Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Artigos Espíritas => Tópico iniciado por: aruanda em 25 de Maio de 2009, 21:27

Título: Magia negra, possessão e loucura - comentários de um kardecista
Enviado por: aruanda em 25 de Maio de 2009, 21:27
 vale a pena ler.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 26 de Maio de 2009, 02:28
Olá.

Do texto:

Citar
'...Se as criaturas visadas estiverem sintonizadas em faixas de equivalência vibratória, não tenhamos dúvidas de que serão atingidas por elas. É bem verdade que os bons Espíritos nos protegem destes malefícios, mas temos que ter merecimento para isso. É a sintonia. Alguém duvida disso?...'

É estranho que alguns espíritas, bem mais esclarecidos do que os religiosos dogmáticos e conservadores, ainda se mostrem temerosos de examinar o problema da 'magia negra' e conhecer a verdade sobre o seu processo e mecanismo fundamental.

Jamais poderemos solucionar os problemas espinhosos ou desagradáveis da vida humana, copiando a lenda da avestruz que diante do perigo enfia a cabeça na areia.

A bruxaria ou feitiçaria deveria ser assunto a ser examinado e pesquisado com toda isenção de ânimo, sem qualquer preconceito religioso científico ou moral, decorrentes de convenções ou sentimentalismos.

É melhor que isso seja comprovado ou desmentido, sem quaisquer temores, do que lhe ignorarem a realidade por falsa suscetibilidade, embora tratar-se de assunto desagradável e controvertido.


Abç
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: procura em 26 de Maio de 2009, 08:21
Bom dia Amigo Diegas

Concordo plenamente consigo.

Vejo que dentro do ambiente Espirita se passa ao lado de uma série de forças que existem e que são tão naturais como a existÊncia dos espiritos, que somos nós neste momento num corpo de carne.

A Teosofia como ciência que é trata os fenómenos da magia de uma forma concreta, analisando e explicando como funcionam estas forças que muitas das vezes são usadas para o mal.

Existem muitas entidades com grandes capacidades intelectuais e de conhecimentos de como manipular fluidos e forças que na Terra ainda tratamos como magia.

Cada vez mais, as trevas utilizam-nos de várias formas para concretizarem os seus intuitos.

Cada vez mais vemos jovens serem apanhados nas malhas de seitas ditas satanicas, sendo obsedados e instrumentalizados para o mal e para a ampliação de fluidos e forças negativas que se multiplicam neste nosso mundo.

Enterrar a cabeça na areia não vai resolver nada.

Isso fazem montes de religiões, com os seus exorcismos e rituais que nada resolvem, só agravam os problemas.

Tudo é energia, tudo são fluidos que podem ser manipulados por quem tem conhecimentos.

Nem todas as entidades com grandes conhecimentos trabalham na prática do bem.

Claro que tudo é regulado pelas Leis de Deus, mas quem é desconhecedor, mais fácilmente pode ser envolvido em algo que não deseje.


Bem Hajam

Muita Paz
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Amigo em 26 de Maio de 2009, 10:11
É estranho que alguns espíritas, bem mais esclarecidos do que os religiosos dogmáticos e conservadores, ainda se mostrem temerosos de examinar o problema da 'magia negra' e conhecer a verdade sobre o seu processo e mecanismo fundamental.


Mais estranho é, "alguns" que dizem " Espíritas " também começarem à acreditar nas Ladainhas fantasiológica de Ramatis seria o mesmo que acreditar que Jesus veio regido pela constelação de Peixes, agora pra controlar magia negra usarem cabo de vasoura pra retirarem, isso mesmo "cabo de vasoura " ou "Cedro" pra retirarem Vudus,Odus ou Cecê :D
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Amigo em 26 de Maio de 2009, 10:22
Vejam aqui as Diferenças:

Espíritos Superiores da Codificação x Ramatis

1- Astrologia:

DE - Kardec deixa bem claro a posição do Espiritismo em "A Gênese" e há respostas dos espíritos indicando claramente que essa é uma crença supersticiosa e sem fundamento. O Espiritismo se baseia no livre-arbítrio;

Ramatis - Aceita a astrologia plenamente, e diz ainda que Jesus teve que esperar uma conjunção astrológica em Peixes para vir à Terra.

2- Jesus

DE - O modelo e guia da humanidade. Espírito perfeito. O Cristo, o Ungido;

Ramatis - Um espírito que, embora superior, foi um aprendiz dos essênios, tendo inclusive encarnado outras vezes na Terra. Não é o Cristo, mas um médium do mesmo;

3- Métodos Contraceptivos

DE - Só é prejudicial se utilizado para satisfação da sensualidade, o que seria sinal de egoísmo. Apóia o planejamento familiar;

Ramatis- Condenados todos. Para o casal não ter filhos, tem que praticar a abstinência. Sexo só foi feito para procriação. Todo casal tem que ter, no mínimo, quatro filhos para estar quite com a lei;

4- Fins dos tempos

DE - Não acredita. Fala de uma renovação gradual através do avanço moral da humanidade. Fala em convulsões sociais, embates de idéias como sinais da renovação futura;

Ramatis - Aposta em um cataclisma de proporções globais, com elevação abrupta do eixo da Terra, que ceifará a vida de 2/3 da população. Após essa hecatombe, a Terra se tornará um planeta mais adiantado. Um suposto astro intruso causaria tal destruição;

5 - Vegetarianismo

DE - Deixa-nos à vontade para escolher, embora alerte em relação a crueldade com os animais. Deixa a entender que essa será uma opção predominante no futuro, mas que não representa uma transgressão "uma vez que a carne alimenta a carne, do contrário o homem perece".

Ramatis - O consumo de carne é um grave erro do ponto de vista espiritual, além de causar prejuízos à saúde.

6- Incensos, defumadores, amuletos, talismãs, ação de objetos materiais sobre os espíritos e sobre os fluidos

Doutrina Espírita - Não admite qualquer ação da matéria sobre os espíritos ou sobre os fluidos ambiente;

Ramatis - Os defumadores e incensos são "detonadores de miasmas astralinos", i.é, teriam efeito sobre os fluidos ambiente. A palavra AUM, quando pronunciada, nos ligaria ao Cristo Planetário;

7 - Médiuns Receitistas e médiuns curadores

DE - O médium receitista é psicógrafo;

Ramatis - O médium receitista é curador;

Vamos conhecer mais alguns conceitos e idéias de Ramatis:

1- As plantas carnívoras possuem o eterismo (?) impregado de desejos e de paixão, porque elas participam do sexto mundo astral, que é a dos desejos e que precede o mundo etérico. (in "Mensagens do Astral", p.269)

2- A órbita do planeta que teria destruído a Terra até 1999 é de 6.666 anos. (Ele previu a data da destruição, mas nada aconteceu) (idem)

3- Marcianos teriam atirado contra um caça americano F-15 e o reencarnado em Marte para compensar. ("O Planeta Marte e os Discos Voadores")

4- Os essênios já conheciam o Espiritismo.

5- Aqueles que não alcançam uma evolução razoável na Terra no período de 2160 anos são exilados para outro orbe. (Mensagens do astral, p.255)

6- Ramatis prevê uma guerra com emprego de armas atômicas no último terço do séc. XX entre os dois continentes mais poderosos (quais?) ("Mensagens...", p. 230)

7- Até o ano 2000, os pólos estariam livres do gelo. (idem, p.228)

8- Gigantes(pessoas altas?) são provenientes dos satélites jupiterianos, enquanto os anões são antigos emigrados do satélite de Marte. (idem, p.212)

9 - O espírito do homem é um fragmento do espírito de Deus. (idem, p.207)

(texto de Arthur Azevedo)

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 26 de Maio de 2009, 14:16
Olá, procura

Citar
Existem muitas entidades com grandes capacidades intelectuais e de conhecimentos de como manipular fluidos e forças que na Terra ainda tratamos como magia.

Cada vez mais, as trevas utilizam-nos de várias formas para concretizarem os seus intuitos.

Cada vez mais vemos jovens serem apanhados nas malhas de seitas ditas satanicas, sendo obsedados e instrumentalizados para o mal e para a ampliação de fluidos e forças negativas que se multiplicam neste nosso mundo.

Sem dúvida, estes fatos ocorrem com maior intensidade. Outro dia, passava por um grupo de adolescentes, com seus 15 a 17 anos, quando ouvi um deles gabar-se arrogantemente e combinando um encontro 'macabro' para aquela noite. E uma menina, ansiosa, questionando o lugar e as roupas que deveriam utilizar para o evento tão 'honroso'.

Antigamente, os feiticeiros e mediuns experimentados a serviço das Trevas exauriam-se sob fatigante ritual: alguns ingeriam drogas hipnóoticas a fim de lograr o transe mediúnico e obter a sintonia com os magos negros desencarnados.

Hoje, essas práticas perigosas com obrigações tenebrosas se faz nos serviços de Quimbanda e nos 'candomblés', com o apoio de entidades vingativas e cruéis. Mas também, tal como nos informa o autor do texto, a internet tá repleta de blogs e sites promovendo o satanismo.

Em quase todo o cantinho ou esquina das grandes cidades brasileiras é muito comum encontrar-mos despachos, que representam 'compromissos assumidos' com o Além, numa troca de favores, do tipo toma-lá dá-cá.

Na prática umbandista, e há aqui alguns umbandistas que participam deste forum que podem confirmar esta informação, para o êxito e o que faz a segurança do ambiente é justamente 'firmar um ponto', seja este cantado ou riscado, com os espiritos ditos da linha da 'esquerda'. Feito isto, os serviços de amparo e proteção ao Bem desenvolve-se normalmente, sem qualquer confusão ou interferencia, dentro da instituição.



Abç

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 26 de Maio de 2009, 22:25
Olá

Mais uma opinião (pessoal):

Eu acho que a pessoa integrar rituais satanicos é um sinal de desiquilibrio psicológico. O desiquilibrio psicológico precede a frequência de tais rituais. Esses rituais devem conduzir ainda a mais desquilibrio, por via dos espiritos que lá estão, que tb dvem ser desiquilibrado. 

Quando as pessoas são alvo de magia negra, sem o saberem, não acredito que fiquem sob a acção da mesma. Se souberem e tiverem medo, podem abrir-se às influências nocivas dos maus espiritos que estão sempre á procura de uma oportunidade. Se souberem e não ligarem, nem tiverem medo, julgo que nada acontece (a não ser que as pessoas nos façam ingerir substâncias nocivas para a saude, o que seria envenenamento e não magia negra).

Há uma coisa que me intriga nas palavras dos companheiros.

A capacidade intelectual precede a evolução moral. E pessoas que sabem muitas coisas, podem até ser muito crueis. Contudo, os espiritos mais evoluidos moralmente são sempre intelectualmente mais evoluidos também (embora a influência do corpo fisico possa impedir que a inteligência que o espirito lhe confere se manifeste livremente e aparentemente a poder até não parecer uma pessoa muito inteligente).

Ora, se existem os espiritos protectores, eles serão muito mais inteligentes do que os maus espiritos.

Ora se alguém na terra nos quiser mal através de magia negra, será que isso é permitido pelos nossos espiritos protectores? Porquê?

bem hajam
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 26 de Maio de 2009, 22:37
Ora se alguém na terra nos quiser mal através de magia negra, será que isso é permitido pelos nossos espiritos protectores? Porquê?
Ola Vitor,

470 - Os Espíritos que procuram nos induzir ao mal e colocam assim à prova nossa firmeza no bem receberam a missão de fazê-lo? E se é uma missão, têm responsabilidade por isso?

– Nenhum Espírito recebe a missão de fazer o mal. Quando o faz, é de sua própria vontade e sofre as conseqüências. Deus pode deixá-lo fazer isso para vos pôr à prova, mas não ordena que o faça, e cabe a vós rejeitá-lo.

Não são os bons espíritos ou protetores que impedem que algum mal nos aconteca, seja por magia ou não. Se acontece e nisto estão incluidas as obsessões, é por permissão de Deus e cabe aquele que no momento se identifica como vitima rejeitar estas influencias e elevar-se interiormente.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: aruanda em 26 de Maio de 2009, 22:41

Citar
Ora, se existem os espiritos protectores, eles serão muito mais inteligentes do que os maus espiritos.

Ora se alguém na terra nos quiser mal através de magia negra, será que isso é permitido pelos nossos espiritos protectores? Porquê?


vitor,as ligações não se dão sómente pelo pensamento mas, também pelas atitudes e sentimentos.
Um espirito protector pode  e tenta impedir mas, o que ele não faz é forçar o livre arbitrio de cada um...logo somos nós que SEMPRE fazemos as ligações .

E porquê?
A minha frase de apresentação é:

"Eu não sou aquilo que penso que sou...sou aquilo que penso."

E, o que eu penso? só eu sei, às vezes até nem tenho muita consciencia porque me deixo influenciar pela minha tendencia do passado que se manifesta no presente sob diferentes formas e, aí as ligações.
Os guias, protejem mas, não forçam.
Quer gostemos ou não, a responsabilidade é sempre e exclusivamente nossa.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 26 de Maio de 2009, 22:44
Olá Olga

Então não é a magia negra própriamente dita que nos faz mal, em si, somos nós que damos abertura às influências de maus espiritos, venham da magia ou de outro lado qualquer. Não é assim?

bem hajas
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: aruanda em 26 de Maio de 2009, 22:52
Absolutamente.

A magia é um ritual que pode ter mais ou menos força de acordo com as entidades envolvidas mas,isso não seria o suficiente se nós não dessemos abertura.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 26 de Maio de 2009, 23:06
Querendo atrair os Bons Espíritos procuremos nos tornamos bons.

O Trabalho é uma lei natural.

Para toda a conquista há um preço...um esforço...Um empenho.

O nome já diz conquista.

Não há como conseguir proteção sem comprometimento...envolvimento...participação.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: heliana em 27 de Maio de 2009, 00:51
Ola aTodos!

A magia negra sempre exitiu entre as grandes civilizações que por este mundo a fora. È bem verdade que muitas delas procuraram ocultar este fato, mais sempre existiu, e com o tempo muito das simbologias foram passadas de geração para geração e se formos investigar esta simbologia iremos descobrir que muitas empresas, bancos, industrias, lojas etc..., usam essa simbologia como logotipo para suas marcas, ora por que usar um simbolo demoniaco?
È muito simples saber não é mesmo, isto quer dizer que depois de tantos anos, essa simbologia nunca deixou de fazer parte da vida de muitos é por que, talvez por que essa simbologia possa ajudar financeiramente quem a utiliza não é mesmo? Ou talvez a pessoa realmente nem saiba a respeito do que esta utilizando em seu comercio, empresa, seja lá o que for.
Infelizmente ainda no mundo é muito utilizado todo tipo de magia negra para todos os fins, e jamais será freado essa situação, por que sempre haverá aquele que irá recorrer a magia negra, o importante  realmente é não entrar nisso, pois é uma passagem de trem com lindas paissagens a princípio, mais depois esse trem toma um outro rumo e é sem volta.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 27 de Maio de 2009, 03:41
'...somos nós que damos abertura às influências de maus espiritos, venham da magia ou de outro lado qualquer. Não é assim?

