Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Artigos Espíritas => Tópico iniciado por: Disc em 08 de Junho de 2010, 16:42

Título: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Disc em 08 de Junho de 2010, 16:42
A Vida Em Outros Planetas

"Por “outras dimensões” desejamos dizer “outros mundos”, compreendendo-se que a matéria pode variar ao infinito, em graus de densidade, em relação aos temas fundamentais do progresso e do burilamento do Espírito, de plano a plano da evolução ou de mundo para mundo" (Emmanuel, livro Astronautas do Além, psicografado por Francisco Cândido Xavier e José Herculano Pires)

56. É a mesma a constituição física dos diferentes globos?
“Não; de modo algum se assemelham.” (O Livro dos Espíritos - Allan Kardec)

O problema da vida em outros planetas, especialmente de nossos vizinhos do sistema solar é motivo de descrença para os não-espíritas e de dúvidas para os espíritas. Precisamos então explicar o motivo pelo qual a ciência não detecta vida nesses outros planetas.
Em O Livro dos Espíritos, há o esclarecimento de que a constituição física dos habitantes dos diferentes planetas em nada se assemelha e complementa: "Demais, não dissemos que todos os seres são feitos de igual matéria que vós outros e com órgãos de conformação idêntica à dos vossos.”
Devemos entender então que os seres que habitam esses planetas estão como nós, sujeito a leis da matéria, mas que essa matéria tem uma constituição diferente da nossa, de modo que para nós é intangível, é algo que podemos chamar de "matéria de outra dimensão".
Recentes pesquisas científicas têm demonstrado que a matéria em sua intimidade, é constituida por partículas imateriais, que não têm peso se consideradas isoladamente. Pelo raciocínio embasado nas teorias espíritas, podemos entender que a matéria pode se transformar em uma infinidade de variações que são desconhecidas pela nossa ciência. No mundo espiritual, também há realidades de um outro nível de materialidade, composta pelo fluido universal, que foi definido por Allan Kardec como "a matéria do mundo espiritual". Adicionalmente, é interessante comentar que os planetas superiores, os chamados mundos ditosos não têm a mesma materialidade que os mundos das gradações inferiores, os primitivos, os de provas e expiações e os de regeneração, citando novamente a obra de Kardec, a vida nesses mundos é por assim dizer, toda espiritual.
Concluindo, não devemos estranhar o relato de vida em outros planetas contidos na obra kardequiana, levando em consideração que o fato de não sabermos explicar certas realidades, não quer dizer que elas não existam.

SkyLight - 08/06/2010
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: AKINATON em 08 de Junho de 2010, 16:45
Obrigado por está postagem,ela nos dá uma boa idéia da vida em outros mundos, isto nos causa uma maior tranqüilidade.

Um grande abraço.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Disc em 08 de Junho de 2010, 17:10
Seja bem-vindo.

Um dos meus objetivos é justamente este, compartilhar um pouco da tranquilidade que adquiri pelo entendimento de certas verdades espirituais. Não quero causar polêmicas nem participar de discussões infindáveis, mas apenas oferecer o fruto do meu estudo e experiência adquirida na dura estrada da vida.

Fique com Deus.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: EmBuscaDaLuz em 08 de Junho de 2010, 18:00
Esse assunto sempre despertou meu maior interesse... Obrigada por compartilhar conosco!!!

