência mais difícil que um homem pode passar, percebemos que a idéia de "negação" ou antítese de Deus ou Natureza é extremamente vinculada a algo simples mas interessante.
Se há um observador diante do vazio, então isso já não é "nada" em função de haver a Mente presente analisando o evento. O "Nada" não pode comprovar a si mesmo, pois carece de conteúdo para se comprovar, assim o Nada é uma extensão da lógica do tudo, porém que não existe de fato.
Existindo algo, com certeza existe o tempo, mas esse é inerente à Mente e portanto apenas tão importante que é o próprio centro, tal e qual o Mar para os peixes.
O tempo é mental, o Universo é mental, portanto são aspectos diferenciados de uma mesma coisa.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 22:42
Vamos lá, estou mandando brasa!

Ok rs vou aguardar aqui. Enquanto isso estou lá no tópico do Sky ouvindo as músicas  ;)

Até já,

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 25 de Abril de 2010, 22:46
Terminei a leitura das novas mensagens  no tópico.
Amigos, tenho uma dúvida (não é dialética socrática não - tão ao sabor do nosso amigo dim-dim - é que eu não sei mesmo.
 
No livro do Hernani Guimarães Andrade, Espírito, Perispírito e Alma: ensaio sobre o Modelo Organizador Biológico em algum lugar ou capítulo por lá, ele diz que, a cada reencarnação temos uma personalidade diferente.

Pois bem! Trazemos das reencarnações passadas todos os nossos gostos, paixões, aprendizados, defeitos virtudes, costumes, para a reencarnação atual. Mas o que seria exatamente dizer que "a cada reencarnação temos uma personalidade diferente"? Quereria dizer que, a cada reencarnação assumimos "outro personagem", de modo que, as provas escolhidas são de  natureza diferente?? E quando o Espírito recapitula a mesma prova??

Se, retornamos à Terra sempre com os mesmos vícios e paixões, o personagem  não seria o mesmo que incorporamos  em outras vidas??

Me perdoem pela minha ignorância, mas é que esse assunto eu não sei mesmo e ficaria  feliz se os amigos pudessem elucidá-la,

Obrigado,

Renato

Olá Renato

Tem piada porque estou lendo esse livro. Ainda não cheguei a esse ponto.
No entanto, o que penso, é que, neste caso o termo personalilade está mais ligado ao modo de ser, ao carácter da pessoa e não à personagem que essa é sempre a mesma, é o espírito em seu processo de aperfeiçoamento.

Se de uma reencarnação para outra reencarnação escolhemos provas diferentes, para vivenciar, ou formas diferentes de vivenciar as mesmas provas, por termos falhado, então necessitamos de construir nossa forma de ser, de forma diferenciada, para nos podermos adaptar à nova realidade. Daqui a nova personalidade.

Espero ter contribuido.

Um abraço

Atlante    
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 22:56
Contribuiu sim Atlante,

Todavia a minha dúvida ainda persiste. Vamos tomar de exemplos: um Espírito escolhe nascer rico, e sucumbe. Pede uma nova prova na riqueza, e sucumbe. Na minha maneira de entender, ele "teve a mesma personalidade", e, os "personagens" também não foram os mesmos?? No entanto, se na terceira ocasião, ele escolhe a prova da miséria, poderá manifestar a mesma personalidade (arrogância, desejo de ficar rico), mas desde então, o "personagem" que ele veste já é outro correto?? Porque, ele está experimentando um outro tipo de prova, cujo objetivo é libertá-lo das paixões que tinha quando era o "personagem" rico, a saber avareza, autoritarismo, expoliação dos mais fracos etc...

A dúvida ainda perdura... vou consultar aqui também o Hernani Guimarães para ver se encontro alguma coisa.

Até mais,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 25 de Abril de 2010, 23:40
Contribuiu sim Atlante,

Todavia a minha dúvida ainda persiste. Vamos tomar de exemplos: um Espírito escolhe nascer rico, e sucumbe. Pede uma nova prova na riqueza, e sucumbe. Na minha maneira de entender, ele "teve a mesma personalidade", e, os "personagens" também não foram os mesmos?? No entanto, se na terceira ocasião, ele escolhe a prova da miséria, poderá manifestar a mesma personalidade (arrogância, desejo de ficar rico), mas desde então, o "personagem" que ele veste já é outro correto?? Porque, ele está experimentando um outro tipo de prova, cujo objetivo é libertá-lo das paixões que tinha quando era o "personagem" rico, a saber avareza, autoritarismo, expoliação dos mais fracos etc...

A dúvida ainda perdura... vou consultar aqui também o Hernani Guimarães para ver se encontro alguma coisa.

Até mais,

Renato


Olá Renato

No meu entendimento o personagem é sempre o mesmo. A alma ou espírito vivendo a sua condição humana.
A prova é a mesma, a riqueza.
Mas a personalidade, o carácter ou maneira de ser do personagem, pode não ter sido a mesma. Ele pode ter vivido formas de estar, peranta a prova, diferentes e ter falhado.
A pobreza já é uma prova diferente, que requer condições morais diferentes.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 25 de Abril de 2010, 23:49
Atlante,

Eu não sei que edição é a sua e qual editora. A minha, é a 1a. edição, 1984, da Editora Pensamento.

Na página 61 há um desenho (complexo) indicando onde fica a:

- zona anímco-perispirítica da personalidade
- alma da personalidade
- e, alma parcial da individualidade

Está no capítulo 3, "Espírito, perispírito e alma".

Mas me parece que talvez eu tinha ouvido o próprio Dr. Hernani nos dizer, num curso que ele estava dando aqui no centro espírita, sobre esse livro, que "a personalidade morre junto com o corpo". E, quando renascemos temos outra  personalidade.

Não sei se isso está no livro. Minha dúvida é essa, pois.

E também já ouvi vários espíritas mencionarem que "a personalidade morre com o corpo"... nunca entendi nada sobre isso...

Acho que é só o Dr. Hernani para explicar isso mesmo... pena que ele já faleceu. Uma vez foi engraçado: estava bastante frio, e ele reclamou que estava calor e pediu para que ligassem o ventilador, e todo mundo colocou seus agasalhos  ;D isso foi na época que eu ainda freqüentava centro espírita.

Bom, vamos esperar os espiritualistas aparecer para ver se  nos  dizem alguma coisa sobre essa questão que me parece não constar do muito  citado, pouco lido [..b]


até mais ... 


Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 26 de Abril de 2010, 01:21
Olá Renato

Eu não consigo estar lendo apenas um livro.
Neste tempo estou etudando a revista espírita, edição traduzida da feb e publicada em 2004, mas que só há cerca de 1 ano consegui aceder.
Como nessa altura estava estudando outra corrente espiritual, achei por bem não misturar. Por isso só agora o estudo da revista. Paralelamente vou lendo  outro livro, neste tempo estou lendo esse do Hernani. Devo dizer que nunca li nada dele.
Devo dizer que este livro me escolheu,rsrsrs. Estava numa mesa entre dezenas de outros livros e só este me chamou a atenção. Do que li até agora está em conformidade com o que penso, vaos ver para a frente.

De qualquer forma devo dizer que não concordo com essa ideia da personalidade morrer com o corpo. Se assim fosse a maior parte de nossos irmãos desencarnados não continuava fazendo o mesmo que fazia quando reencarnado.
Ora nós sabemos que a maior parte não muda seu procedimento por perder o corpo, então como pode morrer a personalidade?
Aliás continuamos a verificar que muitos de nossos companheiros dão demasiada importância ao corpo, mas toda a acção é do espírito. O corpo é apenas mais um impecilho no que respeita à acção do espírito.

Mas vamos ver

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 26 de Abril de 2010, 01:54
Olá Renato

De qualquer forma devo dizer que não concordo com essa ideia da personalidade morrer com o corpo. Se assim fosse a maior parte de nossos irmãos desencarnados não continuava fazendo o mesmo que fazia quando reencarnado.
Ora nós sabemos que a maior parte não muda seu procedimento por perder o corpo, então como pode morrer a personalidade?
Aliás continuamos a verificar que muitos de nossos companheiros dão demasiada importância ao corpo, mas toda a acção é do espírito. O corpo é apenas mais um impecilho no que respeita à acção do espírito.

Mas vamos ver

Atlante


Veja bem, amigo Altante...

Eu estou pensando na "personalidade", nos termos colocados pelos nossos amigos espiritualistas; em relação à questão da Escolha das Provas.

Citando, o muito citado e pouco lido, e compreendido então?? isso nunca!!:

266 Não parece natural escolher as provas menos dolorosas?

– Para vós, sim; para o Espírito, não. Quando se está liberto da matéria, a ilusão cessa e a forma de pensar é outra.

Pois bem. Vamos imaginar  o seguinte: o Espírito desencarnou, e após um certo tempo tomou consciência de que tinha uma prova a cumprir, mas o seu ego, lhe encegueceu de modo que ele perdeu a existência. Então, ele, como Espírito desencarnado retoma a consciência de que seu objetivo enquanto encarnado, era cumprir aquela prova.

É nesse sentido que talvez se poderia dizer que a "personalidade", aquela que ele viveu "morreu' com ele.  

Me desculpe, eu só entrei com esse assunto que é para ver se a gente consegue entender o que eles falam acerca do ego. Veja que eles dizem que nós podemos "matar o ego" mesmo estando encarnados, através dos sonhos, do sonambulismo, do êxtase e da dupla vista (essa eu só tenho quando olho céu com o meu binóculo. No caso seria déctupla vista, pq ele tem aumento de 10x).

Enfim, é isso que eu gostaria de saber... mas talvez seria interessante auscultar (procurar saber) o que os espíritas entendem por "personalidade".

abçs,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 26 de Abril de 2010, 02:06
Olá Renato

Visto dessa forma sim, concordo.
Mas mesmo aqui verifique que essa personalidade apenas morre quando o espírito toma consciência de si, no plano espiritual, e nunca aquando da morte do corpo físico. E este facto se para alguns é mais ou menos rápido, para a maior parte nem por isso. Temos visto entidades, em trabalhos mediunicos, que vivem essa condição de falta de consciência por centenas de anos.

Possivelmente porque estão vivendo a ilusão da ilusão. E apresentam dores e sofrimento. Deve ser mesmo ilusão.

Atlante
 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 26 de Abril de 2010, 03:18
Se o meu amigo leva o tempo a contradizer aquilo que os outros afirmam, isso significa o quê?
Que os outros estão certinhos, o meu amigo é que está errado?
Quando aconselha aos outros, como voltou a acontecer, a leitura do muito citado, pouco lido e nada compreendido, mas infinitamente compreendido por si ( graças a Deus ), está passando, aos outros, um atestado de superior inteligência.
Depois essa mania de que, só o seu ego, interpretou correctamente o Livro dos Espíritos é de bradar aos céus.
Depois essas afirmações constantes de que os outros não amam a Deus, são individualistas e não sei quanto mais são para quê?
Ainda não percebeu que isso não pega?
Depois eu é que estou mergulhado em ilusão.
Já admitiu alguma vez estar errado? Claro que não.
 

Amigo Atlante,

Voce passsa pela vida “achando”, “opinando”, “interpretando”, “afirmando” coisas que lhe vem a mente. E isto é o que o qualifica a ser denominado de “escravo da mente”.

Jamais lhe contradisse, porque não discuto com ninguem e alias não discuto sobre egos, isto o deixo aos mediocres que adoram perder tempo com isto. Converso apenas sobre ideias e me eximo de colocar minha opinião, simplesmente por não possuir opinião, isto tambem deixo aos mediocres.

Não disse que alguem esta errado, apesar de voce por acreditar que esta certo assim tenha interpretado e reagido, o que é um problema seu consigo mesmo, não tenho nada com o que se passa em sua mente, cabe a voce doma-la e a mais ninguem.

Se recomendar o estudo de um livro sobre o qual voce apenas expressa opiniões e interpretações não lhe agrada, não o estude e continue como esta até hoje, é tambem uma questão sua e não tenho o direito de falar nada.

Se voce age como individualista, fala como individualista, exprime opiniões sobre Deus e o LE como individualista e materialista, so pode ser idividualista e materialista. É voce quem o afirma em cada postagem sua, e não o Anton.

Como voce diz, “isto não pega” e é claro que não vai pegar em voce, porque voce é um espirito totalmente dominado por um ego a ponto de acreditar ser este ego, e enquanto estiver neste estado não vai mesmo compreender nada alem do que o ego que não é o seu amigo mas a sua prova, lhe sussurra aos ouvidos.

Portanto, faça um esforço e liberte-se, homem! Acorde, enquanto é tempo!
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 26 de Abril de 2010, 03:20
Eu estou pensando na "personalidade", nos termos colocados pelos nossos amigos espiritualistas; em relação à questão da Escolha das Provas.

