Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Artigos Espíritas => Tópico iniciado por: Amigos fraternos em 29 de Junho de 2009, 16:34

Título: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Amigos fraternos em 29 de Junho de 2009, 16:34
Amigos  segue abaixo uma suposta mensagem que foi atribuida ao espírito de Allan kardec. Também segue o site aonde se encontra estas mensagens de Allan Kardec e outros espíritos:

A MENSAGEM DE KARDEC

Que a paz do Senhor esteja com todos os meus irmãos presentes, por estarmos reunidos na palavra de Jesus.

            A médium não está só. Observem os videntes presentes, eu a envolvo incorporado para  palestrar com vocês.

            Não digo que seja eu o Codificador do Espiritismo, porque apenas ilustrei as obras que o Cristo ditou através de um grande número de espíritos iluminados encarregados de trazer a verdade a Terra. Eu era apenas um homem simples, que não tinha tendências para trabalhos espirituais. Minha atividade era outra, mas fui levado por amigos a conhecer esta verdade. Mais tarde recebi de um dos espíritos a incumbência de ilustrar esta obra magnífica que ficaria para o consolo de todos aqueles que dela necessitassem, mas de mim nada tem. Não tinha mediunidade para expressar as mensagens diretamente de mim mesmo, utilizar as energias para que os espíritos pudessem se comunicar. Contava com a presença de vários Espíritos Reveladores, e que, um deles que se comunicou foi quem implantou esta Casa(1).

            Foi grande a satisfação e imensa a alegria, por que não dizer? Encontrei as portas abertas e as condições plenas para que eu pudesse também mostrar o que tinha a transmitir a vocês. É algo que está se aproximando, alguma coisa que vai trazer modificação a este planeta terra, e não poderia ser de outra forma.

(1) - Kardec refere-se ao espírito de Cáritas ,que no salão da União Espírita e junto ao Chico Xavier pediu aos irmãos a implantação da Casa.

            Com permissão do Mestre Jesus, deram a mim a incumbência de dar início às comunicações, pois disseram os espíritos: - "Foi você quem abriu as portas para que os homens pudessem receber a verdade, agora, abra-as de novo". E eu me orgulho por estarmos unidos novamente, juntos, na mesma verdade, juntos porque temos as mesmas intenções, juntos porque queremos as mesmas coisas. Unidos na verdade e poder dizer à  Humanidade terrena que Jesus não esquece ninguém, que Jesus não veio à Terra por acaso, como um relâmpago, mas para deixar ensinos eternos. Para muitos de nós estes ensinos estão conosco e continuam eternamente, para outros é preciso lembrá-los todos os dias, pois eles nos levarão a um mundo melhor.

            Trago comigo um grupo de Espíritos que se acha aqui sentados a uma mesa redonda, também fazendo parte desta  comunicação.

            O que eu tenho de bom para vos dar? O que posso vos dar é a coragem, a certeza de que o Espiritismo é vida, a certeza de que vós estais num caminho de consolo.

            Vou continuar, sendo bem visto ou não estarei aqui em outras oportunidades, também para mostrar que o Espiritismo é trabalho, é caridade. Que o espiritismo não deve ficar apenas sobre a mesa, mas deve estar nas mãos dos que têm boa vontade.

            Jesus nos disse que iria, mas, que enviaria um outro Consolador, e que este Consolador está presente para  levar nossas vidas a caminhos melhores  tanto carnal como espiritual.

            Como a Terceira Revelação, o Espiritismo, eu afirmo que ele vai continuar se desenvolvendo por todo o planeta.

            No mundo espiritual estão trabalhando os emissários do Cristo, para trazer à Terra revelações que Jesus promete para esse    milênio que se aproxima. Eu os anuncio, porque as bases estão preparadas.

            Se me apraz voltar ao assunto, vejo que muitos dos presentes poderiam dizer: e o Espiritismo não é isso que estamos vendo?

            Para uns o Espiritismo é trabalho, é luta para o progresso espiritual, mas para outros,.....fecham as portas e não têm coragem de  irem à luta. Há os que consideram feio, ridículo se deparar com espíritos, há os que se apegam unicamente aos estudos buscando o reino dos céus.  Eu pergunto - Onde está o ridículo? Está em nós? Está entre aqueles que necessitam ou está entre os que têm coragem?

