Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Artigos Espíritas => Tópico iniciado por: rodrigo-sociedadeinvisivel.net em 13 de Janeiro de 2011, 18:02

Título: Extraterrestre
Enviado por: rodrigo-sociedadeinvisivel.net em 13 de Janeiro de 2011, 18:02
(http://3.bp.blogspot.com/_cPUkDqvWdrI/TS880rbHh_I/AAAAAAAAA5w/MvqLxhGkg_Q/s1600/NASA-pode-ter-descoberto-vida-extraterrestre.jpg)

Recentemente saí da sala de onde trabalho, e na recepção da empresa, achei dois colegas conversando sobre extraterrestres, vida em outros planetas e etc. Um diz ser fã de tal assunto, outro freqüentador da igreja universal. Eu sempre gostei de estudar sobre vida em outros planetas, hoje com a doutrina espírita eu encaro um pouco diferente do que o analisava antigamente.

O fã alienígena saiu enquanto ficava eu e a tal pessoa da universal. Perguntei se ela acreditava em vida fora da Terra. Claro que sua resposta não poderia ser outra, não, não acredito. Perguntei-lhe, já pensou que Jesus é um extraterrestre? Aqui paro a conversa e inicio tal linha de raciocínio.

Extraterrestre é o nome designado para tudo o que está fora do planeta Terra. Se fosse achada uma bactéria na Lua, essa seria uma extraterrestre. Os homens encaram erroneamente, os tais seres ETs como as imagens de ficção cientifica, o homenzinho verde que quer invadir a Terra. Há pouco tempo estava lendo sobre Ashtar Sheran, devo confessar que ao mesmo tempo em que acreditava naquilo, fiquei com o velho pé atrás, gente querendo ganhar uma grana com fanatismos religiosos, não está difícil de se encontrar.

Ashtar fala de Jesus, e de que ele e sua tripulação estão aqui em nome do mestre para protegerem os humanos e ajudarem a transição do planeta Terra, conhecido por eles com Shan.

Jesus já dizia no evangelho, que seu reino não é deste Mundo. Para outras religiões esse reino é o reino dos céus, para nós espíritas sabemos que o reino dos céus nada mais é do que um estado de espírito, da mesma forma como o inferno. Jesus quando diz que seu reino não é deste Mundo, está deixando claro de que ele não pertence à Terra.


Em apocalipse encontramos João descrevendo quatro seres viventes que conversavam com Jesus sobre o futuro da Terra. Estes seres tinham o formato de animais e um deles parecia com um humano. Estaria João vendo representantes de outros planetas? Quer dizer que a vida em outros orbes é tratada na bíblia? Jesus já dizia que na casa de meu Pai há muitas moradas, sendo a casa do pai o espaço infinito em nossa volta, não haveria outra interpretação para tal.

Todos os planetas são habitados, levando a lógica de que tudo foi criado por Deus e de que o mesmo não criaria coisas inúteis, podemos chegar a tal conclusão. Kardec na revista espírita nos coloca em vários artigos, dizendo sobre a vida em outros planetas do nosso sistema solar. Maria de Deus mãe de Chico Xavier descreve em Cartas de uma Morta a vida em outros planetas. Exilados de Capela de Edgard Armond, e mais tantos outros exemplos. A literatura espírita para tal assunto é vasta.

“Todavia, o que mais me admirou não foram as expressões físicas deste planeta, tão adiantado em comparação com o vosso.
Nele a sociedade está constituída de tal forma, que as guerras ou os flagelos seriam fenômenos jamais previstos ou suspeitados. A vibração de paz e de harmonia que ali se experimenta irradia aos corações felicidades nunca sonhadas na Terra. A mais profunda espiritualidade caracteriza essa humanidade, rica de amor fraterno e respeito ao Criador”. (Maria João de Deus no livro Cartas de uma morta, informando sobre a vida no planeta Marte)

Bíblia:
João (14, 2)
João (18, 36)
Apocalipse (4, 6-9)

Rodrigo Godoy é editor do Blog Sociedade Invisível - www.sociedadeinvisivel.net (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5zb2NpZWRhZGVpbnZpc2l2ZWwubmV0)
 
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 13 de Janeiro de 2011, 18:23
Rodrigão, esse teu post me lembrou o refrão de uma das músicas da Rita Leee:
"Eu to ficando velho
Cada vez mais doido varrido
Rockeiro brasileiro
sempre teve cara de bandido

vou botar fogo nesse azilo
Respeite minha caducagem
Porque essa vida é muito louca
e loucura pouca é bobagem

Nunca fui de muito papo
sei que meu negócio é farra
Pego a guitarra e não largo
até a plateia gritar
Juventude transviada
para mim é conto de fada

Quanto mais o rock rola mais a gente gosta
Quanto mais dinheiro em jogo mais a gente aposta
Quanto mais o tempo passa
Mais eu quero me divertir
Me despir, me sentir
Guerrilheiro, Forasteiro , Orra Meu"

hehehe desculpe-me a brincadeira!
Moura
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: rodrigo-sociedadeinvisivel.net em 13 de Janeiro de 2011, 18:36
não entendi..rs
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 13 de Janeiro de 2011, 19:06
Era só brincadeira mano Rodrigão, mais "pilha" do que outra coisa!
Na verdade eu mesmo já fiz palestra onde dizia que o único extraterrestre, que conhecemos foi jesus.
E fiz isso baseado em idéia quase idêntica a tua.
Jesus, enquanto tendo sido gerado e nascido aqui não pode ser encarado como ET, contudo quando afirma "meu reino não é deste mundo"  se encaixa na denominação de Extra Terrestre, pois mostra que o Reino do qual fala, não está dentre os que o ser humano conhece encarnadamente.
Logo quanto ao Reino ele é sim extra terrestre.
Abração,
Moura
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: rodrigo-sociedadeinvisivel.net em 13 de Janeiro de 2011, 19:09
Sim, quando encarnado não mesmo, mas hoje ele é um ser extra planetário...rs
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 13 de Janeiro de 2011, 19:19
Sim e podemos encaixar esta afirmação  bem dentro do que a doutrina aceita pois ela nos diz que Deus não está senão acima de todos nós, logo, em outro páramos, superior a este no qual marchamos evolutivamente.
Se Deus lá está e se é certo que Jesus se assenta a seu lado direito, ele também está acima e em outra dimensão.
abraços,
Moura
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: rodrigo-sociedadeinvisivel.net em 13 de Janeiro de 2011, 19:23
Sim, com certeza....todos os Mundos são ou serão habitados
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 13 de Janeiro de 2011, 19:27
Quando fiz a brincadeira  inicial mano Rodrigão,
foi porque nesse tipo de conversa muitos pensam se tratar apenas de viagens na maionese sabe? E como se vê não é mesmo.
É claro que temos e colocamos uma visão alegórica, pois o reino ao qual jesus se refere como sendo mesmo onde Deus habita é o moral.
Essa alegoria, se a contrapormos com as de Jesus, a seu tempo, está na mesma medida que as que ele usou em suas pregações.
Abraços,
Moura
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: rodrigo-sociedadeinvisivel.net em 13 de Janeiro de 2011, 19:29
Alô alô Marciano, aqui quem fala é da Terra...
Essa se encaixaria bem..rs..rs..
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Diego Leonardo em 13 de Janeiro de 2011, 20:40
Uma coisa eu não entendo, e as imagens do planeta Marte que os cientistas dilvugaram?, através de diversas sondas enviadas. Parece não haver nada lá senão "terra vermelha" no planeta inteiro. Onde estão os habitantes?
Vejam o que encontramos no livro Urânia, de Camille Flammarion, ao nos descrever Marte e seus habitantes:

"Os habitantes de Marte são muito superiores aos da Terra, pela sua organização, pelo número e pela delicadeza de seus sentidos, e pelas faculdades intelectuais. O fato de ser a densidade muito fraca na superfície daquele mundo, e as substâncias constitutivas dos corpos menos pesadas lá do que aqui, permitiu a formação de seres incomparàvelmente menos pesados, mais aéreos, mais sutis, mais sensíveis. O fato de ser nutritiva a atmosfera, libertou os organismos marcianos das grosserias das necessidades terrestres. E’ totalmente outro estado. A luz ali é menos viva, estando o planeta mais afastado do Sol do que a Terra; o nervo óptico é mais sensível. Sendo ali intensíssimas as influências elétricas e magnéticas, os habitantes possuem sentidos ignorados das organizações terrestres, sentidos que os põem em comunicação com essas influências. Tudo se contém na Natureza. Os seres, em toda parte, são apropriados aos meios em que habitam e em cujo seio nasceram. Os organismos não podem mais ser terrestres em Marte, de igual modo que não podem ser aéreos no fundo do mar. "



Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Diego Leonardo em 13 de Janeiro de 2011, 21:07
continuando: "Além disso ainda, sendo a Humanidade marciana várias dezenas de milhares de séculos anterior à terrestre, tem percorrido anteriormente a esta todas as fases do seu desenvolvimento. Os mais transcendentes progressos científicos atuais da Terra não passam de pueris brinquedos de criança, comparados à Ciência dos habitantes daquele planeta."

Isto explicaria o fato de não vermos ninguem em Marte. Isso porém vai inclusive contra o que consta no Livro dos Espíritos de Allan Kardec, que coloca Marte como mais atrasado que a Terra, segundo a nota de rodapé referente à questão 188:

“Segundo os Espíritos, de todos os mundos que compõem o nosso sistema planetário, a Terra é dos de habitantes menos adiantados, física e moralmente. Marte lhe estaria ainda abaixo, sendo-lhe Júpiter superior de muito, a todos os respeitos.”
Chico Xavier, Camille Flammarion, Alan Kardec, pq suas obras se discordaram nesse ponto?
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: licia f em 13 de Janeiro de 2011, 22:34
Eu acredito em Deus , eu acredito em vida em outros planetas, eu acredito que o poder de Deus, não se limitou só em povoar a terra, e colocar uma dúzia de pessoas aqui:pois comparando com o tamanho do universo somos uma dúzia de pessoas.
Existe sim, vida ate aqui paralela a nossa.
Só porque não estamos vendo? Então Deus também não existe.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Lucazan em 13 de Janeiro de 2011, 22:50
Caro Diego,

182 Podemos conhecer exatamente o estado físico e moral dos diferentes mundos?

– Nós, Espíritos, só podemos responder de acordo com o grau de adiantamento em que vos encontrais. Portanto, não devemos revelar essas coisas a todos, visto que nem todos terão alcance de compreendê-las, e isso os perturbaria.

Toda comunicação a respeito é mera especulação ou ilusória.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: ponto em 13 de Janeiro de 2011, 23:42
sobre Comando Asthar Sheran.. que achei interessante
Profº Laércio Fonseca - Comando Asthar 1ª parte de 8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVRid1NfdU94ZkE4Iw==)
Profº Laércio Fonseca - Comando Asthar 2ª parte de 8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZYSjMxQk8xMXY0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Profº Laércio Fonseca - Comando Asthar 3ª parte de 8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXF1V25kTE5vUndRJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Profº Laércio Fonseca - Comando Asthar 4ª parte de 8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVhnWlhhN3Z1X0kwIw==)
Profº Laércio Fonseca - Comando Asthar 5ª parte de 8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXhGLWlrZ2tJcnZzIw==)
Profº Laércio Fonseca - Comando Asthar 6ª parte de 8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXA0RnNuZHZTbXRZIw==)
Profº Laércio Fonseca - Comando Asthar 7ª parte de 8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9FSjhpR3NicWV3Iw==)
Profº Laércio Fonseca - Comando Asthar 8ª parte (Fim) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW44VGxwRExXLTc4Iw==)
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: brazi em 14 de Janeiro de 2011, 00:37
se vcs tiverem a oportunidade de encontrar o livro somos imortais  de Francisco Kollar que são mensagens ,e relata algo sobre nosso astro rei ,tenho certeza que vão gostar
abs
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Luiz Sabio em 14 de Janeiro de 2011, 11:08
Penso que a vida em outros planetas não tem que ser necessáriamente com um corpo físico igual ao nosso, creio que existem outras formas, talvez não visíveis para nós, visto que originalmente somos espíritos.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: rodrigo-sociedadeinvisivel.net em 14 de Janeiro de 2011, 11:08
Diego, você entrou em um impasse gigante dentro do movimento que é, Chico Xavier psicografou dizendo que em Marte a vida é mais avançada, Camille Flamarion disse o contrário...O que sabemos é que existem diversas dimensões no espaço, e que os habitantes de outros planetas habitam essas outras dimensões. A vibração molecular dos diversos mundos são diferentes, tornando mais sutis alguns corpos...Nem todos são formados da matéria igual a nossa.

Abraços
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 14 de Janeiro de 2011, 14:28
A isso se chama sofismar maninha Licia.
Que existe vida em outros orbes isso é um fato mas note que o vocábulo utilizado é apenas "vida". Não vida inteligente e tal como a nossa.
Por vida também temos a vida vegetativa, e dessa a NASA já descobriu alguns indícios.
Contudo quando a DE fala em outros mundos fala em orbes solidários, que no nosso caso é solidário a este em que encarnamos, ou seja, ali estariam encarnado Espíritos da mesma jaez que nós.
Fala em mundos como Jupiter etc mas a estes, a nossa ciência ainda não consegue comprovar  a vida tal como a nossa.
eu acredito que exista, mas não porque acredito em Deus, apenas por saber que apenas a terra não estaria capacitada para receber todo o contingente de Espíritos encarnados.
abraços,
Moura

Eu acredito em Deus , eu acredito em vida em outros planetas, eu acredito que o poder de Deus, não se limitou só em povoar a terra, e colocar uma dúzia de pessoas aqui:pois comparando com o tamanho do universo somos uma dúzia de pessoas.
Existe sim, vida ate aqui paralela a nossa.
Só porque não estamos vendo? Então Deus também não existe.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 14 de Janeiro de 2011, 14:30
bem le
Diego, você entrou em um impasse gigante dentro do movimento que é, Chico Xavier psicografou dizendo que em Marte a vida é mais avançada, Camille Flamarion disse o contrário...O que sabemos é que existem diversas dimensões no espaço, e que os habitantes de outros planetas habitam essas outras dimensões. A vibração molecular dos diversos mundos são diferentes, tornando mais sutis alguns corpos...Nem todos são formados da matéria igual a nossa.

Abraços
Bem lembrado Rodrigão!
Abraços,
Moura
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 14 de Janeiro de 2011, 23:26
RODRIGO GODOY, e interessados.

A fim de ampliar nossa reflexão sobre o tema em discussão, apresento ponderações ao belo texto que postou:

RODRIGO: Extraterrestre é o nome designado para tudo o que está fora do planeta Terra. Se fosse achada uma bactéria na Lua, essa seria uma extraterrestre. Os homens encaram erroneamente, os tais seres ETs como as imagens de ficção cientifica, o homenzinho verde que quer invadir a Terra.

COMENTÁRIO: corretíssimo! Ocorre que, para a Ciência, qualquer forma de vida que fosse achada no espaço, mesmo uma minúscula bactéria,  seria festa para muitos anos. Por outro turno, para os que sonham com vida em profusão nos orbes celestes, só interessa vida inteligente, preferencialmente mais inteligente que a nossa...



RODRIGO: Há pouco tempo estava lendo sobre Ashtar Sheran, devo confessar que ao mesmo tempo em que acreditava naquilo, fiquei com o velho pé atrás, gente querendo ganhar uma grana com fanatismos religiosos, não está difícil de se encontrar.

COMENTÁRIO: a probabilidade de que Asthar Sheran seja uma fantasia que deu certo é maior que a possibilidade de tratar-se de entidade verídica. Começa pelo fato de que Sheran, o grande comandante da 16ª frota estelar, dotado de conhecimentos supimpas e ladeado por sábios do mais elevado calibre, faça exclusivamente contatos mediúnicos, nos quais manda lindas mensagens de cunho moral e alguns alertas místicos. Seria muito mais sensato, e produtivo, se comunicasse com cientistas e dirigentes políticos, articulando com eles incremento no conhecimento já obtido pelos humanos e introduzindo métodos administrativos mais eficientes. Será que Sheran ainda não se deu conta disso?

RODRIGO: Ashtar fala de Jesus, e de que ele e sua tripulação estão aqui em nome do mestre para protegerem os humanos e ajudarem a transição do planeta Terra, conhecido por eles com Shan.

