Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: dOM JORGE em 22 de Dezembro de 2010, 19:10

Título: Existe uma conexão entre você, tudo e todos no mundo
Enviado por: dOM JORGE em 22 de Dezembro de 2010, 19:10
                     VIVA JESUS!



   Olá, queridos irmãos.


      Quando o poeta inglês Francis Thompson escreveu:

 

" Por um poder imortal, todas as coisas, perto ou distante, ocultamente estão ligadas entre si. E tão ligadas estão, que não se pode tocar uma flor sem incomodar as estrelas"

 

muitos pensaram não se tratar de uma frase inspirada.

 

O físico J. S. Bell propôs um teorema, em 1964, cuja confirmação ocorreu em 1972 e tem sido confirmado por séries de experiências sequentes. A comprovada teoria de Bell afirma que:

 

"Se uma molécula for dividida de tal forma que os elétrons se separem e depois o spin de um elétron for alterado, os spins dos outros elétrons que originalmente estavam unidos a ele vão corresponder-se imediatamente, não importa a que distância esteja um do outro."

 

O teorema de Bell confirma que há uma conexão entre você, tudo e todos no mundo.

Portanto, somos mais responsáveis do que pensávamos por nossos pensamentos e palavras.



 
(extraído da Agenda Todo Dia 2010 da Ed. EME - pág. 153)



Estamos todos interconectados ! Que a Luz Divina se resplandeça em toda a sua vida !



                                  PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Existe uma conexão entre você, tudo e todos no mundo
Enviado por: Conforti em 24 de Dezembro de 2010, 19:58
Existe uma conexão  entre você, tudo e todos no mundo  #0           

           Amigos e amigo dOM, só um pitaco, como diz o mano Moura, para reflexão:
           O físico Bell mostra que todas as teorias científicas localizadas, isto é, que asseguram que tudo que sucede, que todas as forças e influências, estão dentro do espaço-tempo, por mais que pareçam estar certas, sempre deixam alguma coisa de fora, alguma coisa não explicada pela teoria da localização. Herbert diz que “Bell, simplesmente não apenas sugere que a realidade é não-localizada, isto é, a realidade está fora do espaço-tempo, no domínio do atemporal, no domínio daquilo a que as diferentes religiões dão o nome de Deus; ele prova isso, com a clareza e o poder do raciocínio matemático. Este aspecto inegável da prova desagrada aos físicos mais afinados com a realidade localizada”. Bell e outros mostraram que “nenhuma realidade localizada pode explicar a vida e o mundo em que vivemos”. Embora os fenômenos do mundo pareçam estritamente localizados, a realidade subjacente a esses fenômenos deve ser supraluminosa, isto é, mais rápida que a luz; e uma velocidade além da velocidade da luz só pode existir fora do espaço-tempo, por isso é denominada “não-localizada”. A realidade profunda do mundo é sustentada por uma conexão quântica invisível, cuja influência ubíqua, isto é, que se faz em toda parte, é não-mediada, não-atenuada e imediata”, isto é, não necessita de coisa alguma para exercer sua influência, não perde, com qualquer distância que seja, sua capacidade de influenciar, e influencia instantaneamente.
       “Só uma realidade não-localizada pode explicar o mundo, seus fenômenos, objetos, coisas e mente”. A realidade não-localizada está além do espaço-tempo, no domínio transcendental, Deus. É isso que, hoje, a ciência afirma: o universo, a vida, não podem mais ser explicados sem que se coloque nessa explicação a existência de algo que dirige e que está acima e além do universo, acima  e além não no sentido de espaço ou lugar, mas no sentido de inteligência e poder.

          Também o físico Teilhard de Chardin, cientista, filósofo, teólogo e sacerdote da igreja de Roma afirma, enfaticamente, em várias de suas obras o que vai abaixo. Esta citação é de seu livro “O Fenômeno Humano”. Por dizer coisas como esta, foi condenado, pelo Vaticano, a se calar até o dia de sua morte:
        “Para que os homens de toda a Terra aprendam a se amar uns aos outros, não basta que saibam que pertencem a uma mesma coisa; devem adquirir a consciência, não de que pertencem, mas de que todos somos tão somente uma e a mesma coisa, um só ser. Assim, devemos abrir os olhos para a natureza imortal e onipresente e para a Mente Una que somos, para a realidade de que tudo e todos somos apenas Um. Todos nós, todos os seres humanos e todos os animais, compartilhamos a mesma consciência”.

          Obs: Todo o misticismo e, atualmente, a física quântica asseguram a mesma coisa.
         