            O Senhor nos ensina que devemos lutar enquanto forças tivermos. Se não criarmos coragem para lapidar nosso espírito, jamais seremos grandes. Não vamos fechar nossas portas porque está faltando coragem aos homens da Terra, porque está faltando boa-vontade para trabalhar e lutar por aquele que está sofrendo.

 

            Tivemos na terra, em tempos passados, à mesma época de Jesus, um espírito(2) que foi exemplo para toda a humanidade. Um espírito que mostrou sua bravura e sua coragem. Lutou entre os homens e mostrou que era um daqueles que tinha condições de dizer frente a frente: "coragem homens terrenos, porque como mulher sou ainda muito pequena para lhes igualar em forças, mas dentro de mim há um espírito que fala mais alto  que eu, e digo a vocês: Meu medo não fica aqui, nem me levará ao fundo, mas a altivez de espírito e confiança no irmão que tenho em minha frente é que me eleva e me faz forte para lhes dizer o que digo". Façam de mim o que quiserem, deixem-me nua, cortem-me, despedacem-me, mas meu espírito vocês não terão, porque viverei para a eternidade.

                      

(2) - referência ao espírito de Madalena.  
 
 

 

E me dizia este espírito: "Zombaria não faz mal aos fortes; que cuspir em sua face não a diminuiria, e que pedras não marcam espíritos", e assim se fez merecedora da vitória. Fez seu espírito crescer em todas as encarnações e trabalhou sem nenhum medo. Foi ela tão pequena mulher que nos mostrou coragem, foi ela quem disse ao Mestre Jesus - "Senhor, se quiseres mais de mim, podeis pedir, que darei novamente o meu espírito, e voltarei  aos homens da carne, para que eu possa, mais uma vez, externar o meu gesto de perdão àqueles que estão ansiosos  por uma nova condenação; trabalhar com coragem como já trabalhei, olhar nos olhos daqueles que me enviaram ao fogo do inferno e dizer novamente: “do meu corpo podem fazer o que quiserem, mas meu espírito viverá eternamente, porque o meu desejo é sempre servir".

            Jesus não envia seus discípulos à Terra para colocá-los em palácios. Ele os envia aos pequenos lugares, aos mais humildes, para que todos possam sentir que não é dos grandes homens que parte a verdade.

            Muitos gostariam de nos ouvir, mas aqui não estão presentes, pois sua hipocrisia é muito grande para acreditar numa dessas virtudes que o Cristo envia. Eles ainda não aprenderam deixar o orgulho de lado e acreditar realmente que o Senhor revela seus ensinos aos mais humildes, aos mais simples e pequenos. Não poderia, disse um espírito que estava à minha cabeceira, com quem  há poucos instantes conversava: - "Você  foi quem mostrou, ilustrou os livros e os conhecimentos da verdade. As obras deram-lhe o direito de ser conhecido. Você mesmo continuará sua tarefa, levando a todos a palavra àqueles que quiserem lhe ouvir outra vez". - Sim, concordo, disse ao espírito, mas não serei eu a levar. Eu engrossarei as fileiras de nossa Direção Superior, estarei sempre pronto a contribuir.

            A verdade veio e virá a todos, quer queiram, quer não, pois assim deseja o Senhor, aceitem os homens competentes  ou não, e será a nossa palavra contra a deles.

            Muitos dirão: - "Homem ilustre, que codificou o Espiritismo, hoje se diz incorporado em espírito a transmitir sua palavra àqueles que nele acreditam", mas se algum de vocês presentes, em corpo carnal, tiver a capacidade espiritual de me ver, vejam e respondam-me. Fechem os olhos carnais e me verão os que tiverem condições. Acaso não temos presentes alguns videntes, como sei?

            Sou tido como homem ilustre, como um Codificador, mas não deixo de ser um espírito, e pergunto a vocês: Como terá um espírito condições de transmitir sua palavra ao público, a não ser  usando um corpo mediúnico para levar sua mensagem? Outros dirão – o médium não tem evolução para tanto, e eu pergunto – conhecem o espírito do médium ? Mas  preocupem com isso, atenham-se ao bom senso.

            A minha palavra, ilustres irmãos, com satisfação ficará com vocês, porque muitas outras virão dos Espíritos, e hoje estamos plantando a primeira semente. Esta foi plantada e vai dar muitos frutos; muitos poderão até se congestionar com eles, porque seus corações não estão preparados.

