Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: dOM JORGE em 19 de Agosto de 2012, 14:48

Título: As novelas de Tv
Enviado por: dOM JORGE em 19 de Agosto de 2012, 14:48
                                                                      VIVA JESUS!




          Bom-dia! queridos irmãos.



                 
As novelas de TV: instrumento poderoso, mas mal utilizado

Muitas pessoas se espantaram com o fato de ter a revista VEJA, em sua edição do dia 8 de agosto, dedicado 9 páginas à novela Avenida Brasil, uma obra de ficção que a Rede Globo leva ao ar diariamente, às 21h.

Para que o leitor avalie o que tal fato significa, a revista dedicou na mesma edição 7 páginas ao julgamento pelo Supremo Tribunal Federal do mensalão, o escândalo que levou ao banco dos réus 38 pessoas, um fato de importância real e decisiva para o futuro de nosso país.

Saliente-se que a revista VEJA pertence a um grupo editorial que edita outras revistas voltadas para o entretenimento e os programas de TV, ocupando-se VEJA, geralmente, de temas cuja importância para a nação tem, a exemplo dos assuntos políticos e econômicos, muito maior relevância.

As novelas apresentadas pela TV cumprem, como se sabe, um papel importante no tocante ao entretenimento das famílias e constituem um dos poucos divertimentos colocados, a custo zero, à disposição da população brasileira.

Ocorre que nem sempre, pelos valores que transmitem, têm elas contribuído para a formação cultural e o fortalecimento humanístico daqueles que as acompanham, capítulo a capítulo.

Neste momento, a trama central das novelas que a Globo exibe tem como foco a ambição desmedida – que é o caso da novela das 18h –, a inveja e o despeito – caso da novela das 19h –, o ódio e a vingança – que é o caso da novela das 21h – e, por fim, a luxúria e a hipocrisia – que constituem o foco de Gabriela, obra baseada em um dos clássicos do saudoso Jorge Amado.

Alguns alegarão que é assim mesmo que o povo brasileiro se comporta e que as novelas retratam tão-somente o que existe de fato na sociedade.

Pode ser. Não nos cabe discutir se isso é ou não verdade. Mas ocorre nos programas de entretenimento, inclusive nas novelas da TV, o que um certo presidente da República disse, oportunamente, a respeito da imprensa no Brasil, que dá um destaque muito grande para o erro e as mazelas e ignora o que se faz de bom e de certo no País.

Parece-nos que os autores de nossas novelas decidiram enveredar pelo mesmo caminho, o que sinceramente lamentamos, visto que têm eles à mão um instrumento poderoso que, no entanto, é muito mal utilizado.



           Editorial-O Consolador






                                                                                          PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: As novelas de Tv: instrumento poderoso, mas mal utilizado
Enviado por: Andrade Fonseca Sonia em 19 de Agosto de 2012, 18:54
A Globo precisa reformular os Jornais, em todos eles as notícias são as mesmas, o povo não aguenta mais.  Quanto as novelas, a meu ver, está ocorrendo uma falta de respeito as nossas crianças, elas estão quase se comparando (falta pouco) a filmes pornográficos.
Eu me pergunto:  será que os atores não têm filhos, e os autores, precisam de tanta apelação para ganharem ibope e ficarem mais conhecidos?  Será que não temos mais nada de bom e útil para mostrarmos?  Não está acontecendo coisas boas no mundo para se comentar e entrar em nossos lares?
Não sou puritana, mas acho que o respeito foi esquecido há muito tempo.
Hoje, na rua, não sei quem ganha a vida de uma forma "fácil" elas estão se respeitando  no entanto, as de família só faltam andar nuas e com os seios(que deveriam ser sagrados, ), de fora.  Será que as mulheres não mais se respeitam? 
A Glogo precisa se repensar, pois é um poderoso instrumento de divulgação.


Sonia
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: cezar21 em 20 de Agosto de 2012, 13:36
Prezados

Me preocupa no Brasil o excesso de violencia na forma de filmes, o que me parece uma contradição, uma vez que, por um lado combatem a violência, mas por outro a incentivam com esta forte exibição de filmes com cenas de assassinatos, manejo de armas, violência explícita, com uma naturalidade que espanta. Outro ponto é o uso excessivo de cenas de consumo de álcool e uso de fumo, por formadores de opinião, em horários diversos, inclusive em filmes ditos infantis, questão essa que tem sido discutida, em países como os EUA, onde há pesquisas que apontam para esse excesso, inclusive em filmes da glorificada Disney. Penso que temos que discutir isso, afinal quem patrocina toda essa coisa pobre que é a produção artística nas Tvs abertas do país? Quais os verdadeiros interesses?
Saudações espiritualistas a todos
Cezar
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Diegas em 20 de Agosto de 2012, 15:54
Olá


Já dizia um grande entendedor que uma historia boa é aquela que tem apenas um vilão. Nas novelas só há vilões, então, não sobra nada de bom...

Outro dia, uma atleta brasileira que participou da olimpiada de Londres 2012, foi repreendida ao vivo, por narrador e comentarista, por que tão logo terminara de competir, viera aos microfones da emissora de televisão dar uma entrevista a pedido dessa emissora. A atleta soltara, mecanicamente/sem pensar, um palavrãozinho à-toa - sem qualquer sentido de ofender, mas só de desabafar - por ter ido tão mal, que esperava mais de si mesma na competição.

Deste modo, criticou o integrante da emissora: 'Peço desculpas aos telespectadores por terem de ouvir isso'. Ao qual, um outro emendou: A atleta tem de ter respeito com o publico.

Muito bem estaria se a emissora, que faz parte do sistema-Globo, por sua vez, não desrespeitasse cotidianamente seus telespectadores com uma programação de baixissima qualidade, brindando-nos com variados tipos de promiscuidade e xingamentos.


Abç
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 20 de Agosto de 2012, 20:15
Meus queridos.
Já não é de hoje que nossos meios de comunicação, em especial a televisão, midia de muito maior alcance, tem demonstrado, com a desculpa de retratar uma verdade questionável, um desrespeito aos valores minimos do ser humano.
Sabemos que os fatos narrados nas novelas são absolutamente comuns e corriqueiros, mas tambem temos a certeza que mostram o que o ser humano tem de pior.
Entretanto é esse ir e vir de desmandos, traições e falsidades que faz com que os folhetins consigam se manter no ar por mais tempo.
Caberia ao poder público, mas fundamentalmente, as familias, fazer com que esse lixo apresentado a guisa de entretenimento, fique restrito aqueles que não tenham capacidade para perceber os maleficios de tanta mediocridade.
Pois aqueles que tenham capacidade suficiente para saber disso, devem ignorar solenemente tanto absurdo, deixando sua visualização para momentos absolutamente indispensdáveis.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: rtt em 21 de Agosto de 2012, 01:06
Caberia ao poder público, mas fundamentalmente, as familias, fazer com que esse lixo apresentado a guisa de entretenimento, fique restrito aqueles que não tenham capacidade para perceber os maleficios de tanta mediocridade.
Pois aqueles que tenham capacidade suficiente para saber disso, devem ignorar solenemente tanto absurdo, deixando sua visualização para momentos absolutamente indispensdáveis.