COMENTÁRIO: falar de Jesus pode ser tática dos criadores e contatadores de Sheran, intentando validar a realidade do personagem.

RODRIGO: Jesus já dizia no evangelho, que seu reino não é deste Mundo. Para outras religiões esse reino é o reino dos céus, para nós espíritas sabemos que o reino dos céus nada mais é do que um estado de espírito, da mesma forma como o inferno. Jesus quando diz que seu reino não é deste Mundo, está deixando claro de que ele não pertence à Terra.

COMENTÁRIO: Acata-se a declaração “nós espíritas sabemos”. Entretanto, ficaria melhor: “nós espíritas acreditamos”, pois, em verdade, não sabemos de nada, apenas supomos que certa interpretação seja melhor. De qualquer modo, tomar a declaração de Cristo “o meu Reino não é deste mundo” como discurso extraterreno parece-me temerário, pois no contexto da declaração não se encontram elementos que amparem essa conjectura.


RODRIGO: Em apocalipse encontramos João descrevendo quatro seres viventes que conversavam com Jesus sobre o futuro da Terra. Estes seres tinham o formato de animais e um deles parecia com um humano. Estaria João vendo representantes de outros planetas? Quer dizer que a vida em outros orbes é tratada na bíblia? Jesus já dizia que na casa de meu Pai há muitas moradas, sendo a casa do pai o espaço infinito em nossa volta, não haveria outra interpretação para tal.

COMENTÁRIO: correto, desde que “a casa do pai” seja efetivamente o espaço infinito”... Mas, e se não for? Essa ideia constitui  uma interpretação particularizado do discurso de Jesus, visto que no entorno da conversa não há indício de que o Mestre falava de outros orbes. De modo semelhante, supor que “os quatro seres viventes” fossem alienígenas do espaço é apenas uma das variadas formas de se ler o Apocalipse, um livro carregado de simbolismos e metáforas.


RODRIGO: Todos os planetas são habitados, levando a lógica de que tudo foi criado por Deus e de que o mesmo não criaria coisas inúteis, podemos chegar a tal conclusão. Kardec na revista espírita nos coloca em vários artigos, dizendo sobre a vida em outros planetas do nosso sistema solar. Maria de Deus mãe de Chico Xavier descreve em Cartas de uma Morta a vida em outros planetas. Exilados de Capela de Edgard Armond, e mais tantos outros exemplos. A literatura espírita para tal assunto é vasta.

COMENTÁRIO: se todos os planetas são habitados, por que não encontramos indícios de vida neles? A alegação kardequiana de viventes em todos os orbes vem de uma época em que não se podia observar os corpos celestes em detalhes. Fosse hoje, certamente o codificador não diria o que disse.

Em relação à vida abundante no espaço, proposta pelo espiritismo, muitos problemas interferem na aceitação dessa hipótese. Embora diversos escritores tenham se pronunciado a respeito, tais pronunciamentos são narrativas romanceadas do que se imagina seria a presença de seres nos variados planetas e demais corpos celestes. Tome-se o caso dos famosos “exilados de Capela” como exemplo. Capela é um sistema que não possui mínimos requisitos para abrigar vida:  há bons estudos, disponíveis na internet (inclusive elaborado por espíritas), que demonstram isso. Chico Xavier e Edgard Armond, grandes defensores da ficção de Capela, não tinham conhecimento científico suficiente para saber da real situação do sistema capelino, por isso defenderam com ingênua tranquilidade que de lá vieram almas para cá.

Maria João de Deus falou da vida marciana, porém a narrativa do discurso da mãe de Chico é toda calcada na obra de Flammarion, que acreditava piamente na existência de civilização avançada em Marte. Chico Xavier praticamente copiou o discurso de Flammarion.

O curioso é que Kardec dissera que os de Marte eram trogloditas incivilizados, em nível moral e tecnológico bem inferior aos da Terra. Camille Flammarion conhecia a idéia de Kardec, pois eram amigos, mesmo assim preferiu discordar do companheiro de doutrina.

Outra severa discordância entre os dois é que Kardec foi taxativo: TODOS OS ORBES SÃO HABITADOS. Entretanto, Flammarion afirmava que em torno de 10% dos planetas abrigavam vida.

São tópicos como esses que demonstram a grande controvérsia sobre haver seres vivos fora da Terra. Lamentavelmente, a Ciência caminha cada vez mais distante das postulações espiritistas. Atualmente, o que se pode dizer  com segurança é que,  se houver vida em algum planeta fora da Terra, será acontecimento raro, visto que, com toda investigação até aqui realizada,  não se deparou qualquer indício de tal, nem mesmo microbrinho foi encontrado...


RODRIGO:  “Todavia, o que mais me admirou não foram as expressões físicas deste planeta, tão adiantado em comparação com o vosso.
Nele a sociedade está constituída de tal forma, que as guerras ou os flagelos seriam fenômenos jamais previstos ou suspeitados. A vibração de paz e de harmonia que ali se experimenta irradia aos corações felicidades nunca sonhadas na Terra. A mais profunda espiritualidade caracteriza essa humanidade, rica de amor fraterno e respeito ao Criador”. (Maria João de Deus no livro Cartas de uma morta, informando sobre a vida no planeta Marte)


COMENTÁRIO: pois é a mãe de Chico encontrou uma civilização harmoniosa e desenvolvida (ou seja, igualzinho ao sonho de Flammarion, tão igual que parece copiado), mas,  compare o que foi dito por Maria João de Deus, com o publicado na Revista Espírita, editada e chancelada por Kardec:

“Marte
(Médium, senhora Costel.)

Marte é um planeta inferior à Terra da qual é um esboço grosseiro; não é necessário habitá-lo. Marte é a primeira encarnação dos demônios mais grosseiros; os seres que o habitam são rudimentares; têm a forma humana, mas sem nenhuma beleza; têm todos os instintos do homem sem o enobrecimento da bondade.

Entregues às necessidades materiais, eles bebem, comem, lutam, se unem carnalmente. Mas como Deus não abandona nenhuma de suas criaturas, no fundo das trevas de sua inteligência jaz, latente, o vago conhecimento de si mesmo, mais ou menos desenvolvido. Esse instinto basta para torná-los superiores uns aos outros, e preparar a sua eclosão para uma vida mais completa. A sua é curta, como a dos efêmeros. Os homens, que não são senão matéria, desaparecem depois de uma curta duração. Deus tem horror ao mal, e não o tolera senão como servindo de princípio ao bem; abrevia o seu reino e a ressurreição triunfa dele.

Neste planeta a terra é árida; pouca verdura; uma folhagem sombria que a primavera não rejuvenesce; um dia igual e cinza; o sol, apenas aparente, nunca prodigaliza as suas festas; o tempo escoa monótono, sem as alternativas e as esperanças das estações novas; não há inverno, não há verão. O dia, mais curto, não se mede do mesmo modo; a noite reina mais longa. Sem indústrias, sem invenções, os habitantes de Marte gastam sua vida para conquista de seu alimento. Suas moradias grosseiras, baixas como covil de feras, são repelentes pela incúria e pela desordem que aí reinam. As mulheres lançam-se sobre os homens; mais abandonadas, mais famélicas, não são senão suas mulheres. Elas têm apenas o sentimento maternal; colocam no mundo com facilidade, sem nenhuma angústia; alimentam e guardam suas crianças junto delas até o completo desenvolvimento de suas forças, e as repelem sem remorso, sem uma lembrança.

Eles não são canibais; suas contínuas batalhas não têm por objetivo senão a posse de um terreno mais ou menos abundante em caça.” (Revista Espírita – out/1860)
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Lucazan em 14 de Janeiro de 2011, 23:51
Eu continuo dizendo


Toda comunicação a respeito é mera especulação ou ilusória.



Abraços
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: licia f em 16 de Janeiro de 2011, 00:14
Amigo Moura você já leu Exilados de Capela? E a proposito não sei o significado de sofismar.
Bom fim de semana!
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: ponto em 16 de Janeiro de 2011, 01:21
éé.. parece que ninguem se interessou sobre as palestras... mas não custa repitir:- é bem interessante ver pra ter uma opinião.. da pra entender varias coisas que ele fala por nos termos um estudo do espiritismo.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Diego Leonardo em 16 de Janeiro de 2011, 05:26
Querida Letícia, sobre Ashtar Sheran não tenho muito o que falar, eu sou muito fã de Star Trek mas não imagino que seja real, o mesmo penso ao ler as mensagens de Ashtar Sheran, muito bonito, mensagens espiritualistas...,mas tive a sensação de estar assistindo Star Trek.
É apenas minha opinião, respeito quem acredita.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: andertony em 16 de Janeiro de 2011, 06:31
Vamos colar uma luz neste assunto.
Primeiro Deus é Deus Criador não criatura não extraterrestre e Jesus é Deus.
Segundo Extraterrestre e terrestre são criatura criada por Deus.
Agora vamos para as possibilidades, ou melhor, hipóteses:
Evolução da alma reencarnação neste ou em outros mundos, neste ponto de vista nós somos os ETS;
Não admitindo a hipótese de reencarnar em outros mundos nos resta aceitar que os ETs foram criados por Deus e são criaturas e não seres humanos apesar dos seres humanos serem criaturas também;
Eu não vou ficar filosofando neste assunto, vou direto ao assunto eu já vim uma nave e não estava só estavam com mais dois amigos.
Os que os religiosos não aceitam é Deus como Et. Ponto final.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: ponto em 16 de Janeiro de 2011, 07:20
-andertony nao entendi o que voce quis falar..
extra terrestre é só um termo pra expressar irmãos que não 'moram' na terra! ponto.

-haha.. Diego, é só substituir extra terrestre por espiritos que fica mais normal

pq me parece que toodo mundo tem ´preconceito com essa palavra
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 16 de Janeiro de 2011, 15:03
LETICIA JACINTHO disse: "éé.. parece que ninguem se interessou sobre as palestras... mas não custa repitir:- é bem interessante ver pra ter uma opinião.. da pra entender varias coisas que ele fala por nos termos um estudo do espiritismo."

COMENTÁRIO: Estou assistindo devagar os vídeos, mas já é possível um parecer:
Laércio Fonseca é palestrante agradável de ser assistido, daqueles que ouvimos sem cansar. Quando ao tema que defende apaixonadamente, nenhuma ou quase nenhuma fundamentação é apresentada. Ele alega receber mensagens de extraterrenos. Isso aceita quem simpatizar com esse discurso, comprovação mesmo: zero.

Pessoas criativas podem, com facilidade, lucubrar um ser qual Sheran e divulgá-lo como se fora verdadeiro. Se encontrar público que abrace a proposta (e sempre se encontra), pronto! Mais um pseudo-herói ganha vida.

Podemos comparar Asthar Sheran ao "Guerra nas Estrelas". É claro que Sheran não se aproxima, em termos de criatividade, à saga forjada por George Lucas, mas segue o mesmo caminho.

Saudações
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 16 de Janeiro de 2011, 15:16
Sim Licia, e não gostei.
Edgard Armond, emérito roustainguista nesta obra de sua autoria presta apenas a sua opinião que no meu entender pé preconceituoso a e afastada do que a doutrina diz.
Veja que ele fala que a aparência dos Espíritos Capellinos fosse a de estatura longilínea, de feições finas e de cabelos loiros.  Se isso não é uma forma preconceituosa de se atribuir a um Espírito algo que ele não tem, que é aparência física, não é outra coisa.
abraços,
Moura

Amigo Moura você já leu Exilados de Capela? E a proposito não sei o significado de sofismar.
Bom fim de semana!
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 16 de Janeiro de 2011, 15:25

Ander,
"Extraterrestre é tudo que não se encontra na Terra. apenas isso e não homenzinhos verdes de olhos esbugalhados que andem em discos voadores.
Deus está entre nós, habitando a terra? Não.
Jesus ao falar que o Reino dele não era desse mundo também não se coloca num papel de habitante de outro mundo e portanto extra terra, ou seja extraterrestre?
Ander você pode ter visto tudo o que haja de ser visto, contudo nada disso desfaz o foco deste tópico no qual, o amigo apenas dá a sua opinião .

O Fato e não hipótese de haver reencarnes não nos torna, por isso extraterrestres já que aqui habitamos. Extra, quer dizer de fora da terra. logo, não o seríamos.
Se o amigo avaliar melhor e com mais calma antes de se assodar em responder tão enfáticamente, irá notar que o tema não seguia na direção que o amigo quis colocar.
Baixa a bola, mano!
abraços,
Moura

Não sei a que luz o amigo se refere, mas me parece não ser a que alude a este tema.
Vamos colar uma luz neste assunto.
Primeiro Deus é Deus Criador não criatura não extraterrestre e Jesus é Deus.
Segundo Extraterrestre e terrestre são criatura criada por Deus.
Agora vamos para as possibilidades, ou melhor, hipóteses:
Evolução da alma reencarnação neste ou em outros mundos, neste ponto de vista nós somos os ETS;
Não admitindo a hipótese de reencarnar em outros mundos nos resta aceitar que os ETs foram criados por Deus e são criaturas e não seres humanos apesar dos seres humanos serem criaturas também;
Eu não vou ficar filosofando neste assunto, vou direto ao assunto eu já vim uma nave e não estava só estavam com mais dois amigos.
Os que os religiosos não aceitam é Deus como Et. Ponto final.

Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Envy em 16 de Janeiro de 2011, 15:45
A Pluralidade dos Mundos Habitados consta nos ensinamentos dados pelos espíritos, na Codificação de Kardec. Porém, temos que ser cautelosos neste terreno. Há muitas absurdidades sendo ditas por aí, com muita especulação e má fé, livros que são feitos para o mercado do maravilhoso, com muitos interessados, mais por um enorme "vazio existencial", que por razões sérias. "Há muitas moradas na casa do Pai", disse-nos o Mestre dos Mestres. Mas, tem médiuns recebendo comunicações de "extraterrestres", e quando vamos analisar o discurso percebemos-lhe o ridículo, a farsa, pois se o subtemos ao crivo da razão, ele se desmonta como castelo de papel. "Observai que nem todos os espíritos são de Deus", Discernimento dos Espíritos - para isto ainda é o uso da razão a nossa bússola, lembrando que ainda engantinhamos neste terreno, acostumados que estávamos, durante séculos ao pensamento mítico. O atavismo está presente em nós, e nos é muito fácil escorregar para o terreno do "milagre", e das supostas aparições com muita fantasia e ilusão juntas. Isto não significa que não há estudos sérios neste terreno. Há que ter bom senso.
Lembremos que há muito trabalho a ser feito em nós mesmos, e que, verdadeiramente, não somos daqui, o nosso mundo primitivo, é o espiritual.
Logo, somos todos, de certa forma, "extraterrestres".
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Lucazan em 16 de Janeiro de 2011, 18:48
Cara Leticia,

Esse video é uma brincadeira, o cara mistura espiritismo com ficção, e nem se toca que está facinado pela própria história que criou.

Abraços
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: FalunGong em 16 de Janeiro de 2011, 20:16
éé.. parece que ninguem se interessou sobre as palestras... mas não custa repitir:- é bem interessante ver pra ter uma opinião.. da pra entender varias coisas que ele fala por nos termos um estudo do espiritismo.

Já vi essa palestra pelo menos umas duas vezes e me parece que o professor Laércio é uma das pessoas que fala com mais seriedade e sem fantasias sobre o tema.

Ele explica que Ashtar Sheran significa a luz que mais brilha e que não é um espírito mas sim um comando que comanda todos os espíritos que estão em ajuda ao planeta Terra...Muitos desses espiritos podem dar mensagens assinando Ashtar Sheran,mas isso é apenas um nome,,algo que nos humanso ainda precisamos,porque ainda vivemos num mundo de formas.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Carlos Soares em 17 de Janeiro de 2011, 01:39
           Caros Amigos acima!

   
            Como dizia meu amigo Einstein: " Tudo é relativo, depende do observador."

            Suponhamos três médiuns, de diferentes níveis de moral, heterogeneos, e solicitamos que em viagem astral, sobrevoem o Estado do Rio de Janeiro, e descrevam o que vêem.

             Cada um nos trará relatos totalmente diferentes, pois só terão acesso a locais onde seu padrão moral permita sua presença, e também, subjetivamente, visitará locais que mais lhe atraiam devido à sua esfera de interesse.

             O primeiro descreverá uma paisagem paradisíaca, com muitas praias, emolduradas por montanhas maravilhosas e cobertas com um lindo céu cor de anil.

