Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: dOM JORGE em 11 de Julho de 2018, 18:59

Título: Viver em paz
Enviado por: dOM JORGE em 11 de Julho de 2018, 18:59
                                                              VIVA JESUS!





             Boa-tarde! queridos irmãos.




                   Viver em paz


A paz é estado de consciência espiritual que todos desejam, pois, sem ela, não se há como viver feliz.

Para viver em paz é necessário munir-se de boa vontade para bem compreender e melhor discernir o que significa ter paz.

A paz não é fruto apenas de atos públicos, e representado por estandartes e bombas brancos, pois ela não está exteriormente na criatura. É um sentimento íntimo, que envolve o da consciência enobrecida pela prática do bem, livre de preconceitos, mas envolvido de sentimentos de fraternidade, conscientes de que somos todos irmãos, filhos do mesmo Pai.

Paulo, o valoroso apóstolo do Cristianismo nascente, ao despedir-se de Coríntios, certo de que para ser feliz era necessário conquistar a paz, escreveu aos seus amigos a Epístola II, onde ele, no capítulo 13, vv. 11, recomendou: “Quanto ao mais, irmãos, adeus! Aperfeiçoai-vos, sede do mesmo parecer, vivei em paz, e o Deus de amor e de paz estará convosco”.

Com o título que demos ao presente artigo, Emmanuel, o sábio amigo guardião de Chico Xavier, ditou-lhe orientadora mensagem que transcrevemos na íntegra para melhor orientação e bom proveito dos prezados estimados leitores:

“Mantém-te em paz. É provável que os outros de guerreiem gratuitamente, hostilizando-te a maneira de viver; entretanto, podes avançar em teu roteiro, sem guerrear ninguém.

“Para isso, contudo – para que a tranquilidade te banhe o pensamento -, é necessário que a compaixão e a bondade te sigam todos os passos.

“Assume contigo mesmo o compromisso de evitar a exasperação. Junto da serenidade, poderá analisar cada acontecimento e cada pessoa no lugar e na posição que lhes dizem respeito. Repara, carinhosamente, os que te procuram no caminho...

“Todos os que surgem, aflitos ou desesperados, coléricos ou desabridos, trazem chagas de ilusões. Prisioneiros da vaidade ou da ignorância, não souberam tolerar a luz da verdade e chamam irritadiços... Unge-te de piedade e penetra-lhes os recessos do ser, e identificarás em todos eles crianças espirituais que se sentem ultrajadas ou contundidas.

“Uns acusam, outros choram. Ajuda-os, enquanto podes. Pacificando-lhes a alma, harmonizarás, ainda mais, a tua vida.

“Aprendamos a compreender cada mente em seu problema. Recorda-te de que a Natureza, sempre divina em seus fundamentos, respeita a lei do equilíbrio e conserva-a sem cessar.

“Ainda mesmo quando os homens se mostram desvairados, nos conflitos abertos, a Terra é sempre firme e o Sol fulgura sempre.

“Viver de qualquer modo é de todos, mas viver em paz consigo mesmo é serviço de poucos”.

Assim, Paz é conquista pessoal, e para consegui-la é necessário atentar para o ensinamento dos Espíritos cooperadores na obra da codificação, quando inquiridos por Kardec sobre a forma mais adequada para a conquista da evolução, e eles ensinaram: fazer pequeno esforço, e reclamaram, mas quão poucos fazem esforço!

Vale meditar sobre o tema, especialmente na atenção para o ensinamento do apóstolo Paulo: “Vivei em paz, e o Deus de amor e de paz estará convosco”.


          Édo Mariani








                                                                                                   PAZ, MUITA PAZ!