Olá, Vitor Santos.

Os mentores ou 'guias' espirituais procuram proteger-nos de modo a modificar o nosso padrão vibratório. Aconselham-nos à prática evangélica incessante, ao controle instintivo dos impulsos menos dignos. Mas como em geral vibramo-nos sob faixas densas, impregnadas de animalidade, facilmente escapam-nos essas instruções e inspirações, sintonizando-nos com os espiritos malévolos do Espaço.

A nossa indiferença para com os ensinamentos do Evangelho converte-nos em candidato potencial ao feitiço. Então, tornamo-nos presas faceis das maquinações, do vampirismo fluidico e das cargas deletérias.

Entontecidos por contínuas frustrações, sofrendo males exóticos e impossibilitados de nos acertarmos no caminho, perambulamos pelos diversos consultórios médicos, nada logrando de positivo. E, como os espíritos malfeitores tudo fazem para afastar-nos dos recursos mediúnicos e espirituais, sofremos por longo tempo numa via-sacra.

Assim como os bons nadadores não se arriscam a mergulhar nos rios infestados de piranhas, os santos e os inocentes também não precisam reencarnar-se na Terra, onde o mal é a condição mais comum da vida. Por isso, nós espiritos encarnados, que aqui habitamos e onde nos educamos somos alvos vulneráveis das forças hostis da própria moradia.

Creio que afora Jesus e alguns instrutores espirituais que deixaram belos ensinamentos libertadores no mundo, os demais homens são pecadores e não inocentes. Portanto, estamos todos sujeitos a magia negra.


Abç
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: procura em 27 de Maio de 2009, 08:20
Bom dia

Sobre os simbolos, lembrei-me logo da cruz suástica.

A conotação dada hoje à crus suástica, nada tem a vem com o seu significado original.

A cruz suástica representa ou o ultimo estágio de desenvolvimento dos nosso chakras ou um dos ultimos. Quando atingimos este estágio passaremos naturalmente a ser clarividentes, clariaudientes, etc.

Hitler tinha conhecimentos espirituais. Não é por acaso que ele era vegetariano, contra o tabaco, o alcool, etc.

A sua parte moral não estava desenvolvida, e ele com os seus conhecimentos, desenvolveu o seu chakra Kundalini ou genésico, que é o ultimo a ser activado de uma forma natural. Logo para quem lê um pouco de Teosofia sabe que este desenvolvimento artificial, sem estarmos á altura espiritual, pode levar ao desregramento sexual, à demência, vários disturbios mentais e em ultima consequência inclusivé a morte.

Como vêm a cruz suástica passou a ter uma conotação que nada tem a ver com o seu significado original. Uma pessoa doente como o Hitler, doente de espirito, alterou por completo a percepção do seu significado.


Bem Hajam


Muita Paz
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: aruanda em 27 de Maio de 2009, 10:58
tentei perceber a origem histórica da Cruz Sástica mas, é tão extensa que prefiro deixar o link para quem quiser ler: 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Su%C3%A1stica#Brasil (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3B0Lndpa2lwZWRpYS5vcmcvd2lraS9TdSVDMyVBMXN0aWNhI0JyYXNpbA==)

isto para dizer  que o pouco que li não me parece encaixar nesta frase:

Citar
A cruz suástica representa ou o ultimo estágio de desenvolvimento dos nosso chakras ou um dos ultimos. Quando atingimos este estágio passaremos naturalmente a ser clarividentes, clariaudientes, etc.

pelo que gostava ,se   possivel explicasse melhor..


Citar
Hitler tinha conhecimentos espirituais. Não é por acaso que ele era vegetariano, contra o tabaco, o alcool, etc.

Não é por se ser vegetariano ou não querer alcool que se tem conhecimentos espirituais...ou vice -versa- penso que muita gente vegetariana e que não bebe não é forçosamente espiritualista e, o contrario também é verdadeiro. O comer carne ou beber, dentro de limites razoaveis ,como é obvio, não é impedimento para se ser conhecedor da vida espiritual...

A
Citar
sua parte moral não estava desenvolvida, e ele com os seus conhecimentos, desenvolveu o seu chakra Kundalini ou genésico, que é o ultimo a ser activado de uma forma natural. Logo para quem lê um pouco de Teosofia sabe que este desenvolvimento artificial, sem estarmos á altura espiritual, pode levar ao desregramento sexual, à demência, vários disturbios mentais e em ultima consequência inclusivé a morte.

Não percebi bem...o centro genésico é o ultimo a ser activado??? tem a certeza??

Há aqui qualquer confusão...mas, Hitler apenas seguiu todas as tendencias que trazia do passado e, deixou-se envolver, "certamente"por poder e prepotencia que o caracterizavam e pela "mediunidade " que possuia deu aberturas a todas as influencias menos boas. Mas,  a responsabilidade foi toda dele . Certamente nasceu para fazer um trabalho no bem e para o bem e tinha conhecimentos intelectuais para isso...não me parece que seja o seu centro genésico o responsavel...isso é  a tendencia dele, no minimo.
O responsavel foi ele mesmo ELE SER ESpiritual chamado Hitler,como encarnado.

Citar
Como vêm a cruz suástica passou a ter uma conotação que nada tem a ver com o seu significado original. Uma pessoa doente como o Hitler, doente de espirito, alterou por completo a percepção do seu significado.

Concordo que  a Cruz Suastica ficou irremediavelmente ligada ao nazismo mas, pelo que li, existem muitos outros significados desde origens remotas para cruz suastica, não podemos ser tão reduzidos na nossa forma de pensar.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: procura em 27 de Maio de 2009, 11:39
Bom dia aruanda

Uma coisa é ter conhecimentos. Outra coisa é colocá-los em prática. Todos nós temos conhecimentos suficientes para sabermos como nos deveriamos comportar, mas, eu falo por mim, todos os dias faço montes de coisas contrárias ao pouco saber que já possuo.

Ou seja, não é por não comer carne que o Hitler tinha conhecimentos. Como tinha conhecimentos sobre a vida após a morte. De como desenvolver de forma artificial os seus chakras, etc, é que ele não comia carne, era contra o tabaco, o alcool, etc.

Por exemplo, quando alguém vai praticar yoga passa a ser vegetariano e a ter toda uma filosofia de vida diferente. Ou seja vai fazer um aprendizado que lhe explica o porquê de determinadas atitudes, e o que fazer para fazer yoga de uma forma correcta.

No Espiritismo, durante a nossa aprendizagem, vamos passar a modificar a nossa forma de viver. Agora na DE nos explicam o porquê de não fumar, não comer carne nos dias de trabalhos, não beber excitantes, etc. Fazermos o bem, não falar mal de ninguém, não ser egoista, etc. Se depois disto tudo continuarmos a viver da mesma forma, não quer dizer que não temos os conhecimentos.

Isto é o meu modo de ver as coisas.

Bem Haja

Muita Paz


Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Gigii em 27 de Maio de 2009, 11:47
Olá companheiros!

Li há pouco tempo Tambores de Angola do Robson Pinheiro. Gostei muito. Trouxe um excerto para reflexão:

"Diante de nossa visão espiritual, surgiu um estranho laboratório naquela construção das sombras. Aparelhos estavam espalhados por toda a ala, dispostos de maneira extremamente organizada. Espíritos vestidos de branco, parecendo enfermeiros e médicos, transitavam entre a aparelhagem, em perfeita disciplina e silencio. Parecendo um moderno computador, estava sobre uma mesa, um aparelho que mostrava contornos de um corpo humano em três dimensões e mais afastadas varias “macas”, o que sugeria uma sala de cirurgia.

(...)
 Um dos espíritos vestidos de branco aproximou-se de Dario e após trocar breves palavras, dirigiu-se ao que se assemelhava a um computador. Falando algo por uma espécie de microfone, recebeu as informações de que necessitava, enquanto a imagem holográfica de Erasmino aparecia diante de si. Era a extrema técnica a serviço das trevas.

Dirigiu-se, então, para a maca onde o espírito desdobrado do rapaz se encontrava e começou uma estranha cirurgia. Pequeno aparelho foi implantado em determinada região do cérebro perispiritual e Erasmino, para produzir impulsos e imagens mentais, caso a pratica de indução falhasse. Eram extremamente rigorosos em suas realizações e não cometiam nenhuma imprudência. Tudo previram naquele caso doloroso, mas não sabiam da nossa presença no local, por estarmos em vibração mais elevada. Seus aparelhos não captavam nossa presença espiritual, nem eles tinham condição de detectar nossa vibração, por se localizarem em faixa mental inferior, com objetivos ignóbeis. As artimanhas das trevas poderiam ser consideradas perfeitas, não fossem suas reais intenções.

Enquanto conversavam, Erasmino foi retornado pelo mesmo caminho de onde viemos, e acompanhamo-lo de volta, anotando todos os detalhes da situação. Deixamos as perversas entidades no seu estranho conluio, e segui calado o companheiro Arnaldo, que me falava:
- Vê, meu amigo, como os espíritos trevosos são organizados? Neste prédio, encontra-se um dos postos mais avançados das sombras. Nele trabalham cientistas que se especializaram em doenças viróticas, em epidemias e processos requintados de interferência nas estruturas celulares dos irmãos encarnados. Outros, psicólogos, psiquiatras e psicanalistas, os quais, como estes que presenciamos, são especialistas nas questões da mente, nas modernas técnicas de ficoterapia, com objetivos diabólicos, pretendendo atuar diretamente nas mentes de dirigentes mundiais, em pessoas que ocupam cargos importantes no mundo terreno, em religiosos, pastores e dirigentes espirituais, pelo uso do magnetismo, que sabem manipular com maestria. Toda essa organização utiliza os modernos métodos desenvolvidos na Terra. Entretanto, fazem-no para prejudicar, atrasando o progresso da humanidade, pois sabem que bem pouco tempo lhes resta para continuarem com seus desequilíbrios, espalhando a infelicidade na morada dos homens: em breve poderão ser banidos da psicosfera do planeta e não ignoram o destino que podem ter. Os espíritos infelizes que lhes contratam os serviços especializados, se mantém a eles ligados por processos que não compreendem, pois eles mesmos se enganam com o poder ilusório que julgam possuir. Tentam fazer-se deuses e são, na verdade, apenas homens, embora desenfeixados do corpo carnal.

- Mas eu não esperava que estes espíritos fossem tão requintados em suas ações e métodos. . . – falei para Arnaldo.

- Muitos pensam, inclusive os espíritas, que as entidades das trevas são espíritos que pararam no tempo e que se utilizam ainda de métodos antiquados de domínio, quais os que se utilizavam na Idade Media da Terra, ou nas civilizações mais antigas que desapareceram ao longo dos séculos.

No entanto, podemos observar que tais criaturas infelizes, como os homens na Crosta, se disfarçam sob o manto enganador das aparências, das construções suntuosas, sob o abrigo da vaidade e do orgulho mal dissimulados e, como os homens terrestres, guardam sob essa aparência a sordidez do caráter inferior, a serviço de intenções inconfessáveis.
Também as forças das trevas têm o requinte da civilização."

Bisouxss
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: aruanda em 27 de Maio de 2009, 12:42
Olá Regina,eu li esse livro e gostei muito ,como aliás dos outros dois.

Mas, sempre chego a conclusão que sem uma auto -analise séria ,honesta e com vontade  de realmente nos conhecermos para mudar...sempre vamos dar aberturas para sermos influenciados.

Citar
No entanto, podemos observar que tais criaturas infelizes, como os homens na Crosta, se disfarçam sob o manto enganador das aparências, das construções suntuosas, sob o abrigo da vaidade e do orgulho mal dissimulados e, como os homens terrestres, guardam sob essa aparência a sordidez do caráter inferior, a serviço de intenções inconfessáveis.
Também as forças das trevas têm o requinte da civilização."

Tudo passa por nós .
É impressionante como ainda nos conseguimos "enganar" a nós mesmos colocando "mentiras" veladas como verdades na nossa cabeça.
É impressionante como conseguimos ver o argueiro no outro e não vemos  a trave em nós.
É impressionante como conseguimos seguir uma filosofia religiosa seja ela qual for e, acharmos que é a única verdade do mundo e que os outros estão errados.

E, por aí fora.

Certamente os espiritos inteligentes das trevas , sabem muito bem como agir, acredito que apenas algumas situações os conseguem travar...a nossa honestidade com nós mesmos e a colocação em prática do "amar ao próximo como a si mesmo".
certamente não estaremos imunes a influencias mas, de certeza estaremos muito mais protegidos.
Mas, temos que ser sinceros e não "fingir" que somos o que na realidade não somos eo que somos se revela nas nossas tendencias.
Vamos assumir quem somos e, o resto deixará de ter , tanta força.


Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: aruanda em 27 de Maio de 2009, 12:50
Citar
No Espiritismo, durante a nossa aprendizagem, vamos passar a modificar a nossa forma de viver.
Vamos? Deus o oiça. Normalmente apenas ficamos no "tentar"

 
Citar
Agora na DE nos explicam o porquê de não fumar, não comer carne nos dias de trabalhos, não beber excitantes, etc.


Pois, nos dias dos trabalhos tem a ver com uma questão de concentração parq que a energia não se concentre , por exemplo na digestão.
deviamos perceber isso para a vida e , não para os trabalhos.


Citar
Fazermos o bem, não falar mal de ninguém, não ser egoista, etc. Se depois disto tudo continuarmos a viver da mesma forma, não quer dizer que não temos os conhecimentos

Pois não...quer dizer que não os interiorizamos ...logo. não os colocamos em prática.

Saber é uma coisa. Fazer é outra muito diferente.

A questão é:
- Nós sabemos ou fazemos?(agimos)

Cada um que responda por si e a si mesmo.
 


Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: procura em 27 de Maio de 2009, 12:57
[

 
Citar
Agora na DE nos explicam o porquê de não fumar, não comer carne nos dias de trabalhos, não beber excitantes, etc.


Pois, nos dias dos trabalhos tem a ver com uma questão de concentração parq que a energia não se concentre , por exemplo na digestão.
deviamos perceber isso para a vida e , não para os trabalhos.


Citar
Fazermos o bem, não falar mal de ninguém, não ser egoista, etc. Se depois disto tudo continuarmos a viver da mesma forma, não quer dizer que não temos os conhecimentos

Pois não...quer dizer que não os interiorizamos ...logo. não os colocamos em prática.

Saber é uma coisa. Fazer é outra muito diferente.

A questão é:
- Nós sabemos ou fazemos?(agimos)

Cada um que responda por si e a si mesmo.
 



[/quote]


Pois é, em vez de nos comportarmos bem só nos dias de trabalho, deveria ser sempre.

Eu também acho que deveria ser sempre, mas como já comprovou por vários escritos, muitos dos nossos companheiros não aceitam que deveriamos abstermo-nos para sempre do alcool, do tabaco, da carne, da maledicência, do egoismo, etc.
Se não é aconselhavel nos dias de trabalhos, é porque a influência na nossa vida não é positiva.