            Ao conversar com meus irmãos espirituais numa das minhas descidas à Terra, no socorro de nossos irmãos pequenos, e, por nos interessar, aproximamos. Eram libertos da matéria e não estavam depurados,    então  não tinham condições de nos ver. Eu, como caravaneiro, e que tenho a missão de instruir esses irmãos e conduzi-los a uma vida melhor, aproximei-me e ouvi o que um dos quatro dizia: - "Rapaz, não tenho segredo a ninguém. Nunca fiz segredo de minha vida. Sempre fui o que sou. Nunca escondi nada de ninguém. Minha vida é um livro aberto".

 

Os  companheiros começaram a rir e ele retrucou - "Por que vocês estão rindo ? Minha vida realmente é um livro aberto".

Foi aí que  me aproximei, fiz emissão de energias com as mãos para que eles se certificassem da minha presença, limpei seus olhos e disse a ele: -Sou um emissário do Senhor e quero te perguntar. Ele me respondeu: - "Pode me perguntar". Eu disse: -Ouvi tua conversa, meu prezado irmão. Dizias tu, que nada tinhas para esconder e que  de nada se envergonharia  de tua vida. Por isso te pergunto: - Se tua vida é um livro aberto, posso folheá-lo? Ele olhou para mim e disse : - "Se és um emissário do Cristo, deixa meu livro como está." E assim vocês poderão dizer que nada temem e nada têm a esconder, mas se quiserem folhear seus livros, também responderão:  - Deixe-o como está.

            Todos nós, enquanto não crescemos, enquanto não alcançamos maturidade suficiente, temos certeza de que vamos ter alguma coisa a esconder. Vamos ter sim, sempre algo que não queremos lembrar.

            Eu porém, vos convido, não como emissário do Cristo, mas como amigo e trabalhador. Vamos trabalhar, vamos lutar para um dia não termos vergonha de folhear o livro de nossa vida. Ele será limpo, escrito com trabalho honesto, com trabalho que edifica  nossa alma. Vamos trabalhar, pois o Cristo está trabalhando todos os dias pelo desenvolvimento da Terra. Vamos mostrar que podemos fazer muito mais. Codificar melhor ainda o Livro dos Espíritos, o Livro dos Médiuns, A Gênese, e todos os outros para podermos ficar unidos.

            Não vamos trabalhar sozinhos, porque sozinhos teremos dúvidas. Vamos unir as nossas forças espirituais e materiais, as forças divinas, que não nos nega jamais o direito de pedir.

            Poderão vocês fazer mais ainda. Por que só pude codificar a Doutrina, vez que não tinha dons mediúnicos;  

mas vocês terão mais, pois estão dentro de uma Casa que recebe toda instrução espiritual. Todos terão oportunidade de trabalhar e pôr em prática os ensinos que aprenderão com a própria  Caridade;   ela se acha reencarnada entre vós.

            Eu disse a vocês que tinham mais oportunidades que eu, pois estão com a própria Caridade em vossa casa, mas outros Centros poderão receber o benefício deste trabalho, desde que tenham humildade para buscá-lo.

            Meus irmãos, caridade não se faz só com pão e água; caridade se faz também com luta, com amor ao próximo. Dentro de muitos espíritos está escrito: Não amo nem a mim, Senhor! Porém, primeiro se aprende a amar, depois se põe em prática.

            Minha vinda aqui não foi  para falar de mim, do que fui ou do que sou, ou poderei ser, mas sim que vocês estão crescendo, mas não cortaram o cordão umbilical ainda. Alguém diz a vocês que não é, e logo ficam apreensivos; Têm olhos para ver e ouvidos para escutar, pois que ouçam e escutem, não duvidem. Para isso examinem, comparem se não há nenhum réptil por trás deste cesto de flores, como já disse um outro Espírito  certa vez.

            Irmãos, a verdade não pode ser dita pela boca de qualquer um. Nem todos podem falar da verdade, ela machuca a si próprio.

            Para  a realização de um trabalho como este é preciso ter nossos espíritos em condições, precisamos merecer do Cristo a confiança. Não se faz da noite para o dia  uma equipe  de trabalhadores organizada espiritualmente.

