Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Artigos Espíritas => Tópico iniciado por: raphael reys em 12 de Agosto de 2010, 12:09

Título: A MISSÃO!
Enviado por: raphael reys em 12 de Agosto de 2010, 12:09
A MISSÃO
 
A atual raça humana que pulula nos caminhos e trilhas deste vasto planeta, palco de provas e expiações, tem como origem estrelar o longínquo planeta Capela na constelação do Cocheiro. Há trinta milênios atrás seus habitantes foram banidos como revoltosos e enviados para este plano de expiações e aprendizado chamado Ebanon 636, no Sistema de Havona.
Após sete grandes tentativas migratórias finalmente aqui se adaptou a extirpe que fora expurgada. Os Arcanos criaram e desenvolveram as “almas”, corpos artificiais e vibracionais com a função de operaram através de corpos físicos, executando manobras instrumentais da Vontade Divina e servindo como veículo ao Espírito!
Como meta e, através de sucessivas reencarnações nesse plano, o Espírito revoltoso agindo através desse conjunto denominado “Carro de Combate” em vivências múltiplas de superações em tragédias e comédias. Em missão para adequar a sua Vontade à incondicionalidade através de superações.
A divindade criadora dotou o conjunto de mente e consciência e lhe conferiu a faculdade de exercer o livre arbítrio na sua plenitude. Uma faca de dois gumes, para escolher caminhos de karma ou dharma dando ao Espírito revoltoso a oportunidade de curar as suas mazelas...
Embora a alma escolha os caminhos guiando o carro pelas rédeas em manobras instrumentais, o verdadeiro “Senhor” da ação é a divindade que se faz presente através da ligação íntima com a criação através da Linha Mater (o Divino Espírito Santo).
A alma é, portanto, um corpo instrumental e artificial podendo com o uso da consciência plena e do seu livre arbítrio executar as necessárias superações e adaptabilidades que lhe conferem o “status” de “Instrumento da Vontade Divina”.
 Para o Espírito que usa a alma como elemento de ação independe se a mesma procura caminhos de dor ou de prazer! Essa escolha é decisão da alma, um seu atributo divino, pois enquanto o Espírito constrói a sua “individualidade” a alma usa a sua “personalidade”.
O Criador produz realidades através da manifestação da sua Vontade no ambiente imediato. A alma com sua consciência adquirida e adaptada em vida “ATUALIZA” (com suas interações e reações) a dita “Realidade” transformando-a em “cálice”!
Sem a presença de uma mente e consciência encarnadas e dotadas de corpo/alma instrumental para sentir o efeito da dita “realidade”, o “sentido” divino não ocorre! Daí a importância da alma se conscientizar da sua importância na chamada evolução como instrumento para sorver o cálice!
A alma é UNA em essência com o Criador, bipolar em constituição e trina em manifestação!
Daí a divindade é quem busca as almas para poder sorver o cálice da criação! Esse é o grande segredo iniciático! Terminada a sua jornada o Espírito retorna ao Criador, já desprovido do “conceito e preconceito” de “PAI E MÃE” e daí parte para o IMANIFESTO, ou INCRIADO, onde executará a sua mais importante manobra: Criar com liberdade de escolha!

Raphael Reys