Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => A Génese => Tópico iniciado por: Marianna em 11 de Setembro de 2009, 04:17

Título: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Marianna em 11 de Setembro de 2009, 04:17



Eva e a costela de Adão: Um mito de origem social.

Acreditam alguns comentaristas e exegetas que a alegoria bíblica da criação da mulher tinha uma finalidade social: incutir no homem o respeito pela companheira tirada da sua própria carne.

A verdade, ao que parece, é outra. Esse objetivo seria melhor atingido se Deus criasse o casal ao mesmo tempo. A Bíblia deu preferência ao homem e colocou a mulher em segundo plano.

O motivo deve ser a necessidade de atender aos preconceitos da época. Mas é incrível que até hoje, no mundo inteiro, multidões de pessoas acreditem que Adão dormiu sozinho e acordou acompanhado de Eva, porque Deus lhe tirou uma costela e dela fez a primeira mulher.

A passagem figura no capítulo 2 do Gênesis, versículos 18 a 25.

Note-se que Deus já havia criado todas as coisas, o mundo já estava feito e povoado de animais, com Adão solitário no Éden, quando a mulher foi criada. Tudo concorre para a sua situação de dependência e subserviência das sociedades patriarcais.

O próprio Moisés não compreenderia a mulher criada ao mesmo tempo que o homem. Por isso, o espírito-guia do povo hebreu, que na verdade era o deus-familiar de Abrão, Isaac e Jacó, lançou mão dessa alegoria ingênua e poética, proveniente de lendas folclóricas.

Quem estuda, na História das Religiões e na Antropologia cultural, o problema das cosmogonias antigas, não tem dúvida quanto à natureza lendária e alegórica dessa passagem bíblica.

Basta recordar os processos mitológicos de criação, em que os próprios deuses eram tirados do corpo de outros deuses e as criaturas humanas também, como no caso muito conhecido da descendência de Brama, na Índia. Aceitar, pois, literalmente, o relato bíblico da criação da mulher é deixar de lado a nossa faculdade de pensar, que Deus nos deu para que seja usada e desenvolvida cada vez mais.

A situação de dependência da mulher se justifica ainda com a alegoria do pecado original, pois é a mulher, criatura inferior, que põe o homem a perder.

O Cristianismo veio modificar essa situação, típica das sociedades patriarcais de toda a Antigüidade, ao valorizar a mulher no plano espiritual, como vemos no Novo Testamento, a começar do nascimento do Messias.

O Espiritismo, que representa o desenvolvimento natural do Cristianismo, completa essa modificação, ao revelar que homem e mulher só existem como expressões da vida nos planos inferiores.

O espírito não tem sexo e se encarna neste ou naquele sexo de acordo com as suas necessidades evolutivas. Por isso Jesus ensinou que os espíritos “nem se casam nem se dão em casamento, pois são como os anjos do céu”, como vemos na passagem de Mateus sobre a ressurreição (Mateus, 22:23-33).

E Paulo sustenta o mesmo princípio, afirmando que em Cristo, na vida espiritual que ele nos oferece: “não há nem homem nem mulher”.

(Gálatas, 3:28).

Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: J.Rodrigues em 24 de Outubro de 2009, 16:02
Olá Mariana

Esta sua colocação do mês passado só agora a vi e li.

Muito interessante esta questão que a meu ver, como alegoria que é da criação do mundo dos humanos, est´ainda hoje perfeitamente correcta.

Vai ao encontro dos que defendem o Evolucionismo, fazendo evoluir a mulher do ser criado, o homem.
Vai ao encontro das lutas sociais ao demonstrar a disputa entre os sexos com a Eva( mulher) a levar Adão ( o homem) ao que foi considerado pecado( considerado porque em cada momento algo pode ser considerdo pecado e passado algum tempo já não ser,e estamos cheios de exemplos ao longo dos  tempos.
Vai ao encontro do conflito de gerações ao ser apresentado a disputa entre irmão ao ponto de um matar o outro, por causa de Deus, e vejamos como ao longo dos séculos até aos dias presentes temos guerras entre homens, que à luz das coisas de Deus são, serão, ou deveriam ser, todos irmãos.
Temos pois numa alegoria tão simples refletida a naturesa humana.
O ser humano começou com Adão? não começou? Foi e é evolucionista? mas, mesmo que seja evolucionista o evolucionismo e as evoluções só podem acontecer depois de algo criado para poder evoluir.
Respostas concretas? não eu não tenho, vou analisando mas penso que partirei desta reencarnação sem uma certeza.
Muita paz
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Vitor Santos em 24 de Outubro de 2009, 17:59
Olá

Na codificação de Kardec os espiritos explicam que o mito de Adão, não  tem nada a haver com o primeiro homem e com a primeira mulher. Trata-se daqueles que sobreviveram a uma catástrofe natural, na zona de Israel ou lá para essas zonas.

Os descendentes que decerto já não conheceram os seus ascendentes antes da tragédia, criaram o mito de Adão e Eva, talvez.