Bem Haja

Muita Paz
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 27 de Maio de 2009, 14:03
Se os próprios Espíritos nos ensinam que não há fórmulas, e nem amuletos e nem palavras sacramentosas e ou cabalísticas...para nos condicionar ao bem.

Por que estas teriam para a ação do mal?

Pensemos!


O que seria a lei do Trabalho?

Trabalho lembra o que?
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: aruanda em 27 de Maio de 2009, 14:31
Citar
Eu também acho que deveria ser sempre, mas como já comprovou por vários escritos, muitos dos nossos companheiros não aceitam que deveriamos abstermo-nos para sempre do alcool, do tabaco, da carne, da maledicência, do egoismo, etc.
Se não é aconselhavel nos dias de trabalhos, é porque a influência na nossa vida não é positiva.

pois, mas isso é um problema individual.

O que nós fazemos...ou não fazemos, somos responsaveis.

O que os outros, fazem....é problema sómente deles.

portanto, cada um de nós é responsavel única e simplesmente por si próprio e, já é uma GRANDE tarefa.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 27 de Maio de 2009, 17:53
Olá Olga

Acho que explicaste bem a questão. O problema não é a magia negra. É a nossa abertura a espiritos inferiores que nos afecta. E muitas vezes quando as pessoas recorrem à magia negra contra nós, é porque tb lhe fizémos alguma que as enraiveceu.

Entretanto, encontrei esclarecimentos dos espiritos:

Livro dos Espiritos

Pactos

Citar
549. Algo de verdade haverá nos pactos com os maus Espíritos?

“Não, não há pactos. Há, porém, naturezas más que simpatizam com os maus
Espíritos. Por exemplo: queres atormentar o teu vizinho e não sabes como hás de fazer.
Chamas então por Espíritos inferiores que, como tu, só querem o mal e que, para te
ajudarem, exigem que também os sirvas em seus maus desígnios. Mas, não se segue que o
teu vizinho não possa livrar-se deles por meio de uma conjuração oposta e pela ação da sua
vontade. Aquele que intenta praticar uma ação má, pelo simples fato de alimentar essa
intenção, chama em seu auxílio maus Espíritos, aos quais fica então obrigado a servir, porque dele também precisam esses Espíritos,para o mal que queiram fazer. Nisto é que consiste o pacto.

O fato de o homem ficar, às vezes, na dependência dos Espíritos inferiores nasce de
se entregar aos maus pensamentos que estes lhe sugerem e não de estipulação quaisquer que com eles faça. O pacto, no sentido vulgar do termo, é uma alegoria representativa da
simpatia existente entre um indivíduo de natureza má e Espíritos malfazejos.”

Quem faz pactos para fazer o mal a outrém cria para si mesmo a obsessão e/ou até a subjugação. Há sempre uma vitima certa do pacto negativo, o próprio que o tenta fazer.

Citar
550. Qual o sentido das lendas fantásticas em que figuram indivíduos que teriam
vendido suas almas a Satanás para obterem certos favores?

“Todas as fábulas encerram um ensinamento e um sentido moral. O vosso erro
consiste em tomá-las ao pé da letra. Isso a que te referes é uma alegoria, que se pode
explicar desta maneira: aquele que chama em seu auxílio os Espíritos, para deles obter
riquezas, ou qualquer outro favor, rebela-se contra a Providência; renuncia à missão que
recebeu e às provas que lhe cumpre suportar neste mundo. Sofrerá na vida futura as
conseqüências desse ato. Não quer isto dizer que sua alma fique para sempre condenada à
desgraça. Mas, desde que, em lugar de se desprender da matéria, nela cada vez se enterra
mais, não terá, no mundo dos Espíritos, a satisfação de que haja gozado na Terra, até que
tenha resgatado a sua falta, por meio de novas provas, talvez maiores e mais penosas.
Coloca-se, por amor dos gozos materiais, na dependência dos Espíritos impuros.
Estabelece-se assim, tacitamente, entre estes e o delinqüente, um pacto que o leva à sua
perda, mas que lhe será sempre fácil romper, se o quiser firmemente, granjeando a
assistência dos bons Espíritos.”

Quem pratica rituais satanicos, visando fazer o mal a outrém, ou sá pelo facto de se submeter voluntáriamente à influências dos maus espiritos cria para si mesmo a obsessão e/ou até a subjugação. Há sempre uma vitima certa, que é o próprio que pratica os rituais satânicos.

Citar
Poder oculto. Talismãs. Feiticeiros

551. Pode um homem mau, com o auxílio de um mau Espírito que lhe seja dedicado,
fazer mal ao seu próximo?

“Não; Deus não o permitiria.”

552. Que se deve pensar da crença no poder, que certas pessoas teriam, de
enfeitiçar?

“Algumas pessoas dispõem de grande força magnética, de que podem fazer mau
uso, se maus forem seus próprios Espíritos, caso em que possível se torna serem
secundados por outros Espíritos maus. Não creias, porém, num pretenso poder mágico, que
só existe na imaginação de criaturas supersticiosas, ignorantes das verdadeiras leis da
Natureza. Os fatos que citam, como prova da existência desse poder, são fatos naturais, mal observados e sobretudo mal compreendidos.”

Aqui é que parece não haver consenso.

Coloco esta hipótese (com algumas dúvidas) para explicar o que os espiritos queriam dizer:

Se nos vamos colocar na boca do lobo, desejar o mal, pedindo ou não o auxilio dos espiritos, decerto vamos sofrer a "dentada", pois tornamo-nos um joguete na mão dos maus espiritos e daqueles espiritos brincalhões. Portanto o que é mesmo certo é quem evoca deliberadamente maus espiritos ou espiritos brincalhões para executar o mal a terceiros, vai sofrer a obsessão e ser um joguete na mão deles. Dada a natureza rebelde desses espiritos, eles não recebem ordens. São eles é que subjugam e não que são subjugados.

Se os espiritos que se ligam ao mandante da maldição, contudo, são espiritos que tb estão ligados, em simultaneo, de vidas anteriores ao amaldiçoado, tendo sido este que começou o ciclo de ódio com os prejuizos que provocou, deve ser permitido e normal que esses espiritos ataquem o amaldiçoado.

Os próprios mandantes, por via do que Kardec designa de "magnetismo natural", poderão, em alguns casos, prejudicar o amaldiçoado, mas se este não prejudicou préviamente o mandante, não será permitido ao algoz fazer isso pelos protectores do amaldiçoado(?).

Se os espiritos nada têm contra o amaldiçoado, vão-se virar é para o mandante (?)

No fundo, quem não merece o mal, não o terá, mesmo com magias negras ou rituais satânicos.(?)

Pode-se dar o caso que suspeitemos que um trabalho nos foi feito, sejamos supersticiosos e fiquemos com medo, o que dá abertura aos maus espiritos para nos gozar e obsedar. Reparem que muitos rituais incluem sinais para assustar o visado (põem sal à porta das pessoas, uma pata de galinha ou de coelho, ou qualquer) e a superstição e/ou a revolta do amaldiçoado fica a trabalhar a favor da maldição, não por via da magia, mas por via da debilidade psicológica do visado.


Citar
553. Que efeito podem produzir as fórmulas e práticas mediante as quais pessoas
há que pretendem dispor do concurso dos Espíritos?

“O efeito de torná-las ridículas, se procedem de boa-fé. No caso contrário, são
tratantes que merecem castigo. Todas as fórmulas são mera charlatanaria. Não há palavra
sacramental nenhuma, nenhum sinal cabalístico, nem talismã, que tenha qualquer ação
sobre os Espíritos, porquanto estes só são atraídos pelo pensamento e não pelas coisas
materiais.”

a) - Mas, não é exato que alguns Espíritos têm ditado, eles próprios, fórmulas
cabalísticas?

“Efetivamente, Espíritos há que indicam sinais, palavras estranhas, ou prescrevem a
prática de atos, por meio dos quais se fazem os chamados conjuros. Mas, ficai certos de que
são Espíritos que de vós outros escarnecem e zombam da vossa credulidade.”

554. Não pode aquele que, com ou sem razão, confia no que chama a virtude de um
talismã, atrair um Espírito, por efeito mesmo dessa confiança, visto que, então, o que atua
é o pensamento, não passando o talismã de um sinal que apenas lhe auxilia a
concentração?

“É verdade; mas, da pureza da intenção e da elevação dos sentimentos depende a
natureza do Espírito que é atraído. Ora, muito raramente aquele que seja bastante simplório para acreditar na virtude de um talismã deixará de colimar um fim mais material do que moral. Qualquer, porém, que seja o caso, essa crença denuncia uma inferioridade e uma fraqueza de idéias que favorecem a ação dos Espíritos imperfeitos e escarninhos.”

555. Que sentido se deve dar ao qualificativo de feiticeiro?

“Aqueles a quem chamais feiticeiros são pessoas que, quando de boa-fé, gozam de
certas faculdades, como sejam a força magnética ou a dupla vista. Então, como fazem
coisas geralmente incompreensíveis, são tidas por dotadas de um poder sobrenatural. Os
vossos sábios não têm passado muitas vezes por feiticeiros aos olhos dos ignorantes?”
O Espiritismo e o magnetismo nos dão a chave de uma imensidade de fenômenos
sobre os quais a ignorância teceu um sem-número de fábulas, em que os fatos se
apresentam exagerados pela imaginação. O conhecimento lúcido dessas duas ciências que, a
bem dizer, formam uma única, mostrando a realidade das coisas e suas verdadeiras causas,
constitui o melhor preservativo contra as idéias supersticiosas, porque revela o que é
possível e o que é impossível, o que está nas leis da Natureza e o que não passa de ridícula
crendice.

Os espiritos dizem que fórmulas cabalisticas, simbolos, textos ou outras manifestações materiais do género, não fazem efeito, a não ser para os ditos simplórios que no poder delas acreditam.

O que acham destas informações dos espiritos? estão certas? estão erradas? Estou a interpretá-las bem ou mal?

bem hajam
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: procura em 27 de Maio de 2009, 19:56
Boa tarde aruanda

Peço desculpa, pois disse que o chakra genésico seria o ultimo a ser activado, quando é precisamente o contrário. Será o primeiro a ser activado, e por sua vez irá deixar passar a energia necessária para activar os outros chakras.

Quanto à suática estou a procura do local onde está a sua explicação.

Bem Haja

Muita Paz
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 27 de Maio de 2009, 21:37
Olá Procura

A suástica era o simbolo do império romano, que já vi em ruinas romanas. E pode ter sido isso que inspirou o Hitler, não sei. O império romano foi dos maiores da terra e o Hitler ansiava por isso tb. 

Amigo, não acredito que o Hitler fosse um bom espirito, nem tivesse uma espiritualidade desenvolvida, pois os espiritos elevados têm também elevado senso moral e/ou ético. Uma mau homem é sempre um mau espirito, não há que enganar, um homem que aparenta ser bom, pode-nos enganar ou não. Um mau espirito é sempre um espirito ignorante, uma criança espiritual que faz asneiras, por vezes muito graves.

Ele era claramente materialista, pelas suas atitudes. Espiritos desses podem ser inteligentes, mas só até determinado limite. O homem era louco e loucos os companheiros dele que lhe permitiram fazer o que fez. Não se pode imputar as culpas do nazismo apenas ao "cabeça de cartaz".

O Hitler podia ter superstições, porque não? Para mim ele não é o simbolo do mal, mas o simbolo do desiquilibrio mental e espiritual profundo. É um espirito mais imaturo que a média do nosso planeta, que se conseguiu evidenciar. Provavelmente ele ainda anda por aí a pensar que ainda está a comandar a Alemanha, ou equivalente.

Não é facil entender porque é que a comunidade Alemã alinhou naquilo. Talvez por orgulho nacionalista. Muitos depois devem ter-se arrependido, quando se depararam com as verdadeiras intenções dos politicos e dos filósofos nazis. Os espiritos imaturos,  desencarnados da Alemanha derrotada da primeira grande guerra, podem ter ajudado. É uma hipótese.

E o Estaline tb não foi melhor que o Hitler.

bem haja
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: demis em 27 de Maio de 2009, 21:43
olá,
amigo vitor,quem sabe se ele  (Hitler) não estará já cá...
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Atlante em 27 de Maio de 2009, 23:33
Olá

Não tenho conseguido acompanhar este tópico de forma total, no entanto devo recordar o seguinte:
O acto de magia não tem como finalidade atrair espíritos. Na realidade aquilo que os atrai é a lei da afinidade e essa atração faz-se pelo pensamento e pela intenção contida no mesmo.

O acto de magia, branca ou negra, tem como finalidade a manipulação de energias. São estas que de acordo com as condições criadas farão o efeito desejado. Claro que nessas condições está incluido o merecimento daquele a quem se dirige, entre outras.

Se falarmos de magia branca, ela sempre produz efeito. Ela estará sempre impregnada de amor e, o amor sempre penetrará até nos corações mais empedernidos. No entanto, se a pessoa a quem se dirige não tiver mérito, esse efeito será diminuto.

Quanto à magia negra, as coisas já são diferentes. Ela sempre é dirigida a alguém conhecido. Ninguém faz magia negra por fazer. Então uma das técnicas utilizadas é fazer chegar, à possível vitima, a informação de que alguém lhe quer fazer mal. O medo abre todas as barreiras.

Seria bom que entendessemos a diferença das coisas para evitar equivocos e para não pensarmos que as coisas não funcionam.
Já os Egipcios, há + de 5000 utilizavam tanto uma como a outra, em seus trabalhos.
Há mais de 2000 os Essenios utilizavam a magia branca para tratar as pessoas.

É muito fácil negarmos o que desconhecemos, mas mais difícil será entender porque muita gente pratica magia negra. Tudo o que sai do homem ao homem torna e não ser muito agradável, para muitos de nossos irmãos, viverem mais tarde num corpo inválido ou internados num hospicio, por força de seu comportamento actual.

E os actos de magia não são exclusivos dum mundo físico.

Atlante     
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 28 de Maio de 2009, 00:09
A magia negra ou goécia funciona perfeitamente. O magista pode manipular energias e principalmente consciencias embrutecidas no mal e dirigi-las a quem o desejar. E Deus sempre o permite.

O resultado da ação magista pode entretanto resultar em males para o sujeito do trabalho, se este precisar passar por esta prova ou alternativamente, retornar ao magista ou a quem encomendou o trabalho caso o sujeito não possua o merecimento desta prova. A cada um segundo o seu merecimento.

Os "desmanches" dos trabalhos de goecia acontecem diariamente em todos os terreiros de umbanda, centros de estudos de apometria e centros espíritas. O que os diferencia é que enquanto nos terreiros de umbanda e nos centros apometricos os participantes auxiliam ativa e conscientemene a espiritualidade na desmontagem dos trabalhos e posterior encaminhamento dos responsáveis a locais de aprendizagem, nos centros espíritas este trabalho é realizado apenas pelos espiritos (usualmente trabalhadores da umbanda) sem a colaboraçao consciente dos médiuns.



Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 28 de Maio de 2009, 04:07
Olá.