Abraço Fraterno.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: SILVIA HELEN em 08 de Junho de 2010, 20:32
Otimo texto, um assunto muito interessante que ainda requer bastante estudo, obrigada pela publicação.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Michel Michels em 08 de Junho de 2010, 20:46
o que te parece Sky Light retratarmos aqui um artigo da revista espírita sobre a vida em outro planeta, e o desenho da casa que pertencia a um dos músicos famosos da terra?
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Disc em 08 de Junho de 2010, 22:25
Eu li esse artigo e vi o desenho também, achei interessante. Gosto de música clássica e aprecio o trabalho de Mozart, apesar de não termos certeza da veracidade das informações passadas, o que o artigo sugere, que uma pessoa mesmo sem ser santa foi para um planeta onde não existe mais sofrimento, nos dá uma bela esperança. Sejamos compreensivos, aqui na Terra temos o contato com o vício o tempo todo, além dos espíritos inferiores que tentam nos influenciar a todo momento, lá em Júpiter a atmosfera é bem diferente, sendo muito mais fácil ter um comportamento exemplar em um lugar livre de maldade.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Michel Michels em 08 de Junho de 2010, 22:57
digo de colocarmos principalmente as perguntas efetuados por Kardec a Mozar sobre Jupiter, acho que poderia incrementar um pouco o estudo.

Não digo que devemos acreditar piamente, mais podemos ter uma noção de alguns pontos, o que me parece ser um mundo de regeneração
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Disc em 09 de Junho de 2010, 10:18
Aqui está um link para a matéria que você pediu:
http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/re/1858/05g-mozart.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5lc3Bpcml0by5vcmcuYnIvcG9ydGFsL2NvZGlmaWNhY2FvL3JlLzE4NTgvMDVnLW1vemFydC5odG1s)
Quanto a Júpiter, se trata de um mundo ditoso, onde os Espíritos estão mais livres da matéria e não experimentam as mesmas vicissitudes que nós; os mundos de regeneração são tão materiais quanto a Terra, a diferença está no nível intelectual e moral dos habitantes, no futuro a Terra será um mundo de regeneração, quando as pessoas estiverem muito mais evoluídas e a ciência bem mais avançada.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Michel Michels em 09 de Junho de 2010, 18:42
Não era este Skylight mais vou procurar na Revista Espírita e colaciono, mais, pesquisando na Revista Espírita de 1988, mês de março, há um artigo intitulado Júpiter e alguns outros mundos, onde o Codificador tece algumas suposições sobre os mundos habitados, foi colacionar alguns excertos aqui:

[...] Antes de entrar em detalhes nas revelações que nos fiezeram os Espíritos sobre o estado dos diferentes mundos, vejamos a que consequência lógica podemos chegar por nós mesmos unicamente pelo raciocínio reportando-nos a escala espírita [...]

O mundo dos Espíritos compõe-se das almas de todos os humanos desta Terra e de outras esferas, despojados dos liames corporais, do mesmo modo, todos os humanos são animados por Espíritos neles encarnados. Há, pois, solidariedade entre esses dois mundos: os homens terão as qualidades e as imperfeições dos Espíritos aos quais estão unidos. Serão bons ou maus, conforme os progressos que hajam feito durante a existência corporal.

[...] Suponhamos então, um globo habitado exclusivamente por Espíritos da nona classe, por Espíritos impuros, e para lá nos transportemos pelo pensamento. Nele veremos todas as paixões liberadas e sem freio; o estado moral no mais baixo grau de embrutecimento; a vida animal em toda a sua brutalidade; nada de laços sociais, porquanto cada um só vive e age por si e para satisfazer seus grosseiros apetites; o egoísmo ali reina cmo soberano absoluto, arrastando no seu cortejo o ódio, a inveja, o ciúme, a cupidez e o assassínio.

Passemos agora a uma outra esfera, o nde se encontram Espíritos de todas as classe da terceira ordem: Espíritos impuros, levianos, pseudo-sábios, neutros. Sabemos que o mal predomina em todas as classes dessa ordem; porém, sem ter o pensamento do bem, o do mal decresce à medida que se afastam da última classe. O egoísmo é sempre o móvel principal das ações, mas os costumes sao mais suaves, a inteligência mais desenvolvida; o mal aí está um pouco disfarçado, enfeitado, dissimulado. Essas próprias qualidades dão origem a outro defeito: o orgulho, pois as classes mais elevadas são suficientemente esclarecidas para terem consciência de sua superioridade, mas não o bastante para compreenderem aquilo que lhes falta; daí sua tendência à escravização das classes inferiores ou das raças mais fracas, que mantêm sob o seu jugo. Não possuindo o sentimento do bem, só têm o instinto do eu, pondo a inteligência em proveito da satisfação das paixões. Se numa tal sociedade dominar o elemento impuro, este aniquilará o outro; caso contrário, os menos maus procurarão destruir seus adversários; em todos os casos haverá uma luta, luta sangrenta, de extermínio, porque são dois elementos que tem interesses opostos. Para proteger os bens e as pessoas, será necessário leis; mas essas leis serão ditadas pelo interesse pessoal e não pela justiça; é o forte que as fará, em detrimento do fraco [...]

