Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: Rose FRA em 10 de Agosto de 2011, 09:56

Título: Despertamento para a Verdade - Joanna de Ângelis - Divalado P. Franco
Enviado por: Rose FRA em 10 de Agosto de 2011, 09:56
Amigos de Forum,
aqui vai mais um texto para refletirmos sobre o nosso despertamento.
Nem tudo que brilha é ouro...
Muitas vezes pensamos que estar caminhando dentro da Seara de Jesus, procurando levar a palavra do Mestre onde quer que estejamos, tentando aprender, ler, evoluir e fazer o bem, nos leva a uma vida tranquila, com certeza e sabedoria em todos os momentos de provacoes, que saberemos como devemos agirdiante de problemas, diante de agressividades.... nada disso... a Seara de Jesus é longa e para adquirirmos uma plenitude, precisamos de muito, mas muito trabalho interior, reforma íntima e muita forca de vontada... esforco é o que nao pode nos faltar em hora alguma e uma encarnacao é curta, rápida e muito breve para conseguirmos isso tudo...
Aprendamos e aproveitemos ao máximo esse pouco tempo aqui, nessa encarnacao, para ver se na próximo estaremos aptos a frequentar a mesma escola, porém em um ano mais avancado!!

Que Deus e Jesus Cristo possam estar sempre dentro de nós, ao nosso lado e acima de nós para nao nos perdermos apenas no material.

Paz de Jesus a todos...

com carinho,
Rose



DESPERTAMENTO PARA A VERDADE

Ilude-se, todo aquele que supõe que o encontro com a Verdade irá impedir-lhe a ocorrência de problemas e de desafios existenciais na jornada de evolução.

Engana-se, quem pretende viver experiências elevadas sem as lutas do quotidiano, em razão da sua vinculação com o espírito da Verdade.

Desperdiça o tempo, o indivíduo que acredita estar livre do sofrimento, somente porque se voltou para as lições libertadoras da Verdade.

Equivoca-se, a pessoa que, abraçando a Verdade, espera desfrutar de privilégios e prazeres contínuos.

Defrauda a consciência, o pretendente a uma vida de exceção, longe da dor, das provas necessárias, somente porque aderiu à Verdade.

Mente, para si mesmo, aquele que espera uma existência pacata, rica de experiências espirituais, sem os choques do mundo, agora, quando se encontrou com a Verdade.

Não existe um exemplo de alguém que haja despertado para a Verdade, que tenha modificada a trajetória da reencarnação, passando a gozar de dádivas especiais que o tomariam um eleito.

Pelo contrário, a Verdade induz à maturidade espiritual, à libertação da ignorância em tomo da vida, demonstrando que se está na Terra, num mundo transitório, momentâneo, programado para o retomo ao Grande Lar, após vencidas as etapas de progresso que lhe são necessárias durante o trajeto físico.

O conhecimento da Verdade dilata os horizontes do entendimento intelectual e racional do Espírito, a fim de que possa aplicar ao dever essencial, ao invés de deter-se nas banalidades que procura transformar em fundamentais à felicidade.

Ao mesmo tempo, convoca a mente à introspecção, à viagem silenciosa que leva ao autodescobrimento, de maneira a selecionar o que é fundamental e o que é secundário durante o périplo carnal.

Identificados os valores legítimos oferecidos pela reencarnação, entrega-se à reconstrução moral no campo das idéias, facultando melhor direcionamento dos esforços pessoais em favor do crescimento interior, com a mente inçada de esperanças e de bem-estar.

Uma incomparável alegria apossa-se-lhe do comportamento, alterando-o expressivamente, por facultar o aproveitamento do tempo para a vinculação com Deus através da Sua manifestação em todas as coisas.

Aberturas emocionais para o amor, para a fratemidade, para a compaixão, para a caridade ensejam-Ihe um intercâmbio contínuo com as Forças do Bem, que alimentam o ser e dele retiram energias que são aplicadas em favor dos menos aquinhoados.

Uma alteração real de objetivos alerta para a vivência contínua das emoções superiores.

A resignação ante os acontecimentos menos ditosos, os insucessos materiais, as enfermidades, as agressões e combates inevitáveis, transforma-se em recurso prodigioso para dar continuidade aos projetos evolutivos na direção da meta libertadora.

À medida que o ser se eleva, mais fácil apresenta-se-Ihe a faculdade de entender a vida e suas ocorrências, dando-lhe motivações para empreendimentos contínuos de paz e de construção da solidariedade.

Não espera que o mundo mude, antes muda em relação ao mundo, tomando-se um ponto de referência para outras futuras transformações que ocorrerão em favor da renovação da sociedade.

Já não mais escraviza-se a pessoas e a coisas por sabê-Ias todas efêmeras no curso infinito do progresso. Ama-as, porém, livre de dependência de qualquer espécie, por cuja forma não se detém na marcha, avançando sempre.

Compreende que nem todos, no momento, podem seguir-lhe os passos, o que não o aflige, nem o desestimula, porquanto reconhece a existência de níveis variados de consciências, continuando nos propósitos estabelecidos.

