Forum Espirita

GERAL => Psicologia & Espiritismo => Auto-Conhecimento => Tópico iniciado por: Suelen em 30 de Junho de 2009, 01:07

Título: Comentando a culpa
Enviado por: Suelen em 30 de Junho de 2009, 01:07
COMENTANDO A CULPA


 
      Culpa ou responsabilidade? Você escolhe.
 
     Se você preferir a culpa terá um longo e difícil caminho pela frente, cheio de obstáculos e sem a possibilidade de chegar a lugar algum. Rodará em círculos fechados e sempre retornará ao ponto de partida, carregando uma bagagem cada vez mais pesada de sentimentos negativos.
 
     Tecnicamente, a culpa não é um sentimento, mas um julgamento que você faz a partir da sua noção de  erro, o que já é um erro. Culpa é uma coisa e erro é outra. Erro é o ato de fazer alguma coisa diferente do que, de acordo com as suas crenças, você estabeleceu como certo. E isto é relativo. O que é errado para você pode não ser para outra pessoa e tem a ver com a história de vida de cada um. Inadequadamente, usamos o erro como justificativa para os nossos julgamentos, como motivo para chegarmos à culpa.
 
     Estou certa de que você ainda não encontrou uma pessoa que seja perfeita. Graças a Deus! Imagine um mundo de pessoas sempre certinhas, dentro de um mesmo padrão. Seria uma monotonia! O gostoso da vida é este constante vir a ser, este contínuo estado de aprendizagem. Ninguém é perfeito, inclusive você. Então, não se cobre uma perfeição que só existe no universo das suas idéias. Permita-se errar. Permita que os outros errem. Tenha em mente que através do erro podemos aperfeiçoar o nosso melhor e que não é pela punição que chegaremos a este resultado.
 
     Os sentimentos punitivos doem. Doem emocionalmente, até que passam a se manifestar através de dores físicas. Sentimentos punitivos como a mágoa, o ressentimento e o ódio são destruidores. Destroem a qualidade de vida, até que passam a destruir o próprio corpo, podendo transformar-se num câncer. Particularmente, considero que a culpa poderia ser excluída até mesmo dos dicionários e não faria falta alguma. Ao contrário, seria motivo de bem-estar e saúde para o ser humano.
 
   Comece agora mesmo a excluir a culpa da sua vida. Adote um novo padrão, responsabilizando-se por você mesmo. Assuma a responsabilidade pelos seus pensamentos, palavras e atos. Enquanto a culpa exige punição, a responsabilidade leva à atitudes. Diferentemente da punição, a atitude produz efeitos benéficos, porque transforma, corrige rumos, proporciona crescimento interior, aperfeiçoamento moral e, sobretudo, nos liberta do passado. "Fiz, está feito. Agora, o que convém que eu faça para solucionar esta pendência, para mudar esta realidade?" Isto é atitude. É algo que se processa a partir de você, no seu aqui e agora, que aperfeiçoa e leva à soluções.
 
   Perdoe. Perdoe sempre. Perdoe setenta vezes sete, ou seja, indefinidamente. A maioria das pessoas encontram dificuldades para perdoar ou outros. Constroem modelos e expectativas ao redor de uma pessoa e quando ela não corresponde a essas expectativas é declarada culpada. É conhecida a frase "Quando você aponta um dedo para o outro tem três dedos apontados para si mesmo." Portanto, a aprendizagem do perdão começa em você mesmo. Comece perdoando-se e você aprenderá a perdoar os outros. Perdoe-se por não ser perfeito e você aprenderá a perdoar as imperfeições dos outros. Se alguém o magoou no passado, é tolice que você continue punindo a si mesmo no presente. Veja que você esteve alimentando essa mágoa através do tempo e nada resolveu. 
 
     Liberte o passado. Liberte o outro. Liberte-se. Livre-se do gosto amargo da culpa e encha a sua taça com a doçura do amor. O perdão é expressão de amor. Comece decidindo-se pela amorosidade consigo mesmo e haverá  um ponto em que esse amor transbordará para o seu universo, retornando para você na forma de uma vida serena, saudável e plena de realizações.
 
Lêda Yara Motta Mello
Terapeuta Holística e Orientadora Educacional
Arapiraca (AL) - Brasil
ledayara@terapeutaholistica.com.br
http://ledayara.terapiaholistica.net/ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL2xlZGF5YXJhLnRlcmFwaWFob2xpc3RpY2EubmV0Lw==)


Muita paz!
Título: Re: Comentando a culpa
Enviado por: Blue soft em 01 de Julho de 2009, 01:31
              Suelen,
eu não paro mais de lê suas postagens.
              Sempre cheias de reflexões.
              De agora em diante, não me
culpo mais, me perdoo, pelo ser imperfeito
que ainda sou.


                     Da muito grata,
                             
                                    Blue Soft
                     
Título: Re: Comentando a culpa
Enviado por: Suelen em 01 de Julho de 2009, 02:27
Eu também Blue soft, colocando estas postagens estou aprendendo muito, oportunidade que o Fórum nos dá, estou contente de aqui estar com todos vocês.
Fico feliz que goste!
Abraço fraterno e muita, muita paz!