Olá Gustavo.
É evidente toda a podridão da tv. Impedir isso pelo governo ou pela imposição familiar seria apenas censura e não iria resolver (ainda mais quando a mesma podridão dá lucros e poder a este governo). Quem vê, o faz porque quer. É claro, muito são manipulados, hipnotizados e viciados, mas são assim porque se deixaram levar.
Quem não gosta disso, que desligue a televisão ou dela se afeste e sugira o mesmo ao seu próximo. É a única saída. A desculpa de não ficar "alienado" não funciona quando existe internet.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 21 de Agosto de 2012, 02:04
Caro RTT, digo exatamente isso, desligue a tv e procure orientar as pessoas de seu circulo.
Quanto a familia, ora eduquemos nossos filhos, com valores, os quais não se deixem levar pelos modismos.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Antonio Renato em 21 de Agosto de 2012, 12:56
Caros irmãos e irmães,eis aí umas verdades ditas a respeito do nosso maior veículo de
comunicação,que é a televisão.Diariamente somos todos afrontados nos nossos valores
morais por este veículo de comunicação de massas,onde deveria pelo seu propósito de
criação,tão somente entretenimento.As programações um lixo só,salvo apenas os infor-
-mativos,poderia-se até dizer tendo como referência um programa da rede globo:uma zorra
total.Entretanto,o povo de uma maneira geral é indiretamente responsável por isto,com
a desculpa de não ter muitas opções de entretenimento a noite,motivados pelo seu baixo
poder aquisitivo,liga a televisão para assistirem a uma programação,em especial as novelas,
que cada vez mais de uma forma apelativa,e com um desculpa de retratar a nossa realidade,
afrontam a todos,onde mostram o despudor de uma forma gritante,não sou falso moralista,
mas a agressão maior é demonstrado na conduta dos personagens deste folhetins:são pais
agredindo os filhos,filhos agredindo os pais,casais em brigas constantes,etc...,será isto as
verdades do nosso povo,ou a televisão pela sua programação está incentivando à isto?Está
na hora de dizer um basta,desligar simplesmente a televisão não irá resolver,o fazem tão somente aqueles inteligentes e de bom senso,mas não se pode dizer do povo de uma ma-
-neira geral,se faz necessário uma campanha séria de todos os seguimentos da sociedade,
no sentido de conscientizar a todos de que se deve mudar para o bem geral e das futuras
gerações.Antes que eu esqueça!Que falta está fazendo a censura prévia as programações da
da nossa televisão!.
Fiquem na paz.

 
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 21 de Agosto de 2012, 13:40
Indiretamente não meu caro Antonio, diretamente, a televisão mostra o que vende, e se vende é por que o público gosta e quer comprar.
Não tenho nada contra ninguem, até gosto de uma "imbecilidade" eventual, adoro futebol, um bom seriado, e programas informativos como documentários, mas sempre dei e continuo dando preferencia para um bom papo com amigos e familiares.
Não troco o convivio com meus amigos por um programa de televisão.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Andrade Fonseca Sonia em 21 de Agosto de 2012, 13:49
Bom dia a todos que estão colaborando com este tópico.
Desligar a televisão surtirá um pequeno resultado, mas não deixa de ser válido.
O povo tem força, pena que ainda não percebeu isto, temos, através da internete,  um instrumento poderoso, vamos nos unir até a Globo perceber, se é que já não percebeu, o quanto está desagradando e desrespeitando a população, o quanto está incentivando a violência com filmes e noticiários de crimes, e etc...
Será que não estão acontecendo coisas boas no mundo?
Será que não temos adolescentes merecedores de elogios, incentivando outros adolesccente a imitá-los com comportamentos exemplares?
Vamos incentivar a turma do bem para que possamos ter esperança em um Brasil melhor. Lutemos pela democracia verdadeira...
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Danilo Henrique em 21 de Agosto de 2012, 13:59
Olá amigos...
Eu nunca fui muito fã de televisão. Ultimamente não tenho me interessado por quase nada que passa na TV aberta, com excessão do futebol  ;D
Fiquei bastante impressionado com os comentários e críticas, e nunca me dei conta ainda de que a situação está assim, tão decadente.
De vez em quando, olho algumas cenas de algumas novelas, indiferente, sem parar para prestar atenção.
Podem os amigos dar alguns exemplos que justifiquem os adjetivos fortes aqui utilizados?
Embora isso já me pareça meio obvio, gostaria de ouvir de vocês como que a TV denigre  os valores morais e presta tanto desserviço à sociedade.

 Abraços!

 
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Marlenedd em 21 de Agosto de 2012, 14:11
É simples, amigo Danilo, a televisão e principalmente as novelas e concursos apenas enfatizam o egoísmo, a ilusão, a perceção social.

Não é preciso ir à china para perceber isso nos rostos dos personagens e quais os sentimentos que enfatizam.

Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 21 de Agosto de 2012, 15:03
Meu caro Danilo.
"Neste momento, a trama central das novelas que a Globo exibe tem como foco a ambição desmedida – que é o caso da novela das 18h –, a inveja e o despeito – caso da novela das 19h –, o ódio e a vingança – que é o caso da novela das 21h – e, por fim, a luxúria e a hipocrisia – que constituem o foco de Gabriela, obra baseada em um dos clássicos do saudoso Jorge Amado."
Essa passagem está no texto que abre o tópico.
Como você mesmo diz, não paro para olhar novelas, mas, as vezes a tv esta ligada, ou você vai na casa de alguem e acaba olhando por tabela, mas fundamentalmente, nas ruas, você fica sabendo, é na conversa da condução, dos colegas de trabalho, você fica sabendo.
De uma maneira geral as novelas passam a ideia de que vale tudo para ser rico, amizade não existe, o que existe são interesses e relacionamentos são descartáveis, pessoas são descartáveis.
Acho que as novelas mostram sim a realidade, argumento de quem as defende, mas, e ai reside a diferença, uma realidade que deve ser alterada, mudada o mais rápido possivel, e esse movimento, de busca de mudança, através de histórias que tenham valores inversos desses citados, isso não acontece.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Andrade Fonseca Sonia em 21 de Agosto de 2012, 15:08
Será que vale a pena ganhar uma importância elevada para comprar um apartamento,  expondo seus própios filhos perante os colegas  e seus familiares a boatos desabonadores?
Temos atores famosos que são respeitados até hoje como artistas e como seres humanos,
 nunca se prestaram a cenas constrangedoras.
A turma que participa das gravações, o que não devem comentar ao verem as artistas nuas para fazerem cenas de "amor".
Tudo isto é um caso a pensar...