Citando, o muito citado e pouco lido, e compreendido então?? isso nunca!!:

266 Não parece natural escolher as provas menos dolorosas?

– Para vós, sim; para o Espírito, não. Quando se está liberto da matéria, a ilusão cessa e a forma de pensar é outra.

O unico espiritualista que escreveu estas linhas, amparado por outros espiritualistas desencarnados foi Kardec, e até hoje nada e ninguem o contradisse, portanto não "ache" coisas que jamais existiram, é melhor para a sua saude mental. Não perca tempo procurando cabelo em casca de ovo porque não vai encontrar.

Personalidade = personagem = ego

É o repositario do conjunto de provas que o espirito solicitou a Deus para provar-se.

O espirito pode compreender isto enquanto ainda “vivo” na materia ou depois de “morto”, sem materia.

Se consegue compreender e transcender o ego enquanto ainda vivenciando um corpo “vivo”, ao “morrer”, praticamente não passa pelo periodo de perturbação post-mortem.

Se não o fizer, continuará como depois de morto achando-se vivo por longo periodo. Prova desta condição são todas as mensagens mediunicas psiografadas aos milhares no ultimo seculo. Estes espiritos, acreditam possuir nome, profissão, sexo, amigos, parentes, amigos e inimigos, paixões, amores e bens de toda ordem, veem cidades com violetas nas janelas, comem, bebem, ficam doentes e são curados, apesar de não possuírem corpos....

E somente perderão este ego ou personalidade ao ser desmagnetizado antes da proxima encarnação. O LE não entra nos detalhes deste processo, denominando-o simplesmente de “perturbação”. Esta perturbação é a desmagnetização de um ego e a criação de um novo, que pode possuir caracteristicas semelhantes ou mesmo inteiramente diferentes das caracteristicas dos egos anteriores, conforme escolhidas pelo espirito.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 26 de Abril de 2010, 03:29


Personalidade = personagem = ego

É o repositario do conjunto de provas que o espirito solicitou a Deus para provar-se.

O espirito pode compreender isto enquanto ainda “vivo” na materia ou depois de “morto”, sem materia.

Se consegue compreender e transcender o ego enquanto ainda vivenciando um corpo “vivo”, ao “morrer”, praticamente não passa pelo periodo de perturbação post-mortem.

Se não o fizer, continuará como depois de morto achando-se vivo por longo periodo. Prova desta condição são todas as mensagens mediunicas psiografadas aos milhares no ultimo seculo. Estes espiritos, acreditam possuir nome, profissão, sexo, amigos, parentes, amigos e inimigos, paixões, amores e bens de toda ordem, veem cidades com violetas nas janelas, comem, bebem, ficam doentes e são curados, apesar de não possuírem corpos....

E somente perderão este ego ou personalidade ao ser desmagnetizado antes da proxima encarnação. O LE não entra nos detalhes deste processo, denominando-o simplesmente de “perturbação”. Esta perturbação é a desmagnetização de um ego e a criação de um novo, que pode possuir caracteristicas semelhantes ou mesmo inteiramente diferentes das caracteristicas dos egos anteriores, conforme escolhidas pelo espirito.


Obrigado, Anton, pelos esclarecimentos.


Mas, isso tudo a gente já sabia!!!!!!!!!!!!!!! (A MENOS DA QUESTÃO DA PERSONALIDADE, POIS FUI EU MESMO QUEM SOLICITEI ELUCIDAÇÕES EM TORNO DA MESMA) Está vendo porque eu sempre digo que o problema de vocês é a falta de uma linguagem adequada??? a falta de uma linguagem universal???

E é então, aonde você fica repetindo como um papagaio que os espíritas não entenderam o muito citado .... bá Anton, isso eu sempre soube ... (isso o que eu digo é a explicação que você dá de pois do trecho em negrito e em letras grandes)

Em relação ao trecho destacado por mim no seu texto, não me contive e saì às gargalhadas aqui da minha cadeira  kkkk  ;D

"vêem "Violetas na Janela" ... rs essa foi boa.

É como eu digo sempre: o aprendizado é sadio, e a diversão, essa  é garantida ;D

abçs,

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 26 de Abril de 2010, 03:39

Portanto, faça um esforço e liberte-se, homem! Acorde, enquanto é tempo!


Atlante: "acorde homem"!!! ;D ....

Lembra do  - falando em tom paternal - "gente, gente..." :D

Vamos aguardar a resposta...

Cadê o amigo Jorge para marcar os pontos no tabuleiro de Xadrez??

fui...

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 26 de Abril de 2010, 03:45
Mas, isso tudo a gente já sabia!!!!!!!!!!!!!!! (A MENOS DA QUESTÃO DA PERSONALIDADE, POIS FUI EU MESMO QUEM SOLICITEI ELUCIDAÇÕES EM TORNO DA MESMA) Está vendo porque eu sempre digo que o problema de vocês é a falta de uma linguagem adequada??? a falta de uma linguagem universal???

Fale apenas por voce. Ha muitos aqui que acham que é bem diferente....
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 26 de Abril de 2010, 03:51
Mas, isso tudo a gente já sabia!!!!!!!!!!!!!!! (A MENOS DA QUESTÃO DA PERSONALIDADE, POIS FUI EU MESMO QUEM SOLICITEI ELUCIDAÇÕES EM TORNO DA MESMA) Está vendo porque eu sempre digo que o problema de vocês é a falta de uma linguagem adequada??? a falta de uma linguagem universal???

Fale apenas por voce. Ha muitos aqui que acham que é bem diferente....


Tá bom! isso aí eu sempre soube e aprendi sim lendo e estudando O Livro dos Espíritos.

Mas isso aqui ainda vai longe. Eu vou ficar "perturbando" a cabeça de vocês aqui até a gente encontrar um denominador comum, porque eu estou cada vez mais convencido, que há muitos espíritas que entendem aquilo que vocês espiritualistas falam, mas devido ao emprego da linguagem, é então que muitas vezes gera confusão e desentendimento.

Até logo mais, e mais uma vez muito obrigado pelas elucidações. Tirou a minha dúvida sobre a questão da personalidade.

abçs,

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 26 de Abril de 2010, 06:22
Bem, o ego nada mais é do que a personalidade que vivenciamos. E o ego sempre se manifesta de forma dualista. O ego é quem constroi para o espirito a noção do egoismo, que é a prova do espirito durante a fase humanizada que caracteriza a vida no orbe Terra.

Assim, o ego manifesta o egoismo atraves de tres diferentes apegos ou paixões:

O apego, paixão ou posse pelas coisas materiais expresso pelo eu tenho, é meu.
O apego, paixão ou posse pelas pessoas, sentimental, expresso pelo eu amo, eu não amo.
O apego, paixão ou posse pelas coisas morais, as ideias e os pensamentos, expresso pelo eu sei.

O ego julga a tudo e inspira ao espirito dois sentimentos, continuamente. O positivo e o negativo. O sentimento positivo a algum apego cria a sensação do prazer enquanto o sentimento negativo a algum apego cria a sensação de dor.

E nisto consiste toda encarnação do espirito como ser humano dirigido pelo ego. Em sentir prazer ou dor, continuamente em todos os momentos da existencia e em cada uma de suas paixões.

Para alguem apegado as suas posses materiais, se ganha algo, isto lhe da uma sensação de prazer e se perde ou quebra algo isto lhe causa uma sensação de dor.

Para alguem apegado as suas posses sentimentais, se ganha um carinho ou afago, fisico ou verbal, ou mesmo um gesto, isto lhe da uma sensação de prazer e se perde um pessoa querida por afastamento ou morte ou por mesmo por divergencia de atitudes, isto lhe causa uma sensação de dor.

Para alguem apegado as suas posses morais, se alguem concordar com o que sabe, isto lhe da uma sensação de prazer e se alguem discordar de algo que saiba isto lhe causa uma sensação de dor.

A cada vez que o ego insinua um pensamento ao espirito, este, de posse de seu absoluto livre arbítrio moral pode submeter-se ao ego, sentindo prazer ou dor, julgando ser o causador ou vitima de alguma ação e amando-se acima de tudo, negar a Deus.

Ou pode, alternativamente, compreender que o ego esta lhe apresentando apenas uma prova que ele mesmo solicitou ao Pai, desacreditar no sentimento de prazer ou dor sugerido pelo ego, não julgar nada e ninguem e amar Deus acima de todas as coisas.

A primeira atitude, que é automatica para a vasta maioria dos espiritos humanizados, leva ao automatismo de sensações conflitantes de prazer e dor o que os espiritos da codificação descreveram como as vicissitudes da vida. Vicissitudes tem o significado de altos e baixos, alternancias. E esta atitude jamais leva a felicidade interior, a bem aventurança do espirito.

A atitude alternativa, que depende do esforço individual, leva a eliminação das sensações tanto do prazer como da dor, pelo desapego as paixões e posses descritas acima. Esta atitude leva o espirito a experimentar a equanimidade, a igualdade constante de ânimo em qualquer conjuntura da vida, a serenidade. Esta atitude leva a felicidade interior ou bem aventurança do espirito.

O espiritualismo não é uma teoria ou escola. O espiritualismo é a pratica do conhecimento das leis que levam o espirito a elevar-se ao Pai. O ego possui um papel central neste processo e cabe a cada espirito avaliar-se e definir os seus propositos. Estagnar ou ascender são as duas unicas escolhas que possui.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 26 de Abril de 2010, 06:52

A atitude alternativa, que depende do esforço individual, leva a eliminação das sensações tanto do prazer como da dor, pelo desapego as paixões e posses descritas acima. Esta atitude leva o espirito a experimentar a equanimidade, a igualdade constante de ânimo em qualquer conjuntura da vida, a serenidade. Esta atitude leva a felicidade interior ou bem aventurança do espirito.


Vamos traduzir isso para a linguagem espírita propriamente dita ( eu eu já postei  isso até em inglês aqui no fórum):

Se agradecemos ao Pai pelas nossas alegrias, estabilidade financeira, nossos afetos, sucesso na vida amorosa, êxito na realização profissional, ou seja pelas bênçãos, não deveríamos igualmente agradecer ao Pai, pelas adversidades da vida,  pelas conjunturas dolorosas, pelas frustrações, pelas perdas materiais e de entes queridos, uma vez que, somos nós mesmos que escolhemos essas provas, e o Pai permitiu (criando todos esses  obstáculos, como você diz), porque elas têm como objetivo o nosso adiantamento moral??

E então Anton, fechou??

É isso o que você quer dizer  no seu post sobre o ego??

É nesse sentido que eu digo que precisamos criar uma linguagem única, falar "a mesma língua", a fim de nos entendermos...


abçs,


Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 26 de Abril de 2010, 09:44
Bem, o ego nada mais é do que a personalidade que vivenciamos. E o ego sempre se manifesta de forma dualista. O ego é quem constroi para o espirito a noção do egoismo, que é a prova do espirito durante a fase humanizada que caracteriza a vida no orbe Terra.

Assim, o ego manifesta o egoismo atraves de tres diferentes apegos ou paixões:

O apego, paixão ou posse pelas coisas materiais expresso pelo eu tenho, é meu.
O apego, paixão ou posse pelas pessoas, sentimental, expresso pelo eu amo, eu não amo.
O apego, paixão ou posse pelas coisas morais, as ideias e os pensamentos, expresso pelo eu sei.

O ego julga a tudo e inspira ao espirito dois sentimentos, continuamente. O positivo e o negativo. O sentimento positivo a algum apego cria a sensação do prazer enquanto o sentimento negativo a algum apego cria a sensação de dor.

E nisto consiste toda encarnação do espirito como ser humano dirigido pelo ego. Em sentir prazer ou dor, continuamente em todos os momentos da existencia e em cada uma de suas paixões.

Para alguem apegado as suas posses materiais, se ganha algo, isto lhe da uma sensação de prazer e se perde ou quebra algo isto lhe causa uma sensação de dor.

Para alguem apegado as suas posses sentimentais, se ganha um carinho ou afago, fisico ou verbal, ou mesmo um gesto, isto lhe da uma sensação de prazer e se perde um pessoa querida por afastamento ou morte ou por mesmo por divergencia de atitudes, isto lhe causa uma sensação de dor.

Para alguem apegado as suas posses morais, se alguem concordar com o que sabe, isto lhe da uma sensação de prazer e se alguem discordar de algo que saiba isto lhe causa uma sensação de dor.

A cada vez que o ego insinua um pensamento ao espirito, este, de posse de seu absoluto livre arbítrio moral pode submeter-se ao ego, sentindo prazer ou dor, julgando ser o causador ou vitima de alguma ação e amando-se acima de tudo, negar a Deus.