Não podemos nos esquecer que o enfeitiçamento também pode ser realizado por meio de palavras, sejam elas escritas ou verbais. O que não é a propaganda de um produto quando nela embute-se uma mensagem hipnótica ao consumo ?  Quando dou minha opinião, aqui e agora, também atuo na consciencia de quem me lê, de forma positiva ou negativa. Assim se dá em toda a comunicação.

Mais faceis de serem hipnotizados, servirem de ponto de apoio para materializar as intenções do magos negros, são os individuos que perderam o senso e o controle da vontade, levados pelos vicios morais e/ou fisicos.


PS: Magia = ato de tornar visivel (materializar) aquilo que se encontra no mundo oculto, podendo a mesma se branca ou negra.


Abç
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: procura em 28 de Maio de 2009, 08:20
Bom dia amigo Vitor

Em não disse nunca que o Hitler era bom, nem que tinha moralidade elevada.

O que eu afirmei, é que tinha conhecimentos, o que é bem diferente.


Nunca leu nenhuma obra espirita em que se fala das entidades das trevas com grande poder a nivel intelectual.

Posso dar-lhe outro exemplo de alguem, como o Rasputini, que era possuidor de grandes conhecimentos e muita força magnética. Mas a sua elevação espiritual era bem baixa.

Não vamos menosprezar as entidades que funcionam para o mal. Pois exsitem muitas com grande força e conhecimentos.

Não temos exemplos aqui na Terra de que elevação intelectual, não é sinónimo de elevação espiritual. Não sabemos que estamos a evoluir muito a nivel intelectual, mas que não conseguimos acompanhar de momento a nivel moral.

Uma coisa é ser surpersticioso e ter medo, outra coisa é menosprezar o lado das trevas.
Basta analisarmos aquilo que se passa a nossa volta.
Quem não tem conhecimento de pessoas à nossa volta que não tenham sido envolvidas por uma obsessão, julgando que estão a ir no bom caminho.

Quantos vezes nós não seremos intuidos de forma errada na nossa forma de pensar, de agir, etc.

Não nos esqueçamos que existem entidades de grande nivel de conhecimentos psicologicos, que provavelmente nos induzem para o erro sem que nos apercebamos.

Tentemos Orar e Vigiar.

Bem Haja

Muita Paz
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 28 de Maio de 2009, 10:37
Olá.

Valorizamos demais a aparencia, o intelecto; esquecemos o interior, o sentimento.

De intelectuais o Inferno está cheio !!

Dia surgirá que as escolas formarão o individuo pela via-sentimento. Serei um dos primeiros na fila do cadastro, tão logo abra as inscrições.


Abç

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 28 de Maio de 2009, 11:56
Olá Procura e Diegas

O exemplo do Rasputine é muito bom, era um homem com a capacidade de hipnotizar que usava essa capacidade para levar mulheres para a cama à revelia delas e para influenciar politicos, já li a história dele.

Você tem razão. Há pessoas preversas com muita habilidade e inteligência. E espiritos também, decerto. Mas as pessoas moralmente mais desenvolvidas moralmente, são sempre mais inteligentes do que as pessoas preversas. O que acontece é que aqueles que são moralmente desenvolvidos não têm por objectivo ter poder, nem subjugar as pessoas a seu belo prazer e são discretas. É claro que nos encarnados há a influência do corpo, que pode dificultar mais ou menos a manifestação da capacidade intelectual do espirito. Por isso podemos estar em presença de um espirito muito inteligente, mas com um corpo que dificulta a manifestação inteligente do espirito, e parece-nos que não é uma pessoa inteligente.

A madre Teresa de Calcutá, cuja evolução moral julgo que não é colocada em questão por práticamente ninguém no mundo, demonstrou inteligência ao conseguir levar por diante uma grande obra, mas o Einstein tem uma obra em que a capacidade intelectual está mais vincada. Contudo, analisando a biografia de um e de outro, vê-se que o Einstein era mais apegado à matéria (era um mulherengo terrivel, que traia as várias parceiras que teve, por exemplo, e tanto quanto sei). Da análise dos dois parece-me mais ou menos evidente que a madre Teresa era mais evoluida do ponto de vista moral. O que quer dizer que o espirito que foi a Madre Teresa, é mais inteligente que o Einstein, embora tivesse produzido uma obra mais pobre do que o Einstein do ponto de vista intelectual. Aquilo que eles vieram cá fazer foi diferente.

Capacidade intelectual não sao canudos da universidade, são as obras que mostram a sabedoria e a inteligência e não a aparência nem a auto-publicidade que por vezes fazemos.

Por isso eu gostava de uma escola que fosse muito boa em formação intelectual, porque o ser precisa de desenvolver primeiro o intelecto e só depois o senso moral. O ensino das coisas do coração, julgo que se faz pelo carinho que o professor devota aos seus alunos. Não se ensina, exemplifica-se. Sentir bons sentimentos das pessoas que nos rodeiam, predispõe-nos para abrir o coração. E quando somos crianças isso é muito mais forte.

Até os animais ficam mais mansos quando estão num ambiente em que os acarinham, quanto mais as pessoas.

Concordo que todos estamos sujeitos à obsessão e que pode ser um problema grande, contudo a metodologia em que acredito para nos livrarmos dela é decidirmos não seguir os maus pensamentos que nos são induzidos. É a mesma técnica que devemos usar para rejeitar proceder de acordo com os maus pensamentos que têm origem no nosso próprio espirito. Se estamos psicológicamente debilitados, podemos estar menos lúcidos e não ser capazes de nos libertar. Também podemos ser enganados, por isso devemos pensar sempre nas implicações morais daquilo que estamos a pensar fazer.

Portanto respeitar o poder do mal, é estar atento e não proceder de acordo com os maus pensamentos, venham de nós ou de outros espiritos. Isso retira o interesse aos maus espiritos, que se cansam  de ver que não fazemos o que eles querem, e proporciona-nos (penso eu) uma associação aos bons espiritos. Rodeados de bons amigos, não teremos tantos maus amigos (ou inimigos). É como quem na terra tem um circulo de bons amigos: os maus amigos (os mais imaturos do ponto de vista espiritual) não gostam desse ambiente e afastam-se. 

Amigo, eu estou aqui a dizer o que aprendi e que sinto estar certo. Mas o facto de eu pensar que estou certo, não quer dizer que eu esteja mais próximo da verdade do que aqueles que pensam de maneira diversa. E a maior parte das vezes o que parece ser um pensamento diverso, não passa de uma forma diferente de entender as mesmas palavras.

Amigo Diegas , porque é que pensa que o intelecto é aparência? não entendo. A menos que chamemos intelecto ao facto de as pessoas andarem a ostentar diplomas académicos, o intelecto é uma ferramenta muito importante. Devemos usar o raciocinio e os conhecimentos em nosso proveito e para o bem comum. O inferno pode estar cheio de intelectuais, mas como o inferno não existe, não há problema.

Eu penso que o correcto será aliar o raciocinio e os nossos conhecimentos ao que sente o coração. Por isso é que eu não concordo com algumas coisas que se dizem entre espiritas: o meu coração sente que Deus é infinitamente bom e o meu raciocinio permite concluir que isso tem lógica. E algumas coisas que circulam por aí parecem-me incompativeis com a bondade do Criador.

O coração por si só pode-nos enganar, o raciocinio por si só pode-nos enganar, os dois juntos complementam-se e ajudam a nos enganarmos menos. Não será assim?

bem hajam





 



bem haja





Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 28 de Maio de 2009, 12:31
Dia surgirá que as escolas formarão o individuo pela via-sentimento. Serei um dos primeiros na fila do cadastro, tão logo abra as inscrições.

Esta escola já existe e nela estamos todos devidamente matriculados. Apenas passando por suas provas. É conhecida como "fase humana da vida do espírito"  ::)

Abraço,
Anton

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Gigii em 28 de Maio de 2009, 14:11
Olá companheiros!

A propósito do tema, a magia...o espírito J. W. Rochester tem várias obras que relatam acontecimentos de casos reais, com centenas de anos, em que espiritos usaram a magia para prejudicar terceiros.

Eu não me recordo do nome, de um em especial, pois li isso há muitos anos, em que ele conta a vida de um mago que vivia num castelo, para onde levava mulheres sob feitiço. Ele hipnotizava-as com poções que fazia. E depois voltava para as festas de sociedade sem que ninguem soubesse.
Falava de como todas se ligavam de forma magnetica a ele, e dos processos de desencarne e a envolvencia vibratória criada...algo impressionante.

Se alguém se lembrar qual é...

Bisouxsss
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 28 de Maio de 2009, 15:28
Anton

O que os diferencia é que enquanto nos terreiros de umbanda e nos centros apometricos os participantes auxiliam ativa e conscientemene a espiritualidade na desmontagem dos trabalhos e posterior encaminhamento dos responsáveis a locais de aprendizagem, nos centros espíritas este trabalho é realizado apenas pelos espiritos (usualmente trabalhadores da umbanda) sem a colaboraçao consciente dos médiuns.


Suas informações ultapassa a média.

Me explica melhor estas questões citadas por você

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 28 de Maio de 2009, 17:22
Olá Anton

Há espiritos adeptos da umbanda e outros do espiritismo? Os bons espiritos têm por objectivo o bem, e colaboram com quem tenha a vontade de fazer o bem, penso eu. Se forem espiritos com preferências clubistas, serão espiritos de confiança?

Quanto ao trabalho de desobsessão, neste fórum, o Moisés descreveu aqui vários exemplos.

O ser espirita ou ser umbandista, pouco importa, penso eu, o que nos permite obter a colaboração dos bons espiritos, para ajudar outros espiritos em perturbação, são as verdadeiras intenções da equipa mediunica, que não se conseguem esconder dos espiritos.

Quando as pessoas estão de boa fé e boa vontade, como vontade real de auxiliar o próximo (quer o obsedado, quer o obsessor), têm o auxilio dos bons espiritos, independente das organizações a que pertencem.

Eu não conheço a Umbanda, mas o pouco que vi não me atrai nada, pois trata-se de práticas ritualistas, dái que não tenha sentido ainda motivação para a conhecer melhor. Mas tudo pode ter explicação. Ainda há dias descobri que a serotina, substância que nos faz sentir bem, é produzida essencialmente no intestino delgado e apenas numa pequena parte pelo cerebro. Quem diria que aquilo que comemos pode ser responsável directo por um estado depressivo (embora existam outras causas para a depressão, claro)? Há ligações que nem sonhamos, provavelmente. O movimento fisico pode ajudar a aumentar a serotonina e ser um relaxante para preparar o corpo para receber os espiritos. Será essa a razão dos rituais umbandistas?

Cá deixo mais uma opinião pessoal para animar a festa.

bem haja
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 28 de Maio de 2009, 23:12
Ola Vitor,

Citação de: ”Vitor Santos”
Há espiritos adeptos da umbanda e outros do espiritismo?
Não, há espíritos que trabalham em uma hierarquia de trabalho denominada umbanda e há espíritos que trabalham em outra hiearquia denominada de espírita. São duas formas diferentes e complementares de trabalho. Num centro espírita são trabalhadores da umbanda os que cuidam da ordem e da segurança do ambiente, do transporte e contenção dos espíritos que se manifestam e muitas vezes os responsáveis pelos trabalhos de passe e cura.

Citação de: ”Vitor Santos”
Eu não conheço a Umbanda, mas o pouco que vi não me atrai nada, pois trata-se de práticas ritualistas, dái que não tenha sentido ainda motivação para a conhecer melhor.
Voce está em seu direito de não conhecer, mas talvez exorbite um pouco ao julgar o que desconhece. Se já é impossível julgarmos o que acreditamos conhecer, imagine o que nem mesmo desejamos conhecer...  ;)

Citação de: ”Vitor Santos”
Ainda há dias descobri que a serotina, substância que nos faz sentir bem, é produzida essencialmente no intestino delgado e apenas numa pequena parte pelo cerebro. Quem diria que aquilo que comemos pode ser responsável directo por um estado depressivo (embora existam outras causas para a depressão, claro)?
Sim, e a questão é bem mais interessante do que divulga a ciência em seu estagio atual. Saiba que pela alimentação podem-se alterar até mesmo os sonhos e pensamentos de um ser humano. E não estou me referindo a drogas, mas a alimentos comumente encontrados em qualquer super mercado, o feijão e arroz, frutas, legumes, mel e outros produtos de nosso dia a dia...

Anton
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 28 de Maio de 2009, 23:23
Olá

Citar
Voce está em seu direito de não conhecer, mas talvez exorbite um pouco ao julgar o que desconhece. Se já é impossível julgarmos o que acreditamos conhecer, imagine o que nem mesmo desejamos conhecer...

Não estou a julgar a Umbanda, pois eu expliquei que não sou conhecedor. Apenas expliquei as razões porque ainda não resolvi conhecê-la.  Mas diga-me lá, para que é que são aquelas danças e aqueles trajes? Isso é que eu gostava de saber, já agora que estamos a debater esse assunto.

Pode haver médiuns bem intencionados de qualquer crença, que desejam trabalhar para o seu bem e para o bem alheio, com sinceridade. E na Umbanda também acredito que haja. porque é não haveria de ser assim?

Há pessoas que se fartam de dar voltas e demoram muito para fazer uma sopa e outras com mais sentido prático que demoram pouco. Mas ambos os tipos de pessoas, no fim de contas, consegue fazer a sopa.

bem haja
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 28 de Maio de 2009, 23:25
Me explica melhor estas questões citadas por você

Ola Moises,

Poderia explicar isto longamente, mas acredito ser mais útil remeter-lo a vasta literatura espírita que nos mostra isto com detalhes.

Anexo, os livros "Tambores de Angola" e "Aruanda", ambos de Robson Pinheiro, médium espirita de orientação kardecista, cuja leitura recomendo.

Sugiro ler primeiro Tambores de Angola e posteriormente Aruanda, nesta ordem.

Abraço,
Anton

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 28 de Maio de 2009, 23:26
Anton

Num centro espírita são trabalhadores da umbanda os que cuidam da ordem e da segurança do ambiente, do transporte e contenção dos espíritos que se manifestam e muitas vezes os responsáveis pelos trabalhos de passe e cura.  

Essas informações, são interessantes,

Onde você aprendeu essas informações Anton?
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 28 de Maio de 2009, 23:29
Anton

Vou acatar a sua sugestão...

Por hora...mas

Devo me aprofundar no debate ou devo primeiro ler os Livros recomendados?

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 28 de Maio de 2009, 23:33
Olá Vitor,

Não estou a julgar a Umbanda, pois eu expliquei que não sou conhecedor. Apenas expliquei as razões porque ainda não resolvi conhecê-la.  Mas diga-me lá, para que é que são aquelas danças e aqueles trajes? Isso é que eu gostava de saber, já agora que estamos a debater esse assunto.

E "resolver não conhece-la" não é um julgamento?

Com relação às danças e trajes, voce deve perguntar aos que os vestem e aos que dançam. Porque cada caso é um caso e todos tem a mesma liberdade de vestir e agir. Uns vestem-se circunspectamente e fechando os olhos dizem que o "silencio é uma preçe", quando sabemos que não é. Outros cantam e dançam e ainda apreciam trajes e tambem sabemos que tampouco precisam disto. Mas a ambos é licito fazer o que desejam, pois que o fazem com a graça de Deus.