            Há espíritos que querem importantes missões, que desejam muito trabalhar, mas se demoram anos e anos reencarnando para adquirir uma oportunidade. Não se cresce espiritualmente da noite para o dia, meus irmãos;  se cresce em doação constante de encarnação em encarnação, sempre correspondendo, para que se possa receber em confiança um trabalho como este. Eis porque os corações inquietos relutam em admitir entre vós a existência dos Espíritos   maiores  nesta Casa.

            Temos no Cristo a âncora deste trabalho, o nosso espírito maior, o mais inteligente e poderoso dos homens que a terra já viu. Nem um outro pôde igualá-lo em grandeza. Porque Jesus pôde parar a tempestade, pôde multiplicar os pães, mostrou os peixes para Pedro. Jesus deu vida a um  morto, curou o que estava leproso. Jesus curou  o cego com toque de mão, e com o toque de suas mãos ele controla o  globo.

            Jesus está com suas mãos cada vez mais envolvidas para a proteção do planeta, do qual é dirigente. Ele é quem dirige  todos nós. Ele é quem ordena sobre nós. Se Jesus quisesse, amanhã todos estariam em graves dificuldades e não teriam o que comer, mas ele não quer assim; ele multiplica o pão daquele que faz boa ação, daquele que trabalha em benefício do bem, daquele que deseja amenizar o sofrimento de seu irmão. Jesus não quer que falte nada, ele quer fartura, abundância, pois  de Deus emanaram  suas luzes e Jesus permanece com seu espírito envolvendo a todos, e todos se fartarão.

            Um mundo de progresso poderá vir para cada um de nós. Aquele que plantou hoje colherá amanhã, mas aquele que não plantou terá que aprender a plantar para merecer a grandeza, pois enquanto não semear de ti o bem, não terás o progresso. Não terás ajuda enquanto não ajudares o teu próximo. Enquanto não fizeres com tuas pernas caminhadas em socorro daqueles que precisam, não crescerás.

            Sentimos que temos muito o que aprender. O aprendizado é uma necessidade para o espírito. Juntamente com o aprendizado vem a transformação de nossos atos, tendo nós, para isso, que aproveitar todas as oportunidades que o Cristo nos dá, aliás, o Cristo é o Senhor de nossas vidas. Amando a ele ou não, respeitando a ele ou não, concordando com ele ou não, sempre estaremos sujeitos às suas determinações.

            Todo o comportamento humano ideal foi resumido no  "amar a Deus sobre todas as coisas e  o  próximo como a si mesmo ", assim disse Jesus, mas um dos irmãos pergunta: - Quem é meu próximo, vós podeis dizer? Ele responde :- "Todo aquele que não  tiver o que comer e o que beber. Todo aquele que não tem teto para se abrigar; todo aquele que  estiver em necessidade ". O irmão responde: - "Senhor, não estou preparado para entrar nesse mundo.”

             Jesus segue em sua caminhada e logo adiante se depara com uma imensa multidão e lá outros lhe fazem perguntas, e um deles: - Senhor, estou faminto.  E o Senhor indaga: - Está faminto de que, de pão? Ele responde curvando a cabeça - Não Mestre, minha fome é de amor, este pão que o Senhor tem parte no meu espírito, é deste que eu me sinto vazio. Jesus responde - Filho de Deus, filho de meu Espírito, porque és criação eterna, de hoje em diante fartarás, pois com minhas mãos eu te coloco a doze divina para jamais ter fome. O homem se levanta e se sente forte, cresce em espírito e ainda pergunta: - Senhor,  posso vos acompanhar? Ele responde - Para onde vou ainda não podes ir. Ainda não estais preparado,  mas breve eu voltarei e podereis me seguir. O homem ficou parado, olhando o caminhar de Jesus, e logo o corpo de Jesus se desfez. Não sabia ele que Jesus estava em Espírito.

Jesus  está de volta com estes ensinamentos, com esta Doutrina que é o Espiritismo. Para uns é religião, para outros é filosofia, ciência; para mim é verdade. A verdade que me deu oportunidade de estar hoje aqui, a semear em vossos corações.  A verdade que nos dá coragem para dizer que todos nós somos irmãos, a verdade que convida a todos a se reunir de pensamentos e espíritos fortalecidos nessa Doutrina que consola.