Sonia
 
 
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Danilo Henrique em 21 de Agosto de 2012, 16:32
Meu caro Danilo.
"Neste momento, a trama central das novelas que a Globo exibe tem como foco a ambição desmedida – que é o caso da novela das 18h –, a inveja e o despeito – caso da novela das 19h –, o ódio e a vingança – que é o caso da novela das 21h – e, por fim, a luxúria e a hipocrisia – que constituem o foco de Gabriela, obra baseada em um dos clássicos do saudoso Jorge Amado."
Essa passagem está no texto que abre o tópico.
Como você mesmo diz, não paro para olhar novelas, mas, as vezes a tv esta ligada, ou você vai na casa de alguem e acaba olhando por tabela, mas fundamentalmente, nas ruas, você fica sabendo, é na conversa da condução, dos colegas de trabalho, você fica sabendo.
De uma maneira geral as novelas passam a ideia de que vale tudo para ser rico, amizade não existe, o que existe são interesses e relacionamentos são descartáveis, pessoas são descartáveis.
Acho que as novelas mostram sim a realidade, argumento de quem as defende, mas, e ai reside a diferença, uma realidade que deve ser alterada, mudada o mais rápido possivel, e esse movimento, de busca de mudança, através de histórias que tenham valores inversos desses citados, isso não acontece.

Gustavo, eu entendo, até certo ponto...
Mas eu matutei aqui com meus neurônios...
Isso não depende da forma com que cada um interpreta a mensagem que é transmitida?
Sim porque, veja bem...Eu me coloco no lugar do roteirista:
Para criar uma história interessante, ela deve ter conflitos. Sem conflito, nenhum roteiro presta. Nem de novela, nem de filme, nem de nada. O conflito é essencial.
E para haver conflitos, é necessário haver o mal.
Então por ai, você vê que não é nem questão de mostrar a realidade, mas a de respeitar um paradigma da dramaturgia.
Depois, é necessário a criação de personagens que gerem identificação com o público. Sem isso, sem essa identificação, o insucesso é garantido.
Então como atender a esses paradigmas, mostrando somente cenas de virtude e bom exemplo?

Citar
De uma maneira geral as novelas passam a ideia de que vale tudo para ser rico, amizade não existe, o que existe são interesses e relacionamentos são descartáveis, pessoas são descartáveis.

Bom, é aí que eu acho que é uma questão de interpretação. As pessoas podem ver dessa maneira, como podem  ser levadas à refletir as consequências que tal comportamento levam a pessoa. Normalmente, nesses roteiros, os personagens que agem da forma que você descreveu, sofrem, na própria trama, as consequências das suas atitudes. Pelo pouco que acompanho, foi difícil, até hoje, ver uma mentira que não tenha sido descoberta, um crime que não tenha sido punido, uma exaltação ou desvirtuamento que não tenha passado por nenhum revés.
Os telespectadores assistem também ao sofrimento dos "personagens maus" e a perseverança dos "personagens bons", e cabe então a eles mesmos extrair as reflexões e conclusões necessárias, dependendo do ponto de vista de cada um.
Sem dúvida que o modismo, o materialismo, o estímulo ao consumismo, à vaidade, e à sensualidade estão presentes. Mas creio que encontra-se na média de caráter da sociedade, e estas coisas precisam existir, para haver a tal identificação do público. Nós, espíritas, não que sejamos santos ou perfeitos, na maioria espero, nos desvincilhamos das camadas mais grosseiras da vaidade e do egoísmo, e já vemos tais coisas como xulas e desnecessárias. Entretanto, não haveria uma certa dose de violência, em exigir um nível de bom exemplo acima daquilo que a média da sociedade está disposta a assimilar?

Citar
Acho que as novelas mostram sim a realidade, argumento de quem as defende, mas, e ai reside a diferença, uma realidade que deve ser alterada, mudada o mais rápido possivel, e esse movimento, de busca de mudança, através de histórias que tenham valores inversos desses citados, isso não acontece.

Pois bem...a proposta é interessante, mas não consigo imaginá-la, pelas considerações já citadas.

Abraços!
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: rtt em 21 de Agosto de 2012, 17:36
Antes que eu esqueça!Que falta está fazendo a censura prévia as programações da
da nossa televisão!.
Fiquem na paz.
 

Mas isso só iria piorar tudo, meu querido. A ditadura demostrou. Isso levava a uma programação que escondia e manipulava as notícias, usando mentiras e fazendo parecer que estava tudo próspero, enquando havia toda aquelas crises, tortura e assassinatos. Além da mesma cultura tola que é passada hoje.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Antonio Renato em 21 de Agosto de 2012, 18:14
Minha querida irmã Sonia,bem lembrado,há sim atores e atrizes,que fazem um trabalho sério
e nunca foram vistos fazendo cenas grotescas ou mesmo cenas que afrontem a moral e aos
bons costumes,cito os casais Tarciso Meira e Gloria meneses,Paulo gulart e Nicete Bruno,esses
dois últimos são conhecidos por todos como seguidores da nossa Doutrina Espírita.É bem ver-
-dade que por força do contrato eles poderiam fazer cenas mais fortes ou até mesmo apimen-
-tada,mas não de uma forma agressiva e grotesca como é vista atualmente.É também verda-
-deiro o que foi colocado pelo nosso irmão Danilo.Nós espíritas não somos santos nem perfei-
-tos,apenas nos conduzimos de um maneira mais coerente em respeito a moralidade,e não aceitamos essas agressões como uma forma de dizer que somos modernos,e que é natural
nesse mundo atual.
Fique na paz.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Antonio Renato em 21 de Agosto de 2012, 18:33
Veja bem meu irmão ou minha irmã,pelas três letras RTT,eu não posso identificar o sexo.Como
eu costumo sempre dizer:a moeda tem duas faces,não se pode olhar só uma delas.A tal ditadu-
-ra não foi tão dura como você colocou,de inicio houve sim alguns excessos,mas como um orga-
-nismo de censura,foi bem colocada,e com certeza não havia na época essa bagunça que vemos hoje na televisão,que é o tema de debate deste tópico.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: nieli em 21 de Agosto de 2012, 18:42
Eu já não deixo meus filhos assistirem canais de novela,somente podem ver canais de bons filmes história e cultura.As emissoras nacionais usam baixos artifícios para atrair o publico e como minha mãe dizia "os incomodados que se mudem."Me perderam para cultura e aprendizado.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 21 de Agosto de 2012, 18:52
Meu caro Danilo.
Não é necessári haver conflito, pelo menos esse conflito em que ninguem é de ninguem e vale tudo para conquistar tesouros pereciveis.
O amigo ja olhou o filme "Sociedade dos Poetas Mortos"? Ja viu o filme "A Onda", "A Vida Continua: a verdadeira história da AIDS", "Footloose".
Temos alguns filmes que narram histórias veridicas, tais como "Mississipi em Chamas", ou "Escritores da Liberdade".
São filmes que não possuem um apelo comercial, provavemente, com exceção do primeiro você nem ache em locadoras e sabe por que? Por que fazem você pensar.
Os roteiristas fazem novelas para que você se mantenha interessado em assistir o próximo capitulo para saber quem vai "pegar" quem, quem vai roubar quem, não para voce raciocinar sobre o que quer que seja.
O grande problema da nossa sociedade, é que as pessoas não querem pensar.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Régis Franco em 24 de Agosto de 2012, 18:28
Pessoal, deixem-me complicar um pouco...
É certo que há muita apelação e sensacionalismo para atrair audiência... tanto, que de certa forma torna-se prejudicial.
Mas olhando por um outro ponto de vista, não podemos negar que tudo, sem exceção, que é retratado nas telenovelas, de alguma forma, representa a realidade da população. E é muito interessante trazer essa realidade à tona. Me refiro desde o problema das drogas, exclusão social, violência, desaparecimento de crianças, educação etc., até mesmo à banalização do sexo e à vulgaridade de uma maneira geral.
Eu permito que meus filhos assistam à maioria das cenas, utilizando-as como objeto de orientação, aproveitando-as para mostrar o que se deve e o que não se deve fazer, inclusive apontando o que muita gente faz e quais são as consequencias. É certo que, quando "o bixo pega", eu mudo de canal.
Imagino que essa exposição, de certa forma, possa acordar alguém, e porque não nós mesmos, no sentido de nos movermos para melhorar nem que seja apenas uma dessas mazelas sociais, em uma pequena região desse orbe, como nosso bairro por exemplo.
Se movidos por esse despertar, melhorarmos nem que seja apenas uma vida, teremos tido a oportunidade de usar as telenovelas para o bem e o melhoramento.
Então, creio que não cabe apenas criticar, como fizemos aqui até agora. Mas principalmente pararmos e avaliarmos se isso não pode ser uma oportunidade de repensarmos nossos sistemas, nossas vidas, e começarmos a mudá-las, iniciando por nós mesmos!
Lembremo-nos que o Espiritismo se torna religião ao passo que nos re-aproxima de Deus, através de nosso próprio melhoramento. E isso só se dá através das nossas ações. Críticas, por si mesmas, nada promovem.
Isso tudo é uma sugestão de ação, não uma crítica sobre os textos dos colegas!
Abraços fraternos!
Régis
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 24 de Agosto de 2012, 18:34
Régis mano...
Espiritismo só se torna religião no sentido filosófico...
"Num comprica, exprica!"
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Régis Franco em 24 de Agosto de 2012, 18:41
Com certeza, Mano Moura!!!

