Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Biografias Espíritas => Tópico iniciado por: Edna☼ em 16 de Março de 2011, 17:41

Título: Antonio Gonçalves da Silva Batuíra
Enviado por: Edna☼ em 16 de Março de 2011, 17:41
(http://portalespirito.wpengine.com/wp-content/uploads/2016/06/batuira.jpg)

•   Batuíra


Aos 19 de março de 1839, nascia em Portugal, na Freguesia de Águas Santas, o menino Antonio Gonçalves da Silva Batuíra, mais conhecido no meio espírita como Batuíra.

Filho de humildes camponeses, chegou a completar a instrução primária, vindo para o Brasil com 11 anos de idade, tentar trabalho e instrução mais aprimorada.

Batuíra era defensor dos ideais abolicionistas. Juntou-se ao grupo de abolicionistas, que contava com José do Patrocínio, Luís Gama, Raul Pompéia, Paula Ney, Antonio Bento e Rui Barbosa, este já muito conhecido e aplaudido por sua Inteligência. Tinham em mente ativar cada vez mais os ideais da libertação dos escravos.

Em 1889, Batuíra passou a ser o agente exclusivo do reformador na capital de São Paulo. Sua fama como médium curador já se espalhava por todo o país.

Era conhecido como o médium das barbas brancas.

Tornou-se muito respeitado pela sua luta em favor da libertação dos escravos, fato que ocorreu em 13 de maio de 1888, quando a princesa Iazebl assinou a Lei Áurea.

Reabriu no dia 6 de Abril de 1890 o Grupo Espírita Verdade e Luz, na Rua Lavapés, sob a direção de José do Patrocínio.

Formou uma escola onde as crianças eram alfabetizadas, e pouco antes de sua partida para a pátria espiritual, com autorização de sua esposa, doou tudo o que possuía à Instituição Beneficente Verdade e Luz.

Batuíra escrevia periódicos com o pseudônimo de “Ninguém”.

Batuíra partiu aos 70 anos de idade. Uma vida repleta de trabalho e muito amor a Jesus, produzindo muitos frutos.


Enquanto a Divina Providência nos der forças,
faremos o que pudermos para convencer os nossos adversários
de que nossos maiores desejos têm sido, são e serão o adiantamento de toda a Humanidade.
Continuaremos com o mesmo afã no empenho de aliviar os sofrimentos dos nossos irmãos,
 sem indagarmos a que seita ou religião pertencem
.”
Batuíra


Estas palavras foram ditas por Batuíra, pouco antes do seu desencarne, numa palestra realizada no Grupo Espírita Verdade e Luz.


     
"Batuíra, Espírito liberal –
simples na sua caridade,
grande na sua simplicidade
."
Caibarl Schutel


Fonte: Trechos do texto colocado com autorização para estudo, sendo que os créditos pertencem ao Seareiro.

 
http://www.espiritismogi.com.br/biografias/batuira.htm

Título: Re: Re: Batuira
Enviado por: hcancela em 29 de Abril de 2011, 22:24
•   Batuíra


Aos 19 de março de 1839, nascia em Portugal, na Freguesia de Águas Santas, o menino Antonio Gonçalves da Silva Batuíra, mais conhecido no meio espírita como Batuíra.

Filho de humildes camponeses, chegou a completar a instrução primária, vindo para o Brasil com 11 anos de idade, tentar trabalho e instrução mais aprimorada.

Batuíra era defensor dos ideais abolicionistas. Juntou-se ao grupo de abolicionistas, que contava com José do Patrocínio, Luís Gama, Raul Pompéia, Paula Ney, Antonio Bento e Rui Barbosa, este já muito conhecido e aplaudido por sua Inteligência. Tinham em mente ativar cada vez mais os ideais da libertação dos escravos.

Em 1889, Batuíra passou a ser o agente exclusivo do reformador na capital de São Paulo. Sua fama como médium curador já se espalhava por todo o país.

Era conhecido como o médium das barbas brancas.

Tornou-se muito respeitado pela sua luta em favor da libertação dos escravos, fato que ocorreu em 13 de maio de 1888, quando a princesa Iazebl assinou a Lei Áurea.

Reabriu no dia 6 de Abril de 1890 o Grupo Espírita Verdade e Luz, na Rua Lavapés, sob a direção de José do Patrocínio.

Formou uma escola onde as crianças eram alfabetizadas, e pouco antes de sua partida para a pátria espiritual, com autorização de sua esposa, doou tudo o que possuía à Instituição Beneficente Verdade e Luz.

Batuíra escrevia periódicos com o pseudônimo de “Ninguém”.

Batuíra partiu aos 70 anos de idade. Uma vida repleta de trabalho e muito amor a Jesus, produzindo muitos frutos.


Enquanto a Divina Providência nos der forças,
faremos o que pudermos para convencer os nossos adversários
de que nossos maiores desejos têm sido, são e serão o adiantamento de toda a Humanidade.
Continuaremos com o mesmo afã no empenho de aliviar os sofrimentos dos nossos irmãos,
 sem indagarmos a que seita ou religião pertencem
.”
Batuíra


Estas palavras foram ditas por Batuíra, pouco antes do seu desencarne, numa palestra realizada no Grupo Espírita Verdade e Luz.


     
"Batuíra, Espírito liberal –
simples na sua caridade,
grande na sua simplicidade
."
Caibarl Schutel


Fonte: Trechos do texto colocado com autorização para estudo, sendo que os créditos pertencem ao Seareiro.

 
http://www.espiritismogi.com.br/biografias/batuira.htm


Paz e luz!

Edna ;)

Olá Edna

A freguesia de Águas Santas do Concelho da Maia, Distrito do Porto onde vive este seu amigo e onde vive minha sogra.

Nem sabia que vivia em tão ilustre Freguesia a minha sogra...rssssssssss

Obs: Por acaso sabia...kkkkkkkkkkk era só uma pequenina brincadeirinha ,menina Edna.
bjsuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
Título: Re: Re: Batuira
Enviado por: Edna☼ em 30 de Abril de 2011, 19:25
Mas, veja só que interessante:

Batuíra  [attachimg=1 width=250 align=left]  saiu da sua bela Porto, Freguesia de Águas Santas, com destino ao Brasil.

Passou uns tempos na cidade maravilhosa Rio de Janeiro, depois em Campinas (interior de São Paulo), e, por fim, fixou residência na querida cidade de São Paulo...

E o trabalho de amor que fez por aqui foi excepcional!

Por isso, é respeitado e considerado como filho desta nossa terra chamada Brasil.