Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: dOM JORGE em 21 de Fevereiro de 2015, 23:15

Título: Semear sempre...é isso que importa
Enviado por: dOM JORGE em 21 de Fevereiro de 2015, 23:15
                                                                   VIVA JESUS!




              Boa-noite! queridos irmãos.




                     
Semear sempre...
é isso que importa


Derivado do vocábulo latino seminare, semear significa deitar ou espalhar sementes para que germinem e, figurativamente, espalhar, propalar, publicar.

Jesus valeu-se desse verbo para nos contar uma interessante parábola – a conhecida Parábola do Semeador.

Um homem saiu a semear, disse Jesus.

No curso de sua tarefa, parte das sementes caiu ao longo do caminho e os pássaros vieram e a comeram.

Outra parte caiu em lugares pedregosos onde não havia muita terra, mas as sementes logo brotaram. Contudo, como não tinham raízes, porque carecia de profundidade a terra onde haviam caído, o Sol as queimou e elas secaram.

Outro tanto caiu entre espinheiros e estes, crescendo, as abafaram.

Outra parte, por fim, caiu em terra boa e produziu frutos, dando algumas sementes cem por um, outras sessenta e outras trinta por um.

Na sequência de sua fala, tal como é relatado no cap. XIII do Evangelho segundo Mateus, o próprio Jesus explicou a parábola.

Comentando o assunto, Allan Kardec diz que a Parábola do Semeador exprime perfeitamente os matizes existentes na maneira de serem utilizados os ensinos do Evangelho.

Existem pessoas – afirma Kardec – para as quais não passa ele de letra morta e que, como a semente caída sobre pedregulhos, nenhum fruto dá. Os espiritistas escapariam a semelhante regra?

Vejamos o que o Codificador do Espiritismo escreveu:

Não menos justa aplicação encontra ela nas diferentes categorias espíritas. Não se acham simbolizados nela os que apenas atentam nos fenômenos materiais e nenhuma consequência tiram deles, porque neles mais não veem do que fatos curiosos? Os que apenas se preocupam com o lado brilhante das comunicações dos Espíritos, pelas quais só se interessam quando lhes satisfazem à imaginação, e que, depois de as terem ouvido, se conservam tão frios e indiferentes quanto eram? Os que reconhecem muito bons os conselhos e os admiram, mas para serem aplicados aos outros e não a si próprios? Aqueles, finalmente, para os quais essas instruções são como a semente que cai em terra boa e dá frutos? (O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XVII, item 6.)

É exatamente com esse propósito – semear, espalhar, propalar as lições do Evangelho – que os espiritistas da cidade paulista de Rio Claro estão programando um importante evento previsto para realização em maio deste ano, como é explicado na entrevista que nos foi concedida pelo confrade Valdinei da Costa Prochnow, do Centro Espírita Fraternidade e do Lar Espírita Espiridião Prado, situados em Rio Claro (SP). A entrevista é um dos destaques da presente edição.

Nome do evento: SEMEAR.

Tema deste ano: “Jesus: a alegria de viver”.

Objetivo: divulgação dos ensinos de Jesus através da doutrina espírita.

São ideias como essa que fazem com que cheguem ao grande público os ensinamentos espíritas e as lições contidas no Evangelho, explicadas à luz da doutrina espírita.

Em inúmeras cidades o movimento espírita ganhou corpo e se fez respeitado exatamente por eventos assim, que deveriam multiplicar-se por onde isso fosse possível, visto que, como sabemos, a sociedade contemporânea só tem a ganhar inteirando-se das instruções que os benfeitores espirituais têm-nos trazido sem cessar, a respeito da vida e dos objetivos de nossa passagem por este mundo.

Semear sempre é, sem dúvida, o que importa.

A colheita será mera consequência.



         Editorial-O Consolador









                                                                                                        PAZ, MUITA PAZ!