             O segundo dirá estar diante de uma civilização muito adiantada tecnológicamente, capaz de produzir equipamentos navais e submarinos, dedicados à exploração de uma forma de energia baseada nos hidrocarbonetos, muito necessária à sobrevivência da espécie, naquele orbe.
             O terceiro dirá estar vendo uma civilização muito atrasada moralmente, pois vê muitas mortes causadas por guerras entre facções rivais, que lutam para conquistar territórios e  poder através do tráfico de drogas e armas, estabelecendo o caos urbano pela insegurança.

              Concluindo o raciocínio, imagine tentar descrever a vida em outro planeta! Sabendo-se que entre a treva e a luz existem infinitos níveis de consciência, em que nível,  este nosso observador está?
              Em minha opinião pessoal, somos sim extraterrestres, desde que expulsos de outros planetas,  através de diferentes apocalipses,  nossos espíritos foram utilizados para promover a evolução da genética humana no planeta terra, fato que Darwin não conhecia, e por isso não conseguiu explicar os saltos da evolução, mais conhecidos como Elos Perdidos.


              Abraço Fraterno!!
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Khallarion Sunnirius em 17 de Janeiro de 2011, 03:56
Assunto gostoso e interessante!

Eu mal podia conter meus dedos, esperando a hora de digitar e expressar minhas experiências! Lógico, algo que um de nossos participantes disse deve ser levado em consideração: "Nem todos estão preparados para certas verdades."

Extraterrestres! Todos nós já fomos ou seremos extraterrestres nesse tempo sem fim! O Universo é tão vasto, os mundos existentes são tão gloriosos!

Lógico que existe muito mal entendimento quanto a tudo isso! Porém, permitam novamente que eu partilha algumas experiências!

O mundo físico sabemos, como bons estudates das leis universais, nada mais é do que a manifestação de energias mais sutis. Todos estados mentais tem seus reflexos no fundo físico, portanto, existem mundos de acordo com os infinitos estados mentais que os seres humanos e não-humanos possam ter.

O que quero dizer é que existem manifestações físicas do chamado paraíso e do chamado inferno, assim como manifestações de mundos intermediários como o nosso. Esse universo é como uma cebola! É uma coisa só, porém com muitas camadas!

Nosso estado mental, nossa continuidade mental dita as vibrações predominantes em nossos corpos sutis. Essas predominações arquitetam nosso agora e nosso futuro, assim como arquitetaram nosso passado. A ressonância de nosso corpo sutil e o mundo físico nos faz encarnar novamente! De acordo com cada nivel vibracional, encarnamos em um mundo físico respectivo...ou às vezes nosso estado mental pode ser tão elevado que não chegamos e renascer nos mundos físicos, mas nos mundos não-físicos.

Sabendo de tudo isso, sim o universo está cheio de gente! O querido Mestre Jesus é um avatar da Energia Suprema, é uma manifestação, uma das manifestações do Supremo, porém Ele não é a única manifestação!

Existem Mestres Cósmicos em todas as direções desse universo! Enquanto escrevemos e lemos, existem Mestres ensinando em todas as partes do Universo! Não podemos nos enganar, nos levar pela pretensão de pensar que Deus apareceu apenas aqui! Ele apareceu aqui, várias vezes e de várias formas, assim como aparece e irá aparecer em outros lugares!

Sim, existem seres alienigenas aqui na terra, alguns encarnados, outros desencarnados, alguns na forma humana, outros na forma caracteristica da região de onde vieram. Exitem todas as possibilidades!

Existem irmãos de outros mundos que vieram aqui sim, para ajudar! Alguns vieram pelo puro poder espiritual, outros usaram a tecnologia para vir, mas eles estão aqui!

A vida em outros mundos pode ser bem parecida com a que vivemos aqui, assim como tão diferente que seria impossível descrever! Muitos dos alienigenas aqui na terra possuem algum nivel de similaridade conosco, não física, mas espiritual, por isso esse contato, mesmo que inconsciênte para uma das partes, no caso a maioria da humanidade.

Todos viemos do UM e todos poderemos retorar ao UM, pelo processo de iluminação e auto-aperfeiçoamento! Somos todos iguais, a única coisa que difere é o nivel vibracional de nossos corpos e mentes!

Isso é o que aprendi e vivenciei! Acredito que seja útil ponderar sobre isso para chegarmos em nossas conclusões!
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Nilma dos Santos em 18 de Janeiro de 2011, 02:28
Boa noite. Sobre a questão dos extraterrestres tenho em poder um livro de Lúcia Roberto Mello, tendo como mentor espiritual Rochester, sobre Allan Kardec, o qual, cosmicamente falando, de reencarnações passadas é originário do sistema planetário de Antares, só que habitava em Capela, no planeta Zian. Diz a autora que os sistemas de Antares e de Capela são muito maiores do que o nosso sistema Solar, e terrivelmente mais habitados. Diz que Antares, por exemplo, é um sistema múltiplo(várias estrelas), cujos planetas são, por si só, diferentes entre si. Tudo é incrivelmente diferente e superior ao que há na Terra. Desde a alimentação, que em parte é feita da própria energia eólica, até a tecnologia, que é, de fato, avançadíssima, se comparada com a nossa - e até mesmo para os nossos limites de compreensão.
   A autora diz que a pequena família cósmica de Kardec (constava de apenas pouco mais de setecentos habitantes), tendo saído de Antares (local onde foram criados), por uma questão de sobrevivência, visto que se esperava uma explosão de uma grande estrela daquele sistema, foi "adotada" e enviada, nessas condições, para Zian. Vontade não me falta de contar todo o livro para vocês. A autora ressalta que estamos, praticamente todos atuais habitantes da Terra, inseridos num mesmo contexto cósmico, como extraterrestres habitando este planeta. E, dentre estes... muitos são os de Capela, sistema sideral no qual o planeta Zian está localizado.
   Saliento ainda que há o livro "Exilados de Capela" e tantos outros que argumentam o mesmo fato, mas que o mesmo não é realmente muito divulgado, tendo em vista a dificuldade de alguns em falarem a respeito. Paz
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: licia f em 18 de Janeiro de 2011, 15:05
 Lúcia Roberto Mello, como faço pra baixar esse livro que você sitou na resposta.Boa semana minha irmã
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Nilma dos Santos em 18 de Janeiro de 2011, 19:03
Olá licia f, este livro é da Coleção Mestres da Doutrina - o nome do livro é "Caminhos do Espírito".
A editora é Escala Ltda - www.escala.com.br (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5lc2NhbGEuY29tLmJy) . O email da autora é luciamello@mwg.com.br. Espero tê-la ajudado. Paz
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 18 de Janeiro de 2011, 20:57
Prezada Nilma dos Santos,

Parece que o livro que referencia, de Lúcia Roberto Mello, foi escrito mais com imaginação que com conhecimento científico. Capela é  um sistema estelar mui distante do nosso e, por isso, pensam alguns que podem dizer dele o que quiserem, pois ninguém saberia com certeza o que tem por lá e ficaria "fácil" defender idéias maravilhosas sobre seus habitantes e suas migrações.

Ocorre que a Ciência já pode dizer bastante sobre Capela, e as coisas que o conhecimento científico diz contrariam o discurso de visionários. A probabilidade de o sistema capelino abrigar vida como conhecemos é praticamente zero; e mesmo vida como não conhecemos seria difícil de ser encontrada por lá. Em Capela não existem planetas, só estrelas, no entanto o visionarismo de Lúcia Mello encontrou planetas naquelas plagas. Por aí já é possível perceber que a moça tá inventando história...

É certo que nosso espírito de fantasia fica alvoroçado com histórias encantadoras de seres ultra-avançados, sábios e amorosos. É tudo o que queríamos acontecesse por aqui: como não acontece, nos satisfazemos com sonhos sobre essas civilizações admiráveis.

Deixo trechos de estudo do professor Albino A. C. de Novaes, no qual o expositor demonstra, a meu ver, muito claramente que o sonho de capela é exatamente isso: sonho. Ao final informo o link para o artigo completo.

Saudações.


Os Exilados não são de Capela
Albino A. C. de Novaes

EMMANUEL – “A Caminho da Luz” – Francisco Cândido Xavier – p.33 – Federação Espírita Brasileira. A obra foi escrita com base nas anotações atribuídas aos exercícios da psicografia realizados entre as datas de 17 de agosto a 21 de setembro de 1938. Vamos extrair apenas os trechos mais importantes para fundamentar nossos comentários.
Do capítulo III
As Raças Adâmicas. O Sistema de Capela.
“Nos mapas zodiacais, que os astrônomos terrestres compulsaram em seus estudos, observa-se desenhada uma grande estrela na Constelação de Cocheiro, que recebeu na Terra, o nome de Cabra ou Capela. Magnífico sol entre os astros, que nos são mais vizinhos, da sua trajetória pelo infinito, faz-se acompanhar, igualmente, da sua família de mundos, cantando as glórias divinas do ilimitado. A sua luz gasta 42 anos para chegar à face da Terra, considerando-se desse modo, já que a luz percorre o espaço com a velocidade aproximada de 300.000 quilômetros por segundo.”
(...)
A Editora Aliança publicou a obra “Os Exilados de Capela” escrita por Edgard Armond, onde o autor tenta fazer um esboço “completo” da evolução espiritual do mundo (...) Vamos nos valer apenas de um pequeno trecho (...).
“A constelação do Cocheiro é formada por um grupo de estrelas de várias grandezas, entre as quais se inclui Capela, de primeira grandeza e que, por isso mesmo, é a alfa da constelação.”
“Capela é uma estrela inúmeras vezes maior que o nosso Sol e, se fosse colocado em seu lugar, mal seria percebido por nós, a vista desarmada.”
“Dista da Terra 45 anos-luz, distância essa que, em quilômetros, se representa pelo número 4275 seguidos de 12 zeros.”
“Na abóbada celeste, está situada no hemisfério boreal, limitada pelas constelações da Girafa, Perseu e Lince; e, quanto ao Zodíaco, sua posição é entre Gêminii e Tauru.”
“Conhecida desde a mais remota antiguidade, Capela é uma estrela gasosa, segundo afirma o célebre astrônomo Eddington, e de matéria tão fluídica que sua densidade pode ser confundida com a do ar que respiramos.”
“Sua cor é amarela, o que demonstra ser um sol em plena juventude; e, como um sol, deve ser habitado por uma humanidade bastante evoluída”
“Muitos acreditam que, chegado o fim deste ciclo de expiações e provas, os espíritos cujos corações continuam bloqueados pela presença da maldade, não poderão acompanhar os demais, que se encontram em estágio superior e, dessa forma, não poderão compartilhar da nova fase de regeneração. Teoricamente, eles irão constituir a nova leva de seres que serão deportados para outro orbe, inferior a este, para se misturarem às raças autóctones locais, passarem por novas dificuldades e edificarem uma nova civilização, até que alcancem o nível evolutivo de sua nação terráquea.”
(...)
Não se sustenta a hipótese de Emmanuel quando recorremos às descobertas científicas.
 - continua -
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 18 de Janeiro de 2011, 21:08
OS EXILADOS NÃO SÃO DE CAPELA  - continuação


Não se sustenta a hipótese de Emmanuel quando recorremos às descobertas científicas.

O “Universo Mítico” é o resultado da visão empírica do homem. Ao lado da visão mítica, existe uma visão científica do Universo, visão essa baseada na observação e na experimentação – e ocasionalmente em percepções intuitivas que devem, contudo, ser confirmadas pela observação e pela experiência.

A Hipótese levantada pelo Espírito Emmanuel é originária de um esforço intuitivo realizado de forma conjugada com o médium Francisco C. Xavier, mas que a Ciência desmente amplamente. (...) Sabemos que por trás de uma visão mítica se esconde uma realidade científica, mas essa não tem como determinar quais os mundos são habitados; pode sim determinar quais os que não têm nenhuma possibilidade de abrigar formas de vida orgânica, e isto com relativa precisão. Mesmo que essas formas tenham um número incontável de variações, existe um elemento primitivo que lhes dão origem e tudo indica que esse elemento é único no Universo inteiro.
(...)

Nossa exposição pretende mostrar a inviabilidade de qualquer forma de vida no Sistema Capela ou Alfa Aurigae.

(...)
Embora não possamos ver os planetas de outras estrelas – alguns deles detectamos através de cálculos, observando perturbações ou interferências nas faixas espectroscópicas – nossos telescópios têm revelado a existência de estrelas duplas e de estrelas múltiplas.

Imagine só um outro sol presente em nosso sistema planetário iluminando-nos e aquecendo-nos todo o tempo.
Muito provavelmente não haveria vida na Terra.
Se considerarmos a existência de uma outra estrela com as mesmas dimensões, densidade, brilho e temperatura, colocado à mesma distância do nosso planeta, basta utilizarmos um simulador de órbitas planetárias para percebermos a loucura que seria: os movimentos de rotação e translação, entre outros executados pela Terra ficariam em completa desordem se compararmos com os atuais. Não haveria qualquer estabilidade necessária para as reações químicas, condições atmosféricas e erupções vulcânicas cumprirem seus papéis na “geração” da vida.
A temperatura da Terra poderia variar de 290 ºC a 1000 ºC, pois receberia a irradiação de duas fontes de calor e de raio X. Com a atual contextura da atmosfera seria impossível impedir a penetração de raio X e seu impacto com a superfície, o que seria um desastre para qualquer forma de vida orgânica.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 18 de Janeiro de 2011, 21:14
OS EXILADOS NÃO SÃO DE CAPELA  - continuação

Hoje sabemos que, estrelas solitárias como o sol, são um fato algo raro no Universo.
A imensa maioria dos sistemas estelares é constituída de estrelas múltiplas (duas, três, sete ou oito) viajando juntas pelo espaço.

Tais estrelas teriam muita dificuldade em abrigar vida orgânica, tal qual conhecemos, devido a instabilidade das órbitas de seus possíveis planetas, aliado às grandes variações de temperatura que ocorreriam, além do incrível fato de que dias e noites teriam uma variação completamente irregular. Mesmo havendo alguma possibilidade de existência de formas de vida orgânicas de origem desconhecida, elas exigiriam um ambiente planetário.

Finalizando nossas considerações:

Há inúmeros fatos que impossibilitam a existência de qualquer forma de vida no Sistema Capela. Formas orgânicas são completamente inviáveis. Vamos enumerar alguns desses fatos:

1 - O Sistema Capelino não tem planetas – todas as esferas que compõem o sistema (são conhecidas 9 por enquanto) são estrelas.

2 - Mesmo que algum planeta seja encontrado ele não terá nenhuma estabilidade que possa possibilitar ou que tenha possibilitado nos últimos 2 bilhões de anos que a vida tenha surgido na forma orgânica.

(...)
A Estrela Capela há alguns bilhões de anos vêm caminhando para a fase que culminará com o de uma gigante vermelha. No momento é uma gigante amarela. Esta fase de expansão aumenta consideravelmente sua emissão de raio X. Se existir algum planeta orbitando o sistema, este será afetado gravitacionalmente por cada uma das estrelas componentes e também pelo centro de massa do Sistema: não teria como escapar da ação de um ou de outro.

Sua temperatura sofreria variações extremas, indo de 0 absoluto à do ferro fundido. Mas a existência de um planeta é por demais duvidosa, pois fatalmente se fragmentaria sob o efeito do fenômeno conhecido como “efeito maré”, somente uma concentração de massa estelar com intensa atividade em seus núcleos pode sustentar uma órbita fora da distância crítica.
Não acreditamos em estabilidade orbital sem que o planeta seja munido de uma órbita sob efeito de uma força central conservativa; num sistema múltiplo onde estaria localizada a origem de tal força? E os efeitos das marés sob a superfície do planeta, provenientes de cada um dos 9 planetas?

Sabemos que nossa pequena Lua – que faz com que nosso planeta seja um “planeta duplo” - exerce uma grande influência na forma de vida que temos. Os organismos são constituídos de tal forma que obedecem à influência gravitacional do Satélite irmão. As forças responsáveis pelas marés aparecem porque a atração gravitacional da Lua, e de modo menos importante, do Sol, não é uniforme sobre toda a superfície da Terra. A atração é mais intensa do que a média na face voltada para a Lua, e menos intensa do que a média na face exposta, de modo que há uma tendência da Terra se alongar na direção da linha que une os centros.

