Forum Espirita

GERAL => Psicologia & Espiritismo => Auto-Conhecimento => Tópico iniciado por: aruanda em 25 de Novembro de 2005, 17:19

Título: ILUSÃO
Enviado por: aruanda em 25 de Novembro de 2005, 17:19
Somos nós mesmos que nos iludimos, por querer que as criaturas dêem o que não podem e ajam como imaginamos que devam agir (Perceba isso no seu cotidiano).

Constantemente criamos fantasias em nossa mente, bloqueamos a nossa consciência e recusamos a aceitar a verdade.

Usamos os mais diversos mecanismos de defesa, seja de forma consciente, seja de forma inconsciente, para evitar ou reduzir os eventos, as coisas ou os fatos de nossa vida que nós não admitimos.

Quanto mais sonhos ilógicos, mais cresce a luta para materializá-los, levando a criatura humana a ser prisioneira desse círculo vicioso e assim a sofrer mais e a ter novas decepções.

Um exemplo clássico de ilusão é a tendência de certas pessoas em querer fazer tudo com perfeição, aliás, querer ser o modelo perfeito, isto é reflexo de sua incapacidade de aceitar a si próprio, as suas limitações e pior querem que os outros sejam aquilo que ele almeja ser, principalmente os filhos.

A sensação de que podemos controlar a vida de parentes e amigos é outra freqüente ilusão, e nem sempre é fácil diferenciar a ilusão de controlar e a realidade de amar e compreender, pois se assim o fizermos teremos companheiros fiéis, mas jamais por carinho e prazer.

A ilusão dos príncipes encantados salvando as donzelas são úteis desde que não se transformem em ilusórias bases de existência, principalmente nos relacionamentos.

Estamos na Terra para aprender a não negar fatos preciosos que nos ajudem a perceber a grandiosidade da Vida em favor de nosso crescimento espiritual, a ilusão é a negação.

No íntimo somos as nossas crenças plantadas por pais, educadores, parentes e sociedade, que nos conservam a ilusão da posse material como forma de objetivo de se ter à felicidade, como o poder e a fama que garante o amor, ou a força bruta que nos protege da possível agressão, ou da prática sexual que nos dá a integra gratificação da vida.

Pura ilusão!

Muitas pessoas procuram o controle emocional e censuram as suas emoções, porém desconhecem que esta censura desequilibra a própria natureza humana.

Não sentir é viver em ilusão, distanciando-se do verdadeiro significado da vida.

Por isso é mais importante para evolução de nossa espiritualidade acreditar naquilo que se sente do que nas palavras que se ouvem, portanto evoluir é equilibrar-se emocionalmente, reeducar a mente, buscar libertar-se das algemas dos velhos conceitos, transformar-se interiormente e assim definir novos rumos para se libertar.

É tarde para se começar? Não, jamais é tarde para qualquer investimento para si mesmo.

Por onde começar? Pela sua casa de ferramentas, sim o nosso lar, onde todas as ferramentas para nossa evolução estão disponíveis.

Como? Abra os olhos, seja menos duro, mais amoroso, mais flexível, mais compreensível, menos intolerante, escute, mais harmonioso, não exija, conquiste, elogie mais, perceba, e diante das situações mais difíceis, pondere o seu jeito de agir e assim a ilusão se dissolverá.


Paulo Valzacchi
Título: Re: ILUSÃO
Enviado por: ACarlos em 08 de Setembro de 2010, 13:40
Gostei sensivelmente deste comentario sobre a ilusão, sem tirar ou acrescentar quero parabenza-lo pela maneira como
conduziu o comentário. Tambem acho desta forma e penso assim. Obrigado
Deus continue a iluminá-lo
A.Carlos
Título: Re: ILUSÃO
Enviado por: Hebe M C em 08 de Setembro de 2010, 14:58
 :) :) Parabéns pelo texto Aruanda.

Desfazer-se das ilusões e viver o momento, tendo uma compreensão maior de suas limitações e limitações do outro, encerra todo conflito causado por expectativas nossas que nada mais é que o puro egoísmo.
Um abço
Hebe
Título: Re: ILUSÃO
Enviado por: filhodobino em 08 de Setembro de 2010, 15:08
Amados Irmãos,
Pela excelência do postulado, sem querer ser chato, mas já o sendo...
Pediria a meus irmãos refletirem no ppt, e não reparem na simplicidade, ou por outro lado, reparem na simplicidade posto que penso a vida simples, e não impuz um final de propósito, pois se repetirem a visualização, notarão algo diferente a cada volta... haja paciência... mas aí reside também um aprendizado....
É fácil ensinar.... dificil aprender....
Saúde e Paz!
Título: Re: ILUSÃO
Enviado por: Lima Feliz em 14 de Setembro de 2010, 02:12

Um exemplo clássico de ilusão é a tendência de certas pessoas em querer fazer tudo com perfeição, aliás, querer ser o modelo perfeito, isto é reflexo de sua incapacidade de aceitar a si próprio, as suas limitações e pior querem que os outros sejam aquilo que ele almeja ser, principalmente os filhos.

Paulo Valzacchi

Esse paragráfo descreve bem o que penso sobre ilusão, quanto mais leio sobre ilusão menos eu acredito, sabem por que?
As lindas teorias sobre a ilusão descarta muitos sentimentos que são reais como amor, amizade, carinho, atenção enfim vários que se eles nenhuma pessoa conseguiria viver.

Aquelas pessoas solitárias que se trancam em suas casa achando que vivem sozinha isso sim é ilusão. Atualmente as pessoas procuram a internet pra se sentirem na sociedade. Issoo é ilusão? Certamente sim, porém que faz isso pensa que não.

Deixar o verdadeiro Eu agir como fala OSHO é ilusão.

Aruanda, obrigado pelo texto.

Paz de Cristo,

Lima

Título: Re: ILUSÃO
Enviado por: helena 6 em 23 de Novembro de 2010, 07:51
A decepção no mundo em que vivemos é tão antiga quandto "A Queda dos Anjos". Entretanto pouco aprendemos a lidar com ela, que ela faz faz parte da nossa natureza e é significativa para a evolução do ser humano. As diferenças sempre existiram e sem pre existirão. A questão é compreender que o ser humano, em geral, é falível, mormente porque esquece os compromisso assumidos ao reencarnar. Necessário se faz se conscientizar que, se identificamo-la no nosso próximo é porque ela existe em nós. Então, creio que aí entra a nossa capacidade de tolerância, autoconhecimento e amor ao próximo, principalmente quando esse próximo se refere a nós mesmos. Quando tornarmos menos arrogantes e exigentes, veremos o quando de energia psíquica foi desperdiçado por questões que, à essas alturas, não deveríamos mais nos desgatar, por ser um retrocesso que, há muito deveriam estar descartadas dos nossos interesses. É  fundamental que aprendamos a enxergar Ísis sem o seu véu, e o momento é agora.