Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Amizade => Tópico iniciado por: Angela Calegari em 11 de Março de 2010, 21:59

Título: Amizade
Enviado por: Angela Calegari em 11 de Março de 2010, 21:59
"Amizade se escreve assim

 

Foi durante a Primeira Grande Guerra. Eles eram jovens e a amizade que os unia tinha a ver com alguns momentos de lazer, de música e, sobretudo, de sobrevivência.

Ele não poderia esquecer que devia sua vida a um judeu alemão chamado Erik.

Um ano mais velho que ele próprio, Erik ensinou Hans a tocar acordeão.

Certo dia, o sargento entrou no alojamento perguntando quem tinha letra bonita.

O capitão precisava que fossem escritas umas 12 cartas. Ele estava com reumatismo ou artrite ou algo parecido e não podia escrevê-las.

Ninguém se voluntariou. Erik, no entanto, resolveu indicar o amigo. Falou que ele tinha caligrafia impecável.

Em verdade, a capacidade de redação de Hans era reduzida. Mas ele escreveu as cartas, enquanto o restante dos homens entrava em combate.

Nenhum deles voltou. O corpo de Erik foi encontrado em vários pedaços, numa colina cheia de relva.

Hans guardou o acordeão do amigo e o levou consigo, durante toda a guerra.

Ao regressar para casa, localizou a família de Erik para devolver o instrumento.

A viúva não o quis. Olhar para o instrumento musical lhe trazia memórias ainda mais nítidas do tempo em que ela e o marido davam aulas de música.

Hans tocou para ela, enquanto ela chorava, em silêncio.

Num papel, Hans escreveu seu nome e endereço.

Sou pintor profissional. Pinto seu apartamento de graça, quando a senhora quiser.

Hans se foi, logo após descobrir que Erik deixara um filho pequeno de nome Max.

Mais de 20 anos se passaram. Com a chegada da Segunda Guerra Mundial e a perseguição aos judeus, Max foi ocultado em um depósito por meses a fio, por um amigo alemão.

Contudo, o perigo aumentava dia a dia. Era preciso sair dali.

Max lembrou de Hans, o amigo de seu pai. E da promessa feita a sua mãe.

Sim, ela nunca precisara da pintura no apartamento. Mas ele precisava de um abrigo.

Um contato foi enviado ao endereço de Hans. Semanas depois, veio a informação: Hans ainda tocava acordeão, o do pai de Max.

Não era filiado ao Partido Nazista. Era pobre, casado e tinha uma criança. Importante: ele lhe mandara um livro. Na capa interna, uma chave. A chave de sua casa.

Assim, nas primeiras horas de uma madrugada silenciosa, na pátria do nazismo, um jovem judeu chegou à casa de Hans.

Colocou a chave na fechadura, entrou na cozinha.

Hans despertou. Desceu os degraus, no escuro.

No escuro encontrou o jovem fugitivo. Fez-lhe café para aquecê-lo.

Depois, o escondeu no porão.

Era uma situação aflitiva. Assustadoramente aflitiva.

Se Hans e a esposa fossem apanhados dando abrigo a um judeu, seriam presos, condenados, talvez mortos.

Nunca mais veriam a criança... Mas Hans fizera uma promessa.

Devia sua vida ao pai daquele jovem. Jamais poderia esquecer isso.

*   *   *

Amizade se escreve de muitas formas. Pode se escrever com l, de lealdade, com g, de gratidão, com c, de coragem.

Mas, principalmente, com a, de amor, sentimento elevado sempre presente nas almas nobres.

Pense nisso.

Redação do Momento Espírita, com base na pt. 4 do

 livro A menina que roubava livros, de Markus Zusak, ed. Intrínseca."

Bela lição de amor e lealdade.

Muita luz e paz!



 

 
Título: Re: Amizade
Enviado por: Cleusa Carminatti em 16 de Março de 2010, 22:40

----" A amizade é uma das mais fortes necessidades da alma".