Imagine um planeta num sistema múltiplo, com uma órbita instável ou pouco estável, num momento ou noutro poderá estar sob a força gravitacional de mais de uma estrela – uma em cada face, por exemplo – que efeitos terríveis serão desencadeados? A distância crítica entre a Terra e a Lua, se não estou enganado, é aproximadamente de 211.000 km – numa distância menor a Lua poderá se fragmentar e vir a explodir; se tal acontecer algum dia, a Terra não deixará de sofrer efeitos devastadores. Devido às distâncias, o efeito do Sol sobre a Terra é a metade da que exerce a Lua.
(...)
Que fique suficientemente claro: negando a possibilidade de vida no Sistema Capelino, não estamos com isso, negando a possibilidade de vida em outros sistemas. Mas, a bem da verdade, somente estrelas simples como o Sol têm reais possibilidades de desenvolver formas orgânicas de vida. Um sistema duplo teria muitíssimo menos; muito menos ainda um sistema triplo... Um sistema com 9 estrelas, então, nem pensar ainda com uma delas tendendo para uma gigante amarela.

http://www.panoramaespirita.com.br/artigos/artigos_04/os_exilados_nao_sao_de_capelas.html
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: LUIS PATRICIO em 18 de Janeiro de 2011, 22:45
eu acredito que todos os outros "mundos" são habitados pelos mesmos espiritos que que habitam a terra, só que em estado espiritual...
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: ponto em 18 de Janeiro de 2011, 22:50
Luis.. acho que não.. os outros mundos são habitados..mas não apenas espiritual. entao quer dizer que SÓ a Terra é um planeta material?
os planetas que não vemos "ninguem"  talvez é pq eles estão em uma materia diferente ou sei la o que..fluidos diferentes
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Nilma dos Santos em 19 de Janeiro de 2011, 03:32
Caro Moimoi, crês muiito ainda na ciência, que pelo tempo de vida deste planeta anda a "passos de tartaruga". Se achas que é sonho, utopia mesmo, que outros planeta não existem que fazes aqui?? Disse no primeiro relato:"É certo que nosso espírito de fantasia fica alvoroçado com histórias encantadoras de seres ultra-avançados, sábios e amorosos. É tudo o que queríamos acontecesse por aqui: como não acontece, nos satisfazemos com sonhos sobre essas civilizações admiráveis." Então, o filme "Nosso Lar" é uma farsa??? No livro, André Luiz nos diz que "Nosso Lar" se encontra acima de nossas cabeças, ou seja, no Brasil, por isso que o mesmo é considerado o futuro do espiritismo.No outro livro a que me reporto, da autora Lucia Roberta Mello, nos diz que a visão, ainda estreita, ignora por completo as citações dos espíritos através do próprio Kardec, com referência aos extraterrestres, ou, na nomenclatura que ele utilizava na época (por não existir esta, mais recente), os "seres" - título que atribuía claramente àqueles que, em sendo também invisíveis para nós, num geral, diferenciavam-se por qualquer questão dos "espirítos", habitantes do orbe terrestre.
   Interessante sua colocação com relação à Emmanuel quando diz:"Não se sustenta a hipótese de Emmanuel quando recorremos às descobertas científicas." Por favor Moimoi... me poupe!! Então você acha que:" a "HIPÓTESE" levantada pelo espírito Emmanuel é originária de um esforço intuitivo realizado de forma CONJUGADA com o médium Francisco C. Xavier, mas que a Ciência desmente amplamente."
   Sabe de uma coisa??? Você escreveu tanto, mas tanto... e não falou nada!! Aliás, falou sim, de coisas e mais coisas que a ciência revelou, ou vem revelando. Mas se a Ciência está desvendando as coisas que existem entre o céu e a terra e acima dela, é graças a Doutrina Espírita que ampliou e vem ampliando a visão curta e estreita da Ciência com relação aos mundos existentes lá fora. Pelo que eu percebi, você acredita que só existe este, onde você está andando e respirando.
   O que eu quero saber sobre a distância entre Lua e Terra; o que eu quero saber se a cor é vermelha ou amarela; eu creio em mundos melhores e muito melhores que esse, e é para eles que estou trabalhando e estudando, a fim de alcançá-los e me tornar menos insignificante do que sou hoje. Como disse certa vez Chico Xavier à uma senhora que achava que tinha sido, em vida passada, uma mártir nos tempos apostólicos e que morrera na arena, devorada por um leão." E você, Chico, sabe quem foi?" - perguntou-lhe a senhora.
   Ele calmamente respondeu:
 - "Ah! Minha irmã, eu fui a pulga do leão!"
   Fiquem todos na Paz do Mestre, que Ele nos envolva à todos, aliviando nossas mentes de tudo que é nocivo à nós próprios e aos outros. Paz


Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: O Livre Pensador em 19 de Janeiro de 2011, 06:19
Veja no Blog:http:////olivrodashipoteses.blogspot.com/  (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovLy8vb2xpdnJvZGFzaGlwb3Rlc2VzLmJsb2dzcG90LmNvbS8=)
o tema (no mês de Novembro) [/color]"OUTROS MUNDOS HABITADOS" é muito esclarecedor.
Amor e Paz.
Título: A Nova Física e o Espírito.
Enviado por: O Livre Pensador em 19 de Janeiro de 2011, 06:22
Física Quântica e Espiritualidade. Blog com quase 700 leitores. Clique em (ou cole no seu Navegador): http://olivrodosporques.blogspot.com (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL29saXZyb2Rvc3BvcnF1ZXMuYmxvZ3Nwb3QuY29t)/ e veja.
Amor e Paz
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 19 de Janeiro de 2011, 07:37
Prezada Nilma Santos,

Respondendo:

1 – O livro “Nosso Lar”, se visto como descrição da realidade é obra sem fundamento; olhado  como ficção trata-se de bom exercício de criatividade. Se  a produção lidasse efetivamente  com a realidade espiritual, seria de esperar que o  autor  dela fizesse referência em suas obras posteriores e anteriores. Nas milhares de cartas que Chico psicografou de supostos mortos, enviando recados aos parentes vivos, nenhum deles fala de estar residindo em “Nosso Lar” ou em qualquer outra imaginada colônia. Considere, ainda, que a idéia de “colônias espirituais” entra em choque com o próprio ensino de Kardec, que não propôs nada nem de longe parecido...

2 – quanto à idéia de Kardec de mundos habitados, o codificador foi taxativo “todos os orbes são habitados”. Esta declaração criou um problemão para o espiritismo. Kardec acreditava que, com o desenvolvimento da Ciência, a hipótese que defendia, de vida abundante no cosmos seria confirmada. Para ele, até a lua abrigava seres inteligentes. Entretanto, a Ciência evoluiu e não ratificou a crença, ao contrário, presentemente a Ciência mostra que se houver vida fora da Terra será fato raro e não corriqueiro, diferentemente do que imaginava o criador do espiritismo. Então, na atualidade, os espíritas precisam criar suposições complementares, a fim de sustentar que a vida existe fartamente em todo o universo. O engraçado é que se discute muito a vida em Marte, defendo-se que seja formada por “matéria desconhecida”, como forma de salvar a doutrina da pluralidade dos mundos. Porém, ninguém mais advoga que haja vida na lua. O que é uma incoerência, pois para demonstrar que a tese de Kardec estava, ao menos em parte,  correta, bastaria comprovar-se  viventes no satélite terrestre, o que seria bem mais fácil que em Marte.

Kardec recomendou: “se a ciência mostrar que o espiritismo está errado, fique-se com a ciência”. Acontece que esse conselho não é observado. Nenhuma revisão da doutrina foi realizada, embora a ciência venha mostrando que boa parte dos postulados espíritas (em termos científicos, bem entendido) estão incorretos.

3 – Parece-me que você não entendeu o texto que postei. Só o inicio é de minha autoria, a maior parte é escrito de Albino A. C. Novaes, palestrante espírita, e questionador da hipótese de que tenha havido migração de espíritos de Capela para a Terra. O estudo de Albino Novaes é bem embasado e vale ser examinado por inteiro.

4 – Você diz que o espiritismo ampliou a “visão estreita da ciência”. Aceito a declaração, embora, infelizmente, tenha que discordar. Certamente, se eu a convidar que demonstre como foi que a doutrina espírita promoveu essa “ampliação” de conhecimento, você terá dificuldades em efetuar o trabalho. Espiritismo e Ciência caminham em direções distintas. Digo-o sem intento ofensivo, pois gostaria que fosse de outro modo, no entanto, a realidade é essa. Faço-lhe um desafio, mostre um item objetivo, umzinho que seja, em que a doutrina incrementou o aceleramento do conhecimento científico...

5 – Quanto a sua certeza de mundos habitados nada tenho contra. Acreditar que existem civilizações avançadas, que elas irão nos ajudar, ou que iremos morar com eles, etc. Isso é questão de gosto. Cada um pensa a respeito da forma que melhor lhe convier. No caso do espíritismo, há a ajuda do discurso kardequiano, que estimula a idéia de haver multiplicidade de viventes fora da Terra. E, conforme falei anteriormente, para muitos é gratificante o sonho de que “não estamos sós” e que nossos “irmãos mais inteligentes” estão prontos a nos dar uma forcinha. Sonhar não faz mal. Por outro lado, em termos concretos não existe qualquer evidência de que hajam viventes inteligentes no cosmos. De minha parte, mantenho-me em neutra expectativa: se houver vida fora da Terra, ótimo; se não houver, fazer o quê?

Felicidades.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: licia f em 19 de Janeiro de 2011, 13:05
Concordo um pouco com todos vocês, estou lendo tudo, esse teme e´muito envolvente, mais acredito também que desde Chico e Kardec muita coisa mudou.
Jesus nosso irmão maior já dizia que nem tudo poderia dizer por nós, AINDA  não tiamos condições de entender. È mais ou menos isso.
 Bjos a todos e feliz resto de semana.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: licia f em 19 de Janeiro de 2011, 13:19
Autor: Marco Túlio Pires
Foi no Lago Mono, na Califórnia, nos Estados Unidos, que os cientistas encontraram a bactéria que utiliza arsênio no lugar do fósforo. O lago é conhecido pelas altas concentrações de arsênio e pela altíssima salinidade (Robert Harding/Latinstock)
Após um misterioso e incomum anúncio de entrevista coletiva feito pela Nasa, um famoso blogueiro americano, Jason Kottke, especulou na segunda-feira: “Teria a Nasa descoberto vida extraterrestre?” Foi o suficiente para atiçar os aficionados por ETs. No dia seguinte, porém, o editor da revista The Atlantic, Alexis Madrigal, desmentiu Kotkke: “Não é nada disso”, tuitou. Mas o certo seria afirmar: “não é bem isso”. Conforme revelado nesta quinta-feira, a Nasa descobriu uma bactéria que se comporta como um ser extraterrestre – ou como os cientistas imaginam que um organismo assim se comportaria. Mas o achado foi feito em solo terrestre, ou melhor, em um lago da Califórnia onde a concentração de arsênio é altíssima.
http://olivrodashipoteses.blogspot.com/
È isso ai, só aceitamos que existam pessoas que como feijão e arroz, e o universo é tão grande!
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 19 de Janeiro de 2011, 14:33
Amigos,
uma questão interessante seria a de se saber qual o comportamento considerado como extraterrestre.
O fato de uma bactéria, ser primário se utilizar de algo que o humano não se utiliza, não a faz extra terrestre não é assim?
Por outra, bactérias não têm senão vida vegetativa, movimentam-se a custa do princípio vital que todos têm. só isso já a deixa dentro dos nossos padrões.
Isso faz do Universo uma local ermo, inabitado? Claro que não.
Mas daí a se considerar extraterrestre uma coisa ou algo apenas por uma modificação que contenha vai longe.
Diferente sim, extraterrestre não.
Abraços,
Moura
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Carlos Soares em 20 de Janeiro de 2011, 01:07
                 Caros Amigos acima!


                 Em se pensando em vida extra planetária, não podemos nos esquecer de que a depuração espiritual se dá através da libertação da matéria do perispirito, ficando-se cada vez mais leve e consequentemente, sendo retido, por um orbe de gravidade maior na hierarquia daquele sistema.

                 Nossos sensores corporais, são regulados para esse nosso biotipo, compatíveis com a densidade material desse corpo.  Libertando-nos do corpo material, não mais estamos sujeitos às temperaturas e fluidos do orbe de que saimos, mas sim ao peso específico do nosso perispirito e nossa frequência de vibração moral.

                 Concluindo assim o raciocínio, ouso dizer, que o local mais provável de se encontrar os espíritos mais puros do nosso sistema,  seria o sol, maior gravidade do nosso sistema com temperatura ambiente de cinco milhões de graus celsius.


                  Abraço fraterno!!
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Nilma dos Santos em 20 de Janeiro de 2011, 01:14
Caro Moimoi, quando entrei para ver de perto este tópico eu sabia que ia "dar pano pra manga", mas quem sai na chuva tem que se molhar, né??
   Com referência ao seu 1° parágrafo de resposta, dá-se a impressão , quando vc fala, que enquanto desencarnados ficam-se por aí, perambulando de um lado para o outro. Mas acredito que isto seja irracional, tendo em vista que aqui, "planeta de provas e expiações", estamos todos, ou quase todos, trabalhando e estudando em determinados lugares que nos é pertinente ao nosso desenvolvimento nesta atual "vida".
   Na maioria dos livros psicografados, os espíritos relatam sobre lugares tidos como "colônias" ou "instituições de tratamento" (ver livro "Espiritismo e Vida Eterna" - um livro investigativo de Ariovaldo Caversan e Geziel Andrade - Editora do Lar/ABC do Interior) - O livro foi escrito embasado no estudo disciplinado e na observação prática dos postulados da codificação de Allan Kardec.
   O estudo também é dedicado à todos os espíritos cujas comunicações transmitidas através do querido médium Francisco Cândido Xavier, os quais tornaram possível tal estudo. Na pg. 30 há pequenos trechos de alguns relatos dos próprios espíritos, sobre o "morrer".
   Eis alguns:

                   -"...Até que enfim, acordei num quarto de hospital ou casa de repouso."(Mensagem do espírito Carlos Gomes a sua esposa, publicada no livro "Adeus solidão".

                   -"...notei que me achava numa instituição de tratamento, pois o n° de pessoas vestidas de branco era muito grande e todos esses funcionários se caracterizavam por sigilosa discrição."(Mensagem do espírito Sérgio Osório Penna a seus pais, publicada na Folha Espírita (SP)- Abril(86 - Ano XII, n° 145).

                   -"...Acordei num quarto de hospital, arejado e reconfortante."(Mensagem do espírito Conceição Interlando Neto, "Titina", a seu esposo, publicada no livro "Quem são".

   Com relação a 2° parágrafo, me parece que você é um daqueles que acredita que o homem pisou na lua. Tá bom, então... eu acredito em "vidas" em outros planetas também, mas não queira imaginar que são iguais a nós (dãhhh). Os habitats são infinitos aqui na terra, por onde olhas verás formas diferentes de vida se mexendo, vibrando, transmutando.
   Porque seria diferente lá fora???
   Nós, os espíritas, não precisamos "criar" suposições a respeito desse assunto. A Doutrina Espírita é Ciência, Filosofia e Razão, portanto não acredito que os que a ela se vinculam devam se preocupar com o que outras religiões, até mesmo outras doutrinas, e pessoas que se dizem espíritas."São Tomé?? Ver para crer?" Esse "mundo" foi criado, com suas árvores, rios, animais, para que pudéssemos ter um lugar onde nos purificássemos, alguns conseguem, outros ainda persistem nos erros e incoerências, mas isso é outra história, é o livre-arbítrio.
   A Doutrina espírita não é "ferro e fogo", é antes, um aralto de conforto e amor incondicional à todos os seres, céticos ou não.
   Vamos ao 3° parágrafo: Kardec assinalou muito bem sobre a ciência, visto que a mesma não consegue nem descobrir a cura para o cancêr, que derá descobrir "suspiros" em outros orbes.
   Com relação ao item 4 - sem a doutrina espírita a ciência ainda estaria submersa em apenas procurar "pedras" em outros planetas. O véu ainda não pode ser levantado, caro Moimoi. Passe pelo blog do nosso irmão Livre Pensador - olivrodosporques.blogspot.com
   Lá existe uma entrevista com o professor Moacir de Araujo Lima, físico. O mesmo é questionado em determinada pergunta:"...os estudiosos da física, especialmente os mais destacados, chegam a perceber a grandeza das Leis Divinas através de tais acontecimentos?
   E o professor respondeu: - "Ao investigar as leis naturais e a ordem que a elas subjaz, os estudiosos veem uma manifestação de inteligência. Tais leis não surgiriam ao acaso. Manifesta ordem."
   Tenha certeza, irmão Moimoi, que não somos nós os responsáveis por essa "ordem".
   Quanto ao item 5 - não almejo ajuda "deles" e sim trabalhar incessantemente, envolvendo-me de estímulos edificantes na seara do bem e do conhecimento para que um dia possa eu, ainda "ser" rastejante neste pequeno planeta, servir ao Universo, contribuir de alguma forma para que a ordem não seja rompida. Romper os grilhões da impaciência, do egoísmo que ainda me fazem permanecer aqui.
   Porque, venhamos e convenhamos, nós terráqueos (logo seremos extraterrestres), ainda nos encontramos submersos na mediocridade de que somo únicos em toda galáxia.
   Paz
   
               
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 21 de Janeiro de 2011, 18:13
Estimada  Nilma,

É produtivo conversar com você, pois seus ponderamentos abrem-me sugestões interessantes de investigações e estudos.  Minhas respostas seguem após “MOIMOI”.

