Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Artigos Espíritas => Tópico iniciado por: Rafa em 22 de Setembro de 2009, 05:46

Título: Evolução mediúnica
Enviado por: Rafa em 22 de Setembro de 2009, 05:46
Nos meus estudos em livros espíritas e espiritualistas, bem como nas comunicações mediúnicas que tenho tido contato, tenho notado cada vez mais exigência na dedicação dos médiuns como fator de mudanças nas comunicações.

Deixe-me ser mais claro: as manifestações espirituais pré-Kardec, ou era por movimento de objetos (mesas girantes) ou os médiuns eram completamente "tomados" pelos espíritos e tratados como loucos ou possuídos por forças ocultas e geralmente associadas a demônios.

Com Kardec, a mediunidade surge com a definição que conhecemos hoje, mas ainda a maioria dos médiuns são inconscientes; com o passar dos anos as comunicações vão se tornando menos "possessivas" das mentes dos médiuns, controlando mais o físico do que o mental. É quando vemos surgir médiuns como Chico Xavier, entre outros.

Ultimamente em reuniões mediúnicas, tenho notado que os médiuns mantem consciência nas comunicações, inclusive relatando que também aprendem muito com os trabalhos assistenciais que os espíritos fazem através dele, relato esse que nos médiuns inconscientes ou mecânicos não havia, pois a afirmação deles era que quase sempre não tinham conhecimento do conteúdo da comunicação.

Cada vez mais ouço entidades trazendo o estudo como fundamental para a melhora das comunicações e solicitando que sejamos companheiros de trabalhos ao invés de simplesmente nos utilizarem como aparelhos, cavalos, ou seja lá que nome cada um dá a isso.

Com isso percebo que estamos entrando numa fase onde os espíritos querem que nós fiquemos menos dependentes deles nas assistências e coloquemos em prática o que estudamos e aprendemos diretamente com eles.

O que vcs acham disso?