Abraço,
Anton
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 28 de Maio de 2009, 23:36
Devo me aprofundar no debate ou devo primeiro ler os Livros recomendados?

Ola Moises,

Acredite-me, os livros são pequeninos e de leitura muito interessante. Não vai levar nem 2 dias para ler os dois. E isto não é pecado, não faz mal e não engorda...

Abraço,
Anton
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 28 de Maio de 2009, 23:42
Anton

Obrigado pela atenção,
mas em termos de assuntos Doutrinários e de carater Espírita ainda prefiro aprender com Divaldo Pereira Franco.

Posso te sugerir este video...

não levará mais de 6 minutinhos...bem menos que 2 horas.

http://www.youtube.com/watch?v=jiSlMMCtSlE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWppU2xNTUN0U2xF)

Abraços ...

Quantos as colocações suas que fiz questão de citar...

Entendo-as como fantasiosas.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Maio de 2009, 01:05
Moises,

A única revelação contida neste video do Divaldo que já esta ha algum tempo rodando na net é a demonstração de seu absoluto desconhecimento do que seja a umbanda.

Divaldo é um médium, apenas isto, uma pessoa igual a todas as demais com as mesmas fraquezas, erros e ilusões e principalmente um incontido orgulho. Ora se outros médiuns tão espiritas como ele dizem o contrário, seria simplesmente ridiculo acreditar em qualquer um em detrimento de qualquer outro. Ou seja idolatrar um ser humano, erro dos mais crassos que o espírito pode fazer em sua existencia.

Particularmenrte jamais li algo da lavra de Divaldo que tivesse algo além da opinião vigente. Como médium transmite belissimas mensagens mas como pessoa humana é tão falivel e falho como todos.

Portanto, amigo Moises, aprenda com todos e não se limite ao que voce acha que é verdadeiro, porque ista é uma enorme ilusão que voce está criando. Não confunda doutrina espírita com as pessoas que se dizem espíritas. São duas coisas totalmente diferentes.

A proposito, a idolatria é pecado, faz mal e não tenho certeza, mas talvez até mesmo engorde....

Quanto a julgar algo fantasioso sem conhecimento de causa, bem é um julgamento bem subjetivo que a nada leva.... Mas enfim, voce possue a total liberdade para julgar o que desejar e os frutos de seu julgamento serão inteiramente seus.

Anton
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 29 de Maio de 2009, 02:04
Olá Anton

Já li os "Tambores de Angola" que é lieráriamnte interessante e simbólicamente uma lição de humildade, mas não é um livro que me pareça muito fiável do ponto de vista da descrição dos pormenores da vida no além. Veio confirmar mais ou menos o que eu já pensava da Umbanda. No fundo o livro acaba por recomendar a obra de Kardec e desse modo estamos todos de acordo.

Venho de familias muito pobres, especialmente por parte do meu Pai, que trabalhou desde que se conhece e só tem o ensino básico. A minha mãe não teve tantas dificuldades mas tb só chegou ao ensino básico. Foi através do trabalho deles que eu pude estudar. Agradeço muitas vezes a Deus pelo meu pai e pela minha mãe, que amo muito. Não tenho vergonha das minhas origens humildes, de modo algum. Pelo contrário, acho que Deus me escolheu esta familia porque decerto eu precisava de muito amparo aqui na terra. O que eles me têm dado de verdadeiramente precioso é muito amor e um excelente exemplo moral, para além de tudo o mais.

Tudo isto para dizer que não tenho complexos de superioridade em relação às pessoas com menos instrução e muito menos em relação a pessoas de origens humildes. Isso seria ter complexos contra os meus pais e contra mim próprio. Também não me sinto dono da verdade. Mas gosto de saber porque é acredito naquilo que acredito. E por isso só aceito as coisas quando a razão e o coração, em simultaneo me dizem para as aceitar.

Tenho noção que sou um espirito imaturo e ignorante, que ainda tem inumeras reencarnações pela frente, gosto de ouvir todos os conselhos, para me informar e testar aquilo em que acredito, mas depois de ponderar escolho o meu próprio conselho. Eu sei que sou falivel e estou sempre sujeito ao engano. Houve tempo, por exemplo,  em que eu pensava que a reencarnação não tinha lógica. Hoje sou adepto do espiritismo. Nada tenho contra a Umbanda, mas parece-me que tenho fontes alternativas mais adequadas para as minhas necessidades, como o Erasmino, embora por outras razões, não por medo do ridiculo. Se já chegámos a Kardec, não vamos andar por caminhos mais complicados, quando temos uma fonte simples, clara e objectiva, que no fundo, ao que parece, também os Umbandistas concordam ser uma boa fonte. Por ora, dispenso a Umbanda, amnhã não sei se lá vou parar.

bem haja
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 29 de Maio de 2009, 03:38
'...porque é que pensa que o intelecto é aparência? não entendo...'

Olá, Vitor Santos

Estava a raciocinar em voz alta diante do comentário do 'procura', que lembrava-nos de Hitler.

O anjo é simbolizado pelo Catolicismo com duas asas. Poder-se-ia dizer que uma asa representa a inteligencia; a outra, o sentimento. Há individuos que desenvolvem o intelecto, esquecidos de cultivar o sentimento. O resultado disto é o surgimento de um cidadão atrofiado, moralmente paralitico, que ao invés de subir aos ceús elevando-se em voos, fica imantado ao planeta, arrastando-se penosamente ao solo em várias encarnações.


Abç
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 29 de Maio de 2009, 04:01
Ainda sobre o enfeitiçamento mental/verbal.

No exemplo, temos o individuo vitima de si mesmo, na formulação equivocada de seus pensamentos:

Citar
Daí a poucos instantes, penetramos na residência confortável.

A velhinha, aflita, conduzíu-nos a uma alcova espaçosa, onde o filho, chefe da casa, repousava
metido em alvos lençóis, dando-me a impressão característica dum moribundo. Antônio parecia próximo dos setenta anos e exibia todos os sinais do arterioesclerótico adiantado. O quadro era agora profundamente educativo para mim, que entrara num círculo valioso de observações novas. Identificava perfeitamente o estado pré-agônico, em todas as suas expressões físico-espirituais. A alma confusa, inconsciente, movimentava-se com dificuldade, quase que totalmente exteriorizada, junto do corpo imóvel, a respirar dificilmente.

Enquanto Alexandre se inclinava paternalmente sobre ele, observei que estávamos diante de uma trombose perigosíssima, por localizar-se numa das artérias que irrigam o córtex motor do cérebro. A apoplexia não se fizera esperar. Mais alguns instantes e a vítima estaria desencarnada.

Alexandre, que centralizara todas as atenções no enfermo, tocou-lhe o cérebro perispiritual e falou com autoridade serena:

- Antônio, mantenha-se vigilante ! Nosso auxílio pede a sua cooperação !

O moribundo, desligado parcialmente do corpo, abriu os olhos fora do invólucro de carne, dando a entender vagas noções de consciência, e o instrutor prosseguiu:

- Você foi acidentado pelos próprios pensamentos em conflito injustificável. Suas preocupações excessivas criaram-lhe elementos de desorganização cerebral. Intensifique o desejo de retomar as células físicas, enquanto nos preparamos a fim de ajudá-lo. Este momento é decisivo para as suas necessidades.

O interpelado não respondeu, mas observei que Antônio compreendera a advertência, no imo das forças da consciência, colocando-se em boa posição para colaborar em favor de si mesmo.
Em seguida, o orientador iniciou complicadas operações magnéticas, no corpo inanimado, ministrando energias novas à espinha dorsal. Decorridos alguns instantes, colocou a destra ao longo do fígado e, mais tarde, demorando-a no cérebro físico, bem à altura da zona motora, chamou-me e disse:

- André, mantenha-se em prece, cooperando conosco. Convocarei alguns irmãos em serviço, nesta noite, para auxiliar-nos.

E acentuou, após meditar por alguns segundos: - o grupo do Irmão Francisco não pode estar longe.

Dito isto, Alexandre assumiu atitude de profunda concentração de pensamento.

Não passou mais dum minuto e pequena expedição de oito entidades, quatro companheiros e quatro irmãs, penetrou o recinto doméstico, em religioso silêncio. Saudamo-nos todos, ligeiramente, e o instrutor dirigiu-se, atencioso, à entidade que guardava atribuições de chefia...' (*)


(*) Do livro 'Missionários da Luz', de André Luiz.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 29 de Maio de 2009, 13:32
Olá Diegas

É sempre a nossa ignorância e a imprevidência que nos levam a situações complicadas. Os algozes apenas se aproveitam do nosso desiquilibrio psicológico para actuar.

Mas não é nada fácil auto-conhecer-se. O medo e a intolerência da nossa própria imperfeição, inconscientemente só nos querem mostrar as nossas qualidades e não os nossos defeitos. A ilusão de poder ser perfeito e completamente feliz nesta vida, para além de outras, é muito danosa para nós mesmos.

Tenho pensado muito nisso, e conclui que passei muitos anos com baixa auto-estima. Estou a aprender a aceitar-me como ser imperfeito, graças a Deus, pois se Deus nos criou simples e ignorantes (imperfeitos - ou melhor, ignorantes e imaturos), é porque é o melhor para nós e para o bem comum, pois Deus é infinitamente bom e não se engana. Devemos agradecer a Deus por termos as oportunidades que ele nos dá de reencarnar muitas vezes para chegarmos a espiritos puros (daqui a muito tempo, não sei quanto) e pelo amparo que Ele previu para nós, através dos bons espiritos e, sobretudo, do nosso anjo guardião).

penso eu de que...como diria o Pinto da Costa do FCP  :D

bem haja
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 29 de Maio de 2009, 15:28
Anton

é a demonstração de seu absoluto desconhecimento do que seja a umbanda.

Divaldo é um médium, apenas isto, uma pessoa igual a todas as demais com as mesmas fraquezas, erros e ilusões e principalmente um incontido orgulho.

A proposito, a idolatria é pecado, faz mal e não tenho certeza, mas talvez até mesmo engorde....

E você chegou a estas informações atuando como Médium Umbandista?

Possues uma Casa de Umbanda?

Representa você e sua Convicção conteúdos sinceros sobre a Umbanda?

És Umbandistas?

Há quanto tempo vens protegendo so trabalhos do Espiritismo?

Sobre Magia Negra!...O que tens mais a dizer, que possamos enviar ao Sr. Divaldo..e além aos Espíritas?
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Maio de 2009, 19:35
Amigo Moises,

Não utilizo a minha razão ou qualquer julgamento pessoal para compreender a dimensão espiritual de um espírito comunicante, esteja encarnado ou desencarnado.

Os critérios que utilizo, tal qual ensinados pelos espíritos, publiquei-os neste endereço: http://www.forumespirita.net/fe/index.php/topic,13692.0.html (http://www.forumespirita.net/fe/index.php/topic,13692.0.html) 

Por estes critérios, o Sr Divaldo com todo o respeito que nos merece o seu trabalho mediúnico, falha em todos os três critérios que poderiam defini-lo como mentor ou mestre.

Toda mensagem de verdadeiros mentores espirituais tem sempre por tonica o espiritualismo. Nunca defendem o materialismo, ou seja, a felicidade na vida carnal, o bem terrestre, e sempre falam em nome de Deus e de Cristo. Cristo ensinou que é preciso alcançar a vitoria sobre o mundo. Portanto quem se diz guiado por eles não pode ensinar os homens a perder para o mundo. A opinião de Divaldo não tem por tonica o espiritualismo. Ao contrário apega-se a forma de apresentação de um espírito. Forma é aspecto material.

Toda verdadeira mensagem do alto busca ligar-nos a Deus e não a uma religião. Mensagens condicionando o leitor a uma determinada religião são apropriações indébitas de Deus, tornando-o exclusivo, o que afronta todos os demais ensinamentos recebidos da espiritualidade. As mensagens verdadeiras são sempre ecumênicas. A opinião do Sr Divaldo não é ecumênica, prende-se a uma determinada religião o que afronta a todas as demais.

As verdadeiras mensagens superiores são sempre universalistas. Ensinam a convivência com todos, no sentido universal ao invés de pregar o individualismo do tipo: você está “certo” e o resto “errado”; você é “bom”, é o “melhor” e os outros nada sabem, faça “isso” e estará “salvo”. Quem ensina assim não fala em nome de Deus, pois todos somos iguais perante o Pai. Não é a posição do Sr Divaldo.

Assim, não estou condenando ou atacando o Sr Divaldo, pelo contrario admiro a sua exepcional capacidade de intermediação. Mas afora isto, é um homem comum, como quase todos e o que afirma são opiniões pessoais caracteristicas de uma pessoa comum.

Utilize voce também estes critérios para avaliar e compreender tanto aos homens como aos espíritos. Vai ajudá-lo a enganar-se menos. Não devemos idolatrar nem mesmo a Jesus quanto mais a outros espíritos ou colegas de escola.

E não se esqueça de ler de tudo porque a verdade está um pouco em cada lugar.

Com relação a opinião do Sr Divaldo sobre a umbanda é uma voz dentre muitas que nos dizem exatamente o inverso.

Abraço,
Anton

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 29 de Maio de 2009, 21:12
Anton
veja o que você postou;
E parece nada baseado neste seu ultimo discurso, ao menos na qualidade do discurso difere muito.

É isso que quero entender, pois atuo em atividades Espíritas, e sempre estamos aprendendo,
mas esta sua colocação me surpreende em muito, não pela informação apenas, mas por ser um conteúdo fomatado numa informação desconhecida, e está ai dita pelas suas palavras com o peso de um carater " Revelatório"


Num centro espírita são trabalhadores da umbanda os que cuidam da ordem e da segurança do ambiente, do transporte e contenção dos espíritos que se manifestam e muitas vezes os responsáveis pelos trabalhos de passe e cura.  

É isso mesmo ??


Então vejamos uma resposta a uma entrevista;

PALAVRA ESPÍRITA Nesses seus 60 anos de atividades doutrinárias, o que mais tem trazido a você satisfação com relação à Doutrina Espírita?

DIVALDO FRANCO Contar incessantemente com a proteção do Senhor da Vinha, que jamais me deixou ao abandono, enviando-me os seus missionários para sustentar-me, criatura fraca que reconheço ser, na sementeira de uma era melhor.

Entrevista concedida por Divaldo Pereira Franco em 22 de fevereiro de 2007, antes de sua conferência no Sesi de Taubaté.

Anton

Uma coisa é a Umbanda e sua realidade.

A Outra é o Espiritismo e sua realidade.

Questões que a Umbanda afirma, pertence a Umbanda
e consequentemente quem a Ela da crédito.

Questões que o Espiritismo afirma pertencem ao Espiritismo
e consequentemente  quem a ele dá crédito.

Uma Coisa bem diferente é como o espiritismo foi Coodificado e a sua proposta e a sua finalidade.
outra é como surgiu a Umbanda, sua proposta e sua finalidade.