NILMA: Com referência ao seu 1° parágrafo de resposta, dá-se a impressão , quando vc fala, que enquanto desencarnados ficam-se por aí, perambulando de um lado para o outro. Mas acredito que isto seja irracional, tendo em vista que aqui, "planeta de provas e expiações", estamos todos, ou quase todos, trabalhando e estudando em determinados lugares que nos é pertinente ao nosso desenvolvimento nesta atual "vida".
   Na maioria dos livros psicografados, os espíritos relatam sobre lugares tidos como "colônias" ou "instituições de tratamento" (ver livro "Espiritismo e Vida Eterna" - um livro investigativo de Ariovaldo Caversan e Geziel Andrade - Editora do Lar/ABC do Interior) - O livro foi escrito embasado no estudo disciplinado e na observação prática dos postulados da codificação de Allan Kardec.
   O estudo também é dedicado à todos os espíritos cujas comunicações transmitidas através do querido médium Francisco Cândido Xavier, os quais tornaram possível tal estudo. Na pg. 30 há pequenos trechos de alguns relatos dos próprios espíritos, sobre o "morrer".
   Eis alguns:

                   -"...Até que enfim, acordei num quarto de hospital ou casa de repouso."(Mensagem do espírito Carlos Gomes a sua esposa, publicada no livro "Adeus solidão".

                   -"...notei que me achava numa instituição de tratamento, pois o n° de pessoas vestidas de branco era muito grande e todos esses funcionários se caracterizavam por sigilosa discrição."(Mensagem do espírito Sérgio Osório Penna a seus pais, publicada na Folha Espírita (SP)- Abril(86 - Ano XII, n° 145).

                   -"...Acordei num quarto de hospital, arejado e reconfortante."(Mensagem do espírito Conceição Interlando Neto, "Titina", a seu esposo, publicada no livro "Quem são".


MOIMOI: se meu escrito lhe deu a impressão de que acredito que os desencarnados fiquem vagando ao léu, esclareço que não é esta minha suposição. Para dizer a verdade, não faço a menor idéia de como será a condição dos mortos, por isso abstenho-me de externar opinião. Porém, Kardec tinha idéia bem definidas, às quais contrastavam com as propaladas por Francisco Xavier. Se examinar o Livro dos Espíritos encontrará as idealizações do codificador, ditas recebidas dos espíritos. Nessa leitura, notará que, ao lado de erros a respeito dos viventes em outros planetas (planetas esses que não abrigam vida), encontra-se explicitada a situação dos desencarnados.

A suposição de que existam hospitais no além foi popularizada por Chico Xavier. Poderemos discutí-la mais adiante, mas, de antemão, informo que não vejo fundamento para tal fantasia...

Há um aspecto importante que deve ser ressaltado: muitos estudantes da doutrina parecem não perceber que Kardec postulou, para todos os mundos, uma esfera material e outra espiritual. É comum encontrar-se espíritas afirmando que os habitantes de diversos planetas do sistema solar são espíritos, por isso não podem ser detectados. Não é bem assim. Na visão do codificador, assim como a Terra possui os encarnados e ao redor dela estão os espíritos; do mesmo modo ocorreria com os demais planetas. Desse modo, Marte teria sua população de seres materiais, habitando o planeta e estaria cercado pelos desencarnados marcianos, aguardando ocasião de reencarnar em Marte. Os espíritos só sairiam da esfera onde vivem após evoluirem o suficiente para passarem para outros planos.

Mas, vejamos como Kardec vislumbrou a situação dos espíritos desencarnados, aplicável para qualquer orbe: (LE = Livro dos Espíritos):


LE: 224. Que é a alma no intervalo das encarnações?
“Espírito errante, que aspira a novo destino, que espera.”

MOIMOI: Pois bem, o codificador definiu o desencarnado como “espírito errante”, ou seja, que vive na “erraticidade”. Vamos ver o que significa isso, considerando o ensino kardequiano:

LE: 225. A erraticidade é, por si só, um sinal de inferioridade dos Espíritos?
“Não, porquanto há Espíritos errantes de todos os graus. A encarnação é um estado transitório, já o dissemos. O Espírito se acha no seu estado normal, quando liberto da matéria.”

MOIMOI: Segundo Kardec, a erraticidade é o estado normal dos espíritos. Note que não há mínima alusão a qualquer coisa parecida com colônica espiritual.

LE: 226. Poder-se-á dizer que são errantes todos os Espíritos que não estão encarnados?
“Sim, com relação aos que tenham de reencarnar. Não são errantes, porém, os Espíritos puros, os que chegaram à perfeição. Esses se encontram no seu estado definitivo.”

MOIMOI: portanto, todos os espíritos desencarnados são errantes, a exceção são os espíritos puros.

LE: [REFLEXÃO DE KARDEC]: No tocante às qualidades íntimas, os Espíritos são de diferentes ordens, ou graus, pelos quais vão passando sucessivamente, à medida que se purificam. Com relação ao estado em que se acham, podem ser: encarnados, isto é, ligados a um corpo; errantes, isto é, sem corpo material e aguardando nova encarnação para se melhorarem; Espíritos puros, isto é, perfeitos, não precisando mais de encarnação.

MOIMOI: portanto, existem três estados em que o espírito pode se achar: 1) encarnado; 2) errante; 3) espírito puro.

LE: 227. De que modo se instruem os Espíritos errantes? Certo não o fazem do mesmo modo que nós outros?
“Estudam e procuram meios de elevar-se. Vêem, observam o que ocorre nos lugares aonde vão; ouvem os discursos dos homens doutos e os conselhos dos Espíritos mais elevados e tudo isso lhes incute idéias que antes não tinham.”

MOIMOI: então, a impressão que meus comentários lhe causou, conforme declarou: “dá-se a impressão , quando vc fala, que enquanto desencarnados ficam-se por aí, perambulando de um lado para o outro”. Em verdade, esta não seria minha pessoa quem tem essa visão sobre a espiritualidade, trata-se do ensinamento apresentado por Kardec.

Aí, veio Chico Xavier e coloriu o discurso do codificador com cidades aladas, construções sofisticadas, ministérios exóticos, sistema de transporte, comidas variadas, etc. Há quem diga que Xavier ampliou o discurso de Kardec, mas o que ele fez foi MODIFICAR radicalmente as proposições do pai do espiritismo.



NILMA: Com relação a 2° parágrafo, me parece que você é um daqueles que acredita que o homem pisou na lua. Tá bom, então... eu acredito em "vidas" em outros planetas também, mas não queira imaginar que são iguais a nós (dãhhh). Os habitats são infinitos aqui na terra, por onde olhas verás formas diferentes de vida se mexendo, vibrando, transmutando.
   Porque seria diferente lá fora???
   Nós, os espíritas, não precisamos "criar" suposições a respeito desse assunto. A Doutrina Espírita é Ciência, Filosofia e Razão, portanto não acredito que os que a ela se vinculam devam se preocupar com o que outras religiões, até mesmo outras doutrinas, e pessoas que se dizem espíritas. "São Tomé?? Ver para crer?" Esse "mundo" foi criado, com suas árvores, rios, animais, para que pudéssemos ter um lugar onde nos purificássemos, alguns conseguem, outros ainda persistem nos erros e incoerências, mas isso é outra história, é o livre-arbítrio.
   A Doutrina espírita não é "ferro e fogo", é antes, um aralto de conforto e amor incondicional à todos os seres, céticos ou não.
   
MOIMOI: Seu lindo ponderativo passa distante da questão da pluralidade. Entendi que, no seu modo de ver, a Ciência e a tecnologia não encontram seres vivos (e inteligentes) em outros planetas porque eles “são diferentes”. Ora, minha cara amiga, “ser diferente” não significa “ser indetectável”. A não ser que se tratasse de viventes tão profundamente distintos de qualquer forma de vida conhecida ou imaginável, ao ponto de tornar o contato produtivo impossível. Mas, creio que nenhum espírita defenda tal proposta. Assim, mesmo sendo seres diferentes, seriam reconhecidos como viventes. Nesse caso, o “problemão” continua a existir: diversas sondas de pesquisa, dotadas de instrumentação altamente sofisticada não detectou vida na lua, nem em Marte, nem em Saturno, nem... A conclusão inevitável, infelizmente, é que Kardec errou (ou ele ou os espíritos, supondo que realmente contatasse entidades desencarnadas) e que a doutrina da pluralidade dos mundos habitados é insustentável.

Quanto à questão da doutrina ser confortadora, não tenho objeções. Porém, aí estaríamos no campo eminentemente religioso. Estamos, por ora, falando a respeito da afirmada vertente científica do espiritismo.



NILMA: Vamos ao 3° parágrafo: Kardec assinalou muito bem sobre a ciência, visto que a mesma não consegue nem descobrir a cura para o cancêr, que derá descobrir "suspiros" em outros orbes.
   

MOIMOI: está sendo injusta com a Ciência, pois esta consegue descobrir muita coisa (tanto que o conhecimento vem evoluindo) e já existe cura para o câncer sim, em muitos casos. Acontece que o trabalho de ampliar o saber é tarefa penosa, não é mágica; é preciso arregaçar mangas e partir para a labuta. Por outro lado, a sabedoria dos espíritos não tem ajudado no aprimoramento científico: os espíritos bem que poderiam dar uma forcinha e nos ajudar a encontrar a chave para a cura definitiva do câncer, de várias moléstias insidiosas, e outras realizações.  Porém, parecem  preferir o proferimento de declarações de cunho moral que, conquanto sejam edificadoras, não cooperaram para a evolução do conhecimento. Note que as mesmas críticas que faz a respeito da pouca capacidade da Ciência (críticas estas que não parecem bem refletidas) podem ser dirigidas à “ciência espiritual” quem ainda não  contribuiu, em termos efetivos, para aprimorar a capacidade do homem em mitigar suas  dores.
-continua-
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 21 de Janeiro de 2011, 18:21
- continuação -


NILMA: Com relação ao item 4 - sem a doutrina espírita a ciência ainda estaria submersa em apenas procurar "pedras" em outros planetas. O véu ainda não pode ser levantado, caro Moimoi. Passe pelo blog do nosso irmão Livre Pensador - olivrodosporques.blogspot.com
   Lá existe uma entrevista com o professor Moacir de Araujo Lima, físico. O mesmo é questionado em determinada pergunta:"...os estudiosos da física, especialmente os mais destacados, chegam a perceber a grandeza das Leis Divinas através de tais acontecimentos?
   E o professor respondeu: - "Ao investigar as leis naturais e a ordem que a elas subjaz, os estudiosos veem uma manifestação de inteligência. Tais leis não surgiriam ao acaso. Manifesta ordem."
   Tenha certeza, irmão Moimoi, que não somos nós os responsáveis por essa "ordem".
   

MOIMOI: minha prezada, tenha em mente um fato: a Ciência é basicamente materialista. Não confundir com “ateísta”. O cientista não tem Deus por objeto de estudo, porque a divindade está além do escopo da pesquisa. A Ciência, por regra, só pode pesquisar “coisas” que possam ser analisadas e cujos experimentos possam ser replicados por outros estudiosos. Em relação à espiritualidade inexistem condições que permitam a investigação científica. Talvez você discorde e fale das pesquisas do paranormal (que, para alguns, equivale a investigar a espiritualidade). Porém estas, mesmo sendo efetuadas com protocologos científicos, após mais de século de aferições, ainda não produziram nada de concreto. Entretanto, o fato de a Ciência ser materialista não impede que cientistas possam ser religiosos, alguns o são, outros não.

Você afirma que foi a doutrina espírita que incrementou a investigação astronômica (pelo menos assim entendi). Lamentável engano, a astronomia nunca partiu de propostas espíritas para fomentar pesquisas de qualquer espécie. Ao contrário, é o espíritismo que procura em proposições da Ciência, da física quântica,  assertivas que possam harmonizar com a doutrina. O fato é que Kardec (ou os espíritos que o assessoravam) não realizaram qualquer previsão que norteasse investigação em qualquer ramo da Ciência. Tampouco propuseram caminhos que pudessem ser trilhados com a finalidade de acelerar o conhecimento. Se souber de fato de desminta o que estou afirmando, por favor, noticie.

Li a entrevista do Professor Araujo. Ele defende proposta desafiadora: casar religião com ciência. Trata-se de ideal aceitável. Não vejo razão para desmerecer o projeto. Contudo, o professor advoga como firmadas considerações com as quais a maioria dos cientistas não concordaria. Podemos dizer que a idealização lucubrada pelo físico seja a de uma ciência mística, à semelhança de alguns gurus da atualidade, quais Amit Goswami, Deepak Chopra, Fritjof Capra,  etc.

Ainda, o professor parece alegar que a física atual foi toda reformulada, tornando-se mais “espiritualizada”, nada menos correto. Essa idéia de que a física quântica está provando a espiritualidade não passa de fantasia. Pincei algumas declarações do Moacir de Araujo, vamos examiná-las:

MOACIR: O modelo mecanicista, base da física tradicional, descrevia o Universo em função das propriedades da matéria, em cuja substancialidade repousavam as leis científicas. A postura natural do cientista se enquadrava no materialista.

MOIMOI: observe que ele fala no pretérito imperfeito, como algo que já foi, mas atualmente seria diferente. Em verdade, a postura científica pouco mudou em termos materialistas. Não aconteceu qualquer espiritualização da Ciência. Apenas alguns cientistas sonhadores defendem tal idéia.


MOACIR: Convém não esquecer, no entanto, que foram as proibições religiosas ao livre pensar e à investigação isenta, materializadas na inquisição, os fatores que mais afastaram os cientistas de qualquer postura de caráter religioso.

MOIMOI: essa é apenas parte da verdade. O caso é que a Ciência caminho noutra direção, diversa da seguida pela religião. Atualmente são duas formas distintas de buscar-se conhecimento. O trabalho científico não se confunde com a prática religiosa.


MOACIR: A conciliação de temas como Deus e a ciência é uma decorrência natural da evolução dos conceitos da Física. Fala-se atualmente em grau de consciência das partículas; o observador não é mais alguém que à distância observa fenômenos, mas sim um co-criador da realidade circundante.
É a mente do observador que faz o elétron assumir o comportamento de onda (energia pura) ou partícula (matéria).
Enquanto um físico tradicional tentaria descrever o Universo em função das propriedades da matéria, um físico contemporâneo nos dirá que o cosmos se compõe de duas coisas básicas: energia e intenção.

