Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: dOM JORGE em 23 de Agosto de 2012, 15:41

Título: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: dOM JORGE em 23 de Agosto de 2012, 15:41
                                                                      VIVA JESUS!




             Bom-dia! queridos irmãos.



                     Tem base bíblica o Espiritismo, e é dogmático o outro cristianismo


Pouco se fala da diferença entre os dois cristianismos: o bíblico e o dogmático. Mas até guerras eles já causaram.

Há dogmas que unem os cristãos. Mas há os que os dividem como os dogmas da Transubstanciação e da infalibilidade papal.

Os adeptos do cristianismo espírita procuram não ser apenas alunos do excelso Mestre, ou seja, aqueles que só estudam o seu evangelho, mas esforçam-se também para serem seus discípulos, pois eles têm como princípio religioso e moral a vivência de fato do evangelho. Realmente, o Espiritismo segue apenas a Bíblia, superando nisso a Igreja Católica e demais igrejas cristãs. E a doutrina dos Espíritos não aceita os dogmas, que foram imaginados e instituídos pelos teólogos com base em interpretações abusivas simbólicas e literais da Bíblia, e isso quando eles não são frontalmente contrários a ela. Por isso, o Espiritismo é a religião cristã mais combatida por católicos, protestantes e evangélicos.

E há mais um fator que agrava esses ataques. Os líderes religiosos espíritas são voluntários no seu trabalho de divulgação do evangelho. Assim, enquanto os outros líderes religiosos cristãos vivem da sua religião, os líderes cristãos espíritas vivem para a sua religião. Jesus disse que não podemos servir a Deus e a mamom (deus da riqueza). E, exatamente por ser o Espiritismo assim diferente, é que o caluniam de macumbaria, feitiçaria, doentes mentais, superstição, charlatanice, contato com os demônios (na interpretação ainda errada de muitos cristãos) etc. Mas como as pessoas, em sua maioria, não estão mais acreditando nessas mentiras e calúnias, muitos líderes religiosos não espíritas estão apelando agora para outra tática, gritando para os quatro cantos do mundo que o Espiritismo não é cristão, porque não aceita os dogmas, entre eles, o polêmico e politeísta, que quer sustentar que Jesus é outro Deus, dogma esse decretado no tumultuado Concílio Ecumênico de Niceia (325). É um direito que os teólogos ainda tentem sustentar esse dogma, mas também que eles não estranhem que o cristianismo tradicional está, lamentavelmente, em decadência, e que o Islamismo está avançando na Europa, continente que sempre foi um terreno fértil para a difusão e crescimento do Cristianismo.

O Espiritismo não segue a Bíblia às cegas, pois Deus nos deu a inteligência para ser usada. A Bíblia contém a palavra de Deus ou dos Espíritos, anjos de Deus trabalhando no seu projeto. (Hebreus 1:14).  E é errado afirmar que a Bíblia é literalmente a palavra de Deus. Esse erro decorre do fato de os teólogos do passado pensarem que todo Espírito manifestante na Bíblia fosse o do próprio Deus, quando isso nunca aconteceu.

E eis um exemplo de que até satanás é confundido com o Espírito do próprio Deus. O Senhor incita Davi a fazer o censo dos israelitas. (2 Samuel 24:1). Mas, em outra parte bíblica, é satanás que incita Davi a fazer esse censo. (1 Crônicas 21:1). Também se diz no episódio da sarça ardente (Êxodo 3:7) que foi Deus que falou com Moisés. Mas Paulo, Atos (7:30), afirma que foi um anjo, isto é, um Espírito.

O Espiritismo, realmente, segue a Bíblia, mas com uma interpretação raciocinada, como é raciocinada também a sua fé!



