Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Artigos Espíritas => Tópico iniciado por: Ignarus em 12 de Outubro de 2010, 19:50

Título: MENSAGEM DE ALERTA AOS ESPÍRITAS
Enviado por: Ignarus em 12 de Outubro de 2010, 19:50
MENSAGEM DE ALERTA AOS ESPÍRITAS

Acrescentemos que o estudo de uma doutrina, qual a Doutrina Espírita, que nos lança de súbito numa ordem de coisas tão nova quão grande, só pode ser feito com utilidade por homens sérios, perseverantes, livres de prevenções e animados de firme e sincera vontade de chegar a um resultado. Não sabemos como dar esses qualificativos aos que julgam "a priori", levianamente, sem tudo ter visto; que não imprimem a seus estudos a continuidade, a regularidade e o recolhimento indispensáveis. Ainda menos saberíamos dá-los a alguns que, para não decaírem da reputação de homens de espírito, se afadigam por achar um lado burlesco nas coisas mais verdadeiras, ou tidas como tais por pessoas cujo saber, cujo caráter e convicções, lhes dão direito à consideração de quem quer que se preze de bem-educado.

Abstenham-se, portanto, os que entendem não serem dignos de sua atenção os fatos. Ninguém pensa em lhes violentar a crença; concordem, pois, em respeitar a dos outros.  O que caracteriza um estudo sério é a continuidade que se lhe dá. (...)".


Allan Kardec foi quem fez essa importante colocação em "O Livro dos Espíritos", Capítulo VIII-Introdução, o que consideramos um alerta para os que, ao se aproximarem do Espiritismo, o julgariam ou o questionariam sem o devido estudo prévio.

Na nossa vida diária como espíritas, acostumamo-nos a conversar com as pessoas que estão se aproximando do Espiritismo e sermos bombardeados por uma série de perguntas, as quais geram respostas que intrigam aqueles que as fazem. Somos da opinião de que, em qualquer crença, as respostas às seguintes questões deveriam ser dadas com muita clareza: "O que somos? De onde viemos? Para aonde iremos? O que é Deus? Devo ser bom? Por quê?..." e assim por diante.

Recorreremos, ainda, às palavras de Bruno Bertocco, em seu livro intitulado "Deus":
"O que toda criatura desapaixonada, equilibrada, sincera e honesta deve fazer, antes de julgar qualquer coisa, de fazer suas críticas a respeito, de negá-la ou aceitá-la, é, inicialmente, adquirir as respectivas informações concernentes à sua existência, aproximar-se para o devido reconhecimento da sua natureza, através da pesquisa e do estudo dos fatores relacionados à sua causa, ou dos fenômenos produzidos pelas forças originárias da parte fundamental, podendo, dessa forma, com conhecimento de causa, tirar suas conclusões, baseadas nos fatos, e formular seu veredicto com justeza, a respeito de tal coisa."

Muitas pessoas aproximam-se do Espiritismo pelos mais variados motivos. No entanto, poucas conseguem perseverar no estudo necessário para entendê-lo: ficam à margem, deslumbrados por alguns de seus aspectos e com grandes dúvidas sobre outros.

É por isso que o Movimento Espírita tem enfatizado, ao longo do tempo, a necessidade da implantação do estudo sistematizado da Doutrina Espírita em cada centro espírita. Lembrando o memorável Herculano Pires (1914-1979), o Espiritismo ainda continua um "desconhecido", e, a maioria, movida pela ânsia de soluções imediatistas, ainda não busca uma nova filosofia de vida, a par de uma explicação para o porquê "do ser, do destino e da dor".

O slogan "Comece pelo Começo", utilizado nas campanhas promovidas pela USE-União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, tendo como figura nos cartazes as obras da Codificação - "O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho Segundo o Espiritismo, O Céu e O Inferno, e A Gênese" -, pode parecer óbvio. No entanto, constatamos que muitas pessoas que são espíritas, ou as que estão estudando o Espiritismo há algum tempo, não começaram pelo começo; muitas vezes, nem o "O Livro dos Espíritos" chegaram a ler.