Aquele abraço!!!

Régis
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 24 de Agosto de 2012, 19:14
Meu caro Régis, pelo visto o amigo concorda, e não sem razão, que nada é inutil, ao menos serve de mau exemplo.
Todas essas mazelas da sociedade são reais obviamente, mas não acho que mostrá-las em folhetins diários, nos ajudará a combatê-las.
A unica coisa capaz de mudar essa realidade chama-se EDUCAÇÃO.
E quando falamos de educação,estamos falando de familia, valores morais que a familia deveria incutir e solidificar nos seus filhos.
E de novo volto a frisar, não acho que novelas sejam o melor meio de fazê-lo.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Régis Franco em 24 de Agosto de 2012, 19:27
Gustavo,

Eis o exato ponto em que nossas opiniões divergem!

"mas não acho que mostrá-las em folhetins diários, nos ajudará a combatê-las".

Se as utilizamos como exemplos do que não deve ser feito, creio que ajudam sim. Mesmo porque não poderemos poupar nossos filhos de vivenciar o mundo.

Prefiro infinitamente lançá-los ao mundo, instruídos, com consciência da consequenca de suas escolhas, a mantê-los enclausurados.

Mas certamente respeito vossa opinião!

Um forte abraço!

Régis
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 24 de Agosto de 2012, 19:52
Mas não falei nem em clausura, nem em censura como alguem citou.
Certamente não estamos e não podemos colocar nossos filhos em redoma, por isso frisei a palavra educação.
Se você passar valores para seus filhos, eles, por si só saberão buscar alternativas de entretenimento mais saudável do que esse "lixo" televisivo.
E não estou me referindo apenas as novelas não, temos ai gugus e faustões fazendo a mesma porcaria.
Citei em um post anterior alguns filmes, que considero muito interessantes.
Livros nem é preciso citar pois em um forum composto por espiritas, o que não falta é literatura de qualidade.
Conheço casos de pessoas que não perdem um capitulo da novela, mas quando se deparou com a miséria real das nossas perifierias se assustou.
Se queremos mudar a sociedade, temos que mostrar essa mudança, mas com exceção do último capitulo, onde os mocinhos se casam, numa ilusão de que um casamento é perfeito e resolve os problemas todos, o restante da novela é so rasteira e sacanagem.
Por falar em ultimo capitulo, o ultimo capitulo da vida real é a morte e, ao contrário do que se mostra na novela que ao final do ultimo capitulo tudo fica bem, pois tudo é "passado", na vida, na real, ai é que sofreremos as consequencias dos demais 200 capitulos de imbecilidade.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 24 de Agosto de 2012, 20:06
Vejamos este exemplo de lixo que a Record trás na novela Máscaras. Eles conseguiram o impossível, reunir em torno de uma trama mal urdida, sem nexo e inverdadeira, toda uma horda de pessoas ruins, mal amadas, mentirosas e criminosas, e todas elas dentro de alto padrão aquisitivo.
É mesmo uma coleção de bobagens que o autor elenca como cenário de história.
Dá para se pensar que vale mais a pena assistir-se a um filme porno.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 24 de Agosto de 2012, 20:35
Moura meu querido, não conheço essa novela, mas ja vi alguns filmes pornos.. rsrsrsrsrs
Que comparação....
Mas é por ai Moura, ninguem é de ninguem, todo mundo pega todo mundo e o sexo virou meio de conquista de objetivos.
Ainda prefiro os livros do Chico...rsrsrsrs
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 24 de Agosto de 2012, 20:52
Nesse caso mano Gustavo tb preferiria ao Chico.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Sérgio Azevedo em 25 de Agosto de 2012, 06:52
Prefiro sofrer mil anos no umbral do que assistir qualquer canal de TV Aberta,
esse monopólio existe no mundo inteiro pelas TV e governo, Mas enfim...


Infelizmente em um país pobre como o Brasil muitas pessoas
tem na sua TV a única opção como canal a Rede Globo, e todos
nós sabemos que dessa emissora controlada por judeus sionistas
não pode surgir algo que acrescente algo de útil a massa pobre,trabalhadora
e inconsciente que são os Brasileiros.


Mas porque reclamar somos monopolizados o tempo todo, no modo de pensar,agir e até falar se não logo seremos excluídos dessa sociedade, é assim até no plano espiritual quem dera que aqui fosse diferente.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Andrade Fonseca Sonia em 25 de Agosto de 2012, 14:14
Fico feliz de ver essa turminha nova que se apresenta neste  tópico, declarando  preferirem programas mais sadios.  Esta turma sadia, é que devia estar no topo das notícias.
Eu também prefiro o nosso querido Chico, Joanna de Ângelis, Meimei, etc...
Um abraço para todos. Sonia
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 25 de Agosto de 2012, 16:03
Sergio meu  mano,
TV se assiste ou não se assiste, não há monopólio ou imposição alguma.
quanto a sofrer no Umbral, a coisa já fica mais séria pois que primeiro se teria de criar um local como este que, até hoje não se pode dizer que seja senão um estado mental.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: terezacris em 25 de Agosto de 2012, 17:01
   As novelas são escritas ao bel prazer  dos escritores de plantão de acordo com a audiência. Lamentável. acho que seria mais salutar ligarmos nossos aparelhos de tv em programas baseados em obras serias como  jk, a casa das sete  mulheres, o tempo e o vento, sagarana, maria moura, o auto da compadecida, sinhá moça etc.. Tanta obras boas que mereciam ser levadas ao conhecimento do publico
através de novelas, filmes ou mini-séries. Um dia quando  o nível  educacional do povo brasileiro melhorar, evoluir,  a audiência das boas obras começa a subir.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 25 de Agosto de 2012, 17:54
Amiga Teresa,
não há impedimentos vindos da doutrina para que se veja isso ou aquilo entende?
As novelas são meios de diversão, apenas, por isso não retratam a realidade mesmo que em algumas se toque em temas como cancer, bulimia, e outros temas que o dia a dia mostra.
Não há razões pára que não se as veja, há sim razões para que não se as leve a sério.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 26 de Agosto de 2012, 23:18
Moura querido, o amigo esta correto de novo, afinal as novelas não possuem compromisso nenhum a não ser arrecadar recursos para a emissora.
Nós é que temos de ter discernimento para extrair a distração possivel, sem nos deixar levar pela mediocridade.
Da minha parte, prefiro um bom livro.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mizica em 27 de Agosto de 2012, 03:48
:) Olá!
Boa Noite!!