            Para levarmos adiante nossa bandeira da paz e da caridade, não há incentivo maior que o Consolador prometido. Eis, pois a razão da divulgação do Espiritismo, que é a base do esclarecimento, o verdadeiro pão da alma, afinal ele é o próprio Cristo redivivo.

            Como já foi dito aqui mesmo, pela dirigente espiritual(3) desta Casa, que muitas chuvas fortes virão e grandes dores baterão nesta porta. Precisamos estar prontos para servir, trabalhar e  atender aquele que estiver pedindo, o que  estiver necessitado. Este é o trabalho que Jesus quer, é esta a luta desejada para que não esqueçam jamais o sentimento de fraternidade

.

(3) – Trata-se de Irmã Rosália, que substituiu Cáritas, que reencarnou.

OBS: é preciso passar pelo fino crivo de severo crité­rio todas as revelações e todos os ensinamentos recebidos. Assim nos assegura Léon Denis na sua obra depois da morte, sendo assim possamos pensar e refletir quanto a esta mensagem.
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Junho de 2009, 17:50
suposta mensagem que foi atribuida ao espírito de Allan kardec
NESTE CENTRO ESPÍRITA NO PARÁ HÁ MÉDIUNS QUE ALEGAM RECEBEREM MENSAGENS ATÉ DE MARIA DE NAZARÉ

Olá Andre,

Minha pergunta é com relação às suas colocações realçadas acima. Porque a mensagem é suposta e porque sera atribuida? No site de origem não encontrei este julgamento. Parece-me uma conversa coloquial que apenas os presentes à reunião poderiam comprovar ou não. E o que disseram estes participantes?

E porque a expressão que denota certo espanto: ATÉ DE, quando Maria manda mensagens por diversos médiuns ha quase 100 anos?

Anton
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Vitor Santos em 29 de Junho de 2009, 19:51
Olá

A inteligência de kardec não regride. E, sem corpo de carne, ainda mais liberta estará. Se há mais de 150 anos ele já comunicava de uma forma sucinta, objectiva e clara, nem com palavras a mais nem com palavras a menos, agora ainda é de esperar melhor.

A mensagem não me parece ser de Kardec, não por um médium não o poder receber, mas por se tratar de uma comunicação que não é clara, objectiva e sucinta, ao estilo do codificador do espiritismo.

bem hajam
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 29 de Junho de 2009, 21:00
Creio que o autor do tópico foi inteligente e prudente ao postar

a colocação  " Suposta mensagem"

Só por esta precuação já é válido discutir...a quem entender que deve.

Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Haga em 29 de Junho de 2009, 21:53
Acho que a mensagem não tem nada para discutir.

Como vamos julgar se é ou não pela linguagem, se nem conhecemos minimamente Kardec na intimidade?

Para esta médium foi real, tal como existem outros que tambem "têem" a certeza que recebem mensagens dele.

Não acreditemos, mas tambem não desacreditemos porque nunca podemos ter certezas de nada.



Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: aruanda em 29 de Junho de 2009, 22:18
bem, para um espirito evoluido como kardec , na minha opinião fala excessivamente na 1 pessoa  ...diz repetidamente   EU . sabemos que espiritos moralmente evoluidos NUNCA falam no singular mas, referem.se ao que fizeram como " NÓS" ,porque sabem que nunca trabalharam sózinhos.

E concordo com o Vitor, fala em excesso , uma coisa que resumiria em meia dúzia de linhas.

No entanto, acho que será alguem com muito boa intençaõ..mas Kardec??

È apenas a minha opinião.
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Vitor Santos em 29 de Junho de 2009, 23:37
Olá Doctor

Concordo que ninguém tem provas nem a favor nem contra. Pela minha parte fica salvaguardado o beneficio da dúvida para o médium e para o autor.

Não é meu intuito difamar o médium ou o autor. Não é para aí que eu quero ir, não tenho dúvidas. Eu estou a falar na mensagem e na possibilidade de ser de Kardec, mas não estou a dizer que houve fraude. Decerto que o médium acredita que esteve em contacto com Kardec, não coloco em questão as boas intenções da pessoa.
 
Contudo, se não temos provas, temos a nossa inteligência e sensibilidade como crivos.

kardec era um homem muito racional. E nesta situação provavelmente teria a mesma dúvida.