Ora, não há nada mais aconselhável, se quisermos de fato estudar o Espiritismo: começar pelo começo, e o começo é a Codificação.

Depois de Allan Kardek - o Codificador do Espiritismo -, podemos citar autores importantes, tais como: Léon Denis, Gabriel Delanne, Ernesto Bozzano, Camille Flamarion, Herculano Pires, Deolindo Amorim, Eliseu Rigonatti, Yvonne A. Pereira, Hermínio C. Miranda, Martins Peralva, Cairbar Schutel, Richard Simonetti e muitos outros, além, é claro, dos autores espirituais Emmanuel, André Luiz, Humberto de Campos, Manoel Philomeno de Miranda e vários outros.

Há muito para ler e estudar. Assim, torna-se necessária uma boa organização por parte daquele que vai estudar o Espiritismo, para não empregar o tempo de forma equivocada, seja não começando realmente pelo começo, ou mesmo lendo obras "pseudo-espíritas" ou controvertidas, sem pureza doutrinária. Portanto, que cada um possa analisar sua posição, de forma a encontrar o caminho verdadeiramente correto.
Título: Re: MENSAGEM DE ALERTA AOS ESPÍRITAS
Enviado por: Michel Michels em 13 de Outubro de 2010, 18:45
ola Ignarus, eu tenho na Casa Espírita em que frequento a felicidade de ser ajudante do coordenador do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita, feito pela FEB, mas, observando todas as apostilas, realmente tem muito o que ser acrescido para chegarmos ao nível de profundidade e conhecimento repassado pelo Livro dos Espíritos.

Sou da opinião, de começarmos o Estudo da Doutrina dentro das Casas Espíritas pelo Livro dos Espíritos, podendo montar aulas no decorrer deste estudo para aprofundar determinados assuntos das próprias turmas.

A frase em que o senhor coloca que muitos fazem o estudo e nunca leram o Livro dos Espíritos, realmente converge, procuramos na Doutrina ainda, soluções rápidas, sem o estudo aprofundado e meditação das obras básicas, e aí acabamos por não saber separar o Joio do Trigo lendo literaturas espiritualistas e mesmo as ditas Espíritas, por não termos a base trazida por Kardec nas obras básicas e na Revista Espírita, que é um ótimo complemento deste estudo.

Obrigado pela reflexão.
Título: Re: MENSAGEM DE ALERTA AOS ESPÍRITAS
Enviado por: Ignarus em 13 de Outubro de 2010, 18:58
Olá amigo Michel, este é o foco.

O estudo da DE diretamente suas obras basilares, pois os estudos através de apostilas ou resumos, quase sempre possuem erros oriundos dos "achismos" daqueles que as elaboram, além de tudo e principalmente, não abrange com a profundidade necessária. Aliás, o estudo da DE tem como objetivo principal, não só o entendimento da verdades ali expostas, mas essencialmente, a reflexão, a análise, a meditação pessoal, pois somente assim poderá ser desperta a verdadeira fé racional e inabalável.

Não vejo muito sentido nestes estudos apostilados com o intuito de se formar "espíritas" através da "decoreba" de alguns conceitos pescados aqui e ali. Pois Espírita é o que entende a Doutrina por completo e luta cotidianamente para praticar todos os preceitos de Jesus à luz do Espiritismo.

