Forum Espirita

GERAL => Psicologia & Espiritismo => Auto-Conhecimento => Tópico iniciado por: Det's me!... em 16 de Novembro de 2005, 03:12

Título: Livre-Arbítrio X Responsabilidade
Enviado por: Det's me!... em 16 de Novembro de 2005, 03:12
Muita Paz!

Livre-Arbítrio X Responsabilidade
Leila Tondato Henriques
TerraEspiritual
 
 
No Mundo do Pensamento, na Terra do Sentimento, és livre.
 
Livre de um jeito total, infinito, divino.
 
Este Mundo, esta Terra chama-se ESPÍRITO, ou seja, a essência divina que TU és.
 
Desta liberdade não há quem possa privar-te, a não ser tu mesmo, quando permites que o egoísmo, a preguiça, o desânimo se transformem em teus carcereiros, mantendo-te prisioneiro dos maus conselhos que estes cruéis vigias te segredam freqüentemente.
 
A tua aceitação fortalece-os, tornando-os senhores do teu presente e mentores das tuas construções para o futuro.
 
Esta liberdade que já deténs e que recebe o nome de LIVRE-ARBÍTRIO, foi-te concedida pelo PAI CELESTE, mas não de graça.  Premiou-te com ela por teres cumprido, longa e penosamente, todas as etapas que os Seus filhos devem vencer para adquirirem este direito, o direito ao LIVRE-ARBÍTRIO, à escolha, à opção.
 
Porém, como todo direito encerra, em si mesmo, um dever, o direito ao LIVRE-ARBÌTRIO inclui o ônus da responsabilidade.  Portanto, és responsável por tuas escolhas e por elas responderás diante do Tribunal do Mundo Maior.
 
Pediste, e foi-te concedida, a oportunidade de conheceres e abraçares, na presente encarnação, a Doutrina Espírita.Seria ela para ti o instrumento que te propiciaria uma maior aceleração na marcha do teu progresso.
 
Vislumbrando os conhecimentos que esta Doutrina de Luz te traria, planejaste, quando da elaboração da presente encarnação, libertar-te das vendas que não te permitiam, até então, enxergar a real finalidade das tuas vindas ao Mundo das Formas.
 
Pois bem, estás de posse deste divino instrumento que, se bem analisares, ainda é aquisição de poucos.
 
Assim, embora ainda muito endividado, podes te considerar um Espírito premiado, feliz.  Ou, pelo menos, deveria ser esta a tua conclusão.
 
Usando de sinceridade e jogando fora qualquer pouquinho de orgulho, medita nas seguintes questões:
 
- Tens procurado acionar os interruptores constituídos pelas obras da Codificação, para que, como pediste, a luz deste farol te ilumine?
 
- Tens “aproveitado a vida” no sentido materialista da expressão ou no sentido de não desperdiçares a presente encarnação, como o aluno relapso desperdiça o ano letivo?
 
- Sabes que o lazer é uma necessidade, principalmente nos “verdes anos” da existência, mas tomaste conhecimento, através da Doutrina que solicitaste, da urgente reforma íntima, a qual deverá ser impulsionada pelo conhecimento que pediste e que foi posto ao teu alcance.  Já te assenhoraste dele, como se faz com os tesouros preciosos?
 
- Se já saíste dos “verdes anos” e fazes parte do “grupo da idade do juízo”, boa parte da oportunidade reencarnatória já ficou para trás.  Ao contemplares esta “boa parte”, que nota te darias quanto ao aproveitamento do conteúdo doutrinário pelo qual rogaste como mecanismo acelerador do teu progresso?
 
- Que cota do teu tempo livre tens dedicado à aquisição do conhecimento que estimula o progresso?
 
Muitas questões ainda aqui caberiam, mas estas já servirão de apoio a uma boa e frutífera reflexão se, com honestidade, te dispuseres a fazê-la.
 
Não te esqueças: - LIVRE-ARBÍTRIO é um lado da moeda cujo reverso é a RESPONSABILIDADE.

Fiquem bem
Abraceijos ;)

Luís
Título: Re: Livre-Arbítrio X Responsabilidade
Enviado por: _Natalia em 17 de Novembro de 2005, 01:51
Eita, amigão!!

Essa eu vou imprimir para ler todos os dias!! ;D

Namastê!  ;)

Tuuuuudo de bom!

Natália  :-*