Uma coisa é a toda a estrutura da Doutrina que é suficiente em si mesma.

Outra é o próprio sincretismo da Umbanda,
 declarado por ela mesmo em sua formação.

Logo;
Suas declarações não possuem sustentação.
segundo o Estudos sobre a Umbanda e sobre o Espiritismo.

É esta a minha questão com suas colocações.

Presta atenção.
Pois é isto que estou questionando.





Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 29 de Maio de 2009, 21:25
Anton

Fico por aqui, não tens obrigação alguma de responder-me,
Fui advertido por Amigos a não prosseguir tal discussões.

Só levaria-me a desantenção daquilo que creio e vivo.

Peço desculpas.

E um Forte abraço.

"Palavras que proferimos são como as pegadas que deixamos,
pois retrantam fielmente os caminhos que andamos."

( Um azul amigo)
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Maio de 2009, 22:55
É isso que quero entender, pois atuo em atividades Espíritas, e sempre estamos aprendendo,
mas esta sua colocação me surpreende em muito, não pela informação apenas, mas por ser um conteúdo fomatado numa informação desconhecida, e está ai dita pelas suas palavras com o peso de um carater " Revelatório"

"Num centro espírita são trabalhadores da umbanda os que cuidam da ordem e da segurança do ambiente, do transporte e contenção dos espíritos que se manifestam e muitas vezes os responsáveis pelos trabalhos de passe e cura."

A resposta a sua pergunta voce poderá encontrar na farta literatura mediunica. Isto é revelação antiga e em absoluto é minha.

A diferença entre as crenças humanas somente existe na mente dos seres humanos. Aos espíritos não interessa onde estão atuando. Existem sim, pleiades de espiritos especializados em determinados trabalhos e que atuam em centros espíritas, terreiros de umbanda, igrejas evangelicas (até mesmo lá...) e em qualquer lugar onde seja nescessário o seu concurso. Os espíritos, e disto o LE nos lembra bem, são atraidos pelo sentimento dos homens e não pela carteirinha de afiliação a esta ou a outra crença.

O restante é apenas ilusão dos homens.

Anton
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 30 de Maio de 2009, 08:18
Tudo isto para dizer que não tenho complexos de superioridade em relação às pessoas com menos instrução e muito menos em relação a pessoas de origens humildes......  Nada tenho contra a Umbanda, mas parece-me que tenho fontes alternativas mais adequadas para as minhas necessidades, como o Erasmino, embora por outras razões, não por medo do ridiculo. Se já chegámos a Kardec, não vamos andar por caminhos mais complicados, quando temos uma fonte simples, clara e objectiva, que no fundo, ao que parece, também os Umbandistas concordam ser uma boa fonte. Por ora, dispenso a Umbanda, amnhã não sei se lá vou parar.

Ola Vitor,

Tenho absoluta certeza de que voce não alimenta preconceitos conscientes e não guia sua vida ao sabor deles. A questão não é pessoal ou individual, é global e inerente à doutrina espírita.

Kardec foi uma personalidade eurocentrica e baseado nesta cultura a doutrina espírita nasceu presa, como é natural, à consciência dominante do século XIX. Kardec, ao discorrer sobre as categorias de espíritos, é taxativo ao afirmar que no plano espiritual encontram-se desde espíritos "selvagens" até "civilizados europeus". Nota-se aqui, nitidamente, uma classificação evolucionista do tipo linear e eurocêntrico, típica do pensamento antropológico do século XIX. Selvagem é uma expressão que ganhou força após o Descobrimento das Américas e passou a ser utilizada na identificação dos povos que habitavam este território. De certa forma, passou a ser utilizada no lugar da expressão "bárbaro" que na Antiguidade clássica significava "povo que falava outra língua", mas que, com o passar do tempo, passou a ter uma conotação pejorativa, identificando a "inferioridade cultural" dos povos não romanos.

Lingüística ou geograficamente, a palavra "selvagem" poderia até ser utilizada para identificar os povos que vivem na selva ou em contato mais intenso com a natureza, enquanto "civilizado" identificaria os povos que vivem nas cidades ou nas áreas urbanas. Porém, tal distinção serviu e ainda serve para legitimar uma cultura em detrimento de outra e "selvagem" passou a ser sinônimo de "inferior". E essa classificação eurocêntrica não se encontra apenas em Kardec. Gabriel Dellane afirma, em seu livro Evolução Anímica, que os índios brasileiros carecem de inteligência superior, baseando-se na literatura preconceituosa dos viajantes e antropólogos do século XIX. Possivelmente, foi graças a essa carência de "inteligência superior" que fez com que praticamente todos os povos indígenas, antes da aculturação imposta pelos colonizadores, aceitassem a tese da reencarnação, mantivessem contatos mediúnicos com seus antepassados (aprendendo, por tais vias, a identificar plantas medicinais, por exemplo).

Mas voltando a Kardec, "inferiores" não são apenas os selvagens indígenas, mas também os povos orientais. Em seu livro "o que é espiritismo" deixa evidente que um espírito chinês após várias encarnações passa a encarnar em um meio mais evoluído, compatível com seu novo grau de evolução. Tomando por base sua visão eurocêntrica, possivelmente esse meio mais evoluído só pode ser a Europa. Mas, curiosamente, no século XX, os civilizados europeus foram os responsáveis por duas guerras mundiais, enquanto a medicina "inferior" dos chineses (acupuntura, fitoterapia, práticas corporais como T'ai Chi Chuan, etc.) invadiu o mundo dito civilizado, ajudando no tratamento das inúmeras doenças civilizadas, entre elas o estresse. Infelizmente, quando as idéias civilizatórias do Ocidente chegaram ao poder na China, com a Revolução Comunista, o confucionismo foi perseguido, o Tibet foi invadido e destruído, as técnicas tradicionais de cura foram proibidas etc, demonstrando que os civilizados chineses aprenderam muito bem a lição de casa com seus pares ocidentais.

Não resta dúvida de que o kardecismo foi e é importante na divulgação da existência da vida após a morte, da reencarnação como um fato evidente e natural, mas o preconceito aos povos não-europeus é também um fato inerente à própria doutrina. É por isso que devemos reconhecer o mérito de Kardec e perdoar estas pequenas "falhas" eurocêntricas. Ele pensava como homem e não como espírito eterno, liberto das amarras da terra.

No entanto, se devemos compreender os lapsos de Kardec, pois ele não podia imaginar o que aconteceria nos séculos posteriores, é difícil aceitar que escritores e palestrantes espíritas ainda hoje afirmem que os espíritos indígenas são os bárbaros que invadem a "civilização" por meio da reencarnação e os responsáveis pela violência urbana ou que espiritos que se apresentam como pretos-velhos são inferiores.

Por este motivo, os espíritos superiores, conhecedores do contexto sócio-cultural em que o espiritismo nasceu, tiveram que se manifestar como ilustres filósofos, literatos, padres, freiras e médicos. Do contrário não seriam aceitos.

Esta a origem do preconceito inerente a doutrina espírita, que lentamente e com muita dificuldade esta sendo superado pela compreensão da essencia da propria doutrina que nos iguala a todos como filhos do mesmo Pai.

Buda ja afirmava que as doutrinas (inclusive o budismo) deveriam ser pensadas como meio para a nossa iluminação e nunca como um fim.

O espiritismo é uma ferramenta para nossa evolução, mas não é um fim em si mesmo, assim como uma ponte deve ser utilizada para atravessar algum espaço e continuar a caminhada. Não se moram em pontes...

Fique em Deus,
Anton
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 30 de Maio de 2009, 09:52
'...Kardec (...) é taxativo ao afirmar que no plano espiritual encontram-se desde espíritos "selvagens" até "civilizados europeus". Nota-se aqui, nitidamente, uma classificação evolucionista do tipo linear e eurocêntrico, típica do pensamento antropológico do século XIX...

Olá, Anton

E no plano espiritual não há espiritos atrasados e evoluídos ?

Poderia transcrever o trecho que Kardec afirma que no plano espiritual há europeus civilizados ?


Citar
'...Mas voltando a Kardec, "inferiores" não são apenas os selvagens indígenas, mas também os povos orientais. Em seu livro "o que é espiritismo" deixa evidente que um espírito chinês após várias encarnações passa a encarnar em um meio mais evoluído, compatível com seu novo grau de evolução...

Há aqui uma interpretação equivocada, por que Kardec não alimentava nenhum tipo de preconceito, muito menos deixou-se influenciar/contaminar pela cultura européia. Ele referiu-se a raça-raiz negra ou chinesa pelo motivo dessas raças-raizes serem as mais antigas do planeta. Atualmente ainda existem individuos remanescentes das raças - lemuriana (negros hotentotes) e atlante (alguns povoados chineses).


Abç
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 30 de Maio de 2009, 13:43
Poderia transcrever o trecho que Kardec afirma que no plano espiritual há europeus civilizados ?

Olá Diegas,

Voce poderá encontrar isto no livro "O que é o Espiritismo?"

Anton

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 30 de Maio de 2009, 17:42
Voce poderá encontrar isto no livro "O que é o Espiritismo?"

Olá, Anton

Eu já havia pesquisado, por isso do meu questionamento. O livro fala-nos de povos e homens civilizados, em confronto com os povos e homens selvagens, esclarecendo-nos de forma comparativa entre um e outro.

Não há qualquer menção a 'europeus civilizados', assim como seria preconceituoso dizer-se que no plano espiiritual há 'brasileiros incivilizados'. Mas não seria somente preconceituoso como também ingenuo esse tipo de afirmativa, principalmente se fosse uma revelação Codificada, e quando sabemos que o espiritos vestem diversas roupagens, reencarnando na América, na Europa, Asia e outro continente.

Por certo, euzinho devo ter vivido em alguma época na Europa. Ou será que Caminha escreveu ao rei de Portugal que havia um 'Diegas civilizado' quando da colonização ?



Abç


Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 30 de Maio de 2009, 18:44
O livro fala-nos de povos e homens civilizados, em confronto com os povos e homens selvagens, esclarecendo-nos de forma comparativa entre um e outro. Mas não há qualquer menção a 'europeus civilizados', assim como seria preconceituoso dizer-se que no plano espiiritual há 'brasileiros incivilizados'.

139 - Por que há, sobre a Terra, selvagens e homens civilizados?

Sem a preexistência da alma, esta questão é insolúvel, a menos que se admita que Deus criou almas selvagens e almas civilizadas, o que seria a negação da sua justiça. Por outro lado, a razão recusa admitir que, depois da morte, a alma do selvagem permaneça perpetuamente num estado de inferioridade, nem que ela esteja na mesma posição do homem esclarecido.

Admitindo-se, para as almas, um mesmo ponto de partida, única doutrina compatível com a justiça de Deus, a presença simultânea da selvageria e da civilização sobre a Terra é um fato material,
que prova o progresso que uns cumpriram e os outros podem realizar. A alma do selvagem alcançará, pois, com o tempo, o grau de alma civilizada (os europeus do sec XIX, Kardec incluso, entendiam-se como os únicos civilizados do planeta); mas, como todos os dias morrem selvagens,sua alma não pode alcançar esse grau senão nas encarnações sucessivas, cada vez mais aperfeiçoadas e apropriadas ao seu adiantamento, passando por todos os graus intermediários entre os dois pontos extremos.

O trecho acima em parentesis é interpolação minha (Anton)

Diegas,

Antes que voce desfralde desnecessárias bandeiras em defesa de Kardec e do espiritismo lembre-se de que não estou de forma alguma os criticando. Apenas ressaltei um aspecto da doutrina que é o inevitável EUROCENTRISMO de sua origem, que infelizmente continua tisnando até hoje, passados mais de 150 anos e no Brasil (lugar de selvagens segundo os europeus da época), as elaborações mentais de muitos espíritas.

Mas apesar deste pequeno desvio, já vemos cada vez com mais insistencia, mensagens de espíritos diversos fazendo a ponte entre o espiritismo e outras doutrinas espiritualistas. Na realidade causa-nos espanto ver que há espíritas preconceituosos seja com espiritos encarnados, seja com diferentes doutrinas, seja com relação a outros povos e mesmo com relação a espíritos que não se enquadrem em um formato "aceito".

Mas como já havia ressaltado anteriormente, isto não é uma atitude preconceituosa consciente e ninguem deve sentir-se culpado por algo que não intentou. É apenas um resquicio da origem europeia do espiritismo e da qual devemos nos descondicionar.

O espiritismo é a doutrina mais universalista do planeta e estas posturas não lhe fazem respeito.

Abraços,
Anton



Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 30 de Maio de 2009, 19:12
Anton.


Os parenteses na resposta são de sua autoria ?


Citar
139 - Por que há, sobre a Terra, selvagens e homens civilizados?

Sem a preexistência da alma, esta questão é insolúvel, a menos que se admita que Deus criou almas selvagens e almas civilizadas, o que seria a negação da sua justiça. Por outro lado, a razão recusa admitir que, depois da morte, a alma do selvagem permaneça perpetuamente num estado de inferioridade, nem que ela esteja na mesma posição do homem esclarecido.

Admitindo-se, para as almas, um mesmo ponto de partida, única doutrina compatível com a justiça de Deus, a presença simultânea da selvageria e da civilização sobre a Terra é um fato material,
que prova o progresso que uns cumpriram e os outros podem realizar. A alma do selvagem alcançará, pois, com o tempo, o grau de alma civilizada (os europeus do sec XIX, Kardec incluso, entendiam-se como os únicos civilizados do planeta); mas, como todos os dias morrem selvagens,sua alma não pode alcançar esse grau senão nas encarnações sucessivas, cada vez mais aperfeiçoadas e apropriadas ao seu adiantamento, passando por todos os graus intermediários entre os dois pontos extremos.


-----------------------


Citar
139. Por que há na Terra selvagens e homens civilizados ?

Sem a preexistência da alma, esta questão é insolúvel, a menos que admitamos tenha Deus criado almas selvagens e almas civilizadas, o que seria a negação da sua justiça. Além disso, a razão recusa admitir que, depois da morte, a alma do selvagem fique perpetuamente em estado de inferioridade, bem como se ache na mesma elevação que a do homem esclarecido.

Admitindo para as almas um mesmo ponto de partida — única doutrina compatível com a justiça de Deus —, a presença simultânea da selvageria e da civilização, na Terra, é um fato material que prova o progresso que uns já fizeram e que os outros têm de fazer. A alma do selvagem atingirá, pois, com o tempo, o mesmo grau da alma esclarecida; mas, como todos os dias morrem selvagens, essa alma não pode atingir esse grau senão em encarnações sucessivas, cada vez mais aperfeiçoadas e apropriadas ao seu adiantamento, seguindo todos os graus intermediários a esses dois extremos.


Percebe a confusão que causam esses enxertos/interpolações ?



Abç
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 30 de Maio de 2009, 21:04
Diegas,

Mas é evidente que o texto entre parenteses é de minha autoria, já que fala de Kardec na terceira pessoa e o texto é de Kardec. Mas realmente esqueci de realçar isto, que em nada altera uma unica palavra do que esta escrito.