Vitimado por circunstâncias decorrentes dos atos infelizes do pretérito espiritual, enfrenta a situação com coragem, diluindo os efeitos com os métodos ao alcance, evitando novos comprometimentos que o afligirão no porvir.

Perseguido pela insensatez que campeia a soldo da comodidade em toda parte, sorri e continua, não se detendo a explicar a conduta, nem a debater a respeito da decisão de integrar-se no conceito da Verdade, vivendo-a, desde já, sem alarde, nem imposição de qualquer natureza.

Honestamente, é fiel a si mesmo e a Deus, que o atrai com a irresistível energia do amor, passando a nutrir-se desse pão de vida, sem a preocupação de justificar-se ou de arrebanhar adeptos para o seu desiderato.

Muitas vezes, a sós, está sempre com Deus, ou Deus está com ele, não se importando com o abandono a que se veja entregue por familiares, amigos ou correligionários.

Não se aflige hoje, ante a impossibilidade de conseguir a realização dos seus objetivos. Sabe que o importante é iniciar a busca, prosseguindo sem pressa, nem detença.

Nele fulgura a luz da paz, que o tranqüiliza, facultando-lhe entendimento de todos os acontecimentos.

Se a morte ameaça, prepara-se para recebê-Ia jovialmente, porque entende que ela será a sua ponte para alcançar o Outro Lado, onde espera ser feliz.

Vagarosamente e com decisão rompe o véu que o separa da Verdade, conforme acentuava São João da Cruz.

...E ocorrendo a morte, desperta em madrugada formosa para a qual se preparou durante a existência passada.

Eu sou o Caminho da Verdade e da Vida - afirmou Jesus.

A fim de ser alcançado - Deus em Plenitude - Jesus é o Caminho único, embora se multipliquem os missionários do amor, da compaixão e da sabedoria em todas as doutrinas espiritualistas, que vieram em Seu nome, a fim de preparar as criaturas para o grande encontro com o Seu coração.

Toma-O como modelo e guia, seguindo-O alegremente e a Verdade te embriagará de luz e de paz, concedendo-te Vida em abundância.


pelo Espírito Joanna de Ângelis - Psicografia do médium Divaldo P. Franco, no dia 25 de dezembro de 2004, no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia. Do site: http://www.divaldofranco.com.br/mensagens.php?not=73.
Título: Re: Despertamento para a Verdade - Joanna de Ângelis - Divalado P. Franco
Enviado por: Si em 10 de Agosto de 2011, 14:06
Olá Rose,

Linda mensagem. Sou fã de Joanna.

Com a sua permissão, ainda complemento:

Não nos esqueçamos de que ouvimos a voz do Mestre Nazareno, há mais de dois milênios, a dizer-nos: No mundo só tereis aflições...
 
"Conhecedores dessa realidade, abrindo a alma para compreender que a cada dia basta o seu mal, tratará de se recompor, caso tenha-se deixado ferir por tantos petardos, quando o ideal teria sido agir como o bambuzal diante da ventania: curvar-se, deixar passar o vendaval, a fim de se reerguer com tranquilidade, após o momento difícil.

Confiemos na ação e no poder da luz, que o Cristo representa, e sigamos com entusiasmo para a conquista de si mesmo, guardando-se em equilíbrio, seja qual for ou como for cada um dos nossos dias."

Muita Paz
Título: Re: Despertamento para a Verdade - Joanna de Ângelis - Divalado P. Franco
Enviado por: Rose FRA em 10 de Agosto de 2011, 14:57
Olá Rose,

Linda mensagem. Sou fã de Joanna.

Com a sua permissão, ainda complemento:

Não nos esqueçamos de que ouvimos a voz do Mestre Nazareno, há mais de dois milênios, a dizer-nos: No mundo só tereis aflições...
 
"Conhecedores dessa realidade, abrindo a alma para compreender que a cada dia basta o seu mal, tratará de se recompor, caso tenha-se deixado ferir por tantos petardos, quando o ideal teria sido agir como o bambuzal diante da ventania: curvar-se, deixar passar o vendaval, a fim de se reerguer com tranquilidade, após o momento difícil.

Confiemos na ação e no poder da luz, que o Cristo representa, e sigamos com entusiasmo para a conquista de si mesmo, guardando-se em equilíbrio, seja qual for ou como for cada um dos nossos dias."

Muita Paz

Estimada Amiga Si,

só temos a agradecer o seu complemento maravilhoso e oportuno, que sempre nos soma para o caminho que nos leva cada dia mais, perto do Nosso Senhor Jesus e bem próximos ao nosso coracao, pois só assim, com estudos, entendimentos e ajuda mutua, conseguiremos alcancar a nossa verdade, que é conhecermos a nós mesmos.... e os Amigos daqui do Forum, estao sempre "complementando" muito a minha vida!!

Obrigada e com essa luz de Jesus, iremos mais longe....

Volte sempre.....

Com carinho,

Rose
Título: Despertamento para a Verdade - Joanna de Ângelis - Divalado P. Franco
Enviado por: Sylvia Campos em 10 de Agosto de 2011, 15:20
Queridas Amigas!

Obrigada por compartilhar!!

Adoro as mensagens da Joana.. Sempre tão profundas e reflexivas..

Muita Paz!!