             José Reis Chaves






                                                                                       PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 23 de Agosto de 2012, 17:32
A mim
Não resta Dúvidas que tem base Bíblica o Espiritismo
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: Mourarego em 23 de Agosto de 2012, 18:20
Isso mesmo mano Moisés,
Só para lembrar, uma das primeiras lições em OLE diz: "O Espiritismo é a emanação de Deus.
Ora, então se tem que a D.E. teve sua origem no pensamento Divino, e com segue na lição, foram os Espíritos superiores aqueles únicos a serem incumbidos de a Revelarem nos 4 cantos do mundo.
Parece-me que poucos são os que vão buscar na fonte o cabedal de conhecimentos doutrinários.
Abraços,
Moura
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 23 de Agosto de 2012, 19:00
Entendo que, de uma certa forma, o espiritismo busca um entendimento acerca da biblia, calcado não apenas no estudo repetitivo do texto, mas fundamentalmente na reflexão acerca do que o texto nos fala.
A biblia é a mensagem de Deus, recebida, traduzida e interpretada pelos homens, com suas limitações morais e principalmente intelectuais para raciocinar acerca daquilo que ela apresenta.
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: MOIMOI em 24 de Agosto de 2012, 00:17
Prezados,

O espiritismo é uma religião com belas propostas morais e uma doutrina baseada na orientação dita provinda dos espíritos. Do ensino de Cristo a proposta lucubrada por Rivail retira algumas partes e as interpreta dentro da ótica espiritista, que quase sempre resulta em divergência com contexto em que a mensagem fora prolatada.

Apesar de vários espíritas defenderem a cristianidade do espiritismo esta não é opinião unânime dentre os kardecistas: nomes respeitados no meio mediúnico, como Carlos Imbassahy, autor de “O Espiritismo à luz dos Fatos”; Marcos Arduin, e outros, afirmam taxativamente o distanciamento entre o ensino dos espíritos e os postulados bíblicos. Imbassahy, em “A margem do espiritismo” declara:

"Nem a Bíblia prova coisa nenhuma, nem temos a Bíblia como probante. O espiritismo não é um ramo do cristianismo como as demais seitas cristãs. Não aceita os seus princípios na Escrituras. Não rodopia junto à Bíblia. A discussão, no terreno em que se acha, seria ótima com católicos, visto como católicos e protestantes baseiam seus ensinamentos nas escrituras. Mas a nossa base é o ensino dos espíritos, daí o nome espiritismo."

A realidade é que as crenças espíritas não coadunam com as defendidas pelas confissões cristãs. A reeencarnação, por exemplo, não consta dos credos católico e protestante; tampouco é citada na Bíblia: apesar de alguns alegarem que os livros bíblicos apregoem as múltiplas existências, essa suposição não resiste a estudos confirmativos. José Reis Chaves é um dos que defendem o reencarnacionismo bíblico, até escreveu um livro intitulado, “A Reencarnação segundo a Bíblia e a Ciência”, no entanto a obra não tem coisa alguma de ciência, tampouco demonstra satisfatoriamente as multividas no livro santo.

Outra alegação infundada é a de que na Bíblia são narrados eventos mediúnicos. Essa suposição não possui qualquer sustentabilidade. A concepção do judaísmo, desde seus primórdios, era a de que somente Javé (Deus) responderia aos rogos do povo. Numa nação com tal mentalidade não havia lugar para a inserção de espíritos. Há quem retruque que o próprio Saul realizara consulta ao espírito de Samuel, no entanto o episódio constituiu flagrante desrespeito aos ditames legais (e, em verdade, espírito algum apareceu, tudo não passou de simulação da necromante: é só examinar a narrativa com atenção para constatar).

Saudações,
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: Jonathan Cardoso em 24 de Agosto de 2012, 00:54
A Bíblia, a meu ver, deve ser lida no seu contexto cultural e histórico e ter os seus princípios julgados pela razão. A composição da Bíblia não passou por um método de análise semelhante ao que Kardec fez, então como confiar em tudo que é dito? Aliás... como confiar no que a doutrina espírita diz? Não há outra forma senão usando a razão e experimentação.

Portanto, por falta do método de compilação e pela existência de várias contradições na Bíblia e alguns princípios que não são universais, como aceitar que ela seja usada para apoiar o Espiritismo?