Ou pode, alternativamente, compreender que o ego esta lhe apresentando apenas uma prova que ele mesmo solicitou ao Pai, desacreditar no sentimento de prazer ou dor sugerido pelo ego, não julgar nada e ninguem e amar Deus acima de todas as coisas.

A primeira atitude, que é automatica para a vasta maioria dos espiritos humanizados, leva ao automatismo de sensações conflitantes de prazer e dor o que os espiritos da codificação descreveram como as vicissitudes da vida. Vicissitudes tem o significado de altos e baixos, alternancias. E esta atitude jamais leva a felicidade interior, a bem aventurança do espirito.

A atitude alternativa, que depende do esforço individual, leva a eliminação das sensações tanto do prazer como da dor, pelo desapego as paixões e posses descritas acima. Esta atitude leva o espirito a experimentar a equanimidade, a igualdade constante de ânimo em qualquer conjuntura da vida, a serenidade. Esta atitude leva a felicidade interior ou bem aventurança do espirito.

O espiritualismo não é uma teoria ou escola. O espiritualismo é a pratica do conhecimento das leis que levam o espirito a elevar-se ao Pai. O ego possui um papel central neste processo e cabe a cada espirito avaliar-se e definir os seus propositos. Estagnar ou ascender são as duas unicas escolhas que possui.

Está vendo Anton

Se o meu amigo me lesse com atenção e saisse do seu modulo, já teria verificado que isto é precisamente o que digo, certamente com outras palavras, mas com o mesmo sentido.

Apenas não concordo com a questão do comando. É sempre o espírito quem comanda, ele pode ou não deixar-se influenciar pelo ego. É o mesmo que uma pessoa nos dar conselhos sobre um qualquer assunto. A decisão e a responsabilidade dessa decisão é sempre nossa. Se nos deixarmos influenciar por esses conselhos não será licito dizer que foi a pessoa que nos comandou. Quanto muito influenciou.
Também temos dito que esta é uma fase transitória. É aquela fase em que estamos transformando o ter em ser.
E não está mal dizermos que temos, porque aquilo que temos é o que Deus nos deu, por isso é nosso. Vamos é trabalhar tudo isso para integrarmos em nós e passarmos a ser.

Não devemos confundir dado com emprestado. As coisas deste mundo não são nossas, apenas nos foram emprestadas por um determinado tempo. Quando chega a hora temos que as entregar a quem nos sucede, na sua utilização.


Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 26 de Abril de 2010, 09:58
Se o meu amigo leva o tempo a contradizer aquilo que os outros afirmam, isso significa o quê?
Que os outros estão certinhos, o meu amigo é que está errado?
Quando aconselha aos outros, como voltou a acontecer, a leitura do muito citado, pouco lido e nada compreendido, mas infinitamente compreendido por si ( graças a Deus ), está passando, aos outros, um atestado de superior inteligência.
Depois essa mania de que, só o seu ego, interpretou correctamente o Livro dos Espíritos é de bradar aos céus.
Depois essas afirmações constantes de que os outros não amam a Deus, são individualistas e não sei quanto mais são para quê?
Ainda não percebeu que isso não pega?
Depois eu é que estou mergulhado em ilusão.
Já admitiu alguma vez estar errado? Claro que não.
 

Amigo Atlante,

Voce passsa pela vida “achando”, “opinando”, “interpretando”, “afirmando” coisas que lhe vem a mente. E isto é o que o qualifica a ser denominado de “escravo da mente”.

Jamais lhe contradisse, porque não discuto com ninguem e alias não discuto sobre egos, isto o deixo aos mediocres que adoram perder tempo com isto. Converso apenas sobre ideias e me eximo de colocar minha opinião, simplesmente por não possuir opinião, isto tambem deixo aos mediocres.

Não disse que alguem esta errado, apesar de voce por acreditar que esta certo assim tenha interpretado e reagido, o que é um problema seu consigo mesmo, não tenho nada com o que se passa em sua mente, cabe a voce doma-la e a mais ninguem.

Se recomendar o estudo de um livro sobre o qual voce apenas expressa opiniões e interpretações não lhe agrada, não o estude e continue como esta até hoje, é tambem uma questão sua e não tenho o direito de falar nada.

Se voce age como individualista, fala como individualista, exprime opiniões sobre Deus e o LE como individualista e materialista, so pode ser idividualista e materialista. É voce quem o afirma em cada postagem sua, e não o Anton.

Como voce diz, “isto não pega” e é claro que não vai pegar em voce, porque voce é um espirito totalmente dominado por um ego a ponto de acreditar ser este ego, e enquanto estiver neste estado não vai mesmo compreender nada alem do que o ego que não é o seu amigo mas a sua prova, lhe sussurra aos ouvidos.

Portanto, faça um esforço e liberte-se, homem! Acorde, enquanto é tempo!


Olá Anton

É só conversa da treta.

O meu amigo não opina. Mas todo este texto não é a sua opinião?
O meu amigo definiu um caracter para mim, aquele que mais lhe convem, claro, que é o mais negativo que poderiamos ter. Mas isto não é uma opinião. Então o que é?
Eu sou um espírito totalmente dominado por um ego. E o Anton está dominado por quem?
Aquilo que dizemos tem que coincidir com aquilo que fazemos.
O meu amigo diz que não é e não faz, mas os seus posts estão aí e dizem rigorosamente o contrário.
 
Para azar seu, a caracterização que faz de mim é o oposto daquilo que sou. Mas isso na realidade é um problema meu. Se encontrar contradição naquilo que digo e na forma como procedo, agradeço que me diga.

E quanto áquele seu entendimento do muito citado, pouco lido e nada compreendido, de nós sermos o Principio Inteligente do Universo, nada disse.
Um bom dia amigo e desperte para a realidade.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Zefiro em 26 de Abril de 2010, 13:01


        Nosso ego se altera com o tempo, nosso ego é uma manifestação mutável de nosso ser, pois a personalidade se altera conforme as encarnações, pois cada uma trará novas necessidades, mas como também estará o espirito em condições mais amplas que em outras anteriores.

        Nós nos fazemos constantemente, a Yoga em seus métodos permite que o espirito humano rompa os paradigmas de uma vida que vai das vaidades ao brutal, defende que como a Divindade é algo sem forma, espaço, peso e matéria estará presente em tudo e cosequentemente em nós, desta forma pretende a Yoga dissipar-se do ego para encontrar essa nossa manifestação mais limpida, clara e imutável, em conjugação com o criador de forma de intimo a intimo, pois suas tecnicas aprimoram-nos a ver e receber e sentir as energia puras que pulsam neste Universo, em nossos corpos, em nossas vidas, e fazer um mergulho em nosso intimo em busca de nosso verdadeiro ser incorrupto que se encontra latente em nosso mais fundo intimo, para desperta-lo e abdicar de nossas mácaras as quais são nosso ego.

        Muito Grato. Namastê.

            Dominus Vobiscum.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 26 de Abril de 2010, 15:19

... e fazer um mergulho em nosso intimo em busca de nosso verdadeiro ser incorrupto que se encontra latente em nosso mais fundo intimo, para desperta-lo e abdicar de nossas mácaras as quais são nosso ego.

        Muito Grato. Namastê.

            Dominus Vobiscum.

Todos sentem num momento ou noutro essa mente silenciosa, real, que nunca se engana e sempre nos chama a atenção quando andamos perdidos nos mais absurdos sentimentos egoístas. O que passa é que não lhe fazemos caso, valorizamos antes as coisas ilusórias e vaidosas do mundo, o orgulho, a auto-estima. Vivemos auto-absorvidos com a própria imagem.

Temos medo de dar esse mergulho. Temos medo de SER e então agarra-mo-nos ao ter, à ilusão, desprezando por toda uma existência o verdadeiro SER.

Não somos conscientes. Por isso não é de admirar as tribulações na morte, onde se perde a consciência ilusória e apenas fica aquela que não conhecemos, por não lhe termos dado atenção enquanto vivos.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Azuramaya em 27 de Abril de 2010, 00:54
O Ego é um aglomerado de conceitos limitados pela maturidade de cada indivíduo e sua relação com o mundo externo.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 27 de Abril de 2010, 01:14
Citação de: Atlante
Apenas não concordo com a questão do comando. É sempre o espírito quem comanda, ele pode ou não deixar-se influenciar pelo ego. É o mesmo que uma pessoa nos dar conselhos sobre um qualquer assunto. A decisão e a responsabilidade dessa decisão é sempre nossa. Se nos deixarmos influenciar por esses conselhos não será licito dizer que foi a pessoa que nos comandou. Quanto muito influenciou.

Pois é exatamente nesta questão que o amigo esta enganado. O espírito que acredita que pensa, que acredita que sabe e que acredita que deseja algo esta simplesmente sendo instrumentado pelo ego. É o ego e não o espirito que se manifesta...

Citação de: Atlante
O meu amigo não opina. Mas todo este texto não é a sua opinião?
O meu amigo definiu um caracter para mim, aquele que mais lhe convem, claro, que é o mais negativo que poderiamos ter. Mas isto não é uma opinião. Então o que é?

Não dei opinião alguma e muito menos sobre o Atlante.
Não defini carater algum do Atlante, nem negativo e nem positivo.
No entanto egos leem o que voce leu apesar de não estar escrito. Voce, espirito que não é o Atlante, comprendeu isto?

Citação de: Atlante
Eu sou um espírito totalmente dominado por um ego.

O primeiro passo para voce libertar-se do dominio do ego, é admitir que ele exista.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 27 de Abril de 2010, 01:19
O Buscador

Todo espírito em alguma de suas encarnações, em um momento de sua jornada evolutiva sente-se despertado para a busca constante e quase louca por Deus ou o encontro consigo mesmo. Tentaremos aqui, sucintamente, descrever este processo, tal como vivenciado.

Todo espírito vivencia a versão do divino que concebe na mente. Alguns vêem a Deus em visões, outros numa flor e outros ainda percebem a sua ação em tudo a sua volta. Alguns exigem atos de intervenção e redenção milagrosos, outros seguem uma força invisível que se manifesta nas mais mundanas ocorrências. O buscador é sempre motivado pela insaciável sede de uma realidade superior.

Neste momento e pela primeira vez a exigência do ego de ser onisciente e todo-poderoso é questionada. Conseqüentemente, o nascimento do buscador pode ser extremamente turbulento. Feche os olhos e imagine-se como uma carruagem conduzida por uma estrada por uma parelha de cavalos. Durante longas eras, incontáveis tempos, não existiu um cocheiro, e os cavalos chegaram a acreditar que eram os donos da carruagem. Então, um dia, uma voz suave, vinda de dentro da carruagem, sussurra baixinho: Parem. No início, os cavalos não escutam a voz, mas ela repete: Parem. Incapazes de acreditar no que estão ouvindo, os cavalos avançam ainda mais impetuosamente, apenas para provar que não têm um senhor. A voz interior não emprega a força; ela não protesta. Apenas continua a repetir: Parem.

É isso que acontece dentro de cada um de vocês. A carruagem é o eu total, os cavalos são o ego, a voz dentro da carruagem é o espírito. Quando este último proclama sua entrada em cena, o ego inicialmente não escuta, porque está certo de que seu poder é absoluto. Mas o espírito não utiliza o tipo de poder ao qual o ego está acostumado. O ego está habituado a decidir e rejeitar as coisas; está acostumado a julgar, separar e tomar o que ele acha que lhe pertence. O espírito é a voz mais tranqüila do Ser, asseverando o que é. Com o nascimento do buscador, essa é a voz que vocês começam a ouvir, mas vocês devem estar preparados para uma violenta reação do ego, que não vai entregar o poder sem lutar.

Inicialmente o espírito não utiliza o poder da maneira como o ego está habituado. Com o tempo, vocês aprenderão que o espírito é apenas poder, um poder de alcance infinito. Ele é o poder organizador que mantém cada átomo no universo em perfeito equilíbrio. Comparado com ele, o poder do ego é absurdamente limitado e insignificante. Não obstante, vocês só compreenderão isso depois de terem renunciado à necessidade do ego de controlar, predizer e defender, porque o poder do ego se limita a essas três ações.

Continua...
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 27 de Abril de 2010, 01:21
Continuação

A voz do espírito anuncia a existencia de uma realidade mais elevada. E ascender a essa realidade é a meta. Todos nascem para ascender. O motivo pelo qual os buscadores parecem raros é apenas uma questão de aparência. A busca é uma experiência completamente interior. É impossível dizer quem está buscando e quem não, a partir de indícios externos. O mundo não oferece distinções ou recompensas especiais para o buscador, que poderá inclusive se retirar ao total isolamento, deixando a sociedade para trás, ou continuar a viver a vida numa posição elevada.