As novelas televisas hoje no Brasil, apesar de abordarem assuntos sérios e muitas vezes polêmicos, não representam, de modo algum, a vida como ela realmente é. Mesmo assim fazem um sucesso bárbaro. Há também muitos programas, sem serem as novelas, que são terríveis em mediocridade além de acumular montanhas de abobrinhas. E muitas vezes é preferível desligar  o aparelho de TV e ler Chico, Kardec ou outros bons autores, ouvir boa musica, bater um papo saudável com amigos, procurar bons sites na net... Nossa!! Tem muita coisa que é preferível fazer do que ver televisão, mas podemos encontrar aqui e acolá, algo que se aproveite ou então, ter o discernimento necessário para separar o trigo do joio. As palavras do mano Moura explicitam bem esse ponto.
Uma grande preocupação, pelo menos para mim que sou mãe duas vezes (tenho quatro netas entre 15 e 4 anos de idade), é o que essas programações televisivas podem fazer com a cabeça de nossos jovens e crianças. Então é preciso estar sempre atentos ao que podemos deixá-los assistir ou não. Oferecer-lhes  opções, incentivar ao esporte, ida ao teatro assistir bons espetáculos, ler, assistir bons filmes, entre outras coisas que podem ser preferível a assistir esses disparates televisos e aos medonhos desenhos animados oferecidos pelos canais exclusivos de TV a cabo. Nossa!
Lembremo-nos que os programas das emissoras de televisão podem até acalmar as crianças, mas não educam, quando muito divertem, distraem. A responsabilidade da educação cabe aos pais e disso não podemos fugir.

Abraço fraterno com meu carinho
Mizica
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 27 de Agosto de 2012, 16:52
Maninha Mizica,
lembro-me que quando começou Malhação, e que o tema abordado foi a gravidez nos adolescentes, os jornais, depois de um tempo noticiaram um Boom de jovens grávidas e pasmem, com idades anteriores até mesmo ao período de adolescência.
É o que se ganha quando se começa a mexer nesse vespeiro que é a consciência adolescente sem o devido preparo, responsabilidade para com o público e mesmo para com as pessoas e mães.
enfim, uma tristeza!
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 27 de Agosto de 2012, 18:06
Sim, depois que a novela apresentou um maluco com 3 mulheres, um cartório acabou aceitando um compromisso de um trio.
A vida imitando a arte, na sua pior parte.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 28 de Agosto de 2012, 15:28
Ainda colocando sobre a postagem da maninha Mizica:
Maninha eu tenho uma netinha de 5 anos que mora comigo, e com ela sua tia de seis anos (pode isso? hehehe).
Como passo os dias com elas, as educo, na maior liberdade, mas sem libertinismo.
Deixo que elas vejam tudo que o horário permita, e elas me obedecem no sentido de não entendendo uma coisa ou sendo alertadas pela novela de algo que desconhecem virem a mim e paro o oque esteja fazendo para explicar do modo que elas possam entender melhor.
Crianças, têm por base e costume serem curiosas e é esta curiosidade que as fazem apreenderem do meio em que vivem os padrões a que podem entender de moral.
Faço da mesma maneira como estudo do Evangelho no lar.
No começo uma dormia e a outra reclamava, pois como a maioria é de adultos, elas se sentiam desentrosadas, porém, quando notei, comecei a contar estorinhas ou fazer piadas com as situações, elencando uma e outra nessas estorinhas e qual não foi a minha surpresa ao vê-las participando, concordando, discordando , opinando, chegando mesmo a espantar alguns de nós com as suas visões.
Com armas fiz a mesma coisa, que já havia feito com meus filhos; quando elas souberam que tenho uma arma e que a mantenho carregada para casos de assalto em residência, elas vieram a mim curiosas para conhecer.
Então retirei a munição, e a uma de cada vez, entreguei a arma. elas olharam, sentiram o peso e me perguntaram se a arma mata, e eu lhes respondi, o que mata é a munição e mostrei a elas o que é a munição.
Nessa hora, fiz a piada que elas repetiram por dois dias rindo: Sem balas, a arma só mata se você a jogarem daqui de casa na cabeça da vizinha de baixo!
Outro dia, numa notícia dada por um programa policial de TV elas me vieram perguntar, Pai, (as duas me chamam de pai), se a arma carregada pode matar alguém por que você deixa ela com as balas?
E eu lhes respondi de xôfre, Filhotas, quando alguém entrar em nossas casas arrombando a porta, não vai ser para nos fazer carinho ou nos chamar de bonitos, vão fazer coisas muito ruins e se eu puder impedir, eu "sento o dedo neles".
Minha filha, esta de seis anos, arguta, logo retorquiu: Mas pai, você não é Espírita? E eu disse Sim Lethícia, porém, ser Espírita não é ser bobo, antes que ele matem a mim, sua mãe ou a vocês, se puder mando eles sentarem no colinho do capiroto. E falei do fundo de meu coração, pois há  mesmo uma questão em OLE que mostra que podemos defender o que nos foi produto de trabalho e suor, tanto quanto a família.
E terminei comum bordão que sempre usei nos fóruns e salas espíritas quando o tema era análogo a este: Sou Espírita mas não sou bobo!
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 28 de Agosto de 2012, 15:42
Seu exemplo do post#38 é muito interessante Moura.
Acho fundamental que as crianças tenham, por parte de seus pais e/ou responsáveis, toda a atenção necessária, para que possam crescer conhecendo os valores que esses pais possuem, alem é claro, de receber e conhecer o verdadeiro significado de FAMILIA.
Esclarecer, de forma alegre e didática é fundamental para que a curiosidade, natural do ser humano, não leve nossas crianças a buracos dos quais não possam mais sair.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 28 de Agosto de 2012, 16:01
Mano Gustavo, vou te confidenciar uma coisa:
Aconteceu em minha família...
Quando chega o tempo dos namoricos os pais devem  estar com diz um crto desenho animado, "Olho vivo e faro fino". senão o bicho pega, e pega mesmo, até quando se está "ligadão".
Minha filha estava com quase 16 anos, e começou com um namorico com um colega de colégio.
O rapaz, bem apessoado, inteligente e que sempre tinha respostas para tudo, logo me elegeu com seu pai de segunda mão hehehe.
Eu ali, ligadão nas quebradas chefia, tal como diz o bordão do personagem Seu Boneco, da Escolinha do professor Raimundo, meu xará...
Minha esposa, dizia-se também atenta, mas quando eu lhe falava da muita liberdade que ela dava, já que minha filha só com ela falava de namoro, ele reclamava e me dizia quadrado, retrógrado etc.
Eu lhe avisava não com boas palavras, mas na sinceridade do "cascudo", "mamãe, toma tento, pois vai dar mer...cadoria".
E não é que deu?
O rapaz havendo brigado seriamente com a mãe passou um ano em minha casa, sendo tratado como trato aos meus filhos mas nem por isso, aos 17 anos, e com a libido a escoar por todos os poros, houve de repeitar não só a mim ou a namorada, mas ao tratamento que lhe dispensávamos e certa noite, fui chamado à sala, minha esposa me viu chegar e me olhava com os olhos  saltarem-lhe das órbitas.
Disse-me, temos uma notícia, senta; e eu do jeitão de nordestino que tenho       disse-lhes, "pra quando é o bacuri?"
Pois bem, como falei noutro post tenho uma netinha hoje com cinco anos e que me chama de pai.
Nunca tive para com a netinha tratamento diferenciado, a amo como amo a meus filhos, a ponto de lhe ter cuidado desde os três meses de idade, quando a mãe, começou a trabalhar para ajudar no sustento dela.
todos erramos meu mano, uns mais outros menos, e se não sabemos ser justos quando o erro acontece, bau bau.
Duas coisas meu mano o amigo pode ter como "RG" deste seu amigo, Sou um cabra que se esforça por ser o mais justo possível, se não sou bom, tento consertar ou melhorar, porém, não tendo o hábito de mentor, mesmo as tais mentirinhas bondosas, as vezes pareço rude, pois não pinto de cor de rosa se quero dar ênfase ao que falo.
As crianças nada têm a ver com o que fizeram seus pais, a família tem por obrigação moral o sustento, a diversão, o estudo e o amparo em qualquer sentido, assim penso e faço eu.
Adoro minha neta, sou para com ela o pai que ela mesmo conhecendo quase não o vê, embora nada tenha acontecido com ele de minha parte.
Os pais não devem se culpar de plano pelo que fazem seus filhos, mas não podem nunca esquecerem de que são também responsáveis, solidários ao que eles possam fazer.
É neste modo de ver, que deixo que eles vejam, mas espero sempre pelos comentários deles sobre novelas, programas e coisas que leram ou aprenderam com amigos.
Se no prédio me conhecem pelos gritos que dou, por certo eles sabem que tais gritos são advertências que não se valem de palavras bonitas, não que sejam palavrões, mas são palavras duras mesmo, pois é de casa que se torcemos pepinos, pois pau que nasce torto não tem jeito, morre torto, se não usamos dos conselhos, como talas para endireitar o prumo do caule.
abração,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 28 de Agosto de 2012, 16:43
Um relato interessante, pela honestidade e simplicidade.
Não tenho filhos, ainda, embora esteja pensando em ter um quem sabe para o ano que vem, mas, saber aproveitar os exemplos dos mais velhos e dos amigos quer nos cercam, é fundamental.
Sempre tive muita dificuldade com meu pai, achava ele muito rude, as vezes insensivel.
Entretanto meu querido, apesar de ainda achar erradas certas posturas, hoje consigo compreender muito bem sua maneira de ser, e sua maneira de mostrar a vida como ela é.
Aquilo que considero equivoco da parte dele, procuro me policiar para não repetir, mas posso te garantir que a base moral, ainda que com equivocos próprios do nosso estágio evolutivo, esta sólida.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 28 de Agosto de 2012, 16:45
Exatamente mano Gustavo, é assim que se deve pensar e agir.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mizica em 29 de Agosto de 2012, 04:03
:) Ola!
Boa noite à todos!