MOIMOI: a idéia de que o universo seja “um todo” consciente parece se aproximar do panteísmo. Também, soa-me temerária a afirmação de que é a mente do observador que determina o comportamento do elétron. Provavelmente, seria mais aceitável confessar que não conhecemos plenamente a natureza do átomo (e, consequentemente, a do elétron), daí seu corportamente nos parecer insólito. A esse respeito, considere  trecho do artigo “Charlatanismo Quântico”, de Victor J. Stenger, cuja leitura recomendo:

STENGER: “Certas interpretações da mecânica quântica, a teoria revolucionária devolvida no inicio do século vinte para explicar o comportamento anômalo da luz e dos átomos, estão sendo deturpadas de forma a implicar que apenas os pensamentos são reais e que o universo físico é o produto de uma mente cósmica à qual a mente humana está ligada através do espaço e do tempo. Essa interpretação tem fornecido uma base aparentemente científica para várias alegações de mente sobre a matéria, da PES à medicina alternativa. O “misticismo quântico” forma também parte do sustentáculo intelectual da asserção pós-moderna de que a ciência não pode dizer nada sobre uma realidade objetiva.” (disponível em http://acoruja.haaan.com/str_charl_quantico)
 

MOACIR: Universo é uma vasta rede de informações e os objetivos científicos são criados dentro da teoria. Hoje falamos em objetos materiais - os mais fracos candidatos a objetos científicos -, objetos platônicos e objetos ideais.
MOIMOI: esse “hoje” do professor Moacir, parece referir-se há alguns milênios. A concepção de objetos platônicos, objetos ideais, não é campo da ciência, trata-se de uma vertente da filosofia, calcada no pensamento de Platão.
MOACIR: Alguns lógicos modernos consideram que os números não são simplesmente criação da mente humana. Entendem que esses existiriam, mesmo antes de pensados pelo homem, num plano das idéias e aduzem: "mesmo que por um acidente de evolução o ser humano não se tivesse tornado capaz de abstrair, a idéia de número existiria em algum lugar, à espera de ser captada por mentes evoluídas". Esse "algum lugar" e essa idéia preexistente não nos remete a um plano superior, onde há pensamento e, conseqüentemente inteligência?

MOIMOI: esses “lógicos” de que nos fala Moacir são platonistas e pitagóricos modernos, porém cultivam postulações antigas. A idéia de que números são entidades autoexistentes engedra discussões interessantes, mas não vai além disso. Platão, por sua parte, acreditava que cada coisa existente seria reflexo de uma “Forma” perfeita, existente noutra dimensão. Todas as cadeiras do mundo, por exemplo, proviriam de uma “cadeira eterna”, que reuniria em si a forma perfeita que qualquer cadeira no mundo jamais conseguiria reproduzir. Entretanto, o aluno mais brilhante de  Platão − Aristóteles − já contestava: “o platonismo, ao duplicar as coisas existentes, dificultou a compreensão do mundo”. E parece que o professor vem agora com a mesma proposta complicativa de séculos passados...

MOACIR:  A Nova Física e o Espírito trata exatamente dessa aproximação epistemológica entre a ciência e a espiritualidade. Aliás, lembra a famosa discussão sobre a natureza do elétron: seria onda ou partícula. Às vezes seu comportamento era ondulatório; outras vezes corpuscular.
Depois de muita discussão dos físicos, surge De Broglie e diz: "O elétron é algo que às vezes se comporta como onda e às vezes como partícula". Foi uma declaração revolucionária, porque onda e partícula eram conceitos mutuamente excludentes. E diante da pergunta: O que é de fato o elétron? De Broglie já responderia: Algo que às vezes se comporta como onda e às vezes como partícula. Algo que não podemos dizer exatamente o que é. Algo que descrevemos de diferentes maneiras, conforme se apresenta à nossa limitada observação.

MOIMOI: o discurso de De Broglie, traduzido em poucas palavras, pode assim ser transcrito: “não conhecemos completamente as peculiaridades do elétron”. Alguns partem desse desconhecimento para formular conjecturas que só estão limitadas pela imaginação de seus propositores.

MOACIR: Encontramos em Kardec e em Chico Xavier descrições semelhantes, quando esses mestres apontam para diferentes graus de densificação da matéria, que não é causa e sim conseqüência, e usam expressões como "matéria quintessenciada", em Kardec e "a matéria é filha da luz", em Chico Xavier antecipando-se à Física de seu tempo. As leis universais não obstam; pelo contrário, auxiliam a compreensão da realidade espiritual, que é a essência, a realidade primordial.

MOIMOI: as correlações que Moacir de Araujo faz entre as declarações de Kardec e de Chico Xavier com a física moderna são espúrias. Ele toma algumas expressões nebulosas desses personagens(“matéria quintessenciada”; “a matéria é filha da luz”) e as considera prenúncios do discurso científico moderno. Nada há como sustentar tais alegações. Nem Kardec, nem Chico desenvolveram reflexões em amplitude suficiente que pudessem ser consideradas profecias científicas. Se houve isso, peço-lhe, mostre exemplos, ou peça-os ao professor.
- continua-
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 21 de Janeiro de 2011, 18:24
- continuação-

MOACIR: Hoje admitimos tranqüilamente a existência da percepção extra-sensorial.

MOIMOI: a percepção sensorial, até o presente momento, é uma hipótese não confirmada. Diversos pesquisadores procuram evidências dessa “força”, mas tudo o que se tem de concreto são pequenos indícios não conclusivos. As boas investigações a respeito da PES dão conta de que nada há de efetivo sobre sua existência.

Deixo um trecho de esclarecedor artigo, de de Alexandre Fontes da Fonseca, insuspeito em virtude de ser espírita confesso, o qual também recomendo a leitura completa (os realces no texto − CAIXA ALTA − foram feitos por mim)

“FÍSICA QUÂNTICA E ESPIRITISMO I:  UM ALERTA!
 Alexandre Fontes da Fonseca - Grupo de Estudos Avançados Espírita
Publicado no Boletim GEAE Número 465 de 4 de novembro de 2003

Apesar dos fenômenos ao nível quântico revelarem uma realidade muito diferente da que estamos habituados, carecemos ainda de maiores pesquisas antes de afirmar que a Física Quântica está confirmando os princípios espiritualistas.

A Física Quântica tem sido considerada, no meio espírita, como em alguns grupos religiosos, como sendo aquela que vai confirmar a existência de Deus e do espírito. Nesta matéria, temos um ponto de vista mais cuidadoso do que é normalmente apresentado.

De fato, os fenômenos ao nível quântico têm feito os cientistas se sentirem incomodados e perplexos já que eles mostram que na realidade os nossos cinco sentidos nos fazem crer numa verdade ilusória. Porém, isso não significa que a Física Quântica esteja admitindo a existência de “algo exterior” ou “além da matéria”, conforme proposto pelas doutrinas espiritualistas. O movimento espírita deve, portanto, ser cuidadoso ao divulgar idéias ligadas aos fenômenos espíritas e àquelas propostas pela Física.

Nesta matéria um importante alerta é feito: afirmativas como “o perispírito causa a flutuação do vácuo quântico”, “a Física Quântica prova a existência de Deus” e “o espaço-tempo negativo representa o mundo espiritual”. ESTAS AFIRMATIVAS CARECEM DE CREDIBILIDADE TANTO CIENTÍFICA COMO ESPÍRITA, PORQUE NÃO FORAM OBTIDAS CONFORME CRITÉRIOS CIENTÍFICOS E DA DOUTRINA ESPÍRITA.

Não se sabe como essas conclusões foram obtidas e que passos teóricos e experimentais foram seguidos para obtenção do resultado final. PARA QUE UMA AFIRMATIVA SEJA CONSIDERADA CIENTÍFICA, NÃO BASTA QUE ELA ENVOLVA UM ASSUNTO CIENTÍFICO E NEM QUE O AUTOR DESSA AFIRMATIVA SEJA CIENTISTA. É preciso que seja apresentada uma explicação mais detalhada e doutrinariamente embasada.

APESAR DAS NOBRES INTENÇÕES DE NOSSOS IRMÃOS QUE DIVULGAM ESSAS IDÉIAS, ELAS PODEM TRAZER CONSEQUÊNCIAS NEGATIVAS PARA O MOVIMENTO ESPÍRITA. Para entendermos melhor o enfoque do problema, citamos Kardec (ítem VII da Intro-dução de O Livro dos Espíritos[1]):
“Na ausência de fatos, a dúvida é a opinião do homem prudente”. Esta é a principal razão pela qual se deve tomar cuidado na divulgação de idéias e teorias espíritas que utilizem conceitos das outras ciências.

Como os paradoxos da Física Quântica ainda não foram resolvidos pelos cientistas, é prudente esperarmos pelo desenvolvimento das pesquisas nesta área, de modo que possamos, como espíritas, nos posicionarmos melhor perante elas. Pelo simples fato de que nem todos os resultados experimentais da teoria quântica foram totalmente explicados, não autoriza ninguém a afirmar, por exemplo, que Deus ou o espírito é que estão por trás desses fenômenos. Esta atitude é equivocada, não-científica e, o que é pior, expõe o Espiritismo a críticas desnecessárias, afastando as pessoas que trabalham no meio científico e que conhecem bem o assunto.”


NILMA: Quanto ao item 5 - não almejo ajuda "deles" e sim trabalhar incessantemente, envolvendo-me de estímulos edificantes na seara do bem e do conhecimento para que um dia possa eu, ainda "ser" rastejante neste pequeno planeta, servir ao Universo, contribuir de alguma forma para que a ordem não seja rompida. Romper os grilhões da impaciência, do egoísmo que ainda me fazem permanecer aqui.
Porque, venhamos e convenhamos, nós terráqueos (logo seremos extraterrestres), ainda nos encontramos submersos na mediocridade de que somo únicos em toda galáxia.

MOIMOI: Conforme falei, nada tenho contra sua crenças, expectativas, sonhos, ou o que seja. Se as coisas acontecerem conforme imagina, provavelmente será bom!  E, espero que seja bom para todos nós...

Cordiais saudações
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Nilma dos Santos em 22 de Janeiro de 2011, 15:45
Caro Moimoi, obrigada pelas considerações a meu favor, também gosto de estar nesta conversação com você, pois nos faz refletir e ponderar os fartos temas relacionados a Doutrina Espírita.

   No seu 1° Moimoi (rsrs), você diz que Marte também deveria ter seres humanos, assim como aqui. Mas aí entra a questão das diferenças: - no livro "Nosso Lar" (sei que você não gosta dele - mas é o assunto do momento) André Luiz nos primeiros momentos do outro lado se alimenta como se alimentava aqui (Terra); após algum tempo esse desejo desaparece e ele passa para a ingestão de "fluidos".
   Acredito eu (minha humilde opinião,tá?) que nos "outros" mundos todo o contexto de "Terra" não cabe, tendo em vista a pluralidade de localização, temperatura, ambientação, forma, etc.. talvez não caiba à "eles" que nós existimos. Pode até ser que "eles" achem isso uma aberração (imagina!!! vida em outros planetas).
   Porque "lá", assim como nós, devam estar cumpridos determinados propósitos e todo o esclarecimento vem gradativo, para não haver "choques".
   Quanto ao LE vou relê-lo novamente, pois as vezes nos foge mesmo, algo de nossa compreensão na primeira lida.

   - Moimoi, você diz que Marte também deveria ter seus "seres materiais", assim como nós. Mas quem me garante que prá "eles" nós somos espíritos e eles os "seres mareriais"?? Entendeu o que quero dizer??
   Existem zilhões de estrelas, planetas, buracos negros... quando você olha o céu em noite agradável, vê quantas estrelas?? Pois nós não enxergamos 1/10 do que existe.

   - Se a teoria de que Kardec veio de Capella para cá, porque nós não poderíamos ir daqui prá lá??
   Com referência a resposta do LE(224): "Espírito errante, que aspira a novo destino, que espera."
   Espera onde??
   Na Bíblia, Jesus falava por parábolas, porque o povo daquela época conseguia entender melhor assim. O mesmo pode ter acontecido quando os "Espíritos"  falavam para Kardec.
   Como eu te disse: o véu é levantado aos poucos, tudo tem seu tempo de compreensão e
esclarecimento.
   Na questão LE(225): "... O Espírito se acha no seu estado normal, quando liberto da matéria."
   Ora, pois pois, no nosso estado normal somos espírito, fumaça, ar, o que melhor definir. E eu entendo que, quando ele diz, no seu estado normal, é porque "chegamos em casa", "voltamos a ser o que realmente somos".
   Volte na questão LE (225) e vamos desmembras esta questão:

   - A erraticidade é, por si só, um sinal de inferioridade dos espíritos?
    R: Não, porquanto há Espíritos errante de todos os graus. (aqui é ponto: porque sabemos que todos nós o somos, caminhando para a evolução; uns lá atrás, outros em vias de melhoramento, e outros chegando "lá").
   "... A encarnação é um estado transitório, já o dissemos. O Espírito se acha no seu estado normal, quando liberto da matéria."(Aqui é outra questão, não tem nada a ver com erraticidade. "Ele" está dando um complemento à frase com novas informações.)
   No meu ponto de vista, o "Espírito" quis dizer que há errantes de diferentes graus. Porém, a encarnação é um estado transitório, isto é, de evolução.
   Quando nós nos acharmos em nosso estado normal, poderemos ponderar e refletir erros e acertos enquanto estávamos na matéria.

   LE(226): Com relação à esta questão, sei que ainda sou "errante" e terei que voltar várias e várias vezes. Porque nós, enquanto filhos da Inteligência Suprema não podemos nos considerar perfeitos pois sabemos que estamos longe disso, que é nosso objetivo principal; ou seja..."brilhe a sua luz." (Jesus)

   - Você diz que todos os espíritos desencarnados são errantes. E eu digo: sem sombra de dúvida.
   Com exceção dos espíritos puros... esses voltarão para cá por amor por nós, para nos ajudar na escalada do progresso moral e espiritual.
   Na questão LE (227): reflita comigo: estudam onde??? vão aonde???
   Na Biblioteca Pública é que não é, não é??
   Moimoi, a interpretação de uma leitura é distinta para todo o ser vivente, por isso que existem os debates, grupos filosóficos, fóruns, para que possamos analisar o conteúdo lido de uma maneira harmoniosa (sem fanatismo). E eu estou adorando "filosofar" com você. Por isso, se eu escrever algo que você fique chateado, não fique, eu sou assim mesma, da "pá virada".
   Sobre a Ciência e a Tecnologia não encontrarem seres vivos, não vão mesmo. Estão mortos, não é mesmo??(rsrs)
   Brincadeira, agora falando sério, eu não consigo acreditar que você, com tantos livros lidos, com tanta informação acumulada sobre a Doutrina e os Espíritos, nunca tenha sentido "eles" perto de você. Nunca??
   Então, sinto informar mass... "você está perdendo o melhor da festa."

   Se a Ciência não consegue "vê-los" aqui, vai vê-los lá???

   Quanto a resposta do 3° parágrafo:
   - estamos num plano de "provas e expiações" ( e dá uma olhada abaixo do meu nome à esquerda - eu estou mesmo!!)
   Quanto à ajuda dos espíritos no aprimoramento científico, eles fazem o que pode, por hora. Quem me garante se "eles" já não apontaram o caminho para a cura do câncer... mas a ganância dos laboratórios farmacêuticos, governos e distribuidoras nos relega à própria sorte. Ouviu falar dos medicamentos de placebo?? Não foi revoltante??
   Só a mudança de ordem moral, que atingirá a ética, fará que mudanças significantes ocorram realmente para o bem de toda a sociedade.
   Por onde olhamos vemos sujeira, desordem, empecilhos na distribuição de remédios para doentes terminais, filas angustiantes de irmãos querendo seus direitos, mas os usurpadores, vampirismo mesmo, do dinheiro público, estão entorpecidos pelo ópio do dinheiro fácil.
   Enquanto nós não nos depurarmos, realmente a "ciência espiritual", a "ciência da moral e ética", a "ciência do amor ao próximo" não se fará ser escutada, e olha que ela é bradada por todos que já "retornaram" através de mensagens de toda ordem.
   E você sabe disso.
   
   Quanto as provas cabais de investigação por parte da Ciência, no livro "A terra e o semeador" - Francisco Cândido Xavier/Emmanuel - Instituto de Difusão Espírita, 1975), na pg. 76 é perguntado ao Chico:
   P.- As sondas espaciais realizaram importantes investigações no sistema solar. Como o Plano Maior vê essas pesquisas?
   R.- A Astronáutica, na opinião de nosso caro Emmanuel, é a ciência bendita que convida o Homem para o estudo da grandeza do Universo.

   Na pg. 166, outra pergunta:
   P.- Chico, como a Espiritualidade define a busca da alma pelos soviéticos, que ainda agora revelaram ter fotografado o espírito?
   Aqueles que tradicionalmente são materialistas seriam no campo da ciência os pioneiros da comprovação que o Espiritismo sustenta há tanto tempo? 
   R.- Os Benfeitores Espirituais nos afirmam que as experiências científicas do materialismo tenderão sempre para as realidades do Espírito e que a Terra caminha para a integração da Ciência com a Religião para que atinjamos todos a felicidade e a paz, nos múltiplos campos do progresso da Humanidade.