Nesse tempo e ainda hoje, em muitos sitios, vigora a lei da força fisica, que o senso moral devia reprovar, mas que nem sempre reprova. Nessas circunstâncias, quando a lei é a lei dos brutos, o homem, devido à sua natureza fisica dominava e ainda domina, em muitos casos, as mulheres. Adão era o chefe da tribo e Eva a sua mulher, provavelmente. Nesse tempo quem não se queria arriscar a morrer, não falava em emancipação da mulher...isso nem sequer passaria pela cabeça de ninguém, penso eu. O mito não reflecte mais do que a realidade desses povos semi-selvagens, que o escritor simplesmente retratou.

Do ponto de vista simbólico e no âmbito da espiritualidade, talvez possamos tirar daí uma grande lição (claro que não podemos afirmar que foi essa a intenção do autor da história, penso eu):

- A terra é um país de provas e expiações. É um planeta de espiritos que teimam em não seguir as indicações do alto, e por isso têm de tomar remédios muito duros, que os mais dóceis podem talvez evitar.

- A partir do momento em que o senso moral já existe o homem pode optar de acordo com os seus bons sentimentos e não com os maus. Até lá o homem não sofre moralmente e sente-se feliz na brutidade animal, tal como outros animais. 

- Enfim, o mito simboliza que o espirito se perdeu nas tentações mundanas, desprezando o melhor para si mesmo: a evolução espiritual (é uma possível interpretação minha, ninguém me disse isto)

Espero que a minha memória não esteja a falhar. Mas o livro dos espiritos de Kardec está essa explicação, e nada como ir beber directamente à fonte.

bem haja

Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: psi em 24 de Outubro de 2009, 19:15
Trata-se daqueles que sobreviveram a uma catástrofe natural, na zona de Israel ou lá para essas zonas.
Citar

Olá, Vitor.
Eu fiquei curioso com relação a essa catástrofe que teria dado origem a raça adâmica ocorrida na região de Israel. Isso porque no livro A GÊNESE, está escrito que a raça adâmica
é uma raça que foi exilada para o nosso planeta. Segundo o livro de Kardec, eles vieram como imigrantes espirituais de um mundo mais adiantado que a Terra, e que estava passando por um processo de renovação e ascendendo a uma escala maior na hierarquia dos mundos. Eles eram os espíritos decaídos de lá, mas eram bem mais adiantados que a raça humana da época, e levou a humanidade de então, a dar um grande salto na direção do progresso.
Eu gostaria de saber se o amigo já leu o livro " Os exilados da capela" de Edgard Armond, pois gostaria de saber a sua opinião sobre o mesmo.

Um abraço,

PSI.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Vitor Santos em 25 de Outubro de 2009, 22:03
Olá Psi

Amigo, o que li no Livro dos Espiritos é isto:
 
Citar
Livro dos Espiritos

Povoamento da Terra. Adão

50. A espécie humana começou por um único homem?

“Não; aquele a quem chamais Adão não foi o primeiro, nem o único a povoar a Terra.”

51. Poderemos saber em que época viveu Adão?

“Mais ou menos na que lhe assinais : cerca de 4.000 anos antes do Cristo.”

O homem, cuja tradição se conservou sob o nome de Adão, foi dos que sobreviveram, em certa região, a alguns dos grandes cataclismos que revolveram em diversas épocas a superfície do globo, e se constituiu tronco de uma das raças que atualmente o povoam.

As leis da Natureza se opõem a que os progressos da Humanidade, comprovados muito tempo
antes do Cristo, se tenham realizado em alguns séculos, como houvera sucedido se o homem não existisse na Terra senão a partir da época indicada para a existência de Adão.
Muitos, com mais razão, consideram Adão um mito ou uma alegoria que personifica as
primeiras idades do mundo.

Na Génese Kardec diz uma coisa diferente do que diz no LE? Isso é muito estranho vindo de Kardec. Tem a certeza?

Quanto aos "Exilados de capela" já li, mas foi há tanto tempo que já não me lembro. Quanto puder vou ler. E depois comento, amigo, com todo o gosto.

bem haja
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: MongeShaolin em 25 de Outubro de 2009, 22:28
Saudações,
É isso mesmo irmão Psi, os adamitas foram EXPULSOS
do planeta Capela....e como castigo, vieram para cá,
na época, um mundo primitivo.
Por isso ADÃO ( adamitas, advindos ), e EVA ( evitas, raiz, raça terrestre ).
Como em nosso planeta, em apocalipse diz que no dia do juízo final,haverá
os FORA DAQUI, a expulsão dos cabritos....
Estes espíritos que tiveram tempo suficiente mas que não se consertaram,
serão os adamitas ( Adão) de outros planetas mais atrasados que a Terra.
Os adamitas foram punidos vindo para a Terra, mas sua evolução em relação
a inteligência continuava, fazendo com eles levassem nosso planeta a frente.
Enquanto os evitas comiam carne crua....encarnava no meio um ADÃO, e
digamos assim **do nada** começava a verificar que colocando a carne no fogo
ela ficava mais gostosa; enquanto uns arrastavam pedras, surgiam alguns
espíritos **do nada ** que percebiam que era mais fácil rolarem a pedra.
Esta é a função dos adamitas, porém, depois estes espíritos podem retornarem
a sua Terra natal, mas a maioria decide ficar, pois o tempo em que ele ficou fora ele
perdeu o ritmo, o planeta evoluiu mais.