E não entendo onde voce esta se confundindo porque ao contrario do que voce tenta ler, Kardec não compara o espírito que anima um selvagem com o espírito que anima um civilizado. Kardec afirma com todas as letras, que o espírito que anima um selvagem evoluira até o espírito que anima um civilizado - o supra-sumo da evolução no planeta, o modelo europeu.

Em palavras simples, diz que os espíritos que animam selvagens são inferiores aos espíritos que animam europeus. E isto era o pensamento corrente na Europa do sec XIX. Na época não era politicamente incorreto e nem mesmo era percebido como preconceito, tamanho o preconceito global do europeu-branco-conquistador-de-todo-o-planeta.

E Kardec sem o perceber apenas refletiu este pensamento. O que em nada o desabona, foi um homem influenciado pelo seu meio, como acontece com todos os homens em todos os tempos.

No entanto a manutenção desta postura nos dias de hoje é politicamente incorretissima e demonstra preconceitos muito profundos e arraigados que devemos extirpar. São tão profundos e arraigados que nem são percebidos como preconceitos individuais. E uma das tarefas dos espíritas deve ser a eliminação desta nódoa moral em nós mesmos e na doutrina como um todo.

Anton
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Vitor Santos em 30 de Maio de 2009, 23:24
Olá Anton

Kardec era um homem, um espirito no corpo de carne, como nós. Não podemos exigir dele a perfeição, como não o podemos exigir de ninguém, nem sequer de nós mesmos. Deve ter cometido erros. Mas este erro, tenha paciência, não cometeu.

Essa história de ele apenas reconhecer os europeus com espiritos evoluidos, é uma falácia, muito injusta e de mau gosto, amigo Anton. É deturpar as palavras do Codificador, ou avaliar as obras básicas de forma retorcida e desonesta, desculpe a sinceridade, mas não posso deixar de ficar triste com esse tipo de deturpação, e acho-me na obrigação de agradecer a esse homem fantástico que foi escolhido pelos espiritos para uma importante revelação (decerto pelas suas excelentes qualidades morais e intelectuais), e de repelir tais acusações.

Para determinar o sentido das coisas que Kardec escreveu, é preciso ler na totalidade e no minimo, o Livro dos Espiritos. E todos podem constatar que a doutrina ensinada por Kardec, é que Deus ama as suas criaturas por igual, não previligiando nem beneficiando ninguém em detrimento dos outros. Que nascemos todos simples e ignorantes, ou seja que todos partem de um estado semelhante e todos têm à partida, as mesmas aptidões, sendo o estado evolutivo dependente do próprio e da passagem por um grande numero de reencarnações. Também todos têm o mesmo destino. Kardec escolheu os povos mais primitivos, e nessa altura existiam mais do que hoje, como os canibais, por exemplo, para ilustrar que há espiritos mais imaturos e ignorantes e espiritos menos maturos e ignorantes, pois encontram-se em diferentes estados de evolução. Contudo, a seu tempo, todos chegarão a espiritos puros. E que o homem no corpo de carne, mais sujeitos ou menos sujeitos à influência do corpo, são, em regra, mais evoluidos intelectualmente, ou intelectual e moralmente. Um espirito bom e inteligente pode parecer menos bom e/ou menos inteligente, devido à influência do corpo de carne, mas um espirito intectualmente e/ou moralmente atrasado, não pode encarnar como um homem inteligente e/ou com aparência moralmente adiantada, respectivamente. Muitos, contudo, enganam, porque disfarçam bem.

A intenção de quem inventou esta difamação de Kardec, não é boa. É própria de quem não tem argumentos sérios e inventa argumentos, à laia dos espiritos inferiores dos homens sem escrupulos e traiçoeiros.

Do que tenho lido seu, eu não era capaz de imaginar que você fosse aproveitar tão triste, desonesta e difamatória ideia. Pensei que o amigo já tinha lido o Livros dos Espiritos na sua totalidade e que estava mais dentro das ideias que os Espiritos transmitiram via Kardec. É uma decepção para mim(certo porque me deixei iludir consigo). Lamento, amigo. Não estou a defender Kardec, pois ele não precisa de defesa. Quem conhece a sua obra só pode admirá-lo.

Nem lhe responderia se não soubesse que há aqui pessoas que estão a começar a querer explorar a doutrina espirita, para ver se se identificam ou não com ela. Para aqueles que já leram com atenção o Livro dos Espiritos, não seria necessária a resposta.

Não conte comigo para continuar este tipo de debate. Uma coisa é defender que há mais vias sem ser o espiritismo, de acordo com a capacidade intelectual e o senso moral das pessoas, o que é um debate pertinente. Outra coisa é deturpar O Livro dos Espiritos e difamar Kardec. Quem não tem cão (argumentos sérios, neste caso) caça com gato (a tentativa de difamar, à falta de bons argumentos).

Por fim, proponho-lhe um fórum umbandista, em vez de aparecer num fórum espirita, como o lobo com pele de cordeiro, para tentar implodir a doutrina espirita.

Desejo-lhe todo o bem do mundo, a si e aos seus, mas não posso ser conivente com a destruição deliberada ou não, da doutrina. Nem percebo porque alguém vem aqui ao fórum para querer ter razão. Aqui não dão dinheiro, nem bolachas, isqueiros, bilhetes para o futebol, nem emprego, nem fama aproveitável para ganhar dinheiro, porque é quem não simpatiza com a doutrina espirita está aqui? É para salvar o mundo do mal que a doutrina espirita lhe possa trazer? Não seria melhor perderem o tempo a salvarem-se a si próprios?

bem haja
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 31 de Maio de 2009, 02:41
Olá, Anton

Vamos tentar recomeçar a nossa conversa, desde o início:

1- Voce afirmou que 'no plano espiritual há europeus civilizados' e atribuiu esta frase a Kardec.

2- Questionado sobre onde constava essa informação, citou o livro 'O que é o Espiritismo'

3- Vasculhado o livro nada foi encontrado, ao menos voce não provou.

4- Trouxe-nos uma transcrição que não condiz com a solicitação, e ainda por cima interpolou o texto acrescentando uma observação pessoal.


Muito bem.

Cá estamos novamente, no adiantado do assunto e acompanhando o seu raciocinio, temos uma concordancia. A de que sempre houve e haverá vários tipos de preconceitos e rejeições, de ordem economica, social, religiosa, politica...enfim...isto por motivações diversas, individuais ou coletivas. E essa situação de preconceito não é privilegio do povo/cidadão A ou B, de europeu ou brasileiro, e nem de uma determinada época (na fundação do mundo, Adão já havia discriminado a conduta de Eva por ela comer a maçã sozinha)

O que não se aceita é essa sua intenção de atribuir o preconceito, que na época de Kardec também existiu, à resposta formulada pelos mentores responsáveis da Codificação, com a agravante de incluir nessa 'maizena com repolho' o nome do Codificador. É inadmissivel que os espiritos elevados tenham se manifestado com algum grau de preconceito, desconhecimento e ingenuidade. É inconcebível a inclusão do nome de Kardec nesse rol preconceituoso do seculo XIX, mesmo por que as respostas fornecidas no desenvolvimento da Doutrina não são da autoria dele, mas dos espiritos que se comunicaram. O máximo que poderiam lhe atribuir, resume-se no bom-senso e na lógica com que ele fez os questionamentos e ordenou de forma lógica e lúcida a Doutrina.

Imagine a situação para mais de hilariante no plano espiritual com o divisionismo regional/preconceituoso: de um lado teríamos os 'selvagens brasileiros'; de outro, os 'europeus civilizados'. Falta-nos saber aonde estagiariam os 'europeus-selvagens' e os 'brasileiros civilizados'.


Abç
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Diegas em 31 de Maio de 2009, 03:05
Olá.

'...Kardec não compara o espírito que anima um selvagem com o espírito que anima um civilizado. Kardec afirma com todas as letras, que o espírito que anima um selvagem evoluira até o espírito que anima um civilizado - o supra-sumo da evolução no planeta, o modelo europeu...'

Não há contradição alguma na informação de que o espirito de um selvagem (espiritualmente atrasado) um dia alcançara o status de um espírito civilizado (espiritualmente evoluido). Seria um contrasenso, desmentiria toda a dinâmica da evolução se ocorresse o contrário, do espirito evoluido um dia tornar-se um espirito atrasado.

Por outra, essa afirmação de que o europeu era/é o supra-sumo da evolução corre por sua conta e risco, nessa retrospectiva historica, como se a mesma fosse o pensamento de um Sociólogo Sideral.


Abç
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 31 de Maio de 2009, 04:08
Citação de: ”Vitor”
Essa história de ele apenas reconhecer os europeus com espiritos evoluidos, é uma falácia, muito injusta e de mau gosto, amigo Anton. É deturpar as palavras do Codificador, ou avaliar as obras básicas de forma retorcida e desonesta, desculpe a sinceridade, mas não posso deixar de ficar triste com esse tipo de deturpação, e acho-me na obrigação de agradecer a esse homem fantástico que foi escolhido pelos espiritos para uma importante revelação (decerto pelas suas excelentes qualidades morais e intelectuais), e de repelir tais acusações.

Vitor, por favor, explique com as suas palavras o que significa esta frase: A alma do selvagem alcançará, pois, com o tempo, o grau de alma civilizada. De preferência de forma sucinta e sem discursos emocionados que em nada ajudam a compreensão do tema. Para Kardec e os europeus só havia civilização na Europa.

Gente, parem de se comportar como crianças mimadas. Ninguém esta desmontando a doutrina espírita e nem tampouco jogando Kardec na lama. Estamos unicamente constatando o óbvio, que o seu pensamento era eurocêntrico e que isto fez com que hoje nos defrontemos com distorções, como por exemplo, a infeliz declaração de Divaldo que em nada serve para arejar e universalizar as mentes, o que deveria ser o seu papel. Isto sim é preconceito repetido em muitos centros espíritas que dizem ter a caridade e o amor por lema...

Citação de: ”Diegas”
1- Voce afirmou que 'no plano espiritual há europeus civilizados' e atribuiu esta frase a Kardec.
2- Questionado sobre onde constava essa informação, citou o livro 'O que é o Espiritismo'
3- Vasculhado o livro nada foi encontrado, ao menos voce não provou.
4- Trouxe-nos uma transcrição que não condiz com a solicitação, e ainda por cima interpolou o texto acrescentando uma observação pessoal.

Esta frase é de Kardec e pode ser lida por qualquer um no livro citado: A alma do selvagem alcançará, pois, com o tempo, o grau de alma civilizada.

Mas para encontrar a frase é necessário despir-se antes dos preconceitos. Nem todos a encontrarão.

Citação de: ”Diegas”
O que não se aceita é essa sua intenção de atribuir o preconceito, que na época de Kardec também existiu, à resposta formulada pelos mentores responsáveis pela Codificação, com a agravante de incluir nessa 'maizena com repolho' o nome do Codificador da Doutrina. É inadmissivel que os espiritos elevados tenham se manifestado com algum grau de preconceito, desconhecimento e ingenuidade. É inconcebível a inclusão do nome de Kardec nesse rol preconceituoso do seculo XIX, mesmo por que as respostas fornecidas no desenvolvimento da Doutrina não são de responsabilidade dele, mas dos espiritos que se comunicaram. O máximo que poderiam lhe atribuir resume-se no bom senso e na lógica com que ele fez os questionamentos e ordenou a Doutrina.

Com todo o respeito por sua desnecessária defesa de Kardec e do espiritismo que não foram acusados ou denegridos por ninguem e em momento algum, a frase que voce não encontrou, ainda continua sendo de autoria de Kardec e foi publicada há 150 anos e possivelmente constitui uma opinião pessoal dele e é apenas isto que esta sendo conversado, a raiz eurocêntrica do espiritismo.

Citação de: ”Diegas”
Não há contradição alguma na informação de que o espirito de um selvagem (espiritualmente atrasado) um dia alcançara o status de um espírito civilizado (espiritualmente evoluido). Seria um contrasenso, desmentiria toda a dinâmica da evolução se ocorresse o contrário, do espirito evoluido um dia tornar-se um espirito atrasado.

Mas é justamente aí que há uma contradição enorme. O assim denominado selvagem pode ser a vestimenta corporal de um antiqüíssimo e sábio espírito enquanto o europeu civilizado pode ser um espírito ainda bem primitivo, guerreiro e amoral.

Confunde-se a forma com a essência e atribui-se a essência os atributos da forma. E isto demonstra um desconhecimento dos princípios mais elementares da doutrina. Por esta razão, atribuo-o a uma falha de Kardec e ponto. O mesmo não se pode dizer de alguns de seus seguidores que confundem essência e forma entremeando a tudo com pitadas de profundo preconceito e falta de respeito humano.

Fiquem ambos em paz com Deus,
Anton
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: procura em 31 de Maio de 2009, 10:51
Bom dia Anton

Podemos deduzir das suas palavras que os espiritos encarnados na cultura aborigene no sec. XIX (vivendo na altura na idade da pedra) tinham  a mesma evolução que os espiritos encarnados na cultura hindu ou na cultura europeia?

Bem haja
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Anton Kiudero em 31 de Maio de 2009, 14:26
Podemos deduzir das suas palavras que os espiritos encarnados na cultura aborigene no sec. XIX (vivendo na altura na idade da pedra) tinham  a mesma evolução que os espiritos encarnados na cultura hindu ou na cultura europeia?

Ola Procura,

Claro que não. Releia o que escrevi:

O assim denominado selvagem pode ser a vestimenta corporal de um antiqüíssimo e sábio espírito enquanto o europeu civilizado pode ser um espírito ainda bem primitivo, guerreiro e amoral.

Ou seja, não podemos jamais generalizar qualquer coisa.

E veja o que Kardec afirmou:

A alma do selvagem alcançará, pois, com o tempo, o grau de alma civilizada.

Ou seja, generalizou, atribuindo a todos os selvagens as mesmas caracteristicas onde somente com o tempo alcançarão um estágio mais evoluído.

Não podemos jamais deduzir ou generalizar algo. A forma exterior de selvagem, africano, hindu, aborígene, branco, chinês ou ariano puro, esconde sempre um espírito para o qual aquela forma é o melhor corpo de provas naquele instante. Não há qualquer relação entre a forma do corpo e a elevação moral do espirito que o veste.

E a DE é clara quanto a isto.

Acreditar que a forma exterior branca europeia é a roupagem dos espíritos mais evoluidos foi um pensamento que chegou ao seu ápice algumas decadas após Kardec haver publicado os livros da DE, com o conceito de “raça ariana pura” e que sabemos bem a que levou. Isto foi o eurocentrismo levado as suas ultimas consequencias com o nome de arianismo. Que apenas comprovou que a civilização europeia não era exatamente o ápice evolutivo no planeta como se pensava em meados do sec XIX.

Mas Kardec não poderia prever estes acontecimentos e volto a repetir, isto em nada o diminue ou desmereçe a DE.

Abraço,
Anton

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Rosa Branca em 31 de Maio de 2009, 14:46
Olá

Anton você continua a difamar Kardec.

A alma do selvagem alcançará, pois, com o tempo, o grau de alma civilizada.