   Quanto ao "quântico", vou verificar esse blog que você me passou.

  Quando você fala sobre Platão entendo ser ele espiritualista, tendo em vista sua tese de que "o que a mente pensa, já existe em outro lugar, outra dimensão."
   É quando vemos pessoas criando o belo e o inimaginável, coisa diferenciadas das que estamos acostumados ver, com cores, matizes e formatos incrivelmente fantásticos. E quando perguntados sobre o quê os inspirou eles simplesmente dizem: - Não sei, apareceu na minha mente.
   Será que essa imagem, pintura ou estátua já não teria sido vista em outra dimensão?
   Moimoi, o sr. Alexandre Fontes da Fonseca nos diz sobre as pesquisas feitas pela Física Quântica, a qual está sendo considerada como aquela que vai confirmar a existência de Deus e do Espírito.
   Eu, particularmente falando, não preciso de alguém me comprovando nada.
   Antes de aportar na Doutrina Espírita corri mundos, digo templos, igrejas, catedrais, procurando por algo que "gritava" em minha mente. Eu ansiava por respostas e as tive aqui.
   Quando, no começo, abria livros espíritas, eu tinha a nítida impressão que já sabia o que estava escrito, como se eu já o tivesse lido (vidas passadas?).
   Gosto de falar com você porque acalentamos os mesmos ideais e desejamos realmente que esse fórum abra mesmo, de fato, debates questionáveis e instrutivos para que possamos divulgar "nossa fé" com os pés no chão.
   Que os Benfeitores Espirituais cubra de luz o teu caminhar para que possas, o quanto puder, conservar a fé e assim levar palavras de consolo e de esclarecimento, fortalecendo nossos laços de irmãos espirituais.
   Paz ;)
   
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Mourarego em 22 de Janeiro de 2011, 16:02
Amiga Nilma, avaliando e ponderando sobre as colocações do Moimoi você diz:

"... A encarnação é um estado transitório, já o dissemos. O Espírito se acha no seu estado normal, quando liberto da matéria."(Aqui é outra questão, não tem nada a ver com erraticidade. "Ele" está dando um complemento à frase com novas informações.)"
Na verdade, digo eu, tem tudo a ver, observe que os Espíritos dizem: "(...) O Espírito se acha no seu estado normal, quando liberto da matéria"
Ora, esse estado de liberdade ou maior liberdade  só é conseguido na erraticidade.
O estado normal é o de Espírito, maninha.

aqui outro errinho de convicção: "LE(226): Com relação à esta questão, sei que ainda sou "errante" e terei que voltar várias e várias vezes. Porque nós, enquanto filhos da Inteligência Suprema não podemos nos considerar perfeitos pois sabemos que estamos longe disso, que é nosso objetivo principal; ou seja..."brilhe a sua luz." (Jesus)

Nilma, errante não significa estar errado ou errando, mas sim diz respeito ao estado em que todos os Espíritos se vêem quando têm que voltar á terra ou outro mundo onde tenham de reencarnar. Então só se está "errante" quando se estar livre das amarras que o corpo físico nos faz vivenciar.
Na terra, ou em mundo solidários e mesmo em outros mundos que não os Felizes, o Espírito erra, mas não está "errante".
Abração,
Moura



Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: ram-wer em 22 de Janeiro de 2011, 16:53
Alô, Rodrigo e amiguinhos,

Ô, Moimoi, que história é essa de "seria de esperar que o autor..." (ou seja, que André Luiz fizesse referência a Nosso Lar em suas obras posteriores)?

Cê não leu a coleção A Vida no Mundo Espiritual?  São mais de 10 livros, e quase todos fazem referência a Nosso Lar, colônias astrais, veículos astrais, educandários, etc.

Voltando ao tema: Antes de André, 8 anos antes, Chico recebera o livro CARTAS DE UMA MORTA, ditado por sua própria mãe, com descrições excelentes sobre a vida (física) em Saturno e Marte. [attach=1 align=left]Seria um atestado de nonsense a gente achar que Chico fora iludido por alguém que se fazia passar pela mãe do médium.  Que a gente não acredite em mediunidade, tudo bem.  Agora, crer que um médium seguro, dedicado e evangélico foi enganado desse jeito...



Grande Rodrigo, parabéns pelo tema.  Espero voltar em breve.

Abrações, Ram



Prezada Nilma Santos,

Respondendo:

1 – O livro “Nosso Lar”, se visto como descrição da realidade é obra sem fundamento; olhado  como ficção trata-se de bom exercício de criatividade. Se  a produção lidasse efetivamente  com a realidade espiritual, seria de esperar que o  autor  dela fizesse referência em suas obras posteriores e anteriores. Nas milhares de cartas que Chico psicografou de supostos mortos, enviando recados aos parentes vivos, nenhum deles fala de estar residindo em “Nosso Lar” ou em qualquer outra imaginada colônia. Considere, ainda, que a idéia de “colônias espirituais” entra em choque com o próprio ensino de Kardec, que não propôs nada nem de longe parecido...

2 – quanto à idéia de Kardec de mundos habitados, o codificador foi taxativo “todos os orbes são habitados”. Esta declaração criou um problemão para o espiritismo. Kardec acreditava que, com o desenvolvimento da Ciência, a hipótese que defendia, de vida abundante no cosmos seria confirmada. Para ele, até a lua abrigava seres inteligentes. Entretanto, a Ciência evoluiu e não ratificou a crença, ao contrário, presentemente a Ciência mostra que se houver vida fora da Terra será fato raro e não corriqueiro, diferentemente do que imaginava o criador do espiritismo. Então, na atualidade, os espíritas precisam criar suposições complementares, a fim de sustentar que a vida existe fartamente em todo o universo. O engraçado é que se discute muito a vida em Marte, defendo-se que seja formada por “matéria desconhecida”, como forma de salvar a doutrina da pluralidade dos mundos. Porém, ninguém mais advoga que haja vida na lua. O que é uma incoerência, pois para demonstrar que a tese de Kardec estava, ao menos em parte,  correta, bastaria comprovar-se  viventes no satélite terrestre, o que seria bem mais fácil que em Marte.

Kardec recomendou: “se a ciência mostrar que o espiritismo está errado, fique-se com a ciência”. Acontece que esse conselho não é observado. Nenhuma revisão da doutrina foi realizada, embora a ciência venha mostrando que boa parte dos postulados espíritas (em termos científicos, bem entendido) estão incorretos. (...)


Felicidades.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Nilma dos Santos em 22 de Janeiro de 2011, 20:36
Irmão Moura, saudações (demorou prá aparecer, hein??)
   Quanto ao estado normal do Espírito, foi o que eu quis dizer: que estamos na nossa "normalidade" enquanto Espíritos. (desculpe se não me fiz compreender).
   Quanto à erraticidade, acredito eu que meu estágio (estou me esforçando) é ainda de andante, pois tenho consciência de minhas fraquezas e inabilidades com o próximo.
   Por isso disse que terei que voltar várias e várias vezes para minha total evolução.

P.S.: No dicionário Aurélio o significado da palavra errante é: que erra ou vagueia; erradio; andante.

     Paz
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Bruno Ervedosa em 22 de Janeiro de 2011, 21:38
Este tema de Extraterrestre tem muito pano para mangas.
Eu acredito em Deus como um Ser Espiritual e não como sendo um "alien".
Porém, não posso por de lado que seria um enorme desperdício de Universo da parte de Deus se só nos tivesse criado a nós. Acho que existe vida interplanetária, mas não passa da hipótese, porque não tenho nenhuma experiência que me permita afirmar que existam.
Deus posso afirmar que existe porque tenho a experiência com Ele. Já com os ETs não tenho nada que possa afirmar a 100% que existem, porque nunca vivenciei  algo que me permita dizer que existem. Porém, não ponho de lado a hipótese de que existem e que sejam mais evoluídos que nós.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MarcoALSilva em 22 de Janeiro de 2011, 23:10

Apenas uma opinião.

No livro "Iniciação" (Espírito Lincellin - Médium João Nunes Maia) há referência a veículos que são utilizados para transpor barreiras vibratórias com mais facilidade, ou até pela dificuldade de domínio das mudanças vibracionais do próprio perispírito. Tais veículos entrariam na esfera mais densa, atingindo até mesmo a matéria física.

Eu acho que é possível haver "naves" oriundas de outros planos ou mesmo de outros planetas com seres vivendo no plano físico porém bem mais avançados em tecnologia. Não acho que deva ser um critério excludente, mas sim concorrente.

Até por ser assim, creio que os seres que habitam a matéria densa não habitam planetas próximos exatamente para que não haja contatos prematuros de uma e outra civilização.

Nessa área, o bom é que podemos especular bastante...  ;)
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MOIMOI em 22 de Janeiro de 2011, 23:24
Prezado Ram-Wer,

Realmente, não li a coleção referida ("A vida no mundo espiritual"). Porém, o autor ao qual me refiro é Chico Xavier: André Luiz não existe. Em minha opinião, André Luiz,  e os demais espíritos que acompanhavam o médium, são lucubrações da própria mente de Francisco. Isso se conclui em virtude das peculiaridades psíquicas do homem de Uberaba. Chico Xavier era dado a ter visões (e alucinações) e os personagens que criava não tinham raízes na realidade. Diversos pesquisadores queimam a mufa tentando identificar quem fora André Luiz, vários candidatos surgiram, mas sempre há óbices para que sejam aceitos (noutra oportunidade, podemos discutir mais detalhadamente essa encrenca identificativa).

Também, o guia-mentor de Chico, EMMANUEL, é claramente um personagem imaginado: as origens históricas dessa figura, propaladas pelo próprio Chico (que fora Publio Lêntulo, senador romano, etc.) não passam na peneira da aferição do passado romano. Nunca houve um Publio Lêntulo nos moldes descritos por Xavier.

Na década de 1970, se não estou equivocado, Chico passou a receber mensagens de mortos, que enviavam recados a seus parentes, e inaugurou um novo capítulo em sua lide mediúnica. Foram milhares de cartas psicografadas e, até onde sei, em nenhuma delas há qualquer citação sobre “Nosso Lar”, ou qualquer outra colônia espiritual. O que é de estranhar, pois Chico, com seu livro referido (Nosso Lar) parecia trazer revelação inédita sobre o além, para alguns, ampliando o conteúdo da Codificação, notadamente o “Livro dos Espíritos”. Então, seria de esperar que as almas que comunicassem pela pena grafológica do médium, dessem descrições complementares das colônias espirituais onde habitassem. Qual o quê, nenhuma informação, nenhum comentário... O que é, no mínimo, muito estranho...

Quanto ao livro “Cartas de Uma Morta”, trata-se de um quase-plágio da obra de Flammarion, uma vez que as idéias do astrônomo francês foram, em boa parte, reproduzidas no escrito de Chico. Além disso, as investigações astronômicas  não corroboraram as descrições da vida marciana propostas por Chico (nem por Flammarion). O que comprova que o livro é trabalho ficcional e não descrição de uma suposta realidade extraterrestre.

Chico não foi “iludido” por nenhum espírito, apenas levou adiante seu sonho de que comunicava com o além e, dado ao grande talento, criatividade e memória que possuía, pôde realizar os singulares feitos redativos que produziu. Em suma, uma figura admirável, porém todas suas realizações estavam adstritas a este mundo...

Talvez possamos conversar mais detalhadamente sobre o caso...

Saudações fraternais.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Nilma dos Santos em 23 de Janeiro de 2011, 01:35
Caro Bruno... você mencionou que: "Acho que existe vida interplanetária, mas não passa da hipótese, porque não tenho nenhuma experiência que me permita afirmar que existam."
   Na minha tenra idade de 16 anos vi sim um OVNI, bem como minha mãe, pai e tios. O fenômeno aconteceu à noite quando estávamos na calçada em frente de minha casa nos despedindo, quando um grande objeto ovalado de cor laranja surgiu acima de nossas cabeças (quando eu falo "grande" é porque era grande mesmo).
   De repente, desse grande objeto saíram 03 iguais a grande, mas de luz diferente e de pequena dimensão. As pequenas assim como apareceram, desapareceram para "dentro" da grande; e quando desapareceu, a grande, foi como se tivesse sido sugada para dentro do céu negro. Tudo aconteceu rápido, muito rápido e ficamos paralisados olhando uns para os outros.
   Foi extraordinário... fantástico!!
   Após uns dias do acontecido, ouvimos no noticiário que o fenômeno, tal qual tínhamos presenciado, foi visto também em Campo grande (MS), num estádio, durante uma partida de futebol. Interessante notar que aconteceu no exato momento que aconteceu para nós, que estávamos em Maringá (PR), com diferença de fuso horário e tudo.
   Achei oportuno relatar para você essa minha experiência, mas o que estamos debatendo no momento é onde ficam os Espíritos, quem são eles, quem somos nós.
   Estamos tentando desvendar, através da DE se há realmente planetas habitados.
   Paz
   
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Bruno Ervedosa em 23 de Janeiro de 2011, 10:23
Olá Nilma!
De facto é uma experiência incrível e com bastantes testemunhas! Gostava de poder participar de uma experiência como a sua.
No meu caso, ainda estou na fase "I Want To Belive". Eu quero acreditar, mas quero acreditar porque vi e vivi a experiência.
Terei de aguardar pela minha oportunidade.  ;)
Caro Bruno... você mencionou que: "Acho que existe vida interplanetária, mas não passa da hipótese, porque não tenho nenhuma experiência que me permita afirmar que existam."
   Na minha tenra idade de 16 anos vi sim um OVNI, bem como minha mãe, pai e tios. O fenômeno aconteceu à noite quando estávamos na calçada em frente de minha casa nos despedindo, quando um grande objeto ovalado de cor laranja surgiu acima de nossas cabeças (quando eu falo "grande" é porque era grande mesmo).
   De repente, desse grande objeto saíram 03 iguais a grande, mas de luz diferente e de pequena dimensão. As pequenas assim como apareceram, desapareceram para "dentro" da grande; e quando desapareceu, a grande, foi como se tivesse sido sugada para dentro do céu negro. Tudo aconteceu rápido, muito rápido e ficamos paralisados olhando uns para os outros.
   Foi extraordinário... fantástico!!
   Após uns dias do acontecido, ouvimos no noticiário que o fenômeno, tal qual tínhamos presenciado, foi visto também em Campo grande (MS), num estádio, durante uma partida de futebol. Interessante notar que aconteceu no exato momento que aconteceu para nós, que estávamos em Maringá (PR), com diferença de fuso horário e tudo.
   Achei oportuno relatar para você essa minha experiência, mas o que estamos debatendo no momento é onde ficam os Espíritos, quem são eles, quem somos nós.
   Estamos tentando desvendar, através da DE se há realmente planetas habitados.
   Paz
   
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Lucazan em 23 de Janeiro de 2011, 17:55
Caro Moimoi,

Cito post #51
MOIMOI: portanto, existem três estados em que o espírito pode se achar: 1) encarnado; 2) errante; 3) espírito puro.
Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/artigos-espiritas/extraterrestre/45/#ixzz1Bshfy4Q2

Concordo com esses 3 estados em que o espírito pode se encontrar, mas esta faltando 1 estado, e estado em que o espírito encontra-se em pertubação.
E nesse estado, que o espírito enfrenta todos os seus tormentos, isto de forma moral e a duração pode ser de séculos. Neste estado, apesar de ser reconhecerem como espírito, ele não tem o conhecimento de si mesmo e não consegue se libertar da matéria. Ele continuando acreditando que tem um corpo humano e todas as suas necessidades. É neste estado que acabam se agrupando e criam as colônias onde mantém as suas necessidades, até readquirirem o conhecimento de si mesmo e verem as coisas como realmente são.

Abraços
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: ram-wer em 23 de Janeiro de 2011, 18:08
Ô, Moimoi,

Achei legal a sua resposta, embora eu discorde de quase tudo.  Você sabe "bater de frente" sem quebrar os vidros, rssrsrs.

Mas não vamos fugir do tema proposto pelo Rodrigo.  Creio que a intenção dele é tratar da vida extraterrestre física, vida em Marte, por exemplo.

Então me vem a seguinte lembrança:  o continente em que hoje habito, América, foi objeto de controvérsia em toda a Europa, até o final do século XV.  Navegantes "não oficiais", "não reconhecidos" falavam de nossa terra, ao fim do Atlântico.  Navegadores orientais já tinham visitado o litoral americano, séculos antes. 

