Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Artigos Espíritas => Tópico iniciado por: Disc em 19 de Setembro de 2009, 17:31

Título: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Disc em 19 de Setembro de 2009, 17:31
Artigo científico/espiritualista muito interessante, ajuda à compreensão do fluido universal, a "matéria" do mundo espiritual.

http://www.freire.med.br/default.asp?id=32&ACT=5&content=50&mnu=32 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5mcmVpcmUubWVkLmJyL2RlZmF1bHQuYXNwP2lkPTMyJmFtcDtBQ1Q9NSZhbXA7Y29udGVudD01MCZhbXA7bW51PTMy)
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Mourarego em 19 de Setembro de 2009, 19:08
Sky,
o cabra é homeopata e Ubaldista, logo, excetuando-se sua formação como Homeopata, ramo do qual ele deveria falar ao invés de física quantica, que não é o seu ramo e não é fácil de ser assimilada por leigos, não me merece credibilidade.
Se fala como espiritualista, não sei, mas com certeza não fala como espírita.
Abraços,
Moura
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Disc em 19 de Setembro de 2009, 23:35
Dr. Gilson é um médico espírita muito distinto e tem ótimos artigos. Não é necessário ser formado em física para escrever um artigo científico, o estudo de qualquer coisa, vem de cada um, através dos livros, das mídias audio-visuais, da mediunidade, etc.
Eu sou espírita, estudo a obra de Pietro Ubaldi e nem por isso sou adepto de um "ismo", sou espírita, sem rótulos. Busco a verdade onde ela estiver a adiciono à minha crença o que me parecer mais lógico. O Espíritismo é uma ciência e doutrina progressiva, deve portanto, assimilar as novas descobertas da ciência e novas informações trazidas pela mediunidade se estiverem de acordo com a razão.
Voltando ao Dr. Gilson Freire, ele tem livros psicografados que parecem ser muito bons, um deles tem uma apresentação do Dr. Bezerra de Menezes.
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Vitor Santos em 20 de Setembro de 2009, 00:59
Olá Skylight

Não me leve a mal, mas a mecânica quântica não chega aquelas conclusões que o autor escreve.

Bem sei que já lá vai algum tempo desde que estudei estas coisas, mas Schordinguer desencarnou no ano em que eu nasci (1961), por isso ele não alterou nada desde o tempo em que estudei (a não ser que tivesse usado algum médium...).

Isso são tudo conclusões do autor do texto (e de todos os que repetem incessantemente as mesmas coisas).

Eu sou espirita e também gosto muito que a ciência vá de encontro à doutrina que amo, mas forçar a barra não nos leva a lado nenhum. Para além disso o espiritismo não precisa disso para nada.

Na minha opinião, óbviamente discutivel, estas coisas descredibilizam a doutrina. Qualquer pessoa que saiba um pouquinho de mecânica quântica vê que se trata de rabo escondido com o gato de fora. A quem é que o autor quer enganar? Só se for a ele mesmo. Talvez ele precise destas coisas para ser espirita...Eu não preciso, mas cada um sabe de si...

bem haja
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: KENOH em 17 de Outubro de 2009, 00:55
Boa noite Skylight,
Acho bom que no espiritismo existam pessoas como você, que como o próprio Kardec, não se considera dono da verdade e entende que o espiritismo não compreende todo o conhecimento que se encerra entre o espírito e a matéria.
Entendo que o espiritismo foi a vela que surgiu na escuridão e nos fez começar a enxergar, porém só nos mostrou a entrada da caverna. Para vermos o restante precisamos caminhar usando esta vela como instrumento.
Acredito que reações a novas idéias e novos fatos são necessários até para estimular o estudo e desenvolvimento dos mesmas. A competição é que mostra os campeões.
É difícil para algumas pessoas aceitarem que o espiritismo possa ser apenas parte de algo maior.
O tempo resolverá tudo.....
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Aldebaran em 17 de Outubro de 2009, 01:37
Dr. Gilson é um médico espírita muito distinto e tem ótimos artigos. Não é necessário ser formado em física para escrever um artigo científico, o estudo de qualquer coisa, vem de cada um, através dos livros, das mídias audio-visuais, da mediunidade, etc.
Eu sou espírita, estudo a obra de Pietro Ubaldi e nem por isso sou adepto de um "ismo", sou espírita, sem rótulos. Busco a verdade onde ela estiver a adiciono à minha crença o que me parecer mais lógico. O Espíritismo é uma ciência e doutrina progressiva, deve portanto, assimilar as novas descobertas da ciência e novas informações trazidas pela mediunidade se estiverem de acordo com a razão.
Voltando ao Dr. Gilson Freire, ele tem livros psicografados que parecem ser muito bons, um deles tem uma apresentação do Dr. Bezerra de Menezes.