Algumas das marcas internas que caracterizam o buscador são que o “dar” passa a ser motivado pelo amor altruísta e pela compaixão, sem desejar nada em troca, nem mesmo gratidão; a intuição torna-se um guia fidedigno para a ação, substituindo a rígida racionalidade; o buscador vislumbra lampejos de um mundo invisível como a realidade superior; surgem sugestões de Deus e da imortalidade.

Esses indícios se farão acompanhar de um crescente gosto pela solidão, da autoconfiança ao invés da necessidade de aprovação social. O buscador se basta na atividade do Ser e confia em Deus. E descre dos homens e de suas crenças. Os padrões dos hábitos começarão a desaparecer.

A meditação e a prece tomam-se parte da vida cotidiana.

E, no entanto, ao mesmo tempo em que todas essas manifestações espirituais os afastam do mundo material, vocês sentirão, paradoxalmente, uma maior ligação com a natureza, mais conforto no corpo e uma maior aceitação das outras pessoas. Porque o espírito não é o oposto da matéria. O espírito é tudo e a matéria é o palco de suas experiências. Esta compreensão interior enquanto encarnados tornará a encarnação melhor, até mesmo os aspectos que parecem ser antagônicos.

Em comum os buscadores possuem uma absoluta e incondicional fé no desconhecido Pai e a ele se entregam com os braços abertos e sem ressalvas. Mergulham e adormecem no universo e por ele são guiados conscientemente.

O buscador é um louco. O louco de Deus a quem os que não são loucos não compreendem até serem tomados por sua vez por esta loucura. Todos os valores invertem-se. O que é prioritário para o ego material é detalhe para o buscador. O que é irrelevante para o ego é fundamental para o buscador.

O buscador vive em Deus, por Deus e para Deus...

Paz a todos,
Anton

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 27 de Abril de 2010, 01:24
Citação de: Atlante
Apenas não concordo com a questão do comando. É sempre o espírito quem comanda, ele pode ou não deixar-se influenciar pelo ego. É o mesmo que uma pessoa nos dar conselhos sobre um qualquer assunto. A decisão e a responsabilidade dessa decisão é sempre nossa. Se nos deixarmos influenciar por esses conselhos não será licito dizer que foi a pessoa que nos comandou. Quanto muito influenciou.

Pois é exatamente nesta questão que o amigo esta enganado. O espírito que acredita que pensa, que acredita que sabe e que acredita que deseja algo esta simplesmente sendo instrumentado pelo ego. É o ego e não o espirito que se manifesta...

Citação de: Atlante
O meu amigo não opina. Mas todo este texto não é a sua opinião?
O meu amigo definiu um caracter para mim, aquele que mais lhe convem, claro, que é o mais negativo que poderiamos ter. Mas isto não é uma opinião. Então o que é?

Não dei opinião alguma e muito menos sobre o Atlante.
Não defini carater algum do Atlante, nem negativo e nem positivo.
No entanto egos leem o que voce leu apesar de não estar escrito. Voce, espirito que não é o Atlante, comprendeu isto?

Citação de: Atlante
Eu sou um espírito totalmente dominado por um ego.

O primeiro passo para voce libertar-se do dominio do ego, é admitir que ele exista.


Me desculpem novamente, mas não pude sopitar o riso...

Como eu sempre digo: o aprendizado é sadio, e a diversão, essa, é garantida ;D

abraços,

Renato

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 27 de Abril de 2010, 01:31
Bom texto, Anton, esse do Buscador.

Abçs,

Renato

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 28 de Abril de 2010, 18:03
Bom texto, Anton, esse do Buscador.

Abçs,

Renato


Será diferente?

-  O Nascimento Daquele que Procura

Durante muito tempo, o Ego, fez prevalecer a sua vontade. Para ele o importante sempre foi “ o que é melhor para mim “ limitando-se à individualidade.
No momento certo, aquele que dá, avança mais um passo e transforma-se naquele que procura. Neste tempo as preocupações do velho e familiar Ego, são postas de parte. A consciência do “ Eu ” expande-se fazendo a Alma sentir necessidade de experiências Espirituais e de uma nova forma de amor. O sentido da dádiva apenas se satisfaz quando se proporciona um benefício a toda a humanidade. Aquele que dá, e que tanto gostaria de abarcar o mundo, deixa de constituir fonte de realização. As coisas que, no passado, foram fonte de prazer tornam-se desinteressantes e a necessidade de auto-importância que caracterizava o Ego, deixa de ser fonte de satisfação. Começa a surgir a necessidade de se SER, de viver na luz, de explorar o silêncio da consciência pura. Surge a necessidade do encontro com Deus. A Alma começa a procurar no interior de si mesma.
Aquele que busca é alguém cujos desejos se expandiram de tal forma que nada o satisfará senão o encontro com Deus. No entanto este desejo não é mais elevado que os desejos que determinaram os passos anteriores. Em cada passo, aquilo que lhe é próprio, representa a face de Deus, porque, nesses momentos, essas eram as coisas mais importantes. Tudo aquilo em que acredita trazer-lhe paz e realização é, para a Alma, a versão de Deus. No entanto, à medida que vai passando de uma fase a outra, vai-se aproximando da verdadeira meta e a imagem de Deus vai-se tornando mais autêntica e próxima da Sua natureza. Deus é Espírito puro.
Aquele que procura é motivado pela necessidade de ter acesso a uma realidade superior, mas isso não significa que os passos anteriores não tenham sido importantes e que se extingam. Neste tempo, por exemplo, a dádiva é isenta de motivações egoístas, passando a ser gerada pela compaixão.
Pela primeira vez, a pretensão de tudo saber e de tudo poder do Ego é questionada. A Alma começa a identificar-se com o Espírito e a manifestação deste torna-se visível.
 Inicialmente, o Ego, não dá ouvidos às manifestações do espírito, pois supõe ser o seu poder absoluto. O Ego está habituado a rejeitar, julgar e a comandar. Mas o Espírito utiliza formas diferentes de poder. O Espírito utiliza a voz tranquila do Ser. Esta é a voz que começa a ser ouvida quando surge aquele que procura. Mas é preciso estar-se preparado para a reacção violenta do Ego. Ele não se renderá sem luta.
O poder do Espírito é um poder ilimitado, organizado, que mantém tudo num equilíbrio perfeito. O poder do Ego é limitado e trivial. Quando a Alma toma consciência desta realidade deixa de dar prioridade ao poder e às necessidades do Ego.
A voz do Espírito anuncia uma realidade mais elevada, mas o acesso a essa realidade ainda é complicado. No entanto começam a surgir noções dessa realidade, sinais de Deus e da imortalidade, acompanhados por uma necessidade de interiorização da Alma.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 28 de Abril de 2010, 18:38
Olá Atlante.

O seu texto também é bom.
Diria que os dois são bons.

O que dá para notar é que o seu texto já tras influências das idéias dos espiritualistas (prinicipalente do Anton), e aí sou obrigado a concordar com você, que nós estamos abertos a aprender com eles, mas eles parecem não ter mais nada a aprender com ninguém.

Mas isso é de somenos importância. Afinal, eu gosto de aprender com o Anton, porque ficar lendo SÓ literatura espírita,  realmente nós ficamos reproduzindo as idéias já maculadas, de Espíritos encarnados e desencarnados,  influenciadas pelo catolicismo.

Pode reparar, o seu texto está  cheio de influências das idéias deles, o que mostra que você está aberto a novos  conhecimentos.

Mas, continuemos...

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 28 de Abril de 2010, 20:38
Olá Renato

O texo tem por base Deepak Chopra.

Se fosse do Anton ou do Dim Dim, seria só ilusão, rsrsrsr.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 28 de Abril de 2010, 21:40
Olá Renato

O texo tem por base Deepak Chopra.

Se fosse do Anton ou do Dim Dim, seria só ilusão, rsrsrsr.

Atlante

:D

Ah, tá... mas é que lembra um pouco a filosofia deles...

abçs,

Renato



Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 28 de Abril de 2010, 21:51
Olá Renato

O texo tem por base Deepak Chopra.

Se fosse do Anton ou do Dim Dim, seria só ilusão, rsrsrsr.

Atlante

:D

Ah, tá... mas é que lembra um pouco a filosofia deles...

abçs,

Renato



É só para se perceber que onde eles  vão ler nós tmbém vamos

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 28 de Abril de 2010, 22:00

O texo tem por base Deepak Chopra.

Se fosse do Anton ou do Dim Dim, seria só ilusão, rsrsrsr.


:D

Ah, tá... mas é que lembra um pouco a filosofia deles...


É só para se perceber que onde eles  vão ler nós tmbém vamos


Palavras apenas.

Fora da ilusão não existe tempo.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 28 de Abril de 2010, 22:30
Olá Renato

O texo tem por base Deepak Chopra.

Se fosse do Anton ou do Dim Dim, seria só ilusão, rsrsrsr.

Atlante

:D

Ah, tá... mas é que lembra um pouco a filosofia deles...

abçs,

Renato



É só para se perceber que onde eles  vão ler nós tmbém vamos

Atlante

Isso é o que eu sempre digo para o Anton: deve haver uma maneira de nós criarmos um única língua a fim de nos entendermos.

Mas como é notório, nos diversos tópicos em que, não raro, surgem os mesmos debates - ego, livre-arbítrio, ilusão etc - parece que debatemos em línguas diferentes...

Todavia eu acredito ainda que é possível se buscar essa "linguagem  universalizante" para este desiderato.

Mas não virá deles... porque eles não conseguem exprimir o que sentem e o que pensam por palavras.

É por isso que, ao invés de contestá-los, eu me detenho em  fazer perguntas  que é para ver  se eu entendo o que eles falam e aonde eles querem chegar. Algumas coisas  já foram-me elucidadas, principalmente pelo Anton, mas quando o dim-dim aparece dizendo que  no "universo só existe Deus e o resto é ilusão", aí complica tudo de novo.

Mas, continuemos...

abçs,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 28 de Abril de 2010, 22:33
Olha lá ele dizendo "palavras apenas; fora da ilusão não existe tempo".

Bom as palavras são necessárias, pois ela são um simbolismo do qual nos utilizamos  para expressar conceitos, idéias e entendimentos sobre a realidade, ainda que ele seja ilusória.

Olhe lá também como ele complica: enquanto em Kardec encontramos que "o tempo é uma conseqüência do movimento de rotação dos orbes", ele vem dizendo que "fora da ilusão o tempo no existe". Ou seja, diz a mesma coisa, mas com palavras diferentes.

É isso que gera o desentendimento dos conceitos  muitas vezes.

até.

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 28 de Abril de 2010, 22:54
Olha lá ele dizendo "palavras apenas; fora da ilusão não existe tempo".

Bom as palavras são necessárias, pois ela são um simbolismo do qual nos utilizamos  para expressar conceitos, idéias e entendimentos sobre a realidade, ainda que ele seja ilusória.

Olhe lá também como ele complica: enquanto em Kardec encontramos que "o tempo é uma conseqüência do movimento de rotação dos orbes", ele vem dizendo que "fora da ilusão o tempo no existe". Ou seja, diz a mesma coisa, mas com palavras diferentes.

É isso que gera o desentendimento dos conceitos  muitas vezes.
 

Fora da ilusão não existe tempo, só existe o momento.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 01:09
Bem, então vamos complicar um pouco as coisas a partir de agora...

No universo não existe nada, nem realidade e nem ilusão, nem tempo e nem eternidade, nem espirito e nem materia e nem mesmo Deus. No universo, para o ser humano que vivemos neste momento, so existe o agora e o que sentimos neste preciso instante.

Isto porque não temos como conhecer o espirito e portanto se não o conhecemos é um "nada", não temos como conhecer a materia e portanto passa a ser um "nada". Do tempo e sua ausencia, da eternidade e da fugacidade nada podemos saber tampouco. Deus, apesar de alguns acreditarem que falamos com ele assim como falamos conoso mesmos, tambem é um desconhecido ou um nada para nossas percepções...

Tudo o que possamos ler, escrever, falar sobre os conceitos acima, são e serão sempre produtos do raciocinio, criações da mente a que tambem denominamos de inteligencia, cultura ou simplesmente "saber".

Mas o espirito não evolue por conhecimentos. Alias, tudo o que arduamente estuda durante uma experiencia encarnatoria de nada lhe serve ao desencarnar. Se servisse, toda criança nasceria sabendo expressar-se fluentemente em pelo menos umas 100 diferentes linguas o que não acontece...

O espirito evolui por desenvolvimento emocional. Pelo sentimento, algumas vezes deominado de intenção, é que o espirito determina o seu emtorno espiritual.