Maninho Moura, é sim uma tristeza essa falta de responsabilidade das cabeças pensantes que pululam nos meios de comunicação. Então, como você faz com suas crianças, temos que abrir o jogo e ir falando o que realmente é conforme possam compreender. As vezes podemos errar, mas nossas tentativas de acerto não devem ser menosprezadas, jamais. Nossa tarefa como pais, como avós, tios, irmãos mais velhos é esclarecer, proteger, acolher, amparar e estarmos atentos aos nossos jovens e crianças

Um abraço fraterno à todos com o carinho da
Mizica

Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 29 de Agosto de 2012, 13:55
Maninha Mizica.
Acredito que o grande problema que existe, não apenas nas cabeças pensantes dos meios de comunicação, mas na sociedade de uma maneira geral, é uma total inversão de valores.
Acho que a midia, de uma maneira geral, reflete a nossa sociedade, assim como a politica.
Os valores do ter e parecer são os que mais se sobressaem, nessa sociedade materialista e imediatista.
Esse materialismo imediatista que vivemos, pregado inclusive por alguns que se dizem representantes do Cristo, é que nos leva a colocar as coisas de Cesar acima das coisas de Deus e a valorizar a mediocridade, por que a maioria é mediocre.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 29 de Agosto de 2012, 16:23
Gustavão, você disse tudo quando falou no ter e no aparecer.
vemos isso entre nós, espíritas ou não vemos?
Cada orador, quer ser o pai da idéia, do novo modismo espírita, de uma verdade que só ele conheça.
Os cursos na maioria dos CEs não são feitos senão sob a verdade das obras paralelas.
O endeusamento dos médiuns torna quase impossível que as obras básicas que formam a doutrina, vençam qualquer debate.
E o que dizer dos que conhecemos como os novos justos e bons, aqueles que chiam mais do que panelas de pressão quando pronunciam certas palavras, como se essa "micagem" os fizesse parecer com pessoas elevadíssimas, mas que, quando acabam as reuniões, no CE, os podemos encontrar facilmente nos barezinhos, enchendo a cara?
Veja mano que só falo das situações mias comuns e que por si só já representam tudo oque o amigo escreveu.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 29 de Agosto de 2012, 19:00
Exatamente Moura, voce bvem deve conhecer aquele ditado que " a mulher de cesar não basta ser casta, é preciso parecer casta", ou algo similar.
Vivemos muito de aparência.
Certa feita, la pelo inicio dos anos 90, em um seminário na faculdade vi um administrador dizer em sua palestra que achava engraçado quando os sociologos afirmavam ser o homem um ser social.
Para esse palestrante o homem é uma "ave de rapina, sempre pronto a rapinar seu semelhante".
Tive um colega na faculdade que ia a pé para casa depois da aula, deixava de fazer um lanche para economizar. No final de semana, alugava o carro mais "chique" da locadora para "pegar umas gatinhas".
E por ai vai meu querido, vivemos, enquanto seres humanos, nos enganando, pensando que enganamos a Deus.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mizica em 31 de Agosto de 2012, 23:43
 :) Ola!
Boa Noite!!