Abraços.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: psi em 25 de Outubro de 2009, 23:17
Olá Vitor,

Pelo que eu constatei não há divergência entre os livros A Gênese e o L.E. É que no LE, fala-se que a raça adâmica encarnou numa determinada região do planeta, na qual adveio um grande cataclisma e na Gênese, fala-se da origem desses espíritos que vieram a formar o que ficou conhecido como raça adâmica. Diz-se que eles vieram exilados de um outro planeta. A minha curiosidade adveio da região de Israel que o amigo citou e também do fato do amigo não se referir a esse exílio, o que me deu a impressão que o amigo quis dizer que esses espíritos sempre habitaram o nosso planeta.
Veja o amigo o que diz A Gênese no cap. XI, item 45: A raça adâmica tem todos os caracteres de uma raça proscrita; os espíritos que dela fazem parte foram exilados sobre a Terra, já povoada porém por homens primitivos, mergulhados na ignorância, e que eles têm por missão fazer progredir. Sua superioridade intelectual prova que o mundo de onde saíram era mais adiantado que a Terra; porém, devendo aquele mundo entrar numa nova fase de progresso, e esses espíritos não tendo sabido se colocar à altura desse progresso, ali estariam deslocados, e teriam sido um entrave à marcha providencial das coisas. É por isso  que eles foram excluídos e exilados para a Terra."  No livro de Edgard Armond, o autor nos diz que as região onde encarnaram os exilados ( que ele diz serem do sistema de Capela, na constelação do Cocheiro ), foram: no Oriente, no planalto do Pamir, no centro-norte da Ásia, na Lemúria e no Ocidente entre os primitivos Atlantes. É como disse no outro post o amigo Thiago.

Amigo Vitor, quando tiver oportunidade não deixe de reler o livro "OS exilados de Capela". E depois dê aqui a sua opinião. Eu particularmente o considero um livro excepcional.
Mas voltando ao assunto dos livros de Kardec, como o amigo percebeu, não há nenhum choque entre eles, pois tratam de assuntos diferentes e que se complementam.

Um abraço aos amigos Vitor e Thiago.

PSI.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Aldebaran em 26 de Outubro de 2009, 04:44
Citar
Marianna: 1-A situação de dependência da mulher se justifica ainda com a alegoria do pecado original, pois é a mulher, criatura inferior, que põe o homem a perder.
2- O Cristianismo veio modificar essa situação, típica das sociedades patriarcais de toda a Antigüidade, ao valorizar a mulher no plano espiritual, como vemos no Novo Testamento, a começar do nascimento do Messias.
3- O Espiritismo, que representa o desenvolvimento natural do Cristianismo, completa essa modificação, ao revelar que homem e mulher só existem como expressões da vida nos planos inferiores.
1- Ok.
2- Da onde se tirou essa grande bobagem?? o Cristianismo deu prosseguimento a isso, afinal, aonde está a sóror ou freira que reza a missa ainda hoje? (Santo Deus!!)
3- Desenvolvimento natural do Cristianismo??? só pode estar de brincadeira.

tsc tsc tsc ...   :D

Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Joao Manuel Santos em 26 de Outubro de 2009, 08:47
???????????????????????????

Afinal estamos aqui para esclarecer ou para confundir?

!!!!!!!!!!!
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 26 de Outubro de 2009, 11:55
Saudações...

Este tema é muito interessante. Gostaria de fazer algumas colocações.

"A primeira idéia que os homens formaram da Terra, do movimento
dos astros e da constituição do Universo, há de, a princípio, ter-se baseado
unicamente no que os sentidos percebiam. Ignorando as mais elementares leis
da Física e as forças da Natureza, não dispondo senão da vista como meio de
observação, apenas pelas aparências podiam eles julgar.
Vendo o Sol aparecer pela manhã, de um lado do horizonte, e
desaparecer, à tarde, do lado oposto, concluíram naturalmente que ele girava
em torno da Terra, conservando-se esta imóvel. Se lhes dissessem então que o
contrário é o que se dá, responderiam não ser possível tal coisa, objetando:
vemos que o Sol muda de lugar e não sentimos que a Terra se mexa."


Eu entendo que a terra sempre girou em torno de si próprio, a lua em torno da terra, e ambos em torno do sol e assim sucessivamente, independente do que os povos interpretavam. POR QUE?

Porque está na lei universal que Deus criou. Todos , creio, somos unânimes em crer que as leis naturais que Deus criou são imutáveis.

