Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Amizade => Tópico iniciado por: vanda32 em 23 de Julho de 2009, 14:22

Título: Onde encontrar a Esperança
Enviado por: vanda32 em 23 de Julho de 2009, 14:22
                              Onde encontrar a Esperança
Quando tudo a nossa volta nos leva ao desespero?

Quando as flores não são mais vistas em nosso caminho?

Quando é a solidão que vem nos acompanhar pelas noites sombrias que nos rodeiam?

Quando a indecisão diante das escolhas nos faz não encontrar as respostas que almejamos?

Quando nossa face é ferida pela injustiça?


Nossa alma carrega o peso da mágoa?

Onde encontrar a esperança, quando o dia amanhece e permanecemos presos ao cansaço espiritual?

Quando o caminho torna-se árduo demais?

Nossos pés fraquejam e já não suportam mais os espinhos?

Quando nossos braços se tornam pequenos para suportar tantas dificuldades?

Onde encontrar a esperança quando nossos olhos não mais enxergam o colorido da vida?

Quando as sombras tentam nos envolver e nos sentimos frágeis demais para combatê-las?

Quando não aceitamos as perdas que se apresentam?

Onde encontrar a esperança quando as nossas preces não conseguem mais ser expressadas nem pela fala nem pela mente?

Quando o desânimo toma conta da nossa vontade e não conseguimos encontrar as forças para levantar e trabalhar pela nossa salvação?
Quando a razão se perde diante da inesperada despedida?

Quando a loucura tenta se infiltrar em nossa vida?

Quando o chão nos falta e não sabemos como nos reerguer?

Quando não conseguimos encontrar portas abertas em nosso caminho?

Quando os pensamentos tornam-se confusos demais?

Quando acompanhamos o sofrimento daqueles que mais amamos?

Quando a fatalidade chega e de repente muda o rumo de nossas vidas?

Onde encontrar a esperança quando nosso Espírito perde o seu equilíbrio?

Quando a vida perde o seu encanto...

E enfim, deixamos de acreditar?

A esperança não nasce nas falsas ilusões que tantas vezes criamos para fugir da dor.

Não nasce nos caminhos de tentações que escolhemos apenas para satisfazer nossos prazeres mundanos.

A esperança não nasce nos castelos de areia que construímos para esconder o nosso medo.

Nem tão pouco, nos redemoinhos de paixões em que nos aprisionamos, tentando esconder a angústia que queima em nosso íntimo.

A esperança não nasce nas idéias que nos levam a crer que a vida termina com o cessar dos fluidos vitais do nosso físico.

A esperança não nasce nas coisas externas...

A esperança nasce dentro de nosso íntimo.

Nasce quando deixamos que esse íntimo volte-se para a luz.

Quando pouco a pouco fazemos nossa limpeza espiritual, sem medo de encarar as nossas fragilidades, aceitar que leva certo tempo, mas que podemos vencê-las.

A esperança nasce dentro de nosso íntimo.

Nasce quando deixamos que esse íntimo volte-se para a luz.

Quando pouco a pouco fazemos nossa limpeza espiritual, sem medo de encarar as nossas fragilidades, aceitar que leva certo tempo, mas que podemos vencê-las.

A esperança nasce quando despertamos para a vida e passamos a valorizar acima de tudo os bens espirituais como nossa maior riqueza.

A esperança chega quando preparamos nossa bagagem com as ferramentas que realmente serão úteis a nossa evolução.

Ela chega quando expressamos nossas dores, deixamos que as lágrimas caiam, mas jamais acreditemos que o sofrimento será eterno. E mesmo que ainda não soubermos o que iremos encontrar, retornemos, confiantes, a nossa jornada, porque sozinhos não estaremos.

A esperança brota em nosso coração quando o limpamos dos sentimentos nocivos que o contaminam, permitindo assim, que as sementes do bem possam germinar e nos auxiliar a curar as feridas que trazemos em nossa alma.

A esperança reina em nosso ser, quando compreendemos que não importam as quedas que venhamos a sofrer, os erros praticados ou os momentos de insanidade, mas sim, a fé verdadeira que pulsa em nosso ser e nos leva a buscar por outro amanhecer.

A esperança brilha quando perseveramos instante a instante em nossa reforma íntima, certos de que nosso Espírito não se perderá na escuridão.

A esperança está conosco quando deixamos o receio e a dúvida para trás e decididos, trilhamos o caminho onde fomos chamados a prosseguir, enxergando ao nosso lado, os amigos espirituais que não nos abandonam em nossa tarefa de elevação.

A esperança começa quando abraçamos o Evangelho do Mestre e iniciamos a renovação que há tempos nos aguarda.

A esperança se aproxima quando fazemos com que nossa sintonia mental esteja sempre voltada para a Luz.

E com essa Luz vamos guiando nossos passos.

A esperança cresce quando realmente sentirmos o amparo divino que nunca nos deixa abandonados e a todo instante nos acompanha, nos inspira e nos fortalece diante das provas pelas quais precisamos passar para chegar até o Pai.

A esperança se fortalece quando após a tempestade, nos empenhamos em redescobrir nossos talentos e acreditando neles, busquemos pelo sol a iluminar os nossos dias.

A esperança é encontrada quando escolhemos a Vida. E mesmo diante da dor, dos sonhos desfeitos, das perdas, das aflições e da tristeza, venhamos a compreender que os caminhos se renovam, e a vida sempre vale a pena!

E assim, a esperança se reacende e a tudo clareia.

Porque a esperança está em nós e sempre estará.

E ela surgirá, quando escolhemos a Luz....