Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: dOM JORGE em 12 de Dezembro de 2014, 13:54

Título: A palestra espírita e sua função no tratamento espiritual
Enviado por: dOM JORGE em 12 de Dezembro de 2014, 13:54
                                                                   VIVA JESUS!




             Bom-dia! queridos irmãos.




                     A palestra espírita e sua função no tratamento espiritual



             
A todos nós, quando passamos por um tratamento espiritual, nos recomendam que devemos assistir às palestras espíritas, mas a maioria não entende por que assistir, se o que buscamos é o tratamento energético dos passes.
Aqui ficam, então, algumas perguntas e suas respostas para que possamos entender por que é importante participar dessas palestras e ainda dos cursos regulares numa casa espírita.
– Por que alguns de nós só enxergamos o tratamento nas salas de passe específicas?
Quando vamos a uma casa espírita buscamos a cura de nossos males e problemas e entendemos que nas sessões de passe é que encontraremos a solução. Podemos ver na sala de passe a movimentação de pessoas, o processo de passe tem suas técnicas, enquanto que na palestra ficamos sentados e imóveis e, aparentemente, nada acontece. Essa análise está um pouco fora da realidade, pois a energização oferecida pelo passe realmente nos ajuda e muito. Como no dizer de Jesus, “Vai e não peques mais” encerra uma observação de que é preciso deixar de errar. Se precisamos conhecer o certo, conhecer a nós mesmos, conhecer a realidade espiritual que circula em todo o orbe, precisamos estudar, conhecer, ouvir assuntos e observações muitas vezes novas para nós. Assim, as palestras permitirão, passo a passo, encontrar um equilíbrio interno, obtido pela reflexão e a vontade de mudar. Para a solução de nossos problemas são necessárias três coisas distintas e, ao mesmo tempo, ligadas: O passe, como carga energética; nosso esforço pessoal para a mudança; e o entendimento mediante o conhecimento e a reflexão. Assim, verificamos que vamos precisar do passe, dos estudos e do mais importante: a nossa real vontade de mudar.
– Qual a importância da palestra para o equilíbrio emocional e espiritual das pessoas em tratamento, ou não?
Durante os momentos que passamos numa palestra construtiva, forças energéticas e assistência dos nossos mentores e guias espirituais nos dão as energias necessárias, como um complemento ao obtido na sala de passe, e, assim, formarmos uma estrutura psicossomática aliada ao esforço pessoal. Desta mescla de silêncio, análise e recepção de conceitos, teremos como resultado um equilíbrio, tanto no aspecto físico, como emocional e espiritual, além do afastamento de Espíritos obsessores, que também se aproveitam desses ensinamentos.
– De que forma a espiritualidade atua enquanto estamos ouvindo uma palestra?
Da mesma forma que na sala de passes, só que agora está sendo feito pelos Espíritos lá presentes. Na sala de palestra recebemos energias diretamente dos Espíritos que têm a finalidade de mexer com o nosso íntimo mais profundo. É um trabalho de mudança, reflexão e entendimento. Na sala de passes, as energias vêm do plano espiritual também, mas agora com uma carga energética anímica. Ambas as situações são fundamentais no tratamento.
– Qual a relação entre os passes e as palestras?
É um trabalho em conjunto. Enquanto as palestras fazem o trabalho íntimo de nos “acordar”, ensinar, energizar de uma forma mais sutil, os passes nos oferecem energias diferentes, que atuam diretamente no nosso perispírito. Podemos ver que uma completa a outra. Se assistimos à palestra para depois tomar os passes, estaremos mais receptivos para a segunda fase. A palestra nos faz refletir, nos ensina e nos dá energias muito sutis para o nosso Espírito. O passe vem completar e fechar todo o processo.
Assim, devemos entender que há um conjunto de energias (fluidos) no tratamento “palestra e passe”. É a aplicação dos ensinos de Jesus de forma objetiva: “Conheça a verdade e ela vos libertará”, como também, “Eu não te curei, mas, sim, a tua fé te curou. Vai e não peques novamente para que não te aconteça coisa pior”.   


        Wagner Ideali









                                                                                                              PAZ, MUITA PAZ!