Então chegamos ao ponto em que o esudo do ego deve focar-se no desenvolvimento das emoções e com isto em mente podemos reler o Sermão do Monte, por exemplo e encontrar diversas informações validadas modernamente pela psicologia e que nada tem a ver com religião alguma. São apenas o extremo bom senso aplicado ao dia a dia...

Objetivo aqui, desmistificar o ego e as religiões que não ligam nada a coisa alguma a não ser os devotos ao guia do momento, seja pastor, padre, doutrinador, pai de santo ou rabino....
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 29 de Abril de 2010, 02:06
Olha lá ele dizendo "palavras apenas; fora da ilusão não existe tempo".

Bom as palavras são necessárias, pois ela são um simbolismo do qual nos utilizamos  para expressar conceitos, idéias e entendimentos sobre a realidade, ainda que ele seja ilusória.

Olhe lá também como ele complica: enquanto em Kardec encontramos que "o tempo é uma conseqüência do movimento de rotação dos orbes", ele vem dizendo que "fora da ilusão o tempo no existe". Ou seja, diz a mesma coisa, mas com palavras diferentes.

É isso que gera o desentendimento dos conceitos  muitas vezes.
 

Fora da ilusão não existe tempo, só existe o momento.


Namasté

Meu Deus

Mas o momento não é tempo?

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 29 de Abril de 2010, 02:12
Bem, então vamos complicar um pouco as coisas a partir de agora...

No universo não existe nada, nem realidade e nem ilusão, nem tempo e nem eternidade, nem espirito e nem materia e nem mesmo Deus. No universo, para o ser humano que vivemos neste momento, so existe o agora e o que sentimos neste preciso instante.

Isto porque não temos como conhecer o espirito e portanto se não o conhecemos é um "nada", não temos como conhecer a materia e portanto passa a ser um "nada". Do tempo e sua ausencia, da eternidade e da fugacidade nada podemos saber tampouco. Deus, apesar de alguns acreditarem que falamos com ele assim como falamos conoso mesmos, tambem é um desconhecido ou um nada para nossas percepções...

Tudo o que possamos ler, escrever, falar sobre os conceitos acima, são e serão sempre produtos do raciocinio, criações da mente a que tambem denominamos de inteligencia, cultura ou simplesmente "saber".

Mas o espirito não evolue por conhecimentos. Alias, tudo o que arduamente estuda durante uma experiencia encarnatoria de nada lhe serve ao desencarnar. Se servisse, toda criança nasceria sabendo expressar-se fluentemente em pelo menos umas 100 diferentes linguas o que não acontece...

O espirito evolui por desenvolvimento emocional. Pelo sentimento, algumas vezes deominado de intenção, é que o espirito determina o seu emtorno espiritual.

Então chegamos ao ponto em que o esudo do ego deve focar-se no desenvolvimento das emoções e com isto em mente podemos reler o Sermão do Monte, por exemplo e encontrar diversas informações validadas modernamente pela psicologia e que nada tem a ver com religião alguma. São apenas o extremo bom senso aplicado ao dia a dia...

Objetivo aqui, desmistificar o ego e as religiões que não ligam nada a coisa alguma a não ser os devotos ao guia do momento, seja pastor, padre, doutrinador, pai de santo ou rabino....

Anton

Isto é uma opinião, uma ideia ou um conceito?

Ou não é nada?

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 29 de Abril de 2010, 02:39

Meu Deus

Mas o momento não é tempo?



Da ação de pensar no momento nasce a ilusão do tempo e desaparece o momento.

Tudo é ilusão, até os sentidos são uns mentirosos, só criam ilusões.

Para quem queria acabar com as ilusões isto agora ficou complicado...Apareceram mais!!


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 02:40
Mas o espirito não evolue por conhecimentos. Alias, tudo o que arduamente estuda durante uma experiencia encarnatoria de nada lhe serve ao desencarnar. Se servisse, toda criança nasceria sabendo expressar-se fluentemente em pelo menos umas 100 diferentes linguas o que não acontece...


Bom, quer dizer então que voltamos aos nossos eternos debates?? (graças a Deus!! eu to até pensando em retomar as coisas lá no tópico do livre-arbítrio)

Você tá loucão Anton??

Há crianças que nascem falando vários idiomas, tocando instrumentos musicais em tenra idade, pintando quadros, fazendo cálculos matemáticos - só não vou entrar no google para colher exemplos porque isso é tarefa dos copy-coladores. Pesquise você mesmo e encontrará.

Ora, de onde vieram esses conhecimentos?? Pelo jeito você anda consultando pouco o muito citado, POUCO LIDO e raramente compreendido...

Aliás, esse pequenos gênios são uma prova viva da reencarnação, uma vez que, não tendo tempo para aprender tudo o que sabe na sua reduzida infância, aprenderam obviamente em reencarnações anteriores.

Assim como você nos aconselha a nos desapegarmos do:
1- ter: pensar que tem alguma coisa
2- ser: pensar que sabe alguma coisa
3- amar: pensar que as pessoas são nossas,

do mesmo modo, o conselho que eu te dou é CONTINUAR ESTUDANDO. Uma porque, como reza o velho ditado, "conhecimento não ocupa" espaço, e outra  porque nós estamos aqui na Terra também para evoluir intelectualmente. Como diz no LE, "se não houvesse montanhas, o homem não saberia que se pode subir e descer".

Ou seja, a experiência física, é também motivo de aprendizado intelectual para o Espírito. Se não houvesse a reencarnação, o Espírito não poderia aprender nada na erraticidade.

Tudo bem, sei que o objetivo da reencarnação é deixar ao Espírito o mérito de suas ações, e é nisso que consiste o livre-arbítrio, mas daí a dizer que o conhecimento adquirido na Terra é inútil para o Espírito quando ele desencarnar, é relativo.

Pode até ser que seja inútil para o Espírito na erraticidade,  mas, uma vez em reencarnando, esse conhecimento adquirido em outra vida, lhe será útil.

Mas eu nem sei  porque eu to postando isso, porque é uma coisa tão óbvia...

continuemos...

abçs

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 29 de Abril de 2010, 02:53

Olá!

Sabe jogar bilhar, amigo Renato? Sabe dar efeitos? E sabe o que a doutrina diz sobre efeitos?

É o que Deus faz, dar efeitos.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 02:58

Tudo é ilusão, até os sentidos são uns mentirosos, só criam ilusões.


Está bem então! quem vai dar uma "aula" sobre "ilusão dos sentidos" aqui agora, será eu.

Essa idéia também está  presente no ocidente. Não é preciso se recolher no interior da gruta e ficar lá uma semana sem comer nada para se saber isso.

Tomemos como exemplo Descartes; como ele chega ao cogito??

Bem, Descartes  tem como mister descobrir um novo método para as ciências, e, como ele é contemporâneo de  uma geração de cépticos (Cepticismo não é descrença em Deus! é uma corrente filosófica que coloca em dúvida as  "verdades" em voga), como Michel de Montaigne (anterior a ele), e David Hume, irá se influenciar por esse "cepticismo".

A questão é que Descartes leva esse  "processo de duvidar" a sério. E começa a duvidar de tudo. Diz ele: "eu vou duvidar, de que tudo aquilo que meus precptores ensinaram é falso; vou duvidar, de que tudo que vejo, sinto, toco, tateio é, outrossim, falso. Mas não é só isso, vou duvidar de de que nada existe, nem homens, nem teorias, nada. Vou além - diz Descartes: duvidarei da minha própria existência. Mas nesse processo de duvidar, com efeito posso duvidar de tudo, até mesmo da minha própria existência, mas de uma coisa não posso duvidar, a saber que duvido, e se eu duvido eu penso, e se penso, logo existo  

E aí vem a explicação do porquê da razão ser o único guia seguro para se constituir um método científico. E, Descartes chega, com isso, com a descoberta do cogito ergo sum à existência de Deus, na 5a Prova da Existência de Deus, em suas "Meditações Metafísicas". Vamos a ela. (no finalzinho tem um comentário meu)

“Ora, se eu fosse independente de outro ser, e fosse eu próprio o autor de meu ser, certamente não duvidaria de coisa alguma, não mais conceberia desejos e, enfim, não me faltaria perfeição alguma; pois eu me teria dado todas aquelas de que tenho alguma idéia e assim seria Deus. (...) e, assim, sem dificuldade, se eu mesmo me tivesse dado esse mais de que acabo de falar, isto é, se eu fosse o autor de meu nascimento e de minha existência, eu não me teria privado ao menos de coisas que são de fácil aquisição, a saber, de muitos conhecimentos de que minha natureza está despojada. (...) E portanto, já que sou uma coisa pensante, e tenho em mim alguma idéia de Deus, qualquer que seja, enfim, a causa que se atribua à minha natureza, cumpre necessariamente confessar que ela deve ser de igual modo um coisa pensante e possuir em si a idéia de todas as perfeições que atribuo à natureza divina. E certamente não se deve achar estranho que Deus, ao me criar, haja posto em mim esta idéia para ser como que a marca do operário impressa em sua obra; e não é tampouco necessário que essa marca seja algo diferente da própria obra. Mas pelo simples fato de Deus ter me criado, é bastante crível que ele, de algum modo, me tenha produzido à sua imagem e semelhança e que eu conceba essa semelhança (na qual essa idéia de Deus se acha contida) por meio da mesma faculdade pela qual me concebo a mim próprio; isto quer dizer que, quando reflito sobre mim, não só conheço que sou uma coisa imperfeita, incompleta e dependente de outrem, que tende e aspira incessantemente a algo de melhor e maior do que sou, mas também conheço, ao mesmo tempo, que aquele de quem dependo possui em si todas essas grandes coisas a que aspiro e cujas idéias encontro em mim, não indefinidamente e só em potência, mas que ele desfruta de fato, atual e infinitamente e assim, que ele é Deus.” (Descartes, Meditações. Item 31, pp-109-111; item 39, p. 112. IN: Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1979. Como vemos, nesta prova da existência de Deus, por Descartes, Deus só pode ser conhecido pela razão, ou seja, pela res cogitam, porque Deus também é res cogitan, ao passo que, o espaço e a extensão possuindo natureza diversa, não podem ser apreciados senão pelos órgãos sensoriais.

(continua)
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 03:07
(continuando)

Ora, vejam que ele chega a existência de Deus pelo "penso, logo Deus existe". Nesse sentido, como costumavam dizer os meus professores de filosofia e sociologia, para Descartes só existe Deus, quer dizer, na verdade não existe nada, porque ele mesmo não existe.

Como diz Herculano Pires - que foi professor de filosofia na UNESP de Araraquara - SP - Brasil - em seu livro "O Espírito e o Tempo". Foi Descartes quem abriu caminho na área filosófica,  ou seja preparou o terreno para a chegada da Doutrina dos Espíritos, o que é óbvio aliás, porque Descartes já antecipa aquela questão de OLE, em que, as percepções que temos são destinadas aos órgãos e sentidos aptas a percebê-las.

E Descartes dá o exemplo da cera: "tomemos essa cera como exemplo: se batermos nela, ela produzirá algum som; vemos que ela tem uma coloração, uma forma, exala algum aroma, tem um certo formato etc. Agora - diz Descartes - submetamos essa cera ao calor: ela derrete, e todas as características antes notadas, desaparecem", de modo que, os sentidos enganam. Só a razão  pode conhecer, diz Descartes.

Pois então, essa é a versão ocidental da "ilusão". Nessa perspectiva, Descartes nos mostra que só Deus existe - to falando isso que é para "casar" a nossa filosofia com a vossa. Na verdade só existe duas coisas: "Deus, e o Espírito (=razão), tudo o mais é ilusório.

Já está bom ...


Até já .


Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 03:14

Olá!

Sabe jogar bilhar, amigo Renato? Sabe dar efeitos? E sabe o que a doutrina diz sobre efeitos?

É o que Deus faz, dar efeitos.


Namasté

Sei um pouco amigo dim-dim, mas não gosto de jogar bilhar, porque eu sempre perco.

Não sei o que a Doutrina diz sobre efeitos. Faça o copy-cole aí para a gente (do muito citado...)

abçs

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 03:27
Faça o copy-cole aí para a gente (do muito citado...)

Tô pensando seriamente em cobrar algum pelos direitos autorais do "muito citado".... Talvez mesmo um dizimozinho... rsrssss (egos tambem riem...)
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 03:32
Faça o copy-cole aí para a gente (do muito citado...)

Tô pensando seriamente em cobrar algum pelos direitos autorais do "muito citado".... Talvez mesmo um dizimozinho... rsrssss (egos tambem riem...)