          Fiquem em Deus.
Título: Re: Existe uma conexão entre você, tudo e todos no mundo
Enviado por: Conforti em 24 de Dezembro de 2010, 20:13
           A REALIDADE PROFUNDA
           Amigo dOM, só um pitaco, como diz o Moura:
           O físico  Bell mostra que todas as teorias científicas localizadas, isto é, que asseguram que tudo que sucede, que todas as forças e influências, estão dentro do espaço-tempo, por mais que pareçam estar certas, sempre deixam alguma coisa de fora, alguma coisa não explicada pela teoria da localização. Herbert diz que “Bell, simplesmente não apenas sugere que a realidade é não-localizada (isto é, a realidade está fora do espaço-tempo, no domínio do atemporal, no domínio daquilo a que as diferentes religiões dão o nome de Deus); ele prova isso, com a clareza e o poder do raciocínio matemático. Este aspecto inegável da prova desagrada aos físicos mais afinados com a realidade localizada”. Bell e outros mostraram que “nenhuma realidade localizada pode explicar a vida e o mundo em que vivemos”. Embora os fenômenos do mundo pareçam estritamente localizados, a realidade subjacente a esses fenômenos deve ser supraluminosa (isto é, mais rápida que a luz; e uma velocidade além da velocidade da luz só pode existir fora do espaço-tempo, por isso é denominada “não-localizada”). A realidade profunda do mundo é sustentada por uma conexão quântica invisível, cuja influência ubíqua, isto é, que se faz em toda parte, é não-mediada, não-atenuada e imediata”, isto é, não necessita de coisa alguma para exercer sua influência, não perde, com qualquer distância que seja, sua capacidade de influenciar, e influencia instantaneamente.
       “Só uma realidade não-localizada pode explicar o mundo, seus fenômenos, objetos, coisas e mente”. A realidade não-localizada está além do espaço-tempo, no domínio transcendental, Deus. É isso que, hoje, a ciência afirma: o universo, a vida, não podem mais ser explicados sem que se coloque nessa explicação a existência de algo que dirige e que está acima e além do universo, acima  e além não no sentido de espaço ou lugar, mas no sentido de inteligência e poder.

          Também o físico Teilhard de Chardin, cientista, filósofo, teólogo e sacerdote da igreja de Roma afirma, enfaticamente, em várias de suas obras o que vai abaixo. Esta citação é de seu livro “O Fenômeno Humano”. Por dizer coisas como esta, foi condenado, pelo Vaticano, a se calar até o dia de sua morte:
        “Para que os homens de toda a Terra aprendam a se amar uns aos outros, não basta que saibam que pertencem a uma mesma coisa; devem adquirir a consciência, não de que pertencem, mas de que todos somos tão somente uma e a mesma coisa, um só ser. Assim, devemos abrir os olhos para a natureza imortal e onipresente e para a Mente Una que somos, para a realidade de que tudo e todos somos apenas Um. Todos nós, todos os seres humanos e todos os animais, compartilhamos a mesma consciência”.

          Obs: Todo o misticismo e, atualmente, a física quântica asseguram a mesma coisa.

Título: Re: Existe uma conexão entre você, tudo e todos no mundo
Enviado por: Conforti em 24 de Dezembro de 2010, 20:15
           A REALIDADE PROFUNDA
           Amigo dOM, só um pitaco, como diz o Moura:
           O físico  Bell mostra que todas as teorias científicas localizadas, isto é, que asseguram que tudo que sucede, que todas as forças e influências, estão dentro do espaço-tempo, por mais que pareçam estar certas, sempre deixam alguma coisa de fora, alguma coisa não explicada pela teoria da localização. Herbert diz que “Bell, simplesmente não apenas sugere que a realidade é não-localizada (isto é, a realidade está fora do espaço-tempo, no domínio do atemporal, no domínio daquilo a que as diferentes religiões dão o nome de Deus); ele prova isso, com a clareza e o poder do raciocínio matemático. Este aspecto inegável da prova desagrada aos físicos mais afinados com a realidade localizada”. Bell e outros mostraram que “nenhuma realidade localizada pode explicar a vida e o mundo em que vivemos”. Embora os fenômenos do mundo pareçam estritamente localizados, a realidade subjacente a esses fenômenos deve ser supraluminosa (isto é, mais rápida que a luz; e uma velocidade além da velocidade da luz só pode existir fora do espaço-tempo, por isso é denominada “não-localizada”). A realidade profunda do mundo é sustentada por uma conexão quântica invisível, cuja influência ubíqua, isto é, que se faz em toda parte, é não-mediada, não-atenuada e imediata”, isto é, não necessita de coisa alguma para exercer sua influência, não perde, com qualquer distância que seja, sua capacidade de influenciar, e influencia instantaneamente.
       “Só uma realidade não-localizada pode explicar o mundo, seus fenômenos, objetos, coisas e mente”. A realidade não-localizada está além do espaço-tempo, no domínio transcendental, Deus. É isso que, hoje, a ciência afirma: o universo, a vida, não podem mais ser explicados sem que se coloque nessa explicação a existência de algo que dirige e que está acima e além do universo, acima  e além não no sentido de espaço ou lugar, mas no sentido de inteligência e poder.