Ao meu ver, Quando Deus criou o "homem e a mulher", criou a mulher para que fosse a geradora de vidas no planeta. Falo corpo homem e corpo mulher.
É a mulher que gera um novo ser aqui na terra. Creio que sempre foi assim. O inicio do inicio está muito longe. Nos falta muita informação para a devida compreensão.
Costumo dizer que 50% do planeta é mulher e os outros 50% veio por intermédio dela.

Então eu penso. Porque Deus tiraria a mulher de uma costela? Teria ele mudado a lei só para iniciar uma nova raça na terra e satisfazer o ego do homem macho?

Bom, entendo que  antes de Adão , conforme estudos, já havia vida primitiva aqui na terra.
Um gerava o outro para nascer aqui. Não apareciam simplesmente. Adão e Eva não foram os primeiros habitantes da terra. Veja que Caim matou Abel e se casou com uma mulher de outras terras e outras raças...... De onde apareceu estas outras mulheres?
Crendo nesse entendimento, quando Allan Kardec colocou ....

O homem, cuja tradição se conservou sob o nome de Adão, foi dos que sobreviveram, em certa região, a alguns dos grandes cataclismos que revolveram em diversas épocas a superfície do globo, e se constituiu tronco de uma das raças que atualmente o povoam.

observo que o Adão, seria o tronco da nova raça que veio encarnar aqui na terra.

Tinha que ter o primeiro aqui , para gerar uma nova criança, que teria um espírito vindo da raça Adamica. E ai, foi a continuidade de nascimentos dessa raça aqui na terra.
Tudo tem que ter um inicio.Adão e Eva dariam assim o inicio da vinda da raça adamica para a terra.

Bom. Esse é meu entendimento. Não vi escrito em nenhum lugar. Sou apenas estudante.
Mas creio que Deus age em todos os lugares por leis muito bem planejadas e eternas.

A terra é apenas um planeta de provas e expiação. Existem milhares de outros planetas que foram criados antes da terra e milhares de outros depois da criação da terra.

O "homem" sendo ainda com pouca instrução espiritual e de pouca informação das Leis de Deus, não consegue entender ainda , a ação de Deus.
Veja. Quando digo pouca instrução, me refiro a que comparado ao que falta de entendimento,de conhecimento,  ainda sabemo muito pouco.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Aldebaran em 28 de Outubro de 2009, 04:13
Citar
Eu entendo que a terra sempre girou em torno de si próprio, a lua em torno da terra, e ambos em torno do sol e assim sucessivamente, independente do que os povos interpretavam. POR QUE?
Porque está na lei universal que Deus criou. Todos , creio, somos unânimes em crer que as leis naturais que Deus criou são imutáveis.
:D vou discordar, com a sua permissão, é claro...
Você acredita, não porque está na "Lei universal que Deus criou", mas porque a poderosa construção simbólica da razão demonstrou isso.
você está falando de coisas simples. Mas se dissesse: "eu acredito no Heliocentrismo  porque as Leis de Deus são imutáveis', eu perguntaria o seguinte: por que então Aristóteles e seus contemporâneos não o aceitavam??
A resposta é simples: pq a poderosa construção simbólica da razão faz você acreditar nisso.
Na verdade, o Heliocentrismo é um grande mito da ciência, embora ele seja verdade...

abçs

Renato

Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Aldebaran em 28 de Outubro de 2009, 04:23
Nenhuma sociedade sobrevive sem mitos. Coube a Durkheim o demonstrar. Você chega na tribo dos Azande, e eles comprovam (para si mesmos) que a origem de uma doença é devida às orações que se fizeram a um oráculo. Portanto, para os Azande, o que causa a doença são essas orações. E em relação aos trobriandeses, que acreditam que o q mata, são as orações feitas durante o preparo de um líquido retirados de uma planta, e não porque a planta é venenosa??
Cada sociedade constrói os seus mitos. Ainda que a nossa ciência explique aos trobriandeses que o que mata é o veneno da planta, e não as orações que são feitas durante o seu preparo, a sociedade trobriandesa vai continuar sobreexistindo malgrado isso. Do mesmo modo que, um trobriandês, poderia chegar na nossa sociedade, e dizer que o que mata, não é a má utilização da ciência, mas o próprio método da ciência, afinal - diria o pajé que observa as catástrofes advindas da ciência - "os cientistas quem em Los Àlamos prepararam a bomba atômica não estavam se valendo estritamente do método científico?"  ;)

Sei que é complicado... mas é só para mostrar que o Heliocentrismo é um mito da ciência. Só se torna real, quando uma Revelação, como a espírita, o vem corroborar. Todas as peras e maçãs são iguais quando atraídas pela força da gravidade. ----> a poderosa construção simbólica matemática da razão, retira a personalidade dos fenômenos.