Anton, faça um favor para mim...

Sabe aquela parte que fala que as percepções que temos são destinadas apenas aos órgãos e sentidos aptas a recebê-las?? Pois é, eu não me lembro aonde ela está no MPRLE (calma que isso aí não é a sigla da Besta do Apocalipse não, é a abreviatura do muito citado, pouco lido, e raramente compreendido LE  :D


Se você puder fazer esse favor já lhe agradeço de antemão.


Obrigado,



Renato


 

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 03:58
Sabe aquela parte que fala que as percepções que temos são destinadas apenas aos órgãos e sentidos aptas a recebê-las?? Pois é, eu não me lembro aonde ela está no MPRLE (calma que isso aí não é a sigla da Besta do Apocalipse não, é a abreviatura do muito citado, pouco lido, e raramente compreendido LE 

Ta logo no inicio:

32 - Diante disso, os sabores, os odores, as cores, o som, as qualidades venenosas ou salutares dos corpos apenas seriam modificações de uma única e mesma substância primitiva?

– Sim, sem dúvida, e que apenas existem pela disposição dos órgãos destinados a percebê-los.

☼ Esse princípio é demonstrado pelo fato de que nem todo mundo percebe as qualidades dos corpos da mesma maneira: um acha uma coisa agradável ao gosto, outro a acha ruim; uns vêem azul o que outros vêem vermelho; o que é um veneno para uns é inofensivo ou salutar para outros.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 04:32
Sabe aquela parte que fala que as percepções que temos são destinadas apenas aos órgãos e sentidos aptas a recebê-las?? Pois é, eu não me lembro aonde ela está no MPRLE (calma que isso aí não é a sigla da Besta do Apocalipse não, é a abreviatura do muito citado, pouco lido, e raramente compreendido LE

Ta logo no inicio:

32 - Diante disso, os sabores, os odores, as cores, o som, as qualidades venenosas ou salutares dos corpos apenas seriam modificações de uma única e mesma substância primitiva?

– Sim, sem dúvida, e que apenas existem pela disposição dos órgãos destinados a percebê-los.

☼ Esse princípio é demonstrado pelo fato de que nem todo mundo percebe as qualidades dos corpos da mesma maneira: um acha uma coisa agradável ao gosto, outro a acha ruim; uns vêem azul o que outros vêem vermelho; o que é um veneno para uns é inofensivo ou salutar para outros.

Veja, entretanto, como é de se deixar "de orelha em pé" esse comentário de Kardec. Ele não pode estar  se referindo, quando fala "um acha agradável ao gosto, outro acha ruim", a eu e você; ao dim-dim ou ao Atlante, porque, do contrário seríamos como que, extraterrestres no meio de outros extraterrestres vivendo no mesmo mundo. Como você discorreu certa vez lembra?? de que, se houvesse extraterrestres aqui na Terra, nem eles  nos veriam e nem nós veríamos eles.

Eu acho que Kardec viajou legal nesse comentário, ou seja, não entendeu o que os Espíritos quiseram dizer, a menos que esse "uns e outros" sejam os diversos habitantes  dos diversos globos. Você já tinha parado para pensar nisso,  Anton?? Ou será que Kardec está se referindo às diversas espécies de animais  e vegetais (incluindo o homem)?

Bem, retomando então, veja como Descartes já tinha antecipado essa noção. É que, a filosofia ocidental, ignorou o sentido profundo da filosofia de Descartes, retirando dela apenas a interpretação que dizia respeito ao método  científico.

Esperava  que você fizesse de novo aquelas colocações sobre a velocidade do som, e a faixa vibratória captada pelo ouvido humano; acho que essa questão ajudará a elucidar a questão do ego como ilusão, e de que "tudo é ilusão", afinal o tema do tópico é este.

Até mais,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 29 de Abril de 2010, 10:08

Não sei o que a Doutrina diz sobre efeitos. Faça o copy-cole aí para a gente (do muito citado...)
 

Efeitos são as emanações de Deus.


" Allan Kardec "

32. - Os nossos órgãos materiais não podem perceber as coisas de essência espiritual. Unicamente com a visão espiritual é que podemos ver os Espíritos e as coisas do mundo imaterial. Somente a nossa alma, portanto, pode ter a percepção de Deus.


Namasté
 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 29 de Abril de 2010, 10:48

No universo não existe  ilusão


Bolas, finalmente. ;D ;D :D :D

Estava vendo que o homem nunca mais admitia este facto.  ???

Dim Dim está vendo, o seu mestre já admitiu isto, está na sua hora também. :-*

O meu amigo está em progresso arrasador, já passou das galinhas para o bilhar. Isto significa que saiu do seu isolamento campestre para o buliço da grande cidade?

Eu quando era bem novo, lá no meu tempo da puberdade, pratiquei bilhar, mas foi de bolso. ::)

Um abraço para vcs

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 29 de Abril de 2010, 10:55

Meu Deus

Mas o momento não é tempo?



Da ação de pensar no momento nasce a ilusão do tempo e desaparece o momento.

Tudo é ilusão, até os sentidos são uns mentirosos, só criam ilusões.

Para quem queria acabar com as ilusões isto agora ficou complicado...Apareceram mais!!

Namasté

Oh Dim Dim

Conhece alguma loja aí, na sua cidade de Lisboa, que venda descomplicómetro.
Você lá atrás diz

"Fora da ilusão não existe tempo, só existe o momento"

Agora diz

"Da ação de pensar no momento nasce a ilusão do tempo e desaparece o momento."

Não será isto uma contradição?

Atlante


Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 29 de Abril de 2010, 10:59
Faça o copy-cole aí para a gente (do muito citado...)

Tô pensando seriamente em cobrar algum pelos direitos autorais do "muito citado".... Talvez mesmo um dizimozinho... rsrssss (egos tambem riem...)

Parabens Anton

Finalmente tirou a mascara de velho careta e alinhou conosco num sorriso franco e aberto.
Deve ser por ter abandonado o mundo da ilusão. ;)

Ainda só não explicou se aquilo lá é uma opinião, uma ideia ou um conceito. >:(

Atlante

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Diegas em 29 de Abril de 2010, 11:59
Bem, então vamos complicar um pouco as coisas a partir de agora...

No universo não existe nada, nem realidade e nem ilusão, nem tempo e nem eternidade, nem espirito e nem materia e nem mesmo Deus...'


Ola, Anton


Cá estou novamente... ;D

Parece que estou em perseguição à sua persona (admito, sou um Ego-ainda-fraldinha).

Putz...Impressionante !!

A que ponto chegamos: Não existe nada no Universo ? E, depois ainda vem em outro tópico recomendar a leitura de um ítem no Livro dos Espiritos ?

Não sei em que parafusos voce se meteu nesta filosofia-louca, que parece uma rosca sem fim - uma hora a prosa gira para a direita das ilusões; outra, para o Nada.

Que coisa impressionante e assustadora !! - não chegaria ao ponto de considerá-lo um Ego complicado.


- Ah - ia me esquecendo: Conforme o Livro dos Espiritos 'Nada acontece ao acaso'. Este NADA só existe nas palavras (grafia ou som)



Abç
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 29 de Abril de 2010, 15:05

"Da ação de pensar no momento nasce a ilusão do tempo e desaparece o momento."

Não será isto uma contradição?


Não. É apenas aparente, porque o amigo está a pensar.

Quando acabar com a estória pessoal acaba-se o tempo e a aparente contradição, fica o momento.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 15:52
Para os mais apressados, adeptos da leitura dinamica onde paginas são lidas em segundos, convido a reler o que não perceberam. Por favor não me leiam como leem o muito citado, pouco lido, etc...

Escrevi:

No universo não existe nada, nem realidade e nem ilusão, nem tempo e nem eternidade, nem espirito e nem materia e nem mesmo Deus. No universo, para o ser humano que vivemos neste momento, so existe o agora e o que sentimos neste preciso instante.

Em lugar algum afirmei que nada existe. O paragrafo afirma que para cada um de nos, nada alem do momento presente existe.

E o que isto quer dizer?

Todas as construções mentais são realizadas pelo ego que unicamente sabe fazer tres coisas:

Controlar        Predizer        Defender


O passado não mais existe e é como se jamais tivesse existido enquanto o futuro é uma possibilidade, então não ha o que se ocupar dele. São construções mentais, assim como as formas.

No LE, em questão que postei acima, a pedido do menino das estrelas, Kardec escreveu sobre as percepções dos sentidos. E o que isto quer dizer? Que para nos nada existe no universo afora o FCU, que nem mesmo sabemos o que possa ser, visto ser energia. E se energia não possui formas e no entanto percebemos formas, isto se deve aos sentidos que de alguma forma decodificam ou interpretam ou traduzem determinada energia ou "bloco" de FCU. Kardec deu o exemplo de azul e vermelho, salutar e letal. Mas os exemplos são infinitos. Isto inclui a tudo o que percebemos, até acontecimentos, pensamentos e emoções.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 15:59
Isto é uma opinião, uma ideia ou um conceito?
Ou não é nada?

Opiniões, ideias e conceitos são racionalizações do ego e portanto não se trata de opinião, ideia ou conceito, e tampouco é coisa minha. Do ponto de vista da razão é um nada. No entanto é o nada mais importante na evolução espiritual.

Explico. O que nos aproxima e diferencia uns dos outros não é o conteudo mental ou saber, mas o conteudo emocional ou sentir. Todas as religiões, doutrinas e filosofias do planeta basearam-se e baseiam-se no saber. E isto tem uma razão de ser, a prova coletiva de todos os espiritos vivendo no orbe terestre denomina-se "egoismo" e se estamos aqui, estamos todos igualmente expostos a um conjunto de provas, que se resumem sempre a uma única questão. Podemos escolher sermos individualistas ou alternativamente sermos universalistas. Podemos deixar as energias fluirem de forma centrifuga (universalismo) ou centripeta (inividualismo) e este é o soberano livre arbitrio que possuimos a cada instante de nossa vida.   

Mas esta decisão do livre arbitrio, apesar de ser soberana, não é racional. Não ha momento algum em que o espirito diga: vou ser individualista ou vou ser universalista hoje. Esta decisão é interior e oculta, é emocional e tambem é conhecida como intenção. É a intencionalidade que esta por traz de cada ação que se desenvolve no palco de nossas vivencias diarias.

A psicologia ja atribuiu um nome a esta inteligencia, porque se trata de algo inteligente, mas não racional. Denominou-a de "Inteligencia Emocional". Mais adiante podemos nos estender sobre isto.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 16:16
Você tá loucão Anton??

Há crianças que nascem falando vários idiomas, tocando instrumentos musicais em tenra idade, pintando quadros, fazendo cálculos matemáticos - só não vou entrar no google para colher exemplos porque isso é tarefa dos copy-coladores. Pesquise você mesmo e encontrará.

Ora, de onde vieram esses conhecimentos?? Pelo jeito você anda consultando pouco o muito citado, POUCO LIDO e raramente compreendido...

Aliás, esse pequenos gênios são uma prova viva da reencarnação, uma vez que, não tendo tempo para aprender tudo o que sabe na sua reduzida infância, aprenderam obviamente em reencarnações anteriores.

Bem, concordamos em algo. Graças a Deus sou loucão em termos humanos.

Talvez por ser louco, não me parece obvio que isto seja uma comprovação da reencarnação. Posso alinhavar algumas outras hipoteses para o conhecimento infantil. O que voce esta fazendo é acreditar em uma historinha das que o ego é contador...

Exemplos de historinhas que o ego conta:

Fumar da cancer.... da em muita gente mas não em todas e não sempre, portanto é uma tentativa de previsão do futuro
Correr na estrada causa acidentes.... não é a velocidade que os causa...
Fazer sexo sem camisinha transmite a AIDS... o que é uma meia verdade ou historinha....
etc....

E voce não mostrou uma criança que fale fluentemente 100 linguas....

Não se esqueça de que cada encarnação possui o seu conjunto de provas, que é expresso por um ego, que pode ter sexo, cor da pele e condição social opostos ao anteior. E tambem preparação para determinadas habilidades, que neste caso nada tem a ver com a encarnação anterior que o ego atual desonheçe. O espirito por sua vez guarda dela as experiencias emocionais, o restante foi totalmente desmagnetizado, como se deleta um HD.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 29 de Abril de 2010, 18:17

O meu amigo está em progresso arrasador, já passou das galinhas para o bilhar. Isto significa que saiu do seu isolamento campestre para o buliço da grande cidade?
 

Eu não, amigo.

Eu não sou nada, para além de uma encarnação, temporária, preparada por Deus para o espírito se aperceber das vicissitudes. Quando Deus desligar o botão acaba-se o filme do espírito, esta forma, com o nome de dim-dim, nunca mais existe.