          Também o físico Teilhard de Chardin, cientista, filósofo, teólogo e sacerdote da igreja de Roma afirma, enfaticamente, em várias de suas obras o que vai abaixo. Esta citação é de seu livro “O Fenômeno Humano”. Por dizer coisas como esta, foi condenado, pelo Vaticano, a se calar até o dia de sua morte:
        “Para que os homens de toda a Terra aprendam a se amar uns aos outros, não basta que saibam que pertencem a uma mesma coisa; devem adquirir a consciência, não de que pertencem, mas de que todos somos tão somente uma e a mesma coisa, um só ser. Assim, devemos abrir os olhos para a natureza imortal e onipresente e para a Mente Una que somos, para a realidade de que tudo e todos somos apenas Um. Todos nós, todos os seres humanos e todos os animais, compartilhamos a mesma consciência”.

          Obs: Todo o misticismo e, atualmente, a física quântica asseguram a mesma coisa.

Título: Re: Existe uma conexão entre você, tudo e todos no mundo
Enviado por: Conforti em 24 de Dezembro de 2010, 21:28
           A REALIDADE PROFUNDA
           Amigo dOM, só um pitaco, como diz o Moura:
           O físico  Bell mostra que todas as teorias científicas localizadas, isto é, que asseguram que tudo que sucede, que todas as forças e influências, estão dentro do espaço-tempo, por mais que pareçam estar certas, sempre deixam alguma coisa de fora, alguma coisa não explicada pela teoria da localização. Herbert diz que “Bell, simplesmente não apenas sugere que a realidade é não-localizada (isto é, a realidade está fora do espaço-tempo, no domínio do atemporal, no domínio daquilo a que as diferentes religiões dão o nome de Deus); ele prova isso, com a clareza e o poder do raciocínio matemático. Este aspecto inegável da prova desagrada aos físicos mais afinados com a realidade localizada”. Bell e outros mostraram que “nenhuma realidade localizada pode explicar a vida e o mundo em que vivemos”. Embora os fenômenos do mundo pareçam estritamente localizados, a realidade subjacente a esses fenômenos deve ser supraluminosa (isto é, mais rápida que a luz; e uma velocidade além da velocidade da luz só pode existir fora do espaço-tempo, por isso é denominada “não-localizada”). A realidade profunda do mundo é sustentada por uma conexão quântica invisível, cuja influência ubíqua, isto é, que se faz em toda parte, é não-mediada, não-atenuada e imediata”, isto é, não necessita de coisa alguma para exercer sua influência, não perde, com qualquer distância que seja, sua capacidade de influenciar, e influencia instantaneamente.
       “Só uma realidade não-localizada pode explicar o mundo, seus fenômenos, objetos, coisas e mente”. A realidade não-localizada está além do espaço-tempo, no domínio transcendental, Deus. É isso que, hoje, a ciência afirma: o universo, a vida, não podem mais ser explicados sem que se coloque nessa explicação a existência de algo que dirige e que está acima e além do universo, acima  e além não no sentido de espaço ou lugar, mas no sentido de inteligência e poder.

          Também o físico Teilhard de Chardin, cientista, filósofo, teólogo e sacerdote da igreja de Roma afirma, enfaticamente, em várias de suas obras o que vai abaixo. Esta citação é de seu livro “O Fenômeno Humano”. Por dizer coisas como esta, foi condenado, pelo Vaticano, a se calar até o dia de sua morte:
        “Para que os homens de toda a Terra aprendam a se amar uns aos outros, não basta que saibam que pertencem a uma mesma coisa; devem adquirir a consciência, não de que pertencem, mas de que todos somos tão somente uma e a mesma coisa, um só ser. Assim, devemos abrir os olhos para a natureza imortal e onipresente e para a Mente Una que somos, para a realidade de que tudo e todos somos apenas Um. Todos nós, todos os seres humanos e todos os animais, compartilhamos a mesma consciência”.

          Obs: Todo o misticismo e, atualmente, a física quântica asseguram a mesma coisa.