Eu concordo com você Sky.

abçs,




Renato
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: psi em 17 de Outubro de 2009, 03:42
Olá amigos,

Quem quiser conhecer a obra de Gilson Freire, eu recomendo a leitura do ótimo livro Ícaro Redimido, escrito pela inspiração do espírito Adamastor.
Quem quiser conhecer como a física einsteniana pode interagir com a física materialista no que hoje se chama de Medicina Holística, eu sugiro a leitua do livro Medicina vibracional de Richard Gerber.
P.S.- Não ganho nenhuma comissão pela venda dos livros citados  ;)
Um abraço

PSI
 
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Disc em 20 de Outubro de 2009, 23:18
Obrigado, pessoal.
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: MarcoALSilva em 20 de Outubro de 2009, 23:41
Não vou entrar nos meandros de discussões acerca da Física Quântica porque, infelizmente, não reúno conhecimento suficiente... No entanto, dentro do que posso absorver, tenho a firme convicção de que o Física é infinitamente mais mística do que o Zohar, o Sepher Yezirah, os Vedas ou qualquer outra corrente...

Eu sei que não é uma terra de consenso... Mas... por Deus! Há alguma terra de consenso quando mais de duas pessoas se dispõem a meditar acerca do imponderável?

Se há uma medição sendo feita (leia-se: se há uma consciência perscrutando o fenômeno) um feixe de elétrons pode ser corpuscular ou ondulatório...

Esse é um daqueles conceitos com o qual nos acostumamos, de tanto ser referido. Contudo, sempre que MEDITAMOS sobre ele, vemos que a Vida supera em muito a Arte.
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Diegas em 21 de Outubro de 2009, 03:27
'...No entanto, dentro do que posso absorver, tenho a firme convicção de que o Física é infinitamente mais mística do que o Zohar, o Sepher Yezirah, os Vedas ou qualquer outra corrente...'

Olá, MarcoALSilva


Outro dia, eu estava todo derrotado no sofá e deparei na telinha da televisão com uma reportagem que chamou a atenção. Reportava sobre a possibilidade da existencia de mundos paralelos. Alguns cientistas já admitem a pluralidade das existencias. É claro que essa pluralidade, compreendida pelo mundo cientifico, difere dos conceitos espiritas que conhecemos. Mas não resta dúvida que é um avanço, um passinho adiante quando a Fisica sugere a existencia de um portal que se abre entre os mundos, sendo estes mundos separados por membranas que se sobrepõem, que se tocam, mas somente em alguns pontos (a tal teoria M).

Para exemplificar a hipótese, mostraram a superficie do mar como se fosse a tal membrana, que divide o mundo aquatico do atmosferico. E, assim como colocamos a cabeça dentro da agua e vemos o mundo marinho, tal se sucede com a visão das colonias espirituais. Não há necessidade de se viajar para adentrar em outras esferas (mundos), basta que sintonizemo-nos com elas...Ou seja, basta que enfiemos a cabeça nelas.