Mas, sinto no meio espírita, que se pensa que os 'ditos' seres humanos é que reencarnam. Até vão construindo, ilusoriamente, cidades fantasmas para viverem a ilusão da forma e do nome depois de mortos. Levam galinhas e gansos para se saciarem 'lá', nos hotéis fantasmagóricos.

Estórias do ego!!


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 20:22

No universo não existe  ilusão


Bolas, finalmente. ;D ;D :D :D

Estava vendo que o homem nunca mais admitia este facto.  ???

Dim Dim está vendo, o seu mestre já admitiu isto, está na sua hora também. :-*

O meu amigo está em progresso arrasador, já passou das galinhas para o bilhar. Isto significa que saiu do seu isolamento campestre para o buliço da grande cidade?

Eu quando era bem novo, lá no meu tempo da puberdade, pratiquei bilhar, mas foi de bolso. ::)

Um abraço para vcs

Atlante

:D ;D .....

Amigo Atlante, às vezes se me afigura que eles são mestres na arte da contradição :D, pois afinal, existe ou não a bendita ilusão??

abçs

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 20:25
Amigo Atlante, às vezes se me afigura que eles são mestres na arte da contradição :D, pois afinal, existe ou não a bendita ilusão??

Tudo o que imaginamos existir é ilusorio. Por favor, ao menos aprendam a ler...
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Haga em 29 de Abril de 2010, 20:26
Citar
Amigo Atlante, às vezes se me afigura que eles são mestres na arte da contradição , pois afinal, existe ou não a bendita ilusão??


A ilusão faz parte da Realidade  8)
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 20:32
No LE, em questão que postei acima, a pedido do menino das estrelas, Kardec escreveu sobre as percepções dos sentidos. E o que isto quer dizer? Que para nos nada existe no universo afora o FCU, que nem mesmo sabemos o que possa ser, visto ser energia. E se energia não possui formas e no entanto percebemos formas, isto se deve aos sentidos que de alguma forma decodificam ou interpretam ou traduzem determinada energia ou "bloco" de FCU. Kardec deu o exemplo de azul e vermelho, salutar e letal. Mas os exemplos são infinitos. Isto inclui a tudo o que percebemos, até acontecimentos, pensamentos e emoções.


Nisto eu concordo, mas como eu sempre digo, não é preciso recorrer ao pensamento oriental para saber disso, pois que o encontramos na filosofia ocidental - vide o meu post sobre a descoberta do cogito por René (Renato, meu xará :D) Descartes.

abçs,

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 29 de Abril de 2010, 20:34
Eia Anton

Agora então é que complicou mesmo.
Como o Dim Dim não compre o decomplicómetro, lá em Lisboa onde há tudo, não vou conseguir entender você.

Veja que o emu amigo sempre me vai chamando de DIME ( desiludido por não ter ilusão, individualista, materialista e egoista ).
Agora vem informar que o oposto de individualista é universalista. Muito bem. Mas ao mesmo tempo vem informar que no universo nada existe para o ser humano que nós somos.
Ora ser universalista implica uma acção, implica agir no universo.
Como pode o meu amigo ser duma coisa que não existe?
Como pode agir no universo se no universo nada existe?

Devo ser mesmo eu que não consigo entender.

Depois isto não é opinião, não é ideia nem conceito, porque essas coisas são do ego. Nem sequer são do Anton, embora seja ele que as escreve.
Então de quem são? E o que são?

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 29 de Abril de 2010, 20:49

O meu amigo está em progresso arrasador, já passou das galinhas para o bilhar. Isto significa que saiu do seu isolamento campestre para o buliço da grande cidade?
 

Eu não, amigo.

Eu não sou nada, para além de uma encarnação, temporária, preparada por Deus para o espírito se aperceber das vicissitudes. Quando Deus desligar o botão acaba-se o filme do espírito, esta forma, com o nome de dim-dim, nunca mais existe.

Mas, sinto no meio espírita, que se pensa que os 'ditos' seres humanos é que reencarnam. Até vão construindo, ilusoriamente, cidades fantasmas para viverem a ilusão da forma e do nome depois de mortos. Levam galinhas e gansos para se saciarem 'lá', nos hotéis fantasmagóricos.

Estórias do ego!!

Namasté

Oh Dim Dim ( parece o oh gente, gente do Anton )
Isto é mesmo confuso.
Lá no outro post diz que " só existe o momento "
Depois diz que o acto de pensar faz com que o momento desapareça, o que significa que, para além do momento também existe o pensamento, pelo que o momento já não está só. Depois o momento desaparece. Então o que fica?

Quanto à questão daquilo que os espiritas pensam, já entramos noutro campo.
E aí penso que são caminhos que o meu amigo não deve trilhar.
Não se esqueça que não conhece a doutrina, nunca frequentou um centro espirita, não contribuiu fosse com o que fosse para essa grande causa, por isso não julgue.
Não se esqueça que o que conhece da doutrina resulta de uma simples leitura de OLE. Por muito que pense que isso lhe dá conhecimento doutrinário, pode crer que não dá. Seria o mesmo que ler um livrinho de medicina e julgar-se médico.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Hebe M C em 29 de Abril de 2010, 20:55
Boa Tarde a todos,
:D Não sei porque entra sempre a bendita galinha na história, talvez seja porque se ela sentar numa pedra com formato de ovo, vai morrer na ilusão chocando para ver se sai alguma cria até morrer.
Dim Dim você complica muito.
O Ego é a personalidade que assumimos agora,na crosta. Então iludidos com a matéria pensamos, sou mulher ou homem, bem sucedido tenho muito dinheiro, assumo um posto fantástico todos me admiram, certo ?
Erradíssimo, não somos nem o corpo que temos e nem o cargo que ocupamos, portanto não se iludam, estamos aqui para evoluir. Se tivermos a oportunidade de nascer em berço de ouro, faça caridade em sentimentos, amor, material, resgate suas relações e viva seguindo as Leis Universais., e etc, senão não adianta nada.
Se nascermos em berço  pobre, feio, ou deficiente, sustente as suas provas dando amor , carinho, resgatando suas relações, transmitindo paz e aceitando a sua condição.
Se tiver oportunidade de ser culto, intelectual transmita seus conhecimentos sem arrogância. Se for ignorante por condições que a vida lhe deu, não tenha vergonha em perguntar e escute os mais sábios. Aprenda com a vida.

A meu ver é só isso.
Se eu estiver errada me convença do contrário.
Mas considero essa questão muito simples dentro do meu modo simples de pensar.
Um abraço
 Hebe
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 21:07
Oh Dim Dim ( parece o oh gente, gente do Anton )

Não é "oh gente"... é "gente, gente" falando em tom paternal rsrs

Lembro-me até do meu pai dizendo "gente, gente, vocês estando brincando com dinheiro, tem gente por aí que não tem nem o que comer" (referindo-se ao fato de os filhos ficar gastando  dinheiro).

gente, gente... :D

o aprendizado é salutar, e a diversão, essa, oh gente!! é mais do  que garantida ;D

Um abraço!

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 21:27
No LE, em questão que postei acima, a pedido do menino das estrelas, Kardec escreveu sobre as percepções dos sentidos. E o que isto quer dizer? Que para nos nada existe no universo afora o FCU, que nem mesmo sabemos o que possa ser, visto ser energia. E se energia não possui formas e no entanto percebemos formas, isto se deve aos sentidos que de alguma forma decodificam ou interpretam ou traduzem determinada energia ou "bloco" de FCU. Kardec deu o exemplo de azul e vermelho, salutar e letal. Mas os exemplos são infinitos. Isto inclui a tudo o que percebemos, até acontecimentos, pensamentos e emoções.


Nisto eu concordo, mas como eu sempre digo, não é preciso recorrer ao pensamento oriental para saber disso, pois que o encontramos na filosofia ocidental - vide o meu post sobre a descoberta do cogito por René (Renato, meu xará :D) Descartes.

Acorda homem, assim voce perde o trem e vai ficar rodando de carro de boi mais uma temporada...

Mas onde foi que voce viu algo oriental aqui? Estou falando de Kardec e do muito citado, quase nada lido e pelo visto, totalmente incomprendido Livro dos Espiritos.

O LE nos informa de que existem 3 elementos no universo. E que não temos os sentidos para perceber nenhum dos tres. Mas no entanto, percebemos coisas. E se não são os 3 elementos que existem, so podem existir em nossa mente o que o LE tambem confirma. E a isto se da o nome de ilusão.

Tudo de absoluto acordo com o que ha milenios esta sendo transmitido. E nem poderia ser diferente, se o fosse, o LE ja estaria na lixeira ha decadas. São as mesmissimas informações com outras palavras. Mas os homens, bem os homens não enxergam coisa alguma e acreditam no que enxergam no espelho.

Isto de que estamos falando é o beaba do conhecimento espiritual. O desconhecimento disto é privilegio dos materialistas e ateus
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 21:36
Devo ser mesmo eu que não consigo entender.

Enquanto voce acreditar que é o Atlante não vai entender nada mesmo. Enquanto voce acreditar que egos encarnam, dança. Enquanto acreditar que egos podem alterar provas do espirito, contua enrolado. Enquanto acreditar que pode fazer qualquer ação, ta ferrado.... Enquanto achar qualquer coisa e esperar qualquer coisa, não evolue...

Mas Deus é bom, vai permitir que voce esqueça tudo isto e tente de novo, quantas vezes voce quizer. Enquanto não sabe o que voce quer fazer, voce vai ficar recebendo bonus-hora e morar em um local onde ha janelas com violetas. Uma graça... É o mundo dos devas, descrito com detalhes nos vedas, bem antes da literatura psicografica...
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 29 de Abril de 2010, 22:32

Quanto à questão daquilo que os espiritas pensam, já entramos noutro campo.
E aí penso que são caminhos que o meu amigo não deve trilhar.
Não se esqueça que não conhece a doutrina, nunca frequentou um centro espirita, não contribuiu fosse com o que fosse para essa grande causa, por isso não julgue.
Não se esqueça que o que conhece da doutrina resulta de uma simples leitura de OLE. Por muito que pense que isso lhe dá conhecimento doutrinário, pode crer que não dá. Seria o mesmo que ler um livrinho de medicina e julgar-se médico.


Isso é tudo ilusão, amigo Atlante.

É preciso ousadia, viver como um guerreiro sem hábitos e rotinas, experimentar todas as vicissitudes, fugir de todas as regras sociais, manter-se sem juízos de valores sobre as sensações, para que o espírito as possa perceber como na realidade são, sem interpretações. A percepção social é o véu que impede a liberdade de percepção.

Isto está na doutrina, para quem não se ilude com consolos.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: psi em 29 de Abril de 2010, 23:03
Para inspirar os amigos nos debates:
 :D :D :D

Música: Sei lá... a vida tem sempre razão

Composição: Toquinho / Vinicius de Moraes


Tem dias que eu fico pensando na vida
E sinceramente não vejo saída.
Como é, por exemplo, que dá pra entender:
A gente mal nasce, começa a morrer.

Depois da chegada vem sempre a partida,
Porque não há nada sem separação.
Sei lá, sei lá, a vida é uma grande ilusão.
Sei lá, sei lá, só sei que ela está com a razão.

A gente nem sabe que males se apronta.
Fazendo de conta, fingindo esquecer
Que nada renasce antes que se acabe,
E o sol que desponta tem que anoitecer.

De nada adianta ficar-se de fora.
A hora do sim é o descuido do não.
Sei lá, sei lá, só sei que é preciso paixão.
Sei lá, sei lá, a vida tem sempre razão



Um abraço


PSI
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 29 de Abril de 2010, 23:09

Isso é tudo ilusão, amigo Atlante.

1- É preciso ousadia, viver como um guerreiro sem hábitos e rotinas, experimentar todas as vicissitudes,

2- fugir de todas as regras sociais,

3- manter-se sem juízos de valores sobre as sensações, para que o espírito as possa perceber como na realidade são, sem interpretações. A percepção social é o véu que impede a liberdade de percepção.

4- Isto está na doutrina, para quem não se ilude com consolos.


Namasté

1- fico imaginando um pai de família, que mora num subúrbio, e toma todas as manhãs o metrô ou suburbano, para ir ao trabalho. Volta cansado para a casa, toma seu jantar, descansa e noutro dia começa tudo de novo, para  dar de comer aos  filhos.

Mas eu entendi o que você quis dizer, só que, como você escreve usando "máximas morais", e não explica as coisas direito, nós temos que fazer esse trabalho

2- Volte então para o mundo espiritual. Essa é a única maneira de fugir às regras sociais, porque o objetivo da reencarnação (um deles) é se submeter a elas (ver a esse respeito "Lei de Sociedade", no muito citado, pouco lido e totalmente incompreendido LE.