Era o maior "existe" x "não existe".  Oficialmente, ganhava o "não".  O povo litorâneo juntava todas as informações que lhe pareciam interessantes e sensacionais, misturava com sereias,  e monstros marinhos, pra no final dizer "existe". 

Quem estava mais certo?  Acho que era o povo, com suas lendas, porque na origem elas se baseavam em comunicações remotas, não comprovadas oficialmente (porque não tinham a chancela de El Rei e, muito menos, da Igreja).

Trazendo bem pro feijão com arroz, acredito plenamente nas fotos de Marte obtidas pelas sondas russas e americanas.  Igualmente, acredito nos relatos de Ramatis, Maria João de Deus e Humberto de Campos sobre a vida física naquele planeta.

Creio que a resposta virá em algumas décadas, quando nossa ínfima Ciência conseguir divisar outras dimensões do plano físico.  Assim, é possível que "aquele" Marte dos livros mediúnicos seja uma esfera física mais sutil, concêntrica em relação ao Marte que a gente vê nas fotos atuais.

Abraços, RW

Prezado Ram-Wer,

Realmente, não li a coleção referida ("A vida no mundo espiritual"). Porém, o autor ao qual me refiro é Chico Xavier: André Luiz não existe. Em minha opinião, André Luiz,  e os demais espíritos que acompanhavam o médium, são lucubrações da própria mente de Francisco. Isso se conclui em virtude das peculiaridades psíquicas do homem de Uberaba. Chico Xavier era dado a ter visões (e alucinações) e os personagens que criava não tinham raízes na realidade. Diversos pesquisadores queimam a mufa tentando identificar quem fora André Luiz, vários candidatos surgiram, mas sempre há óbices para que sejam aceitos (noutra oportunidade, podemos discutir mais detalhadamente essa encrenca identificativa).

Também, o guia-mentor de Chico, EMMANUEL, é claramente um personagem imaginado: as origens históricas dessa figura, propaladas pelo próprio Chico (que fora Publio Lêntulo, senador romano, etc.) não passam na peneira da aferição do passado romano. Nunca houve um Publio Lêntulo nos moldes descritos por Xavier.

Na década de 1970, se não estou equivocado, Chico passou a receber mensagens de mortos, que enviavam recados a seus parentes, e inaugurou um novo capítulo em sua lide mediúnica. Foram milhares de cartas psicografadas e, até onde sei, em nenhuma delas há qualquer citação sobre “Nosso Lar”, ou qualquer outra colônia espiritual. O que é de estranhar, pois Chico, com seu livro referido (Nosso Lar) parecia trazer revelação inédita sobre o além, para alguns, ampliando o conteúdo da Codificação, notadamente o “Livro dos Espíritos”. Então, seria de esperar que as almas que comunicassem pela pena grafológica do médium, dessem descrições complementares das colônias espirituais onde habitassem. Qual o quê, nenhuma informação, nenhum comentário... O que é, no mínimo, muito estranho...

Quanto ao livro “Cartas de Uma Morta”, trata-se de um quase-plágio da obra de Flammarion, uma vez que as idéias do astrônomo francês foram, em boa parte, reproduzidas no escrito de Chico. Além disso, as investigações astronômicas  não corroboraram as descrições da vida marciana propostas por Chico (nem por Flammarion). O que comprova que o livro é trabalho ficcional e não descrição de uma suposta realidade extraterrestre.

Chico não foi “iludido” por nenhum espírito, apenas levou adiante seu sonho de que comunicava com o além e, dado ao grande talento, criatividade e memória que possuía, pôde realizar os singulares feitos redativos que produziu. Em suma, uma figura admirável, porém todas suas realizações estavam adstritas a este mundo...

Talvez possamos conversar mais detalhadamente sobre o caso...

Saudações fraternais.

Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Manuela Luis em 27 de Janeiro de 2011, 14:42
Olá
Concordo com Lucazan, quando diz que temos que lidar com cuidado, com este assunto, com pessoas que ainda se encontram limitadas espirtualmente, sobre o assunto ET, pois todos nós já estivemos na situação deles, noutras vidas e até, mesmo nesta vida,  muitos de nós, mais ilimitados. Isso pode perturba-los muito, e até causar danos espirituais, através do medo que isso lhes pode trazer.
Além disso, acharmos que, somos o único Planeta habitável, neste Universo tão extenso, estariamos a ser egoistas.

Manuela Luis

Bjs

Muita Paz
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: ponto em 17 de Abril de 2011, 23:39
Pluralidade dos mundos habitados
 Este é um dos princípios básicos da Doutrina Espírita, de acordo com o qual nada confere à Terra o privilégio de ser a única residência de seres racionais e inteligentes, porque é um pequeno globo quase imperceptível na imensidão do Universo.

Com efeito, o homem terreno está longe de ser, como supõe, o primeiro em inteligência, em bondade e em perfeição. Entretanto, há homens que se têm por espíritos muito fortes e que imaginam pertencer a este pequenino globo o privilégio de conter seres racionais. Orgulho e vaidade!

Julgam que Deus criou o Universo só para eles !

Na realidade, Deus sabiamente povoou de seres vivos a pluralidade dos mundos, concorrendo todos eles para o objetivo final da Providência.

Acreditar que só os haja no planeta que habitamos fora duvidar da sabedoria de Deus, que não fez coisa alguma inútil. Certo, a esses mundos há de ele ter dado uma destinação mais será do que a de nos recrearem a vista. Aliás, nada há, nem na posição, nem no volume, nem na constituição física da Terra, que possa induzir à suposição de que ela goze do privilégio de ser habitada, com exclusão de tantos milhares de milhões de mundos semelhantes.

Resta saber as condições gerais dos habitantes desses mundos. Será que eles têm as mesmas características do homem terreno? Existirão homens e mulheres com corpos semelhantes aos nossos? Pelo que nos foi dado saber, eles são seres apropriados à constituição física de cada globo; entre os habitantes desses orbes uns são mais, outros menos adiantados do que nós, do ponto de vista intelectual, moral e mesmo físico. Ademais, sabemos que é possível entrar em relação com eles e obter esclarecimentos sobre seu estado; sabemos ainda que não só todos os globos são habitados por seres corpóreos, mas que o espaço é povoado por seres inteligentes, invisíveis para nós, por causa do véu material lançado sobre nossa alma e que revelam sua existência por meios ocultos ou patentes.

Estas informações foram dadas pelos Espíritos e estão perfeitamente de acordo com o relato dos ufólogos, que atestam as diversas condições físicas, morais e intelectuais dos possíveis seres extraterrestres que mantiveram contatos com pessoas humanas. Consta que alguns deles, menos adiantados, têm onze sentidos, e outros, mais desenvolvidos, trabalham com até dezesseis sentidos, enquanto que os habitantes da Terra possuem apenas cinco sentidos (visão, audição, paladar, tato e olfato). Vemos, portanto, muita semelhança entre as comunicações dos Espíritos e as pesquisas ufológicas sérias.

Conclusões - Diante do exposto, podemos concluir que:

I - inúmeros depoimentos, fotografias e filmes atestam que seres estranhos e objetos voadores foram vistos em diversos pontos do planeta Terra, sem que pudessem ter sido identificados com pessoas ou objetos conhecidos;

II - as explicações psicológicas que foram dadas para os avistamentos, contatos e abduções (seqüestros) são insuficientes para explicá-los, até porque praticamente todos os indivíduos que afirmam ter avistado, mantido contatos ou foram abduzidos (seqüestrados) por tais seres estranhos e seus objetos voadores não identificados, que inclusive foram registrados em fotos e filmes, são pessoas sérias, idôneas, honestas e sem nenhuma característica psicopatológica;

III - esses depoimentos, foto grafias e filmes podem confirmar o princípio espírita que sustenta a existência de vida inteligente fora da Terra;

IV - pelo menos alguns desses possíveis seres extraterrestres têm traços humanóides, mas muito diferentes daqueles que são próprios do homem terreno;

V - os objetos que não teriam sido identificados, de no mi na do s OVNIS - Objetos Voadores Não Identificados, podem pertencer a seres extraterrestres, os quais, oriundos de outras dimensões, ingressam na Terceira Dimensão própria dos homens que habitam o plano físico do planeta Terra, razão pela qual não são detectados pelos radares e censores, salvo quando o avistamento interessa aos tripulantes das naves desconhecidas;

VI - a vida em outros mundos é inerente às suas próprias condições, que podem ser invisíveis aos olhos e aparelhos humanos, porquanto estariam dentro de dimensões ainda inacessíveis ao homem da Terra."

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/diversos/pluralidade/ufologia.html
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: MarcoALSilva em 18 de Abril de 2011, 01:03

Estava passando por aqui e lembrei-me de algo que li em algum lugar da internet.

Ashtar Sheran seria uma "releitura" de São Miguel Arcanjo.

Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Diego MF em 18 de Abril de 2011, 10:02

Interessante tambem é a história de um garoto russo, chamado Boriska, que diz te vivido em marte em uma outra encarnaçao. Tem reportagens sobre ele em varios sites..
Uma das partes que acho interessante mecionar aqui é a que ele fala sobre o estado físico de Marte:
[attach=1]
 
ENTREVISTADOR - Existe vida em Marte atualmente?

BORISKA - Sim, existe, mas o planeta perdeu sua atmosfera há muitos anos atrás como resultado de uma catástrofe global. O povo marciano ainda vive em cidades nos subterrâneos. Eles respiram gás carbônico.

ENTREVISTADOR - Qual é a aparência dos marcianos?

BORISKA - Eles são muito altos, uma altura média de sete metros. Eles possuem capacidades inacreditáveis.

Aqui estão 2 links com partes diferentes da história dele e dessa reportagem que fizeram com ele:


1 - http://multipllos.blogspot.com/2011/01/boriska-o-menino-que-veio-de-marte.html

2 - http://sofadasala.vilabol.uol.com.br/jornalismo/boriska.htm

Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: new em 18 de Abril de 2011, 13:04
Não dá para acreditar muito nas sondas americanas e das demais nacionalidades.

Se há muitos segredos em torna das missões apollo, imagina as missões mais distantes.


Ainda, se as imagens até hoje divulgada de Marte são legítimas ( o que duvido) podem ser da região deserta, isolada, assim como há na Terra regiões vastas inabitadas.


Não há razão para conclusões definitivas.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: new em 18 de Abril de 2011, 13:09

Interessante tambem é a história de um garoto russo, chamado Boriska, que diz te vivido em marte em uma outra encarnaçao. Tem reportagens sobre ele em varios sites..
Uma das partes que acho interessante mecionar aqui é a que ele fala sobre o estado físico de Marte:
(Ligação para o anexo)
 
ENTREVISTADOR - Existe vida em Marte atualmente?

BORISKA - Sim, existe, mas o planeta perdeu sua atmosfera há muitos anos atrás como resultado de uma catástrofe global. O povo marciano ainda vive em cidades nos subterrâneos. Eles respiram gás carbônico.

ENTREVISTADOR - Qual é a aparência dos marcianos?

BORISKA - Eles são muito altos, uma altura média de sete metros. Eles possuem capacidades inacreditáveis.

Aqui estão 2 links com partes diferentes da história dele e dessa reportagem que fizeram com ele:


1 - http://multipllos.blogspot.com/2011/01/boriska-o-menino-que-veio-de-marte.html

2 - http://sofadasala.vilabol.uol.com.br/jornalismo/boriska.htm




que legal, bem interessante.


Mudando um pouco de corpo celeste.


Alguém já leu alguma obra psicografada em que algum Espírito comenta as missões Apollo?
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: new em 18 de Abril de 2011, 13:13
Sobre esse menino que fala sobre a vida em Marte, olha o que descobri na reportagem:

"O menino sofre com o conhecimento prévio de desastres naturais ou sociais: durante a crise do Beslan, recusou-se a ir à escola enquanto durou o ataque. Quando perguntaram a ele o que sentia sobre o assunto respondeu que era como se algo queimasse dentro dele. "Eu sabia que o caso todo teria um final terrível" - disse Boriska. Sobre o futuro do planeta ele avisa que a Terra passará por duas situações muito perigosas nos anos de 2009 e 2013, com a ocorrência de catástrofes relacionadas à água."


A postagem no blog foi em 2005...
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: new em 18 de Abril de 2011, 14:48
Uma coisa eu não entendo, e as imagens do planeta Marte que os cientistas dilvugaram?, através de diversas sondas enviadas. Parece não haver nada lá senão "terra vermelha" no planeta inteiro. Onde estão os habitantes?
Vejam o que encontramos no livro Urânia, de Camille Flammarion, ao nos descrever Marte e seus habitantes:


A obra de Camille é ficção. Mas não deixa de ser boa.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: VLRC em 28 de Setembro de 2013, 15:09
Sobre esse menino que fala sobre a vida em Marte, olha o que descobri na reportagem:

"O menino sofre com o conhecimento prévio de desastres naturais ou sociais: durante a crise do Beslan, recusou-se a ir à escola enquanto durou o ataque. Quando perguntaram a ele o que sentia sobre o assunto respondeu que era como se algo queimasse dentro dele. "Eu sabia que o caso todo teria um final terrível" - disse Boriska. Sobre o futuro do planeta ele avisa que a Terra passará por duas situações muito perigosas nos anos de 2009 e 2013, com a ocorrência de catástrofes relacionadas à água."


A postagem no blog foi em 2005...




http://exame.abril.com.br/meio-ambiente-e-energia/energia/noticias/agua-radioativa-de-fukushima-pode-ter-chegado-ao-mar


Água radioativa de Fukushima pode ter chegado ao mar
Operadora detectou alta radiação em um desaguamento que vai parar no mar junto à central nuclear

Tóquio - A operadora da usina nuclear de Fukushima informou que detectou alta radiação em um desaguamento que vai parar no mar junto à central nuclear, o que aponta para que a água radioativa que vazou recentemente de um tanque pode ter chegado ao Oceano Pacífico.

Os técnicos da central detectaram 220 becquerels por litro de substâncias radioativas em mostras tomadas esta quarta-feira passada em um dos poços, situada cerca de 150 metros do oceano, deste sistema de desaguamento.

O nível de radiação de estrôncio, césio e outras substâncias que emitem raios beta era 12 vezes superior às mostras tomadas nesse mesmo ponto somente um dia antes, segundo a agência 'Kyodo'.

Um grupo de operários está trabalhando vários dias em uma parte superior desse leito para evitar que a água tóxica que vazou em agosto de um tanque de armazenamento alcance o mar.

No entanto, acredita-se que a água finalmente vazou através de sacos de areia absorvente colocados como uma barreira.

O mencionado tanque, usado para guardar a água usada para esfriar os reatores, perdeu cerca de 300 toneladas de líquido altamente radioativo.

Os operários da Tokyo Electric Power (Tepco) inspecionam agora os níveis de radiação no desaguamento e na saída para o mar para averiguar como a água que vazou pode ter se espalhado.

Por enquanto, a Tepco assegura que não detectou níveis de radiação anormais na água do mar, a partir de mostras tomadas a cerca de 100 metros da boca de drenagem.

http://exame.abril.com.br/meio-ambiente-e-energia/energia/noticias/agua-radioativa-de-fukushima-pode-ter-chegado-ao-mar


coincidência?


 ???
Abç
Valter LRC
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Ganimedes em 28 de Setembro de 2013, 17:54
Neste endereço >> http://www.forumespirita.net/fe/jornal-das-boas-noticias/frei-beto-e-a-pluralidade-dos-mundos-habitados/105/   nós, da Equipe Espírita Regenera, provamos que os espíritos, no 'O Livro dos Espíritos', não se referem a uma outra dimensão, mas sim a um outro ambiente diferente. Isto em relação aos outros orbes do Sistema Solar -- excetuando-se Júpiter.
Título: Re: Extraterrestre
Enviado por: Aesir Heimdall em 29 de Setembro de 2013, 07:45
Rodrigo assiste lá, você vai adorar...   
https://www.youtube.com/watch?v=TbwS_uOxfA8
é só seguir a sequência são 8 partes.
Há outros vídeos do mesmo \prof. Laercio.
Oriento assistir primeiramente este e o vídeo Espiritualidade e Fisica Quantica, pois ira te fornecer uma base deste Fisico, Medium, Espiritualista e Ufologo.
Muito Bom!!!