segue...
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Michel Michels em 09 de Junho de 2010, 18:50
[...] Continuemos nosso passeio através dos mundos [...] É habitasdo somente por Espiritos de segunda ordem. Que diferença! O grau de depuração ao qual chegaram exclui entre eles todo pensamento do mal e apenas essa palavra nos dá uma idéia do estado moral dessa terra feliz. A legislação aí é bem simples, porquanto os homens não têm necessidade de defender-se uns contra os outros; ninguém deseja o mal ao próximo, ninguém se apropria do que não lhe pertnce, ninguém procura viver em detrimento de seu vizinho. Tudo respira benevolência e amor; os homens não se procuram prejudicar, não há ódio; o egoísmo  é desconhecido e a hipocrisia não terpa finalidade. Aí, entretanto, não reina a igualdade absoluta, porqianto tal igualdade supõe uma identidade perfeita no desenvolvimento intelectual e moral. Ora, pela escala espiritual vemos que a segunda ordem compreende vários graus de desenvolvimento; haverá, pois, desigualdade nesse mundo, porque muitos encarnados serão mais avançados que outrs; mas, como entre eles só há o pensamento do bem, os mais elevados nao conceberão o orgulho nem os outros a inveja. O inferior compreende a ascedência do superior e a ela se submete, visto ser puramente moral essa ascendência e ninguém se serve dela para oprimir os outros. [...]

Achei muito boas as colocações de Kardec, simples e objetivas, demonstrando se formos analisar um pouco da história de nossa Terra, que foi habitada por espíritos da nona classe e vem evoluindo.

Encontrei as colocações sobre Júpite foram efetuadas numa conversa familiar de além túmulo, na Revista Espírita de 1858, no mês  de abril, ditado pelo Espírito de Bernard Palissy, trata sobre a formação do globo, tipo dos habitantes, formas dos animais e natureza, assim como, pela condição moral dos mesmos, segue o link para quem tiver intereses: http://www.espirito.org.br/portal/download/pdf/revista-espirita-1858.pdf (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5lc3Bpcml0by5vcmcuYnIvcG9ydGFsL2Rvd25sb2FkL3BkZi9yZXZpc3RhLWVzcGlyaXRhLTE4NTgucGRm)
que te parece Skylight esta análise?
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Disc em 09 de Junho de 2010, 21:33
Reli essa entrevista com Bernard Palissy para deixar a minha opinião. A entrevista é muito interessante, mas achei estranho o relato de que em Júpiter não se praticam artes e que as casas são construídas por animais. Talvez porque eu faça um analogia entre os mundos ditosos e os planos espirituais que ficam acima da Terra, as colônias. Mas como o nosso universo é quase infinito, devem existir moradas espirituais para todos os gostos.
Nessa entrevista há também uma contradição em relação à linguagem articulada que Palissy declara inexistente em Júpiter enquanto em outro local, parece que em outro exemplar da Revista Espírita, está escrito que existe linguagem articulada por lá.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Michel Michels em 09 de Junho de 2010, 22:03
também concordo contigo que há contradições no que falam sobre júpiter, mais eu me atenho mais a parte moral, porq a parte de construções, formas de vida, no meu ver eu nao tenho condições de fazer analogias ou de construções mentais pra chegar a tanto.