abçs




Renato
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 28 de Outubro de 2009, 12:03
Citar
Eu entendo que a terra sempre girou em torno de si próprio, a lua em torno da terra, e ambos em torno do sol e assim sucessivamente, independente do que os povos interpretavam. POR QUE?
Porque está na lei universal que Deus criou. Todos , creio, somos unânimes em crer que as leis naturais que Deus criou são imutáveis.
:D vou discordar, com a sua permissão, é claro...
Você acredita, não porque está na "Lei universal que Deus criou", mas porque a poderosa construção simbólica da razão demonstrou isso.
você está falando de coisas simples. Mas se dissesse: "eu acredito no Heliocentrismo  porque as Leis de Deus são imutáveis', eu perguntaria o seguinte: por que então Aristóteles e seus contemporâneos não o aceitavam??
A resposta é simples: pq a poderosa construção simbólica da razão faz você acreditar nisso.
Na verdade, o Heliocentrismo é um grande mito da ciência, embora ele seja verdade...

abçs

Renato



Bom amigo, Aldebaran

Não entendi o Heliocentrismo. Se vc não acredita que a lua gira em torno da terra, a terra gira em torno de si mesmo , a lua e a terra gira em torno do sol , o sol no sistema solar, o sistema solar e assim por diante, então não entendi a discordância.

Porque sempre foi assim. Para que isso acontecesse tem que existir uma inteligência acima de todas as inteligências DEUS, que o criou e controla por suas leis.

O que eu quero mostrar é que a muitos e muitos anos atrás não se acreditava nisto, mas sempre foi assim. Desde quando foi criado. Faltava na verdade informações.

Como hoje também nos faltam muitas informações, independente se aceitamos ou não.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 28 de Outubro de 2009, 12:19
Nenhuma sociedade sobrevive sem mitos. Coube a Durkheim o demonstrar. Você chega na tribo dos Azande, e eles comprovam (para si mesmos) que a origem de uma doença é devida às orações que se fizeram a um oráculo. Portanto, para os Azande, o que causa a doença são essas orações. E em relação aos trobriandeses, que acreditam que o q mata, são as orações feitas durante o preparo de um líquido retirados de uma planta, e não porque a planta é venenosa??
Cada sociedade constrói os seus mitos. Ainda que a nossa ciência explique aos trobriandeses que o que mata é o veneno da planta, e não as orações que são feitas durante o seu preparo, a sociedade trobriandesa vai continuar sobreexistindo malgrado isso. Do mesmo modo que, um trobriandês, poderia chegar na nossa sociedade, e dizer que o que mata, não é a má utilização da ciência, mas o próprio método da ciência, afinal - diria o pajé que observa as catástrofes advindas da ciência - "os cientistas quem em Los Àlamos prepararam a bomba atômica não estavam se valendo estritamente do método científico?"  ;)

Sei que é complicado... mas é só para mostrar que o Heliocentrismo é um mito da ciência. Só se torna real, quando uma Revelação, como a espírita, o vem corroborar. Todas as peras e maçãs são iguais quando atraídas pela força da gravidade. ----> a poderosa construção simbólica matemática da razão, retira a personalidade dos fenômenos.


abçs




Renato

Bom, Aldebaran

Como você colocou aqui, não é diferente do que eu coloquei.
A crendice dos povos faz os seus costumes.
O que cada um acredita , nem sempre é o que é na realidade.
Com relação ao Heliocentrismo, doutrina que acredita que tudo gira em torno do sol, não é o caso que eu coloquei. Todos sabemos que o nosso sistema solar é que gira em torno do sol, e o sistema solar tem outros movimentos que não conhecemos, uma vez que tudo está em movimento.
Se é crendice ou não da ciência, não temos outra informação mais precisa. A não ser a que os espíritos , por intermédio de médiuns , tem nos trazido, demonstrando que isto é verdadeiro.

Desculpa o amigo, mas você fugiu da idéia.

A idéia aqui é entender que em tudo no universo e em nossas vidas, a lei divina é que determina tudo.É nisto que eu acredito, e não nas crendice supostas da ciência. Independente se nós , povos, já o entendemos ou não, o que Deus criou sempre existirá permanentemente de acordo com as leis naturais que ele regiu. Essa é a minha crença.
É isto que quero dizer. Não estou discutindo o que cada um pensa, pois isto pouco nos importa. O importante mesmo é entender como Deus age em nossas vida e como a lei de Deus interage em mim, em você e em todos nós , porque isto fará diferença em nossa evolução espiritual. É a minha atitude , minha vivência em harmonia com as leis divinas , que fará diferença e não somente o que eu sei ou conheci ou o que eu acho que é.
É isto que eu quis dizer e é o que eu creio.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Aldebaran em 28 de Outubro de 2009, 12:22
É fácil dizer "sempre foi assim", depois que se descobriu a coisa. É como aquela velha estória: depois que se matou a cobra, todo mundo aparece com o pau...