Obs: perdoe-me pelo desvio do assunto microcosmico (quantico)



Abç
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Vitor Santos em 21 de Outubro de 2009, 12:59
Olá Diegas

Citar
Outro dia, eu estava todo derrotado no sofá e deparei na telinha da televisão com uma reportagem que chamou a atenção. Reportava sobre a possibilidade da existencia de mundos paralelos. Alguns cientistas já admitem a pluralidade das existencias

É verdade que a teoria M aponta um modelo matemático de várias dimensões, mas esse modelo não é exactamente o que dizem esses jornalistas, a não ser que se trate de jornais cientificos sérios. Dessa teoria não se pode inferir a reencarnação. Nem os cientistas inferem nada disso. Para além disso trata-se de uma teoria que não está comprovada experimentalmente.

O espiritismo não precisa de ir por ai, enquanto não houver comprovações experimentais, pois estará a por a corda ao pescoço por essa teoria, sem necessidade. Se a ciência vier a abandonar, no futuro, essa teoria, ao analisar as conclusões dos espiritas com base nela, as pessoas vão dizer que o espiritismo está ultrapassado, pois baseava-se num modelo cientifico obsoleto.

Para ser espirita eu não preciso da confirmação das teorias por parte da ciência convencional. Acredito na ciência espirita, que se baseia na observação dos fenómenos espiritas e nas comunicações dos espiritos. Até agora ainda ninguém provou que a ciência espirita não é válida.

Os amigos que trabalham em centros espiritas em reuniões mediunicas podem confirmar que comunicam com os espiritos e que eles existem mesmo. Podem verificar que são seres inteligentes, embora muitas vezes perturbados. Ou seja, há testemunhos que nunca mais acabam da validade da ciência espirita.

bem haja
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: dim-dim em 21 de Outubro de 2009, 13:17

Olá amigos interferi neste tópico para dizer ao nosso amigo Vitor Santos que concordo com a visão que ele expõe na mensagem.


Citar Vitor Santos:
"Para ser espirita eu não preciso da confirmação das teorias por parte da ciência convencional. Acredito na ciência espirita, que se baseia na observação dos fenómenos espiritas e nas comunicações dos espiritos. Até agora ainda ninguém provou que a ciência espirita não é válida."

Nem vai provar amigo porque espíritos somos nós todos, simplesmente trazemos estas " roupagens " vestidas que nos ofuscam essa percepção. Se o amigo Taprobana vê esta mensagem dirá logo que vejo a vida material como uma desgraça, brincadeira amigos do tópico consciência.


Com Carinho
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Jorge em 21 de Outubro de 2009, 15:09
Se o amigo Taprobana vê esta mensagem dirá logo que vejo a vida material como uma desgraça, brincadeira amigos do tópico consciência.

E estamos sujeitos a levar com um porradão de termos incognoscíveis ...  :D :D
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Vitor Santos em 21 de Outubro de 2009, 15:10
Olá dim-dim

O que é para o nosso bem nem sempre é agradável. Há remédios dificeis de tomar, mas se compreendermos que são remédios divinos e não castigos, animamos e concentramo-nos em melhorar a nossa situação, nesta existência ou noutras existências que se lhe seguem, em vez de perder tempo em lamentos e revoltas, que ainda podem agravar a nossa situação.

Contudo não há nada que nos diga que a nossa vida não pode melhorar aqui na terra. Isso tb depende de nós.

Não nos foi prometido um mar de rosas aqui na terra. Foi-nos prometida uma oportunidade de progredir e conquistar mais rápidamente estados muito mais felizes. Se ela implicar sofrimento é preciso não sucumbir por isso, senão lá estaremos a repetir as mesmas provas e sofrimentos no futuro, em vez de progredirmos. Deus não castiga ninguém, mas também não premeia quem não tem mérito. A lei de justiça diz que todos os homens são iguais perante Deus.

Aquele que não trata dos dentes porque tem medo da dor que o dentista lhe possa infligir dor (apesar de hoje em dia os tratamentos já serem menos dolorosos do que aqui há uns anos), não pode esperar uns dentes saudáveis no futuro.