Acredito que as pessoas procuram se apoiar na Bíblia e interpretá-la dentro do espiritismo para facilitar a transição de suas ideias provenientes de uma religião tradicional cristã para as ideias do Espiritismo.
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: Golbery Capistrano em 24 de Agosto de 2012, 01:11
A todos os espíritas que têm interesse nesse tema, eu recomendo fortemente a escuta do episódio A Raíz do Portal do Ser.

http://www.portalser.org/podser/podser-04-a-raiz/

Ele falará principalmente das conexões do espiritismo com a primeira revelação.
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: zarthur em 24 de Agosto de 2012, 15:16
Moimoi;
embora sob meu ponto de vista, se não existisse a Bíblia o Espiritismo ainda seria tal qual é.
Mas vc diz que não existem fatos mediúnicos naquelas narrativas e engana-se.

Todo o Novo Testamento oferece a cada página um destes episódios. Os sonhos de José, em que anjos o advertem da intenção de Herodes quanto a Jesus.
A anunciação à Maria. Os milagres que Jesus realizou.

Enfim, são tantos que penso que não compreendi quando vc disse que ali não existe fato mediúnico... é isto mesmo?

No velho testamento, quando se diz que ali não existe espírito, no entanto no episodio de Sodoma e Gomorra dois anjos são enviados para advertir a Jaco e suas filhas.
Jacó, que posteriormente é denominado Israel, ou seja, aquele que luta com Deus, recebeu este nome por haver lutado contra um anjo, o qual acaba por lhe quebrar um braço.
Estes anjos não seriam espíritos?
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 24 de Agosto de 2012, 21:05
Meu caro Zarthur, recentemente assisti uma entrevista antiga do pastor Nehemias Marien, onde ele afirma, e eu concordo, que a biblia é "mediunidade da primeira a última linha".
Penso inclusive que a DE vem corroborar o que a biblia nos apresenta.
Entretanto para perceber isso é importante, fundamental diria eu, separar a forma do conteudo.
Título: Re: Tem base bíblica o Espiritismo...
Enviado por: Fabiano Dantas em 08 de Julho de 2013, 19:10
Zarthur,

"Todo o Novo Testamento oferece a cada página um destes episódios. Os sonhos de José, em que anjos o advertem da intenção de Herodes quanto a Jesus. A anunciação à Maria. Os milagres que Jesus realizou".


Caro, Zarthur. É a primeira vez que posto neste fórum e estou um pouco perdido concernente aos tópicos que estão ativos no momento. Mas este tópico, já parado a algum tempo e, mais especificamente, a sua postagem me chamaram a atenção.

Pois bem, a sua resposta ao argumento do MOIMOI é que o Novo Testamento está repleto de atos mediúnicos que são exemplificados pelos milagres de Jesus e algumas revelações milagrosas dadas a José e a Maria. Bem, penso que estes casos não podem se adequar aos atos mediúnicos existem no Espiritismo pois, estes constituem-se geralmente de comunicações com espiritos de mortos (necromancia) o que é bem diferente de revelações angelicais e feitos miraculosos.

"Enfim, são tantos que penso que não compreendi quando vc disse que ali não existe fato mediúnico... é isto mesmo?"

Sua discordância com o MOIMOI é conceitual. Quando ele fala de eventos mediunicos, refere-se a sessões de comunicações com mortos, tal como acontece no espiritismo. E de fato, a isto não encontramos nenhuma referência no Novo Testamento.

"No velho testamento, quando se diz que ali não existe espírito, no entanto no episodio de Sodoma e Gomorra dois anjos são enviados para advertir a Jaco e suas filhas.
Jacó, que posteriormente é denominado Israel, ou seja, aquele que luta com Deus, recebeu este nome por haver lutado contra um anjo, o qual acaba por lhe quebrar um braço. Estes anjos não seriam espíritos?


Bem, nem todos os cristãos dizem que não existem espíritos no Antigo Testamento. O que geralmente se diz é que não havia comunicação com mortos. E recorrrer a aparição de anjos a certos personagens bíblicos para provvar que o Antigo Testamento relata fatos mediúnicos tais como os que "acontecem" no Esiritismo é um argumento muito furado. Os anjos não espíritos de mortos, são seres criados por Deus, mas de uma constituição diferente da do ser humano. Sendo assim, não se pode usar tais passagens para embasar biblicamente  as crenças kardecistas

Cordialmente,

Fabiano Dantas