Abrçs   
Título: Re: MENSAGEM DE ALERTA AOS ESPÍRITAS
Enviado por: Mourarego em 13 de Outubro de 2010, 20:04
Quem conhece as dez apostilas da FEB sobre o ESDE nota que elas só trazem o pontapé inicial nos assuntos ali colocados.
E esta a noção mais interessante que as apostilas podem trazer nesse setor. O Aluno estuda os pontos ali anotados e preenche o restante com a sua participação estudando diretamente das obras basilares.
Infelizmente, parte de alguns poucos "professores" na casa espírita  muita informação trazida de obras paralelas a doutrina, sem a força ou mesmo a verdade prescrita nas obras básicas e todo aquele trabalho que reputo bom da FEB, ao editar as apostilas, se perde, traduzido em mais "jogação de conversa fora" do que mesmo de propagação da doutrina dos Espíritos.
Acredito que todos já conheçam o meu pensamento sobre a FEB mas nesse ponto só posso  agradecer a esta entidade pelo trabalho de feitura das apostilas.
Nesse ponto a FEB fez bem o seu dever.
Contudo a explicação do mano Ignarus é a mais escorreita. eu também não sou favorável nem a decoreba espírita e nem as apostilas posto o que algumas são abomináveis.
Abraços,
Moura
Título: Re: MENSAGEM DE ALERTA AOS ESPÍRITAS
Enviado por: miuki em 13 de Outubro de 2010, 21:38
Acredito que SE os estudos realizados a partir das Apostilas da FEB forem levados a sério ,inclusive utilizando as obras citadas ao término de cada capítulo , o conhecimento dos postulados e a reforma íntima ,que nos possibilita evoluir moralmente , será de extrema valia nas Casa Espíritas. A normatização de estudos nos favorece em situação , possível de ocorrer a  qualquer um , em que seja necessário mudar de Casa .Assim , por exemplo , se estou na Apostila II  e vou para outra CE ,vou ingressar no grupo de mesmo conteúdo da CE que eu participava. Lembrando que há autores como Léon Denis e outro contemporâneos de Kardek que são importantes nos nossos estudos. Estamos concluindo um curso de Estudo e Prática da Mediunidade ,com Apostilas da FEB e leitura de várias obras  relacionadas ao tema.para a conclusão ,estamos organizando um Seminário sobre a obra ¨No Invisível¨, de Léon Denis. Vale lê-la ! Nos mostra o trabalho científico da Codificação de Kardek .Escrita no ínicio do século XIX e muito atual nos principio da DE. Paz e Luz a todos.Estou indo para  meu estágio de EPM , na SE Menna Barreto.
Título: Re: MENSAGEM DE ALERTA AOS ESPÍRITAS
Enviado por: Ignarus em 14 de Outubro de 2010, 14:49
Caro amigo miuki,

gostaria de fazer algumas perguntas:
Por que não estudar diretamente nos livros da codificação, promovendo pesquisas e dabates?
Por que se tem que estudar através de estruturas resumidas e através de conceitos deoutros, não seria interessante ensinar, também, aos estudantes a capacidade de formular conceitos e depois debatê-los a fim de que se constate o acerto ou a verdade?
O estudo sistematizado e contínuo podeeria até ser uniforme para todos os CEs, para que o estudantes em transito não devessem recomeçar do zero sempre, mas tem que ser através do sistema apostilado ou resumido onde se ensina a decorar conceitos sem discutí-los?

Abçs

Abçs
Título: Re: MENSAGEM DE ALERTA AOS ESPÍRITAS
Enviado por: caridade_espírita em 25 de Outubro de 2010, 04:45
Concordo que temos que estudar, conheceis a verdade e a verdade vós libertará. Certa ocasião assisti dentro de uma casa espírita um expositor famoso que se intitulava espírita, mas constatei que ele era outra coisa mas não espírita e sim New Age(espiritualista), chegou a dizer que as obras de Kardec estavam ultrapassadas e falava muito das doutrinas do oriente e projeciologia. Fiquei decepcionado com o que ví e ouvi. Por isso temos que respeitar, ser humildes, estudiosos, sábios, caridosos e estudarmos as obras da codificação e complementares e sermos discípulos verdadeiros de Jesus estudando, reforma moral íntima e prática da caridade. Meus discípulos seriam reconhecidos por muito se amarem, neste momento temos que nos unir, somar e sermos fiéis a Jesus, a Kardec ao Espiritismo até o fim, conforme nos recomendou o espírito Bezerra de Menezes! Espíritas amaí-vos este o primeiro ensinamento e instruí-vos eis o segundo (O Espírito de Verdade, Paris 1860) Muita Luz e Paz a todos. João Carlos / Curitiba