Não sei onde é que você lê aqui a "alma do europeu". O que está escrito é homem civilizado.

O que Kardec quer dizer que os espiritos mais antigos, são mais inteligentes. Embora haja a influência do corpo, que nos pode enganar acerca da natureza da pessoa, em regra, os espiritos mais evoluidos revelam-se mais evoluidos na encarnação. E evolução quer dizer conhecimento intelectual (e não industrialização, nem grande grau de instrução, não confunda) e senso moral.

Não será normal que os espiritos mais evoluidos pareçam mais evoluidos quando encarnam, do que os espiritos menos evoluidos, e que ninguém regrida? Pois é isso que Kardec diz e que Jesus tb disse: "pelos frutos se conhece a arvore".

fique com o cheirinho fresco da Rosa Branca, amigo

 
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Atlante em 31 de Maio de 2009, 15:19
Olá

E veja o que Kardec afirmou:

A alma do selvagem alcançará, pois, com o tempo, o grau de alma civilizada.


E muito bem porque assim é.

Por vezes já nos falta a paciência para ler todos estes posts enormes, contendo tratados intelectuais de causar fascinio a muita gente, mas que nada contêm de interesse. Como eu muitos outros vão desistindo por não terem tempo nem paciência para tanta intelectualidade.

Quando nos convem a codificação é limpa e cristalina como a água na nascente. Mas quando nos interessa justificar outros pensamentos e ideias, ela já contém coisas nas entrelinhas que definem Kardec como um homem xenofobo ou até racista. Meu Deus.

Mas o que define o selvagem é a cor da pele, a raça ou o Continente onde nasceu? Claro que não. O que define o selvagem é o seu procedimento perante a criação. O que define o selvagem é o estado de selvajaria de todo o seu procedimento. E isto acontece em todos os sítios, Países e Continentes. E isto acontece em todas as raças.
Só uma questão de preconceito ou de trauma nos impedirá de perceber tudo isto.

Ninguém é explicitamente o que não é implicitamente, sejam, os seus corpos físicos, branco, negro, amarelo, vermelho, verde, cor de rosa, cor do burro quando foge, ou qualquer outra.

Por vezes lembro-me daquela mãe que foi assistir ao desfile militar do filho.
Quando o pelotão desfilava na parada o pobre rapaz seguia com o passo trocado e a mãe dizia:
- O meu filho é mesmo bom, vejam que é o unico que marcha com o passo certo.

Atlante
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Rosa Branca em 31 de Maio de 2009, 22:10
Olá

O desenvolvimento intelectual não é deturpar e acusar kardec, sem argumentos lógicos.

Ser intelectualmente desenvolvido é ter uma boa capacidade de raciocinio e ter sabedoria, o que é o oposto daquilo que o Anton está aqui a fazer.

A paciência é uma virtude a cultivar. Se possivel.

Fiquem com o cheirinho da Rosa Branca   
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: S0L em 12 de Novembro de 2010, 12:08
Na vida não existe prêmio ou castigo, somente consequências.
Não existe isso de qualquer espírito, criação de Deus, nosso pai; ter superioridade sobre leis universais.

É questão até de lógica: sendo Deus perfeição, amor, eterno, sabedoria e amor, ele iria criar entre nós um semelhante mas com maiores poderes?Que amor é esse?Estaríamos então a mercê destes?Não faz o mínimo sentido.
Se eu não acato sintonias do mal, estas não chegam, é óbvio, é física.É preciso estudar estes mecanismos...porque senão vira uma salada de palpites.E quem é médium ostensivo sabe que esta lei procede.O estudo complementa a vivência e vice versa.Porém, ambos precisam estar em evolução constante, perseverando.Nunca manter só estudo ou só vivência.Isso é péssima receita.

Ademais, "kardecista"?Isso não existe...já no início do Livro dos Espíritos nos vem este esclarecimento.
Não existe espírita qualquer coisa, qdo alguém diz isso, é sinal de equívoco no entendimento.

E não gosto(isso é só opinião pessoal sobre fatos, não pessoas) de ficar tacando pedra em X ou Y autor.Seja mentor, seja desencarnado, seja encarnado.
Ramatis por exemplo, eu gostei bastante do Fisiologia da Alma , mas outras obras considerei bem fantasiosas.Óbvio que posso me enganar um dia, mas por hora, esta é minha opinião.
Assim como Robson Pinheiro...começou bem com Aruanda e tals depois virou uma saga X Men aquilo que não consigo mais dar crédito.

Posso estar enganada e comprovar depois na espiritualidade, que tudo que estes autores era verdade; mas pelo menos por eqto, para mim...tem muito conteúdo que acrescenta, mas muita coisa sem noção tb...é passar no crivo.Mas sem generalizar e falar que nada que este ou aquele diz presta. Isso eu não faço.No máximo, me abstenho.

Tem gente que adora Violetas na Janela, para mim é um dos piores livros que já li...absurdamente ruim.Mas cada um, cada um...porém sempre buscar entendimento e estudo sobre uma colocação no tema espírita ajuda muito.E este entendimento , está na codificação.
Outras obras podem complementar sim, mas antes, o crivo, a referência é a codificação.Eu, pelo menos, ajo assim.


Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Mourarego em 12 de Novembro de 2010, 19:30
Há muito ainda a ser lido sobre Hitler.
Neste link os amigos irão ver que ele não era vegetariano mas sim que seu médico por vezes lhe indicou dietas vegetarianas.
http://www.terraluz.kit.net/hitler.htm
Abraços,
Moura

Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Mario sergio em 21 de Janeiro de 2011, 20:43
Bem eu nao acredito em nada mas no mesmo tempo sou como todo mundo tenho minhas paixoes e sofro com isso
e por isso fui levado a fazer a tal magia negra gastei horrores de dinheiro e nao to com quem eu gosto entao levo a pensar que o se deus realmente existe ou o diabo porque as coisas nao se resolvem como a gente quer
  Veja voce nao seria mais facil DEUS  fazer as pessoas sem sentimentos algum ou fazer as pessoas todas corretas de ambas as formas nao ser ladrao nao ser egoista nao ter defeito algum
 veja vc as pessoas tem uma saida doque eu digo e diz mas deus da o livre arbritio de voce fazer o certo e o errado
 agora veja vc voce cria um filho e deixa ele fazer o errado seguir o canhinho errado
  as pessoas fazem o errado pensando em ser feliz de certa forma nao e isso
por exemplo eu fiz oque fiz pensando em ficar com a pessoa mas agora vejo que isso e pura tapiaçao isso nao existe vc e feio voce e feio deus nem o diabo vai mudar isso entende nos tememos a deus mas e dai vamos morrer mesmo nao tem saida
 voce nace em um berço de ouro sera feliz senao ja era sofrera o restos de suas vida carregando um fardo que nem deus ou o diabo vai te aliviar
  eu cheguei a conclusao que temos que ser como pedra nao ter do de ninguem nao deixar se levar e apaixonar por ninguem e evitar de gerar outra criança pois ai e o começo do sofrimento
  ou seja voce tem 10 minutos de alegria com alguem que voce ama e o resto da vida de sofrimento
 veja voce nao posso acreditar em nada nessa vida
abraço
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Mourarego em 22 de Janeiro de 2011, 16:34
Gente,
a citação à alma quer apenas demonstrar que o Espírito (alma), segue em sua via de progresso até alcançar, como todos alcançarão, a senda da Evolução maior.
simples assim.
Diz a doutrina"Alma é um Espírito encarnado".
Ora,  encarna-se segundo a qualidade e o progresso alcançado, por isso existem selvagens e civilizados.
Abraços,
Moura

Podemos deduzir das suas palavras que os espiritos encarnados na cultura aborigene no sec. XIX (vivendo na altura na idade da pedra) tinham  a mesma evolução que os espiritos encarnados na cultura hindu ou na cultura europeia?

Ola Procura,

Claro que não. Releia o que escrevi:

O assim denominado selvagem pode ser a vestimenta corporal de um antiqüíssimo e sábio espírito enquanto o europeu civilizado pode ser um espírito ainda bem primitivo, guerreiro e amoral.

Ou seja, não podemos jamais generalizar qualquer coisa.

E veja o que Kardec afirmou:

A alma do selvagem alcançará, pois, com o tempo, o grau de alma civilizada.

Ou seja, generalizou, atribuindo a todos os selvagens as mesmas caracteristicas onde somente com o tempo alcançarão um estágio mais evoluído.

Não podemos jamais deduzir ou generalizar algo. A forma exterior de selvagem, africano, hindu, aborígene, branco, chinês ou ariano puro, esconde sempre um espírito para o qual aquela forma é o melhor corpo de provas naquele instante. Não há qualquer relação entre a forma do corpo e a elevação moral do espirito que o veste.

E a DE é clara quanto a isto.

Acreditar que a forma exterior branca europeia é a roupagem dos espíritos mais evoluidos foi um pensamento que chegou ao seu ápice algumas decadas após Kardec haver publicado os livros da DE, com o conceito de “raça ariana pura” e que sabemos bem a que levou. Isto foi o eurocentrismo levado as suas ultimas consequencias com o nome de arianismo. Que apenas comprovou que a civilização europeia não era exatamente o ápice evolutivo no planeta como se pensava em meados do sec XIX.

Mas Kardec não poderia prever estes acontecimentos e volto a repetir, isto em nada o diminue ou desmereçe a DE.

Abraço,
Anton


Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: Rafael Perszel em 23 de Janeiro de 2011, 15:22
Sol,

Falou tudíssimo! (risos)

Eu li Aruanda e li o Tambores de Angola. Achei a visão até interessante...
Agora, aquela série do Legião... tentei, mas não desce, como também várias opiniões médicas dos demais livros psicografados por ele que tratam de temas mais holísticos.


Assim como Robson Pinheiro...começou bem com Aruanda e tals depois virou uma saga X Men aquilo que não consigo mais dar crédito.
Título: Re: MAGIA NEGRA, POSSESSÃO E LOUCURA - COMENTÁRIOS DE UM KARDECISTA
Enviado por: elmondir em 03 de Outubro de 2011, 18:37
Ola. Na doutrina Espírita, pelo que sei, não existe `` Kardecista´´, o que existem são: Espíritas, ou Espiritístas, pois que estes seguem a doutrina dos Espíritos, contida nas obras básicas, reunidas e organizadas em livros poir Alan Kardec, e assim, só existe um Espiritismo, pois que Kardec criou estas palavras; Espiritísmo, Espirita, Espiritísta, para demonstrar claramente as diferenças que existem, entre esta nova doutrina, e as outras já existentes e que já de longa data, antes mesmo da codificação desta, e que já lidavam com Espíritos, notadamente as religões afro, entre outras. Então, em minha interpretação, não  acho correto se dizer, sou um Kardecista. Elmondir, reencarnado
Título: Re: Magia negra, possessão e loucura - comentários de um kardecista
Enviado por: Mourarego em 04 de Outubro de 2011, 14:27
Elmondir,
Se kardec nada criou, nada inventou, a indicação de kardecista, designando uma doutrina haurida dos ensinos dos espíritos superiores, e que já tem na explicação do próprio codificador, a colocação de que nela nada de seu há, implica em dizer em erro o chamamento de Kardecismo, ou kardecista.
Abraços,
Moura
Título: Re: Magia negra, possessão e loucura - comentários de um kardecista
Enviado por: elmondir em 04 de Outubro de 2011, 16:13
 Mourarengo, exatamente, quanto ao cerne da doutrina, a base, e devemos sempre que possível, evitarmos de sermos ambíguo, mas sermos claros, quanto possível cristalinos, transparentes nas nossas afirmações, quanto ao que sabemos. Além das palavras Espirita, e Espiritista, Kardec criou também a Revista Espírita, e etc... Não é correto dizermos que Kardec ``nada criou´´. Meu desejo é que Deus nos abençoe, e que possamos todos recebermos estes fluídos salutares, que chegando até nos, através de espíritos protetores, possamos a cada dia termos nossas almas mais leves e revigoradas, em direção ao saber. Elmondir,  reencarnado

 
Título: Re: Magia negra, possessão e loucura - comentários de um kardecista
Enviado por: Mourarego em 04 de Outubro de 2011, 16:19
Elmondir,
Kardec fundou a Revista Espírita e não criou, até porque a Revue é o Jornal de Estudos psicológicos, logo analisa assuntos retirados até mesmo dos jornais da época.
E este balcão de debates, feitos na Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, esta sim criada por ele.
Todavia todo e qualquer assunto ali estudado e debatido era visto pelo prisma doutrinário, logo, tratava daquilo que a doutrina que é a emanação da consciência divina transmitida pelos Espíritos Superiores assim prescreve até hoje.
Esta, com a clareza da doutrina, é a explicação que redunda no que postei antes em ser erro crasso dizer-se Kardecismo, kardecista ou atribuir ao codificador criação que ele mesmo diz não ter feito.
Abraços,
Moura
Título: Re: Magia negra, possessão e loucura - comentários de um kardecista
Enviado por: elmondir em 04 de Outubro de 2011, 16:47
Elmondir,
Kardec fundou a Revista Espírita e não criou, até porque a Revue é o Jornal de Estudos psicológicos, logo analisa assuntos retirados até mesmo dos jornais da época.
E este balcão de debates, feitos na Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, esta sim criada por ele.
Todavia todo e qualquer assunto ali estudado e debatido era visto pelo prisma doutrinário, logo, tratava daquilo que a doutrina que é a emanação da consciência divina transmitida pelos Espíritos Superiores assim prescreve até hoje.
Esta, com a clareza da doutrina, é a explicação que redunda no que postei antes em ser erro crasso dizer-se Kardecismo, kardecista ou atribuir ao codificador criação que ele mesmo diz não ter feito.
Abraços,
Moura

****
Mano Moura. Verifique o significado da palavra fundador, com mais atenção:

Definição de Fundador
Classe gramatical de fundador: Substantivo masculino e Adjetivo
Separação das sílabas de fundador: fun-da-dor
Do verbo: fundar



fundar (fun-dar)
v.t.

Estabelecer, criar: fundar uma escola.

Construir, edificar: Rômulo fundou Roma.

Fig. Apoiar com razões, motivos, provas: fundar suas suspeitas sobre certos indícios.

Aprofundar.

v. pr.

Fundamentar-se, apoiar-se.

Título: Re: Magia negra, possessão e loucura - comentários de um kardecista
Enviado por: Mourarego em 05 de Outubro de 2011, 15:57
Elmondir, antes de postar do dicionário avalie o texto que lhe foi enviado.
Quando se diz Fulano fundou uma sociedade, dá-se ao termo fundar, exatamente a figura que está no dicionário "Apoiar com razões, motivos, provas."
foi isso que Kardec fez em todo o tempo da existência da SPEE.
Porém, é ele mesmo quem diz e no começo do LE que a doutrina não contém senão a sua mão na arrumação dos textos e que tudo que ali está é da ação e ditado dos Espíritos Superiores.
Logo, ele não criou, fundou ou estabeleceu nenhuma doutrina e por isso não pode esta ser dita como Kardecismo.
Abraços mano.
Moura