Por vezes é preciso fazer sacrificios para construir um futuro melhor (como é o caso daquele que não gasta tudo o que recebe e reserva uma parte das suas receitas ao futuro, para enfrentar a doença e/ou a velhice).

Por muitas dificuldades que o corpo que escolhemos ou que nos foi escolhido nos possa trazer logo à nascença, há sempre sofrimentos materiais e morais evitáveis:

- Quem não é invejoso e egoista não sofre por pensar que os outros estão em melhor posição, ou tem mais bens materiais
- Quem não é avarento não sofre quanto tem de gastar dinheiro ou de pagar aos outros os serviços prestados;
- Quem não é orgulhoso admira as boas obras, mesmo que não tenha participado na execução das mesmas
- Quem não é preguiçoso não sofre por ter de trabalhar
- Quem não é vaidoso nunca sofre por causa da sua má aparência.
- Quem não é ciumento não sofre a decepção do fim de uma relação que se baseava na apenas na atracção da carne;
- Quem é simpático capta o auxilio. Quem é rebelde e revoltado não motiva os outros a colaborarem com ele. Ainda os afasta.
- Aquele que desiste e perde o ânimo não luta por uma vida melhor. Estagna e sente com mais força as dores.

Quantos sofrimentos podiamos descarregar de cima de nós. Há muitos que são muito dificeis de evitar, eu sei por mim,  mas podiamos livrar-nos de uma boa percentagem.

bem haja
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Diegas em 22 de Outubro de 2009, 09:54
'...Dessa teoria não se pode inferir a reencarnação. Nem os cientistas inferem nada disso. Para além disso trata-se de uma teoria que não está comprovada experimentalmente...'


Olá, Vitor Santos


Na realidade, eram cientistas os que forneceram as informações na reportagem. Mas é como eu escrevera, não se pode associar esse mergulho em outras dimensões, a possibilidade de se atravessar as membranas vibratorias de um plano para outro, com a pluralidade das existencias, tal como conhecemos no estudo da Doutrina espirita. Na reportagem eles denominaram esse 'mergulho' como pluralidade das existencias, mas o certo seria terem-no definido como uma simples passagem para outra dimensão.

Citar
O espiritismo não precisa de ir por ai, enquanto não houver comprovações experimentais, pois estará a por a corda ao pescoço por essa teoria, sem necessidade. Se a ciência vier a abandonar, no futuro, essa teoria, ao analisar as conclusões dos espiritas com base nela, as pessoas vão dizer que o espiritismo está ultrapassado, pois baseava-se num modelo cientifico obsoleto.

Nunca precisei de uma comprovação cientifica para acreditar na existencia dos espiritos e na pluralidade das existencias. Isso para mim é como piscar os olhos, o processo dá-se naturalmente, sem qualquer rigor cientifico. Ou seja, eu já acreditava sem a necessidade de ver. Mas também sei que há os Tomés, necessitados de ver para poder crer. Por isso, do meu interesse em trazer numa linguagem popular, sem a exigencia da presença de um matematico ou fisico que detem um palavreado mais tecnico, o nivel alcançado, que engatinha a Ciencia no desenvolvimento deste assunto. E, se a Ciencia tenta descobrir algo além desta existencia, isto é significativo, dá-nos motivos animadores.

 

Abç
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Vitor Santos em 22 de Outubro de 2009, 10:29
Olá Diegas

Citar
E, se a Ciencia tenta descobrir algo além desta existencia, isto é significativo, dá-nos motivos animadores.

Amigo também anseio que a ciência possa caminhar para nos mostrar factos sugestivos da existência do mundo espiritual, para esses tais S.Tomé´s e para nós que gostamos que a ciência esteja de acordo com as nossas convicções (ou pelo menos não vá contra, se possivel)

O que queria alertar é que os cientistas não chegaram às coisas do espirito, nem sequer estão para aí virados, amigo. Essas conclusões de que se trata da descoberta de um mundo espiritual não vieram da ciência. Desafio-o a encontrar uma publicação em revistas cientificas acreditadas pela maior parte da comunidade cientifica a dizer isso.