Eu estou tentando colocar a coisa a partir de um ponto de vista antropológico e filosófico-científico: enquanto a razão humana interpretou que "existia" o Heliocentrismo, para nós ele passou a existir. É lógico que já "existia antes". É a velha questão  da "descoberta": algo está coberto, aí alguém vai lá e se retira o cobertor e pronto! se descobre o que estava encoberto.
Em ciência nem sempre isso funciona: o FCU (Fluido Cósmico Universal) também sempre existiu na ciência de todos os tempos, e no entanto, ninguém descobriu ele. Da mesma maneira que o Espírito existe de todos os tempos, mas ninguém o descobriu, e nem o descobrirá, porque ele está encoberto pelo perispírito  :D
Eu sei que trata-se de um jogo de palavras, mas o que eu quero deixar claro, é que, para nós, as únicas coisas que existem são as que conseguimos interpretar simbolicamente. As Colônias Espirituais são um exemplo disso.
Mas não dá para ficar falando muito sobre isso, porque já envolve umas discussões acadêmicas entediantes e fastidiosas.

abçs,


Renato
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Aldebaran em 28 de Outubro de 2009, 12:28
Na verdade, o seu ponto de vista é o de Kardec: a ciência e o Espiritismo é que buscam, dentro da civilização - para escândalo dos antropólogos - desvelar os mistérios da natureza. Nesse sentido, a nossa civilização, a nossa sociedade seria mais adiantada que a dos povos primitivos - outro escãndalo para os antropólogos.
Mas daí, dá para se antecipar uma notícia ruim para os marxistas de esquerda: que nos mundos evoluídos existem: ricos, remediados e pobres (mas não miséria).

abçs,

Renato
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 30 de Outubro de 2009, 15:00
Na verdade, o seu ponto de vista é o de Kardec: a ciência e o Espiritismo é que buscam, dentro da civilização - para escândalo dos antropólogos - desvelar os mistérios da natureza. Nesse sentido, a nossa civilização, a nossa sociedade seria mais adiantada que a dos povos primitivos - outro escãndalo para os antropólogos.
Mas daí, dá para se antecipar uma notícia ruim para os marxistas de esquerda: que nos mundos evoluídos existem: ricos, remediados e pobres (mas não miséria).

abçs,

Renato

Sim. É isto.
Por esta razão, voltando ao tema Eva e Costela de Adão eu creio Quando Deus criou o "homem e a mulher", criou a mulher para que fosse a geradora de vidas no planeta. Falo corpo homem e corpo mulher.
É a mulher que gera um novo ser aqui na terra. Creio que sempre foi assim. O inicio do inicio está muito longe. Nos falta muita informação para a devida compreensão.
Costumo dizer que 50% do planeta é mulher e os outros 50% veio por intermédio dela.

Então eu penso. Porque Deus tiraria a mulher de uma costela? Teria ele mudado a lei só para iniciar uma nova raça na terra e satisfazer o ego do homem macho?


Um outro fato interessante, é analisar que a terra não foi o primeiro planeta habitado por seres humanos. Segundo entendimento espírita, outros mundos antes da terra , já estavam habitados por seres humanos. Então parece coerente crer que os seres humanos , já existindo em outros planetas , poderiam simplesmente serem migrados para a terra ao invés de iniciar tudo novamente desde o principio por aqui.
Sendo assim o criacionismo ganhou força, entendendo foram simplesmente criados. Eu penso que pode ter sido criado, mas também podem ter sido migrados para cá.

É claro que estou viajando com o tempo, espaço e lugar, olhando pela ótica universal.
É o meu entendimento. Não estou fechado a essa idéia e nem a credo algum e não estou forçando ninguém a pensar igual. O Espiritismo tem uma cota considerável na minha forma de crer.
Mas quem sabe alguém com este mesmo raciocínio, possa acrescentar mais alguma coisa que eu não estou vendo.

Siegmund


Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Marianna em 03 de Novembro de 2009, 20:41


Existe uma espantosa coincidência entre números na Bíblia, envolvendo o criacionismo e números na ciência, relativos à evolução do homem a partir do macaco. Vejamos a citação bíblica, segundo a qual Deus tirou uma costela de Adão e com ela fez Eva, a mulher:

“Então, o senhor Deus adormeceu profundamente o homem; e enquanto ele dormia, tirou-lhe uma de suas costelas, cujo lugar preencheu de carne. Da costela que retirara do homem, o senhor Deus fez a mulher e conduziu-a até o homem.”

Comecemos a análise pelo número de costelas. O homem tem 24 costelas – 12 de cada lado do tórax. O mesmo número ocorre na mulher. O texto diz que Deus tirou uma costela e não um par de costelas. Se tivesse retirado uma única costela, o homem teria números diferentes desse osso de cada lado do tórax. E ainda ficaria a dúvida sobre o número de costelas na mulher.

Essas contradições desaparecem se o texto for examinado à luz de uma informação que Jesus Cristo deu aos seus discípulos: “Para Deus nada é impossível”. Deus pode ter retirado uma costela de Adão, mas fez com que a sua mulher e todos e seus descendentes tivessem o mesmo número de costelas. Mas vamos considerar que a retirada da costela seja uma linguagem simbólica e depois direi porque ela não poderia ser direta.

