Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: dOM JORGE em 08 de Setembro de 2012, 10:52

Título: Adão sem relógio e sem tênis
Enviado por: dOM JORGE em 08 de Setembro de 2012, 10:52
                                                                     VIVA JESUS!




           Bom-dia! queridos irmãos.



                    Adão sem relógio e sem tênis


“Vovó, eu tenho de fazer o Adão”, disse-me meu netinho de 6 anos, mostrando-me os 250 gramas de argila que trouxera da escola. Era a tarefa daquela quinta-feira dentro do programa de estudos da civilização no colégio jesuíta onde estuda. Sentou-se na cadeira da mesa da cozinha, e muito rapidamente, para espanto de minha filha e de todos nós, preparou as partes do corpo em argila e juntou-as com muita destreza.

Pronto!... Criou o “seu Adão”. Ficamos conversando e ele me dizendo como os amigos iam montar os seus bonecos de barro cumprindo a mesma tarefa da escola.

- Vovó, disse-me ele. Meu amigo Gustavo vai fazer Adão de tênis e o Ricardo vai colocar relógio... Eu falei pra eles que nem existia isso naquela época e que o Adão é uma alegoria. Meu pai me explicou tudo e eu falei pra eles. Eles não acreditaram em mim.

Parabenizei o Nícolas por reter as informações e ensinamentos do seu pai, meu genro.

Nicolas, apesar de estudar em escola católica com outras crianças de outras várias religiões, e ser ainda uma criança, já sabe o que é ser espírita, cumpre as tarefas escolares que lhe são solicitadas, mas já, desde o berço, vem recebendo a educação da Evangelização espírita no lar, onde realizam aos domingos o Evangelho em família. Sempre que possível, frequentam atividades no Centro Espírita,  apreciam o passe e a leitura espírita, enriquecendo a todos com informações que são absorvidas por Nícolas.

Como Nícolas, muitas famílias espíritas mantêm seus filhos em escolas tradicionais católicas, pela conveniência peculiar a cada situação familiar, mas não descuidam de completar os ensinos espíritas, verdadeiro holofote de luz nas consciências beneficiando a vida diária de pais e filhos, na ascensão a um entendimento da verdadeira vida, seja na filosofia, na ciência ou na religião.

Observando as crianças de hoje, especialmente aquelas nascidas dentro da família, vindo como netos, vejo a característica de cada um, as tendências, alminhas diferentes que são, que trazem suas bagagens, alguns com dificuldades em aceitar a Espiritualidade, outros já trazendo essa certeza desde tenra idade, como Nicolas, que mesmo no diálogo em sala de aula, ao ser perguntado qual sua religião, prontamente responde: “Sou espírita”, com tanta naturalidade, como um profundo filósofo da vida.

Imaginem a alegria de ser avó de sete netinhos, e poder participar dessas vidinhas, dos diálogos, do crescimento, das vontades e vislumbrar um futuro de luz neste aprendizado que a Doutrina Espírita oferece a quem desejar, sem imposições.

E assim, um pouco aqui, um pouco acolá por detrás das terras de além-mar, vou seguindo os passos do labor com muito amor.


           Elsa Rossi






                                                                                  PAZ, MUITA PAZ!
 

Elsa Rossi, escritora e palestrante espírita brasileira radicada em Londres, é membro da Comissão Executiva do Conselho Espírita Internacional, diretora do Departamento de Unificação para os Países da Europa, organismo do Conselho Espírita Internacional, e atual presidente da British Union of Spiritist Societies (BUSS).
Título: Re: Adão sem relógio e sem tênis
Enviado por: Ronaldo São Romão Sanches em 08 de Setembro de 2012, 19:06
Boa tarde a todos.
Bom o texto.
só chamo a atenção para o trecho: ao ser perguntado qual sua religião, prontamente responde: “Sou espírita”, com tanta naturalidade, como um profundo filósofo da vida.
A Elsa é é membro da Comissão Executiva do Conselho Espírita Internacional, diretora do Departamento de Unificação para os Países da Europa, organismo do Conselho Espírita Internacional, e atual presidente da British Union of Spiritist Societies (BUSS) e pelo jeito, como eu, considera o Espiritismo uma Religião, ao contrário de muitos aqui nesse forum.
abraço a todos.
Ronaldo