Nós sabemos que há um mundo espiritual que nos é invisivel, mas daí até colocar isso em termos de expressões matemáticas deve ser muito dificil.

Primeiro é preciso compreender a teoria M do ponto vista matemático e fisico mais profundo, para separar a fantasia da teoria.

Eu não me meto nisso, pois não tenho bases cientificas para tal. Seria preciso estudar alguns anos, se fosse capaz, e quando estivesse lá próximo provavelmente a teoria já teria evoluido e lá tinha eu que andar mais uns anos.

Era como aquele burro que tinha uma cana com uma cenoura pendurada à frente do focinho e que anda, anda mas nunca apanha a cenoura (diz-se isto, mas os burros não são assim tão burros como possa parecer à primeira vista) ...

bem haja
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: MarcoALSilva em 25 de Outubro de 2009, 14:10
'...No entanto, dentro do que posso absorver, tenho a firme convicção de que o Física é infinitamente mais mística do que o Zohar, o Sepher Yezirah, os Vedas ou qualquer outra corrente...'

Olá, MarcoALSilva


Outro dia, eu estava todo derrotado no sofá e deparei na telinha da televisão com uma reportagem que chamou a atenção. Reportava sobre a possibilidade da existencia de mundos paralelos. Alguns cientistas já admitem a pluralidade das existencias. É claro que essa pluralidade, compreendida pelo mundo cientifico, difere dos conceitos espiritas que conhecemos. Mas não resta dúvida que é um avanço, um passinho adiante quando a Fisica sugere a existencia de um portal que se abre entre os mundos, sendo estes mundos separados por membranas que se sobrepõem, que se tocam, mas somente em alguns pontos (a tal teoria M).

Para exemplificar a hipótese, mostraram a superficie do mar como se fosse a tal membrana, que divide o mundo aquatico do atmosferico. E, assim como colocamos a cabeça dentro da agua e vemos o mundo marinho, tal se sucede com a visão das colonias espirituais. Não há necessidade de se viajar para adentrar em outras esferas (mundos), basta que sintonizemo-nos com elas...Ou seja, basta que enfiemos a cabeça nelas.

Obs: perdoe-me pelo desvio do assunto microcosmico (quantico)

Abç

Eu nunca pude entender como a ciência ortodoxa concebeu a repisada (no meio esotérico) tese dos universos paralelos...

No entanto, ainda que não seja a mesma coisa, quando penso em situações ilustrativas da teoria da relatividade (como aquela em que um astronauta que se mova a velocidades próximas da velocidade da luz retornará depois de, digamos, um ano e encontrará o planeta com séculos adiante), vejo que do ponto de vista da Física (como já disse por aqui antes) a verdade nua e crua dos fenômenos é infinitamente mais surpreendente do que todo o Misticismo em geral.

Um abraço!
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Vitor Santos em 25 de Outubro de 2009, 16:34
Olá Marco

Citar
vejo que do ponto de vista da Física (como já disse por aqui antes) a verdade nua e crua dos fenômenos é infinitamente mais surpreendente do que todo o Misticismo em geral.

Concordo amigo.

Mas há muita visão fantasiada da ciência. Para explicar as coisas são usadas comparações, e essas comparações por vezes são tomadas pela realidade.

Não posso garantir com certeza absoluta o que vou dizer, porque já estudei isto há tempo, mas penso que a teoria da relatividade não diz que podemos viajar no tempo. O que me parece (peço perdão e que me corrijam, se estou errado) é que a teoria da relatividade diz a esse respeito é o seguinte:

- Se nos afastassemos da terra a velocidades próximas da velocidade da luz, e se pudessemos levar um relógio que nos dissesse a hora exacta na terra a cada instante, veriamos que o tempo dilataria, isto é, que a hora nesse relógio especial seria menor do que a hora num relógio normal que tivéssemos levado.