3- Isso é verdade; como encontramos em Nietszche: libertar-se dos valores sociais condicionados e da opinião pública, o que aliás, foi a única coisa que Jesus veio fazer aqui na Terra: nos ensinar isso, a saber que devemos nos libertar da pseudo proteção dos pais e das instituições e, nos  voltando para si mesmos, fazer germinar a sementinha do grão de mostarda, o potencial latente que está  dentro de nós e que é desconhecido.

4- Que eu saiba a Doutrina não ensina a ociosidade e o descumprimento das obrigações e responsabilidades sociais que nos cabe, como vc diz em 2

abçs

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 29 de Abril de 2010, 23:36

4- Que eu saiba a Doutrina não ensina a ociosidade e o descumprimento das obrigações e responsabilidades sociais que nos cabe, como vc diz em 2
 

Amigo Renato

O fugir a todas as regras sociais não é tornar-se irresponsável, não, é descomprometer-se com a sociedade, porque está comprometido com Deus.

Cumpre os seus deveres normais, mas como sabe que tudo é ilusão não dá importância a nada, não sofre, não sente.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Abril de 2010, 23:39
4- Que eu saiba a Doutrina não ensina a ociosidade e o descumprimento das obrigações e responsabilidades sociais que nos cabe, como vc diz em 2

Se algo da DE ferir os ensinamentos de Cristo, fiquemos com Cristo. O que é "vencer o mundo", para voce?
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Haga em 29 de Abril de 2010, 23:41
Citar
4- Que eu saiba a Doutrina não ensina a ociosidade e o descumprimento das obrigações e responsabilidades sociais que nos cabe, como vc diz em 2


Nós por fora podemos vivenciar o mundo igualzinho aos outros, fazer tudo o que os outros fazem, mas por dentro estar livre de todas essas regras e responsabilidades. É não se sentir obrigado a fazer e não se sentir obrigado a não fazer..Acho que isso pode parecer confuso, mas acho q é por aí.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 30 de Abril de 2010, 00:35

O LE nos informa de que existem 3 elementos no universo. E que não temos os sentidos para perceber nenhum dos tres. Mas no entanto, percebemos coisas. E se não são os 3 elementos que existem, so podem existir em nossa mente o que o LE tambem confirma. E a isto se da o nome de ilusão.

Tudo de absoluto acordo com o que ha milenios esta sendo transmitido. E nem poderia ser diferente, se o fosse, o LE ja estaria na lixeira ha decadas. São as mesmissimas informações com outras palavras. Mas os homens, bem os homens não enxergam coisa alguma e acreditam no que enxergam no espelho.


Oh meu Deus, tem piedade de mim.

Nunca pensei que o Kardec fosse tão burro e os espíritos também.
Pois esta é a dedução que fazemos a partir da informação que nosso companheiro nos vem trazer aqui.
Se o livro dos espíritos informa que existem 3 elementos no universo, que por acaso informa que são 4 mas adiante, e se também informa que não temos sentidos para os perceber, então para quê informar? Estranho.

Outra questão muito estranha é esta afirmação de que os homens não enxergam coisa alguma, mas o Anton enxerga com toda a clareza, donde temos que deduzir que o Anton não é homem. Que raio é você então?

Essa coisa de ser o beaba do conhecimento espiritual também não me cheira. Eu ACHO que é mais uma fantasia do Anton, que por acaso até vive no fascinio dessa fantasia, mas é apenas a opinião do Atlante.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 30 de Abril de 2010, 00:47

4- Que eu saiba a Doutrina não ensina a ociosidade e o descumprimento das obrigações e responsabilidades sociais que nos cabe, como vc diz em 2
 

Amigo Renato

O fugir a todas as regras sociais não é tornar-se irresponsável, não, é descomprometer-se com a sociedade, porque está comprometido com Deus.

Cumpre os seus deveres normais, mas como sabe que tudo é ilusão não dá importância a nada, não sofre, não sente.


Namasté

Obrigado pela explicação, amigo dim-dim.

Abraços,

Renato

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 30 de Abril de 2010, 00:49
Devo ser mesmo eu que não consigo entender.

Enquanto voce acreditar que é o Atlante não vai entender nada mesmo. Enquanto voce acreditar que egos encarnam, dança. Enquanto acreditar que egos podem alterar provas do espirito, contua enrolado. Enquanto acreditar que pode fazer qualquer ação, ta ferrado.... Enquanto achar qualquer coisa e esperar qualquer coisa, não evolue...


Anton, Anton
Esta sua opinião é tão tristonha. Eu acredito que, mais que e mais não sei quantos.
Amigo vamos lá ter um pouco de atenção para não pensarmos que alguém anda por aqui apenas para confundir.

Quando digo que tudo provem do espírito, seja em que condições o mersmo se encontre, o que prova que não dou relevância ao ego nem uso o mesmo como desculpa, levo com a ilusão em cima. Agora levo com esta de acreditar que os egos reencarnam, isto é mesmo uma baralhação total. Confundir para reinar.

Tem piada que há uns posts atrás, o meu amigo, na condição de Dim Dim, também me disse que eu acredito que os egos encarnam, deve ser a sua moda para hoje.
Por enquanto,  por aqui, o meu amigo foi o unico que atribuiu individualidade ao ego.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 30 de Abril de 2010, 00:50

Se algo da DE ferir os ensinamentos de Cristo, fiquemos com Cristo. O que é "vencer o mundo", para voce?

Não sei. Você tinha explicado alhures, e não me lembro. Mas gostaria que você explicasse de novo, se possível.

Até mais,

Renato

 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 30 de Abril de 2010, 01:01

Quanto à questão daquilo que os espiritas pensam, já entramos noutro campo.
E aí penso que são caminhos que o meu amigo não deve trilhar.
Não se esqueça que não conhece a doutrina, nunca frequentou um centro espirita, não contribuiu fosse com o que fosse para essa grande causa, por isso não julgue.
Não se esqueça que o que conhece da doutrina resulta de uma simples leitura de OLE. Por muito que pense que isso lhe dá conhecimento doutrinário, pode crer que não dá. Seria o mesmo que ler um livrinho de medicina e julgar-se médico.


Isso é tudo ilusão, amigo Atlante.

É preciso ousadia, viver como um guerreiro sem hábitos e rotinas, experimentar todas as vicissitudes, fugir de todas as regras sociais, manter-se sem juízos de valores sobre as sensações, para que o espírito as possa perceber como na realidade são, sem interpretações. A percepção social é o véu que impede a liberdade de percepção.

Isto está na doutrina, para quem não se ilude com consolos.

Namasté

Dim Dim
Continuo afirmando que as palavras deverão condizer com os actos.
É preciso viver como um guerreiro, no refugio da floresta onde ninguém chega.
Viver como um guerreiro para quê se está isolado do mundo?
Ousadia para fugir do mundo? Parece-me mais cobardia.
Experimentar todas as vicissitudes? Que vicissitudes pode o meu amigo vivenciar no isolamento? Que provas se lhe podem colocar longe de tudo e de todos? Que sugestões lhe poderão chegar?
Depois como poderá o meu amigo compreender todas as coisas, estando longe delas? Como pode o espírito que é criar cenários do que desconhece?

Depois essa coisa de estar na doutrina é mesmo surrealista. Como pode afirmar isto se não conhece a doutrina?
Vive na ilusão de que pelo facto de ter lido o livro dos espíritos já sabe tudo da doutrina.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Atlante em 30 de Abril de 2010, 01:06
4- Que eu saiba a Doutrina não ensina a ociosidade e o descumprimento das obrigações e responsabilidades sociais que nos cabe, como vc diz em 2

Se algo da DE ferir os ensinamentos de Cristo, fiquemos com Cristo. O que é "vencer o mundo", para voce?

Quem é Cristo?
Que ensinamentos deu?

Não conheço este.

Atlante
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: dim-dim em 30 de Abril de 2010, 01:23

Que sugestões lhe poderão chegar?


Amigo Atlante

Não estou preocupado nem dou importância a sugestões, estou aqui para sentir, alguém que perceba.


Namasté
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 30 de Abril de 2010, 01:24
Olá,



Allan Kardec


Vida de isolamento. Voto de silêncio


769 Compreende-se, como princípio geral, que a vida social faça parte na natureza; mas, como todos os gostos estão também na natureza, por que o gosto pelo isolamento absoluto seria condenável se o homem encontra nele sua satisfação?

– Satisfação de egoísta. Há também homens que encontram satisfação em se embriagar; vós os aprovais? Deus não pode ter por agradável uma vida em que o homem se condena a não ser útil a ninguém.

770 O que pensar dos homens que escolhem viver em reclusão absoluta para fugir do contato nocivo do mundo?

– Duplo egoísmo.

770 a Mas se esse retiro tiver por objetivo uma expiação ao lhe impor uma privação pesarosa, não é meritório?

– Fazer antes o bem do que o mal é a melhor expiação. Ao evitarem um mal, caem em outro, uma vez que se esquecem da lei de amor e de caridade.

771 O que pensar daqueles que fogem do mundo para se devotar ao alívio dos sofredores?

– Esses se elevam ao se rebaixarem. Têm duplo mérito por se colocarem acima dos prazeres materiais e por fazerem o bem cumprindo a lei do trabalho.

771 a E aqueles que procuram no retiro a tranqüilidade de que precisam para alguns trabalhos?

– Esse não é absolutamente um retiro egoísta. Eles não se isolam da sociedade, uma vez que trabalham para ela.

772 O que pensar do voto de silêncio determinado por certas seitas desde a Antiguidade?

– Perguntai antes se a palavra é um dom natural e porque Deus a concedeu ao homem. Deus reprova o abuso e não o uso das faculdades que concedeu. Entretanto, há momentos em que o silêncio pode ser útil. No silêncio vos concentrais; vosso Espírito torna-se mais livre e pode então entrar em comunicação conosco. Mas voto de silêncio é uma tolice. Sem dúvida, os que consideram essas privações voluntárias como atos de virtude têm uma boa intenção, mas se enganam porque não compreendem verdadeiramente o alcance das leis de Deus.

☼ O voto de silêncio absoluto, como o de isolamento, impede o homem das relações sociais que proporcionam ocasiões de fazer o bem e cumprir a lei do progresso.

Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Renato_ em 30 de Abril de 2010, 02:18
Calma gente... ("gente, gente  ;))

Atlante,

Eu acho que nós temos algo a aprender com eles. O problema do dim-dim é que ele se expressa por "máximas morais", mas confesso que já obtive entendimentos que eu não tinha, de  certas questões de O Livro dos Espíritos  com o Anton.

Bom, eu acredito que eles praticam aquilo que pregam e muitas vezes não vejo como falta de humildade o fato de eles quererem nos ensinar ou impor aquilo que eles consideram verdades.

O que eu acho lamentável, porém, é a incapacidade desses budistas e krishnamurtistas de criarem um modo de expressão universal, ou seja, que alcance a todos.

Nesse sentido, Allan Kardec não pode ser comparado a esses budas do passado, que ensinavam as coisas para uma comunidade isolada - os ditos "preparados".

Ainda que se venham dizer que Kardec só repetiu aquilo que já se sabia de eras priscas, Kardec tem a vantagem de não só traduzir todo esse conhecimento do passado, com uma nova linguagem,  mas sobretudo de uma maneira simples e humilde, de  modo que até mesmo às classes menos favorecidas intelectualmente torna-se acessível a leitura das obras básicas.

Ele poderia ter complicado tudo, porque era um grande pedagogo, mas escreveu como se fosse um aluno.

É aí que reside a grandeza de Kardec: nem o pedantismo dos intelectualóides espíritas (encarnados e desencarnados) e tampouco a obscuridade dos budas que vivem no ocidente.


Abraços,


Renato


 
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Anton Kiudero em 30 de Abril de 2010, 02:21
Vida de isolamento. Voto de silêncio

E o que fez pensar em evadir-se do mundo? Isto é total estultícia.

Viva no mundo sem ser do mundo. Faça o que o mundo deseja que faça sem submeter-se ao mundo. Em suma vença ao mundo e não seja vencido por ele.
Título: Re: O que é o Ego?
Enviado por: Mizica em 30 de Abril de 2010, 05:35
Definindo o ego
http://meeu.informe.com/02-definindo-o-ego-dt107.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL21lZXUuaW5mb3JtZS5jb20vMDItZGVmaW5pbmRvLW8tZWdvLWR0MTA3Lmh0bWw=)
Olá!

Obrigada por compartilhar Haga.

Gostei do que vi .... vou passar por lá.

Abraço fraterno
Mizica