Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Amizade => Tópico iniciado por: Victor Passos em 07 de Fevereiro de 2009, 11:05

Título: Convite à Fraternidade
Enviado por: Victor Passos em 07 de Fevereiro de 2009, 11:05
Convite à Fraternidade


"Ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo do médio, mas no velador." (Mateus: capítulo 5º, versículo 15.)

Abençoado pela oportunidade de progredir em regime de liberdade relativa, no corpo que te serve de esteio para a evolução, considera a situação dos que foram colhidos pelas malhas da criminalidade e expungem em regime carcerário os erros, à margem da sociedade, a benefício deles mesmos e da comunidade.
Visitá-los constitui dever impostergável.
Não é necessário que sindiques as razões que os retêm entre as grades ou no campo aberto das colônias agrícolas correcionais ou que te inquietes em face aos dramas que os sobrecarregam.
Há sim, alguns que são criminosos impenitentes, reincidentes, sem coração... Doentes, portanto, psicopatas infelizes ou obsidiados atormentados, sem dúvida...
Outros, no entanto...
Mães que não suportaram os incessantes maus-tratos de companheiros degenerados;
Irmãos avassalados pelo que consideravam in¬justiças terríveis e não tiveram energias para superar o momento crítico;
Operários espezinhados que não dispunham de forças para vencer a crise;
Patrões ludibriados que tomaram a justiça nas mãos;
Jovens viciados por este ou aquele fator desequilibrante, que agiram atados sob a constrição de drogas ou paixões;
Homens e mulheres probos que foram surpreendidos pela infelicidade num momento de fraqueza;
Adolescentes ou anciãos que foram levados ao furto pela fome.
Quantas crianças, também, em Reformatórios, Escolas corretivas, porque não tiveram um pouco de carinho e desde cedo somente receberam reproche e desprezo social! Podes fazer algo.
Tens muito para dar, especialmente no que diz respeito a valores morais e espirituais.
Confraterniza com eles e acende nas suas almas a flama do ideal imortalista, para que encontrem mesmo aí onde sofrem um norte que lhes constitua bússola e rota na imensa noite do desespero que sempre irrompe nas celas em que se demoram enjaulados por fora ou encarcerados por dentro.
Constatarás que ajudá-los é ajudar-se e ser fraterno para com eles é libertar-se de várias constrições que te inquietam, pondo a luz da tua fé no ve¬lador da fraternidade.

Livro: Convites da Vida - 25
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco
Título: Re: Convite à Fraternidade
Enviado por: Ramon em 14 de Agosto de 2010, 01:43
VIOLÊNCIA. O BOM COMBATE

A. Violência

O Conselho Nacional de Justiça informou que jovens estão envolvidos em algum tipo de crime, com idade entre 18 a 24 anos. Nessa faixa etária é possível estar na universidade, produzir algum tipo de conhecimento e ainda receber o título de "jovem cientista". Isso aconteceu com meu filho, no final da década de 1990 (Setenta e dois alunos de graduação recebem Prêmio de Iniciação Científica. Boa época quando refletíamos sobre ética, universidade e terceiro milênio (1)

B. Cognitivo, Afetivo e Psicomotor - Violência, a universidade estuda

“A Terra dos Bons Pensamentos”  escrito por Lúcia Cavalcanti de Albuquerque Williams, coordenadora do Laboratório de Análise e Prevenção da Violência na Universidade Federal de São Carlos, mostra a relação entre pensamentos, sentimentos e ações. No encontro “Abusos, Maus-Tratos e Proteção à Criança e ao Adolescente”, em agosto, 2010, na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB ), o livro foi lançado. A autora estava na mesa redonda “As Redes de Proteção”, com o tema “Fortalecendo a Rede de Proteção da Criança e do Adolescente”. Av. Marechal Câmara, 150, 4º andar, Centro, RJ.RJ

C. Brasil e o ranking das 500 melhores universidades do mundo 
A UFRJ é uma delas (2). PARIS.  A classificação 2010 das 500 melhores instituições de ensino superior do mundo, realizada pela Universidade de Comunicações de Xangai, coloca os estabelecimentos americanos na liderança. O Brasil tem seis instituições na lista:  Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O assunto pode ser consultado num site (3)

D. Como reduzir a criminalidade entre os jovens?

 Nestes dias, qualquer candidato a cargo eletivo vai responder que é necessário investir em assistência social, profissionalização e em educação de qualidade. O Núcleo Espírita Universitário pode participar investindo na educação para a fraternidade. Digo isso porque anotei que na era da qualidade total "a melhor doutrina é aquela que satisfaz ao coração e à razão e que mais elementos possui para conduzir os homens ao bem" (4) .

E. Fraternidade. Como definir?

 Amor em ação. Aceitação da diversidade, relacionamento pacífico entre diferentes (5).