=) sabe q eu tbm procuro pensar nas cidades espirituais aqui da terra pra ver como seriam os planetas, nosso lar por ex na minha opiniao seria um inicio de mundo d regeneração...
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: mateuss2010 em 09 de Junho de 2010, 23:02
Este assunto desperta muito o nosso interesse, sempre estamos pensando no nosso futuro, na nossa evolução espiritual, e nao temos permissao para saber muito sobre ele.

Obrigado pelas informações, se tiver mais informações sobre outros planetas, ficaria feliz em aprender sobre eles.

Forte abraço!
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Michel Michels em 10 de Junho de 2010, 02:03
então Mateus, até onde eu li da Revista Espírita o assunto foi tratado mesmo mais na do ano de 1858, depois nao me recordo de haver outra citação de um outor mundo, depois temos algumas obras, uma do Ramatis falando sobre Marte, que eu desconheço só sei de sua existência, temos algumas falando sobre Capela, uma do Edgard Armond eu li, mais não é mediunico propriamente dito, acredito que foi através de inspiração que ele escreveu, e apesar de conter alguns erros no meu ponto de vista, da para analisar, ele conta a história dos exilados deste planeta que teriam sido os primeiros moldes de corpos humanos, parecidos com os nossos. o livro chama os Exilados de Capela.

Prometo que se eu encontrar algo sobre isso na Revista ou em outro local eu trago aqui.

mas me diga Mateus, que achou dos textos? =D
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Disc em 10 de Junho de 2010, 11:35
Infelizmente, encontra-se muita mistificação quando se trata de obras sobre a vida em outros planetas.
Em relação ao caso Ramatis sobre esse tema, no link abaixo podemos ver algumas críticas a essa obra:
http://espiritismoxramatisismo.blogspot.com/search/label/Marte (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL2VzcGlyaXRpc21veHJhbWF0aXNpc21vLmJsb2dzcG90LmNvbS9zZWFyY2gvbGFiZWwvTWFydGU=)
Há pouco tempo comecei a ler um livro quem tem supostas informações sobre Saturno, sendo a suposta autora espiritual nada menos que a Santa Maria e fiquei desconfiado de certos fatores como a linguagem e depois de ver notícias como a de que os seres humanos da Terra terão mudanças físicas que os permitirão voar nos próximos séculos, achei muito estranho e descontinuei a leitura. A parte que fala sobre Saturno especificamente eu nem cheguei a ler.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Michel Michels em 10 de Junho de 2010, 17:09
bem elucidativo Skylight, eu na verdade só li um livro do Ramatis, e ele tem posicionamentos a meu ver bem diferentes do que trata a Doutrina Espírita, com posicionamentos próprios.

Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: mateuss2010 em 12 de Junho de 2010, 06:32
então Mateus, até onde eu li da Revista Espírita o assunto foi tratado mesmo mais na do ano de 1858, depois nao me recordo de haver outra citação de um outor mundo, depois temos algumas obras, uma do Ramatis falando sobre Marte, que eu desconheço só sei de sua existência, temos algumas falando sobre Capela, uma do Edgard Armond eu li, mais não é mediunico propriamente dito, acredito que foi através de inspiração que ele escreveu, e apesar de conter alguns erros no meu ponto de vista, da para analisar, ele conta a história dos exilados deste planeta que teriam sido os primeiros moldes de corpos humanos, parecidos com os nossos. o livro chama os Exilados de Capela.

Prometo que se eu encontrar algo sobre isso na Revista ou em outro local eu trago aqui.

mas me diga Mateus, que achou dos textos? =D

Eai caro irmao Michel, eu achei incrivel o relato sobre Jupter, como é tudo tao belo, tudo tao diferente aqui de nossa terra, um mundo realmente feliz, com certeza aumentou muito a minha vontade de me elever para lá.. rsrs que não vai ser facil.. vo ter que suar muito. hehe

Achei curioso o fato de uma vida ser em torno de 5 seculos e também com relação aos animais, nao consigo imaginar esses animais.