De qualquer modo, tb podemos debater se, nesta situação, em que alguém publica aqui a mensagem préviamente, é legitimo ou não este debate. De facto, havendo dúvidas, o melhor seria não divulgarmos aqui a mensagem. Mas será que estamos a invadir a credibilidade do médium? Se o médium pensar assim não está a preocupar-se com ele mesmo em vez de se preocupar se está a divulgar uma mensagem credivel?

Penso que, se eu fosse o médium até agradecia que me ajudassem a verificar a credibilidade das mensagens, pois tenho a noção que ninguém é perfeito neste planeta (e se alguém se aproxima mais da perfeição é porque não é de cá, mas veio em missão provisória a nosso favor). A humildade é muito necessária a qualquer pessoa e, em especial a qualquer médium, pois os espiritos brincalhões adoram médiuns orgulhosos.

bem hajam
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Atlante em 29 de Junho de 2009, 23:56
Pois Claro

Um dos grandes problemas da Doutrina passa pela falta de conhecimento que, muita gente, manifesta em relação áqueles que são o suporte da mesma.
Como podemos afirmar que não conhecemos Kardec? Pela simples razão de que não se estudou o homem. O seu carácter, a sua personalidade e a sua forma de proceder estão sobejamente documentados.

O mesmo poderemos dizer em relação a Jesus, embora aqui seja mais difícil de entender se, apenas, nos limitarmos aos evangelhos contidos no Novo Testamento.

Toda a mensagem está cheia de banalidades, em relação a Jesus, de imprecisões, em relação a Kardec e de falsidades em relação a Madalena.

O comunicante foi um bom estudioso da Bíblia, à letra.

É preferível rejeitar 10 verdades do que aceitar uma mentira.

Atlante
 
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Diegas em 30 de Junho de 2009, 03:56
Citar
'...A médium não está só...'

Magnifico !!

Se não nos dissesse, talvez não acreditaríamos na possibilidade de uma comunicação mediúnica sem a participação dos desencarnados, que a medium estivesse envolvida.

Citar
'...Não digo que seja eu o Codificador do Espiritismo..'

Se não é o Codificador, então, vamos esquecer o restante da mensagem.

 
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Gigii em 30 de Junho de 2009, 14:12
Hello amigos!

Assim em tom jocoso, eu fiz uns versinhos por marotice...a noviça rebelde, não se aborrece com possiveis puxões de orelhas...  :P

Terá Kardec se aborrecido
por lhe roubarem o nome
ou este estranho desconhecido
se compraz em ser clone?

E se antes de ser Kardec
ele tivesse sido um gago paralitico?
Quem se manifestaria agora:
o incapaz ou o racional mítico?

E o médium por sinal
não tem sentimentos, personalidade?
Será um mero transmissor
ou é dono da verdade?

Brincadeiras à parte
antevemos uma certeza
ser médium não é arte
ser espírito não é moleza.

Como saber a identidade
de um espírito que não se vê,
se mesmo quem olha de verdade
sem sempre assim o crê?

Um espírito é sempre um espírito,
na terra, no céu ou no mar,
se sábios sabemos quem são
porque as nossas dores não sabemos solucionar?

É da trave,digo eu,
que embate na nossa tola:
é que é mais fácil olhar pro céu
que pôr o orgulho na sacola.

 ;D

Beijitosss :-*
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Vitor Santos em 30 de Junho de 2009, 15:55
Olá Giggi

Há várias formas de responder. A sua foi eficaz e divertida.

bem haja
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: procura em 30 de Junho de 2009, 19:28
Boa tarde irmãos

O discurso contido neste texto, não acredito que seja de Kardec.

Quando vamos ler um texto de Kardec, de um Emmanuel, e o comparar-mos com o texto acima, quanta diferença na sua qualidade de expressão.

Sem menosprezo ou ofensa para quem quer que seja, este texto não tem a qualidade de raciocinio de Allan Kardec.
Não deixa de ser a minha humilde opinião.


Bem Hajam


Muita Paz
Título: Re: Suposta mensagem de Allan Kardec recebida por médium do Pará
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 30 de Junho de 2009, 22:46
da mensagem

Não digo que seja eu o Codificador do Espiritismo

Como o Diegas...eu concordo  e chega ser até engraçado.

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,


Kardec questionava e ensinava até os Espíritos.

Uma mente monumental.



Agora entendo que discutir, como analisar, ainda mais em grupo, com o grupo e pelo grupo.
É válido sim.