Pasteur adverte. "Não se  considerem os únicos donos da verdade e do conhecimento, pois um diploma não faz o cientista.  Somente assim poderão cumprir sua missão, ser úteis ao próximo...  E façam tudo com amor, pois será um dia esplêndido aquele em que, dos  progressos da ciência, participará também o coração”(6)

F. Leitura complementar

1. Ética, Sociedade e Terceiro Milênio  -  http://www.serprofessoruniversitario.pro.br/ler.php?modulo=10&texto=524 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5zZXJwcm9mZXNzb3J1bml2ZXJzaXRhcmlvLnByby5ici9sZXIucGhwP21vZHVsbz0xMCZhbXA7dGV4dG89NTI0)

2. http://br.noticias.yahoo.com/s/afp/100812/mundo/educa____o_universidade_classifica____o_china_1 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL2JyLm5vdGljaWFzLnlhaG9vLmNvbS9zL2FmcC8xMDA4MTIvbXVuZG8vZWR1Y2FfX19fb191bml2ZXJzaWRhZGVfY2xhc3NpZmljYV9fX19vX2NoaW5hXzE=)

3. www.lesechos.fr/medias/2010/0812//020719898737_print.pdf (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5sZXNlY2hvcy5mci9tZWRpYXMvMjAxMC8wODEyLy8wMjA3MTk4OTg3MzdfcHJpbnQucGRm)

4. Sob Pressão.  http://www.jornaldosespiritos.com/2007.3/col49.21.htm (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5qb3JuYWxkb3Nlc3Bpcml0b3MuY29tLzIwMDcuMy9jb2w0OS4yMS5odG0=)

5. Revista Fraternidade (Lisboa) - -  O Retrato de Bezerra e a Aristocracia Intelecto-Moral (Ética e terceiro milênio).
http://www.iqm.unicamp.br/~formiga/neu/retratodebezerra.pdf (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5pcW0udW5pY2FtcC5ici9+Zm9ybWlnYS9uZXUvcmV0cmF0b2RlYmV6ZXJyYS5wZGY=)

6. Revista Fraternidade (Lisboa) – Ciência com Amor  http://www.iqm.unicamp.br/~formiga/neu/cienciacomamor.pdf (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5pcW0udW5pY2FtcC5ici9+Zm9ybWlnYS9uZXUvY2llbmNpYWNvbWFtb3IucGRm)

Título: Re: Convite à Fraternidade
Enviado por: Victor Passos em 14 de Agosto de 2010, 22:53
Ola muita paz e harmonia
Amigo Ramon

O mito da “família idealizada” leva-nos a pensá-la como o lugar dos afetos e da expressividade. Esta idealização associada a outros mitos1 é, em parte, responsável por negligenciarmos a gravidade da violência doméstica considerando-a, muitas vezes, como uma componente necessária à educação dos filhos, ao relacionamento conjugal e a certas interacções familiares (Gelles,1997:1).

É igualmente responsável pela constante “desatenção seletiva” de que este problema tem sido alvo ao longo dos anos (Pagelow, 1984:12).
A violência doméstica constitui, de facto, um fenómeno de longa data. As nossas sociedades estão repletas de inarráveis crueldades cometidas contra as crianças, as mulheres e outros membros da família. No nosso país, apesar de se supor que é um fenómeno que afecta inúmeras famílias, só recentemente é que foi colocado de forma evidente na agenda política nacional.
Ora se não constitui um problema novo, como é que a violência doméstica se transformou, em Portugal, num problema social? Pensamos que tal ocorreu, entre outros factores, porque:
Hoje é maior a sensibilidade e a intolerância social face aos comportamentos violentos;
A comunidade pediátrica em colaboração com profissionais de outras áreas disciplinares (magistrados, juristas, psiquiatras, técnicos do serviço social, educadores de infância, professores, sociólogos e psicólogos), tornaram num assunto público os maus tratos às crianças praticados pela própria família;
Certas Organizações Não Governamentais através das suas estratégias de apoio e intervenção têm vindo a conferir alguma visibilidade à violência que muitas mulheres são vítimas no contexto das relações conjugais;
 Recentemente, este fenómeno tem sido alvo de uma grande atenção por parte dos meios de comunicação social indo, assim, ao encontro da necessidade de uma maior sensibilização pública para este problema;
 ao nível dos serviços sociais de apoio e de protecção à vítima (apesar de serem insuficientes e se encontrarem ainda em fase incipiente) se observa uma nova atitude face a este fenómeno, decorrente duma formação mais adequada dos seus agentes;
 Desde a década de oitenta se tem vindo a produzir algumas recomendações internacionais neste domínio e às quais Portugal não poderia continuar insensível.
Estas acções em conjunto conduziram, no nosso país, à identificação da violência doméstica como um problema social.

È realmente necessario que nós façamos algo em prole desta situação, e é denunciando os casos que soubermos...Porque a maioria peca pela omissão e vergonha.
Muita paz

Victor Passos