- Mas quando voltassemos à terra os dois relógios (o especial e o normal), estariam certos.
A grande velocidade em relação à terra, era a causa do fenómeno. Quando a nave abranda e depois pára, o fenómeno deixa de existir, pois atenua-se e por fim cessa a causa que o provocava.

- Também se pudessemos medir as dimensões da nave a partir da terra instantaneamente veriamos que elas reduziam (contracção do espaço). Pela ordem de ideias do raciocinio que fiz para o tempo, quando a nave retornasse teria as mesmas dimensões, não teria encolhido. 

Mas não há dúvida que à medida que a ciência vai progredindo, descobre cada vez mais coisas realmente surpreendentes e fantásticas. Não há fronteiras para os horizontes da ciência. Quanto mais se descobre, mais interrogações se geram, decorrentes dessas descobertas.

PS.

Se virem que estou a interpretar mal a teoria da relatividade, dêem-me na cabeça, que eu aguento.  :D

bem haja
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: MarcoALSilva em 25 de Outubro de 2009, 18:08
Se virem que estou a interpretar mal a teoria da relatividade, dêem-me na cabeça, que eu aguento.  :D
bem haja

Não , não, meu caro Vitor... Ninguém aqui poderia fazê-lo. Segundo os cientistas, contam-se em poucos dedos o número de pessoas que compreende integralmente o pensamento de Einstein.

Há um livretinho MUITO INTERESSANTE, escrito por Huberto Rhoden, no qual o filósofo catarinense descreve as impressões que teve com o gênio da relatividade enquanto conviveram em Princeton ("Einstein, O Enigma do Universo" - Ed. Martin Clare). Rhoden nem tenta descrever a relatividade; apenas descreve o "jeitão" de Einstein.

Vou tentar encontrar um livro fabuloso que pude ler anos atrás. Era uma edição da Mir, uma editora russa que produzia livros nos idiomas ocidentais, inclusive o português, para divulgação científica (sem dúvida, uma forma de propaganda soviética). O livro era MUITO BOM e dava esboços interessantíssimos dos fenômenos decorrentes da relatividade.

Ao ensejo, uma pergunta não de todo inusitada: Haverá procedência na informação de que Einstein foi uma reencarnação de Demócrito?

Abraços!!!

Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: psi em 26 de Outubro de 2009, 00:07
Amigos, eu vou dar aqui a minha opinião.
Eu acho que a nossa ciência terrena está muito longe de descobrir a matéria astral e constatar as propriedades intrínsecas do perispírito e suas interações com o corpo físico.
De cem anos pra cá, a nossa ciência deu um salto enorme. A nossa humanidade evoluiu bastante no aspecto científico, mas muito pouco no aspecto moral. Como eu acredito que o avanço intelectual e moral devem caminhar juntos, eu creio que enquanto o nosso mundo estiver dominado pela violência, ódio, egoísmo, vaidade, orgulho, etc. nós não adentraremos no domínio dessa ciência espiritual. Vamos ficar só nas teorias e naquilo que os espíritos nos contam, sem uma constatação científica.
Um abraço.

PSI.   
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Aldebaran em 26 de Outubro de 2009, 05:51
Citar
PSI: Eu acho que a nossa ciência terrena está muito longe de descobrir a matéria astral e constatar as propriedades intrínsecas do perispírito e suas interações com o corpo físico.

OLá PSI, eu também acho o mesmo. Alegam eles, que nós não queremos provar nada. Que o fato de os Espíritos Superiores não se submeterem ao método científico, comprova a suposta fraude.
Eu acho que por enquanto, o que existe, querendo ou não, são "cientistas-espíritas", e não que a ciência contemporânea tenha aceitada a existência do Espírito, através da constatação do  perispírito.