.................bjs fraternos a todos.
Título: Re: Amizade
Enviado por: Cleusa Carminatti em 16 de Março de 2010, 22:42

...muita linda sua mensagem Angela,bjs em teu coração.
Título: Re: Amizade
Enviado por: Angela Calegari em 17 de Março de 2010, 10:54
Obrigada, Cleusa, a você também muita luz e paz e que a amizade verdadeira sempre esteja presente em sua vida vida.
abraços
Título: Re: Amizade
Enviado por: Cravo do Poeta em 17 de Março de 2010, 12:45
Bom dia Angela esta história e maravilhosa nos mostra a gratidão, amizade e lealdade.
Desejo a você  muita luz.Um beijo no seu coração e Cleusa um beijo a você também tenham um dia cheio de paz e harmonia.


Amizade Verdadeira


Você tem amigos?

Se ainda não os tem, não perca tempo. Comece hoje mesmo a conquistar amizades verdadeiras, pois a amizade é um tesouro sem o qual a vida na terra não teria sentido.

É uma força capaz de suavizar até mesmo os momentos mais difíceis na vida das pessoas, como os da guerra, por exemplo.

Há muitas histórias comoventes a respeito de grandes amizades e a que vamos narrar é uma delas.

Conta-se que um soldado dirigiu-se ao seu superior e lhe solicitou permissão para ir buscar um amigo que não voltou do campo de batalha.

Permissão negada, respondeu o tenente.

Mas o soldado, sabendo que o amigo estava em apuros, ignorou a proibição e foi a sua procura.

Algum tempo depois retornou, mortalmente ferido, transportando o cadáver do seu amigo nos braços.

O seu superior estava furioso e o repreendeu:

- Não disse para você não se arriscar? Eu sabia que a viagem seria inútil!

- Agora eu perdi dois homens ao invés de um.

- Diga-me: valeu a pena ir lá para trazer um cadáver?

E o soldado, com o pouco de força que lhe restava, respondeu:

- Claro que sim, senhor! Quando eu o encontrei ele ainda estava vivo e pôde me dizer: Tinha certeza que você viria!

Histórias como essa se repetirão, com outras tonalidades, enquanto existir amizade na face da Terra.

Quantos são aqueles que se dedicam, sem cobrança, a cuidar de amigos enfermos, amigos em dificuldades, amigos rebeldes.

Por tudo isso é que a amizade tem sido comparada a um tesouro de valor incalculável, pois não se compra nem se vende, simplesmente se conquista.

E a verdadeira amizade é aquela que aceita a pessoa amiga como ela é, e não tenta moldá-la como gostaria que fosse.

A amizade respeita, compreende, perdoa, apoia, defende, enaltece.

Muitas pessoas confundem a amizade com cumplicidade interesseira, mas a amizade não é assim.

O verdadeiro amigo sabe dizer sim e sabe dizer não quando é preciso, mesmo que para isso não seja compreendido.

Em nome da amizade, não se deve fazer tudo o que o amigo faz ou apoiá-lo em tudo. Isso é tolice.

A amizade fiel não é conivente com os equívocos, mas está sempre alerta para socorrer quando necessário.

Enfim, o amigo é aquele que não apenas enxuga as nossas lágrimas, mas faz de tudo para não deixá-las cair.

O maior exemplo de amizade que passou sobre a terra, chama-se Jesus Cristo.

Ele, um Poeta dos mundos celestes, fez-se Cantor para que a Sua sublime voz fosse escutada neste minúsculo planeta.

Príncipe dos espaços siderais, tornou-se Súdito humilde para aproximar-se dos corações sofredores.

Senhor das estrelas, converteu-se em servo para ensinar a humildade.

Nobre de origem celeste, transformou-se em Escravo por amor aos amigos-irmãos degredados na Terra.

Grandioso, hoje como ontem, é o amanhã dos que choram, sofrem, aguardam e amam.

Sua veneranda presença paira dominadora sobre a humanidade, que nele encontra alento para suas dores e forças para prosseguir na escalada para Deus.

Jesus é a síntese histórica da grandeza, da perfeição, da sabedoria e, mais do que nunca, da amizade...


www.momento.com.br (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5tb21lbnRvLmNvbS5icg==)
Título: Re: Amizade
Enviado por: Angela Calegari em 20 de Março de 2010, 13:08
Bom dia, Cravo, obrigada pelas belas palavras e concordo com o que você disse. Tenha um excelente final de semana cheio de luz e paz em seu coração.
Um grande beijo a você.
Angela
Título: Re: Amizade
Enviado por: Cravo do Poeta em 20 de Março de 2010, 13:15
Bom dia Angela.

Tenha um final de semana cheio de paz e amor, um beijo no seu coração.