Vejamos agora o lado da ciência. O chimpanzé, do qual a ciência admite ter evoluído o homem, tem 24 cromossomos nas suas células sexuais, isto é, 24 cromossomos em cada espermatozóide e 24 cromossomos em cada óvulo. Estou falando em gametas, células sexuais, aquelas que são capazes de reproduzir a espécie. Portanto, são idênticos, os números de costelas no homem e de cromossomos no chimpanzé. As outras células do chimpanzé são diplóides, isto é, têm um par de cromossomos – têm, portanto, 48 cromossomos.

Confluência de versículos da Bíblia e a Evolução Humana na Linha do Tempo – Se admitirmos que costela simboliza cromossomo, os números na Bíblia, implícitos e explícitos, dizem que Deus retirou um cromossomo do chimpanzé e com ele fez a mulher. Em outras palavras, o “homem”, um chimpanzé, perdeu um cromossomo das células sexuais e assim se formou uma mulher.

E, de fato, a mulher, assim como o homem, tem um cromossomo a menos do que o chimpanzé nas células sexuais. O espermatozóide humano tem 23 cromossomos e o óvulo humano tem também 23 cromossomos. Faz sentido, não? As outras células do ser humano são diplóides, isto é, têm 46 cromossomos. Mas, já que estamos falando de criacionismo vs. evolução de uma forma amistosa, cumpre ver o que a ciência diz com respeito à evolução homem macaco, isto é, à evolução do homem a partir do chimpanzé.

A evolução do homem a partir do macaco – Admite-se que na evolução das espécies, por algum fenômeno desconhecido, houve a fusão de dois cromossomos do chimpanzé e daí teria surgido o homem primitivo, o hominídeo. Existem teorias que sustentam ter surgido primeiro uma fêmea, o que, se for verdade, dá mais consistência à visão simbólica da história de Adão e Eva.

Em síntese, temos o seguinte quadro:
*Número de costelas no ser humano: 24
*Número de cromossomos nos gametas do chimpanzé: 24
*Criação: retirada de uma costela.
*Evolução: fusão de dois cromossomos.
*Costela simboliza cromossomo.
*Retirada de uma costela = fusão de dois cromossomos.
*Número de cromossomos resultantes nos gametas: 23 – Nova espécie: homem, hominídeo, possivelmente representado por uma fêmea.

Ainda sem nos afastarmos muito destas questões primárias, caberia perguntar as razões de tantas diferenças entre o ser humano e o chimpanzé, pela “simples” fusão de dois cromossomos. Ademais, continuaria argumentando um adepto do criacionismo, sabe-se que a semelhança entre o DNA do chimpanzé e do ser humano é superior a 98%, ou seja, ser humano e chimpanzé deveriam ser mais parecidos. Estas são perguntas pertinentes e que devem ser examinadas com cuidado.

Vamos começar por números: a diferença inferior a 2% entre os DNAs do ser humano e do chimpanzé. Essa porcentagem pode significar muito, por quatro motivos:

*Estamos começando a conhecer o genoma humano e do chimpanzé, isto é, os mapas do DNA, os mapas dos genes, e que função cada gen desempenha. Por outro lado, nada sabemos sobre o genoma do chimpanzé. Assim, é perfeitamente aceitável que essa porcentagem, embora pequena, signifique muito em termos de diferenças anatômicas e fisiológicas entre as espécies.

*As diferenças podem situar-se em partes fundamentais dos DNAs, suficientes para causar as diferenças entre as espécies.

*A quantidade de DNA nas células nem sempre é proporcional à sua complexidade. Portanto, os arranjos dos componentes do DNA nos seres humanos pode ser mais importante que a quantidade.

Assim, a porcentagem um pouco abaixo de 2% de diferença entre o chimpanzé e o ser humano passa a ter mais significado. A “simples” fusão de dois cromossomos de uma espécie pode causar muitas diferenças na espécie resultante.

Por que a Bíblia não é explícita? – Em outras palavras, por que, como foi levantado no começo deste artigo, a mensagem bíblica não fala diretamente em cromossomos? Há pelo menos duas respostas possíveis.

A primeira é relativa a um dogma do cristianismo e do judaísmo: trata-se de texto sagrado, isto é, ditado ou inspirado por Deus, e não cabe questionamento sobre como Deus fala.

A segunda é relativa aos escritores da Bíblia: eles seriam seres humanos dotados do conhecimento da evolução e profundos conhecedores da índole humana. Eles sabiam não ser possível escrever o que os homens não poderiam entender naquela época (existência de cromossomas, genes, DNA). Sabiam ainda que, vivendo em uma sociedade patriarcal, a mulher deveria ficar em um plano secundário, na versão escrita, para facilitar a aceitação da palavra de Deus.