Caro Gustavo a inversão de valores, é triste mas é a realidade. E é fato gritante na sociedade. Os valores do TER e PARECER levam as pessoas a loucura. Um corre-corre para alcançar coisas para poder aparecer, e para Aparecer você tem que Ter, isso faz o ser humano ser desumano. Pura ilusão!! daqui nada levaremos a não ser as consequências de nossos próprios atos. E isso aplicá-se também no meio espírita. E como!!

Triste...

Bom fim de semana, caros irmãos.
Meu afeto
Mizica
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: rtt em 01 de Setembro de 2012, 01:57
Gostaria de refletir sobre o que esperamos da televisão. Não é desejável que a programação atual apenas seja substituida por outra algo mais cristã, se as pessoas deixarem de viver para ficar assistindo isso. O vício que existe hoje pela televisão e que zumbifica e sedentariza muita gente é o problema. Não vemos senhoras que não param de ver missas ou outros cultos em programas católicos/evangélicos/neopentecostais enquanto os órgãos do corpo sucumbem? Esse vício é causado tanto pela ociosidade como pelo embrutecimento rotineiro do cançado e acaba com a fascinação provocada pelas artimanhas de publicitários e roteiristas, que é o que sustenta muitos indivíduos através do consumismo.
É claro, há trabalhos audiovisuais interessantes, mas nesse caso a televisão/computador deve ser usada sem escrúpulos e ocasionalmente.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 02 de Setembro de 2012, 01:01
Acredito que para tudo na vida há de se ter equilibrio.
Entretanto, encontrar esse equilibrio não é facil, ao contrário.
E vemos sim, minha cara Mizica, dentro das casas espiritas individuos apegadissimos a cargos e posições de destaque.
É uma pena, mas uma realidade.
Precisamos nos policiar muito para nos conhecermos.
"Orai e vigiai".
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Paulo Cortez em 02 de Setembro de 2012, 13:34
Aqui, como as confidências são públicas e não particulares, é importante apresentar o contraponto a algumas opiniões que inclusive partem de alguém com relevância nesse fórum. Trata-se do depoimento do Sr Moura, moderador, relacionado a portar arma com o intuito de reação violenta a agressão material que possa sofrer, pretendendo embasar-se no livro dos espíritos.
Na generalidade dos ensinos do livro dos espíritos e dos complementos da própria codificação e da lavra de Kardec, fica muito claro que devemos retribuir o mal com o bem, que não devemos temer quem pode nos ferir física e materialmente e sim quem pode nos desviar do caminho adequado à nossa evolução.
Não se trata de avaliar o Sr Moura, porém é uma opinião pessoal em um fórum, cujos visitantes são inúmeros e podem acreditar que o Espiritismo pode apresentar como recursos "as armas"; o que não é verdade. A única arma, sem nenhuma pieguice, mas assertivamente como é necessário que se diga, são: o perdão e amor, em quaisquer circunstâncias!!!!!!
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Paulo Cortez em 02 de Setembro de 2012, 13:58
Eu já não deixo meus filhos assistirem canais de novela,somente podem ver canais de bons filmes história e cultura.As emissoras nacionais usam baixos artifícios para atrair o publico e como minha mãe dizia "os incomodados que se mudem."Me perderam para cultura e aprendizado.

"Nem só de pão vive o homem". Ele se alimenta, também e em alta escala, de recursos psíquicos. E enquanto não está preparado e em condições de metabolizar adequadamente, é um risco muito grande a congestão (espiritual), podendo naturalmente custar a encarnação ou mais......Portanto permitir o contato fora de época com a matéria pútrida e fétida que exala de determinadas criações das trevas, veiculadas com finalidades específicas, é como permitir que os nossos jovens se alimentem de matéria em decomposição (sem metáfora ou alegoria) para que saibam que faz mal e não presta.....Quais os pais que dariam esse tipo de alimento aos seus filhos?!?!
Pornografia, violência, maldade, mostrados por qualquer meio de comunicação, fora do período em que se esteja estruturado psiquicamente para rejeitar como dejeto, certamente vai envenenar a criatura que reencarna e que na maioria das vezes já não traz as melhores tendências. Portanto aos meus olhos – impedidos de ver por uma TRAVE – você está certa!

Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 02 de Setembro de 2012, 16:05
Então, mano Paulo,
que se proíba as crianças de verem desenhos como o do Papa Léguas (bip Bip), do Pica pau, do Popeye, da Turma da Mônica, pois todos trazem muitas cenas de violências e de "armações" que farão um ou outro se saírem mal...
Eu, de meu pensamento, sinto haver, e não me refiro aos oque são contrários a que as crianças vejam novelas, falo em caráter geral quando digo que vejo mais hipocrisia e certa vontade de não terem de estar presentes para explicar sobre as dúvidas das crianças.
Vemos isso muito quando o tema é sexo, união gay, estes pais ainda não acordaram para seus deveres de pais.
É  bem mais fácil não deixar ver para não terem de explicar sobre aquilo que também não conhecem.
Aos pais cabe a educação moral dos filhos, e não as escolas, estas apenas têm o dever de instruírem aos alunos.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 02 de Setembro de 2012, 16:19
Moura meu caro.
Concordo com você nesse seu pst #52, quando diz que aos pais cabe a educação moral dos filhos.
Por isso mesmo, acho que os pais devem ser presentes na vida dos filhos, acompanhando em suas brincadeiras e auxiliando na assimilação de valores que os pais possuam.
Dessa forma, entendo que pais responsáveis darão aos filhos atividades que sejam construtoras de um carater reto.
Nessas atividades, a televisão pode, e deve, fazer parte, sempre como disse com o acompanhamento dos pais, com programas que reflitão a condição moral dos tutores.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 02 de Setembro de 2012, 17:34
Senão, mano Gustavo, das duas uma:Ou se cria alienados, ou se cria pessoa sem discernimento correto
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Camila T Cunha em 02 de Setembro de 2012, 18:22
              Acompanhei o final da discussão, vou fazer um relato e ver se ajuda. Sou mãe de uma jovem de 16 anos, preocupada com meio ambiente, que foi ao Rio mais 20, que escreve, que faz mocidade espírita, ama ler   e se relaciona com grupos que se preocupam com o futuro também. Todo bimestre só escuto elogios dela quando vou pegar o boletim com o diretor da escola.
            Como ela ficou assim? Quando ela era pequena já havia nela uma semente bondosa, solidária, mas se eu a educasse para a futilidade, a violência, "levar vantagem com desonestidade", com certeza esta semente estaria sufocada e ela não seria esta jovem equilibrada que é hoje.
            Como sou educadora, até os seis anos da vida dela ela só via TV Cultura, alguns desenhos, outra parte do dia comigo era de brincadeira na praça, com amigos da mesma idade, se chovia desenhávamos, brincávamos com massa, etc... Depois ela passou a pedir para ver Tv Globinho, então limitava o tempo, ela via "AS três Espiãs Demais" e o "Sítio do Pica Pau Amarelo". Ela pediu porque os amigos comentavam, fazia parte deixar.
        Mas limitar o tempo de TV e o que se vê nela faz parte do ato de educar, é como limitar o tempo de brincar, o tempo de estudar... Hoje ela é tão estudiosa que limito o tempo dela estudar, digo, "descanse um pouco", e ela vai tocar piano, ler, bater bola e/ou falar no facebook com amigos... E limito o tempo de internet quando se refere a rede social, mas se ela a usa para pesquisar, como faz muito e vejo (olhar rápido faz parte também), não digo nada.
           Sobre internet é bom lembrar que até ano retrasado eu tinha as senhas dela, hoje ela me passou mas nem fiscalizo mais e as esqueci. Faz parte isso também, somos responsáveis por nossos filhos nesta vida e tem muitos pedófilos na rede.
           Eu era radical, não queria que ela visse novela nenhuma, nunca, quando ela era pequena, mas minha mãe a pegava na escola às 17h30 e eu só chegava em casa às 19h00, então ela via a novela das seis...  Eu ficava meio contrariada, mas também mal não fazia.
          Até hoje em dia só vemos as novelas das seis, com minha mãe. Sempre, até hoje, as novelas das seis têm sido boas. Aliás, acho que esta última é excelente!
         Depois temos tantas coisas para fazer que a TV fica esquecida e minha mãe a desliga depois do jornal. Aliás, minha mãe é viciada" em jornais, vê de vários canais... Mas eu e minha filha preferimos revistas como a Fórum, Caros Amigos, Carta Capital e a internet para notícias.
         A vida é sempre a busca do equilíbrio e nada como a maternidade (paternidade) para nos ensinar isso.
        O problema da TV de péssima qualidade é que ela é um reflexo da educação massificadora de péssima qualidade que temos.  Uma coisa que acho errado é colocar TV em quarto de criança/jovem. TV é algo para ser visto com limite e coletivamente, para que possamos discutir os conteúdos com os jovens.
        O dia que nossa educação pública melhorar estes programas que dão Ibope e são terríveis não farão mais sucesso, então, a TV terá que melhorar também. No Canadá e em países que a educação pública é boa, a TV tem uma qualidade boa para excelente. Por que? Porque se fizerem algo muito ruim ninguém assistirá, a população é crítica.
       