Quanto a veracidade do conteudo, imaginam-se ser verdadeira né, pelo fato de varios espiritos terem respondidos parecidamente e espiritos de luz nao terem desmentido a informação. Penso também que seja verdade.

Bom, achei tudo muito racional como toda informação que a doutrina nos traz.

Eu senti necessidade de estudar sobre a escala espírita, que ele usa muito termos como "nona classe", "terceira ordem", estudar mesmo as ordens e classes, pra mim que nao tenho este conhecimento fiquei meio perdido.

Só li sobre Jupter do mês de março, e sobre a conversa com Bernard Palissy de abril, estou muito sem tempo, uma correria danada de faculdade e trabalho espero ainda ler essas revistas todas..

Acho super interessante e importante esses estudos complementares.

Pena que nos é permitido saber tao pouco sobre este tema né? Depois quero ver os desenhos!

Só deixando uma observação, acredito que Jupter seja um mundo feliz, e nao de regeneração como acredita, pelo fato do Bernard passar essa informação:

43. Em que se tomam os habitantes de Júpiter depois da morte? - R. Crescem sempre em
perfeição sem mais suportar provas.
44. Não há, em Júpiter, Espíritos que se submetem a provas para cumprirem uma missão? -
R. Sim, mas isso não é mais uma prova; só o amor ao bem leva-os a sofrer.

e no ESE(cap3) dizer o seguinte:

17-Os mundos regeneradores são[...]
Ainda há provas a suportar, mas já não são as angústias dolorosas da
expiação.[...]


Enfim, obrigado pela contribuição.

Forte abraço e fiquem na paz de Deus irmaos!
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Disc em 12 de Junho de 2010, 13:39
Há vários temas muito interessantes dentro da ciência e doutrina espíritas que ainda precisam ser estudados e aprofundados. Precisamos de médiuns bem doutrinados, conscientes e responsáveis para continuar a obra. Acredito que teremos cada vez mais uma aproximação entre a doutrina espírita tradicional, os avanços da ciência e a obra do médium italiano Pietro Ubaldi que foi certamente um dos mais avançados e ao mesmo tempo um dos mais incompreendidos. Tem um médico, médium e estudioso de ciências chamado Gilson Freire que faz um bom trabalho nesse sentido. Para quem quiser conhecer, visite: www.freire.med.br (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5mcmVpcmUubWVkLmJy)
Outra opinião minha, é que precisamos ter coragem de abordar temas de interesse que ainda estão obscuros, sem nos prendermos muito à tese do "tal revelação os perturbaria" e ao mesmo tempo permanecendo sérios e responsáveis.
Um tema bem interessante seria saber por exemplo, como é a iluminação nos mundos de nível material semelhante à Terra que estão mais afastados do Sol.
Mais questão importante é que médiuns comprometidos com a doutrina espírita precisam pesquisar isso. Hoje temos livros sobre outros planetas de médiuns que não eram comprometidos com o Espiritismo, isso abre muito espaço à mistificação, precisamos estar atentos para não sermos enganados.
Título: Re: A Vida Material dos Outros Planetas
Enviado por: Michel Michels em 13 de Junho de 2010, 03:53
sinceramente Skylight, acredito que primeiro temos que trabalhar com muito afinco em nossa melhora como pessoas, para após isso, a espiritualidade vir a nos oferecer um trabalho neste sentido, porque a pessoa imbuída desse sentimento vai acabar sofrendo bastante assédio, ser questionado do porq efetuar pesquisas disso, vai ficar um pouco tumultuada a sua vida, então, muitos médiuns escrevem livros sobre sentimentos e dizem que não fazem parte da Doutrina, escrever sobre assuntos de vida em outros globos, acho dificil as pessoas que chegaram a escrever divulgarem para o grande público, pois, seria um boom, e novas embates e discussões sobre tudo o que já conhecemos quando tratamos de colônias espirituais...