Eu acho que essa questaõ, é apenas uma questão de manter os pés em seu  lugar ...

abçs


Renato


 
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Vitor Santos em 26 de Outubro de 2009, 12:11
Olá PSI

De acordo, amigo.

bem haja
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Mourarego em 27 de Outubro de 2009, 17:04
Olá Diegas

Citar
E, se a Ciencia tenta descobrir algo além desta existencia, isto é significativo, dá-nos motivos animadores.

Amigo também anseio que a ciência possa caminhar para nos mostrar factos sugestivos da existência do mundo espiritual, para esses tais S.Tomé´s e para nós que gostamos que a ciência esteja de acordo com as nossas convicções (ou pelo menos não vá contra, se possivel)

O que queria alertar é que os cientistas não chegaram às coisas do espirito, nem sequer estão para aí virados, amigo. Essas conclusões de que se trata da descoberta de um mundo espiritual não vieram da ciência. Desafio-o a encontrar uma publicação em revistas cientificas acreditadas pela maior parte da comunidade cientifica a dizer isso.

Nós sabemos que há um mundo espiritual que nos é invisivel, mas daí até colocar isso em termos de expressões matemáticas deve ser muito dificil.

Primeiro é preciso compreender a teoria M do ponto vista matemático e fisico mais profundo, para separar a fantasia da teoria.

Eu não me meto nisso, pois não tenho bases cientificas para tal. Seria preciso estudar alguns anos, se fosse capaz, e quando estivesse lá próximo provavelmente a teoria já teria evoluido e lá tinha eu que andar mais uns anos.

Era como aquele burro que tinha uma cana com uma cenoura pendurada à frente do focinho e que anda, anda mas nunca apanha a cenoura (diz-se isto, mas os burros não são assim tão burros como possa parecer à primeira vista) ...

bem haja


E não são mesmo mano Vitor, note que burros não quebram suas patas nos "mata burros", quem os faz são os cavalos, coitadinhos.
Abração,
Moura
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: Conforti em 17 de Dezembro de 2009, 20:59
Meu caro Moura Rego, então vc supões q é necessario ser formado em alguma coisa para falar sobre ela? Veja qtos exemplos na história deste nosso mundo de pessoas q se distinguiram noutras áreas sem terem o diploma referente a essa área. O amigo mesmo, é formado em Espiritismo? Ou apenas estudou tudo o encontrou acerca da doutrina? Vc não tem o diploma pertinente como o Freire não tem o diploma pertinente à física. Apenas isso. Como vc diz q ele não deve falar sobre esses assuntos, como vc pode falar sobre os seus assuntos? Ou devemos apenas ignorar o q vc diz? Pense nisso!
Título: Re: Da Física Quântica à Espiritualidade
Enviado por: MarcoALSilva em 17 de Dezembro de 2009, 23:04

Eu não me arriscaria a fazer previsões sobre o que a ciência ortodoxa vai e não vai descobrir nos próximos 50 anos...

Experimentem pesquisar nos almanaques dos anos 1950 sobre como seria a vida na virada do século e do milênio... É interessantíssimo! Gente ilustrada e bem informada imaginou algumas coisas que seriam mais comuns que um liquidificador --- carros voadores movidos a energia retirada de pastilhas radioativas é um bom exemplo... Por outro lado, NINGUÉM se arriscou a descrever algo como os telefones celulares... Internet, então, nem pensar (ao menos não como estamos usando nesse exato momento).

E os filmes de ficção científica? Não dá nem para rir... Outro dia vi subir de um painel da nave espacial um monitor enorme inserido em um gabinete DE MADEIRA!!!

[Pois é... Mas Ghost fez um sucesso danado... (apenas uma analogia).]

Eu sinceramente não me espantaria de alguém vir com a notícia bombástica de que um cientista isolou em laboratório a estrutura do átomo ultérrimo (conceito teosofista), ou revelou a constituição exata do ectoplasma. Isso sem falar na transcomunicação instrumental, que usa diretamente os conceitos de transmissão e recepção eletromagnética.

Enfim...