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 02 de Setembro de 2012, 18:30
As qualidades morais, diz a DE sobre este tema, são aquelas que o Espírito já as apreendeu. os pais, devem por obrigação fazê-as fortificarem-se.
Isso porém inclui, cara amiga Camila,. a amostragem daquilo que é ruim, pernicioso, ou errado senão com a criança, enquanto criança poder-a discernir com um acerto a que sua idade mental, ou acuidade intelectual ainda não tenha alcançado?
Se como Espíritas aprendemos que não podemos asseverar sobre o futuro, não se pode apostar que o simples impedimento em assistir a isso ou aquilo vá produzir milagres

abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Camila T Cunha em 02 de Setembro de 2012, 18:40
              Não é preciso mostrar o que é ruim e errado pela TV o mundo já apresenta isso no cotidiano. Não é preciso mostrar pornografia para uma criança, um dia, quando crescer  ela saberá sobre sexo na idade certa. Há tempo de plantar e tempo de colher. Você não colhe nada de sementes ou brotos, apenas rega e rega com a melhor água. Se regar com detergente...
             Como educadores, precisamos mostrar o que é bom, certo, a Tv é para relaxarmos. Se puder servir para nos melhorarmos em um momento, melhor. Jogar bola e brincar com amigos na pracinha é bem melhor do que passar a manhã vendo TV, em todos os aspectos, inclusive de saúde, sem falar no social, no cognitivo...
              Limitei a TV para minha filha sim e vi que deu certo. Hoje não preciso limitar mais nada, ela tem um senso ético, estético e  crítico muito  aflorado.
            Hoje ela tem também outros interesses como leitura, meio ambiente, música, etc, que a TV fica esquecida, salvo para vermos filmes aos finais de semana.
             
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 02 de Setembro de 2012, 18:42
Repare que não falei apenas em mostrar, mas sim de explicar e elucidar segundo, o nivel intelectual que a criança detenha.
Sem isso o trabalho obrigatório dos pais não fecundará abundantemente.
abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Ronaldo São Romão Sanches em 02 de Setembro de 2012, 22:07
Antes que eu esqueça!Que falta está fazendo a censura prévia as programações da
da nossa televisão!.
Fiquem na paz.
 

Mas isso só iria piorar tudo, meu querido. A ditadura demostrou. Isso levava a uma programação que escondia e manipulava as notícias, usando mentiras e fazendo parecer que estava tudo próspero, enquando havia toda aquelas crises, tortura e assassinatos. Além da mesma cultura tola que é passada hoje.
Prezados
Prefiro uma programação que seja abaixo do esperado em qualidade, do que uma programação submetida a quem quer que seja selecionando o que eu deva ou não assistir.
Censura nunca mais.
Se a programação não presta faça outra coisa, leia um livro, vá para a escola,  vá para o centro, vá para o cinema, etc.
Abraço a todos
Ronaldo
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 02 de Setembro de 2012, 23:34
Exato Moura querido, a alienação é tão ou mais nociva do que essa programação.
Alias meu caro, esse besterol todo que vemos é fruto exatamente desses dois defeitos que o ser humano possui, a alienação e a incapacidade de discenimento.
O primeiro vem da preguiça e da acomodação.
O segundo da falta de estrutura familiar e social para uma boa educação e formação.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 03 de Setembro de 2012, 19:10
Mano Gustavo,
apoiando ao que o amigo disse, vale a lembrança de uma pequena poesia, em forma de trova:
"Quem passou pela vida,
 Não amou,
 Não sofreu,
e não chorou...
 Apenas passou pela vida,
 Mas não viveu!"
A trovinha é antiga, por isso desconheço o autor.
Mas ilustra bem o tema.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 03 de Setembro de 2012, 19:24
Olha Moura, essa trovinha lembra uma musica do Vinicius de Morais, "Como Dizia o Poeta", cantada pelo Toquinho.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 03 de Setembro de 2012, 19:30
Exatamente mas o poetinha, deve ter se ajudado da que eu recitei antes pois aquela é anterior à letra da música que ele e o Toquinha fizeram, se bem me lembro aliás a letra deles é maior e um cadinho diferente.
Abração,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 03 de Setembro de 2012, 19:43
Exatamente, um pouquinho maior e diferente, mas uma grande musica.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 03 de Setembro de 2012, 19:49
Sabe mano Gustavo,
tive um pai que foi acadêmico de letras no Piaui, poeta, escritor, músico e musicista entre outras coisas.
Dele recebi lições de poesia, mas sempre fiquei com as trovinhas pela facilidade em compô-las.
Uma das que fiz retrata uma parte de minha juventude:
Trovinhas componho a esmo,
Sem um critério, um compasso,
São pedaços de mim mesmo,
Que planto por onde passo.

Eu assim, cantava meus males sabe?

Aliás foi o que me fez compor esta outra:

Meus males sempre cantei-os,
a consolar quem padece...
Quem ouve males dos outros,
dos próprios males esquece.
Abraços,
Moura
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 03 de Setembro de 2012, 20:57
Temos um poeta no forum.
Interessantes as rimas, alem de muito verdadeiras.
Título: Re: As novelas de Tv
Enviado por: Mourarego em 04 de Setembro de 2012, 16:30
Mais um rimador do que um poeta mano!
abração,
Moura