Os fiéis ficam com a primeira resposta, o dogma.

Mas os que não são fiéis podem indagar, com propriedade, como aqueles escritores, recém-saídos de uma vida seminômade, poderiam deter tais conhecimentos sobre a evolução das espécies.

A Bíblia, como livro, examinada sem qualquer posição preconcebida, é um livro singular, e as pessoas que escreveram suas diversas partes diferiam do comum dos mortais. Contudo, por mais inteligentes que tenham sido, elas não poderiam deter alguns desses conhecimentos. Assim, a resposta é: trata-se de um mistério.

No prazeroso estudo dos números na Bíblia envolvendo criacionismo vs. evolucionismo existem outros pontos de convergência. Exemplo: parte do texto sagrado reproduzido no início deste artigo e a versão da ciência relativo a diferenças entre homem macaco. A expressão bíblica “cujo lugar preencheu com carne” transmite um significado especial e dá margem a mais paralelismos entre religião e ciência. Nós poderiamos ler essa expressão assim: cujo lugar preencheu com o lobo frontal.

Procriação subseqüente – O aparecimento do ser humano levanta o problema da procriação. Na história da criação o problema não existe: uma vez criados, Adão e Eva começaram a se reproduzir. Mas, na evolução, UM indivíduo, surgido da fusão de dois cromossomos não daria origem à espécie humana.

Para ilustrar, digamos que a fusão de dois cromossomos se deu em uma fêmea, resultando 23 cromossomos nos gametas, a qual convivia com machos que tinham 24 cromossomos nos gametas. A procriação seria impossível. Ainda que copulassem, não haveria formação do ovo devido à falta de simetria nos DNAs. Como, então, teria procriado o ser humano na evolução?

O mais provável é que o fenômeno – físico, químico, ou físico-químico – tenha atingido vários indivíduos entre os chimpanzés, causando a fusão de cromossomos em muitos deles, tanto machos como fêmeas. Na história da evolução existe ainda outra particularidade: os bonobos têm mais elementos do que os chimpanzés para serem os antecessores do homem.

Preferência pelos chimpanzés aos bonobos – A ciência mostra preferência pelos chimpanzés aos bonobos na escala evolutiva, embora estes tenham mais semelhanças com os seres humanos. Vejamos:

*O percentual de semelhança entre o DNA dos bonobos e os humanos é maior do que o dos chimpanzés.
*Têm os genitais mais salientes e voltados para frente, como os humanos.
*São os únicos primatas, exceto os humanos, que copulam pela frente. *Mantêm relações homo e heterossexuais, assim como de indivíduo jovem com adulto.
*As fêmeas, quando chegam à adolescência, abandonam o seu grupo e se juntam a outro. No novo grupo se submetem às fêmeas, inclusive sexualmente – depois passam a ter relações com os machos.
*As fêmeas andam em grupos e o macho as respeita porque elas se juntam contra ele na luta pela posse do alimento.
*Ficam em posição bípede com mais freqüência do que os chimpanzés, e têm o riso mais expressivo. São também mais cordiais no grupo.

Apesar de tudo isso acredita-se que o homem tenha evoluído dos chimpanzés. A razão reside no fato de que eles são encontrados em muitas regiões da África e em áreas mais abertas, o que teria favorecido sua dispersão territorial. Por sua vez, os bonobos vivem em matas fechadas, de algumas regiões da África. Contudo, do ponto de vista genético, anatômico, emocional e de comportamento, é mais provável que a espécie humana tenha derivado dos bonobos. Talvez, depois de sua comunidade ser atingida por um cataclismo, eles tenham se refugiado em matas fechadas.

Ancestral do homem: nem chimpanzé nem bonobos – Uma outra teoria admite que chimpanzés, bonobos, gorilas, orangotangos, gibão, pertencentes à família de primatas conhecida como Pongídeos, assim como a família dos Hominídeos, cujo único representante é o homem, todos pertencentes à superfamília dos Hominóideos, teriam derivado de indivíduos conhecidos como Macacos do Velho Mundo.

A minha concepção é de que alguma violenta mudança ambiental, atingindo África e Ásia, alterou a estrutura genética de muitos Macacos do Velho Mundo (Cercopitecóideos) no período compreendido entre 6 milhões e vinte e cinco milhões de anos atrás. Surgiram Pongídeos diferentes.

Por que não teriam surgido hominídeos diferentes? O homem atual deve ter apresentado diferenças entre os indivíduos desde o começo. Por exemplo, deve ter aparecido, ao mesmo tempo, indivíduos com pele branca e pele negra na África e na Ásia. Condições climáticas e a luta pela sobrevivência teriam facilitado o desaparecimento de indivíduos de pele branca na África e de pele negra em regiões geladas.

A teoria de um tronco comum para todos os Hominóideos não muda o paralelo com a costela de Adão. Toda a superfamília dos Hominóideos teria surgido de indivíduos com 24 cromossomas nos gametas. Uma família (Pongídeos) continuou com 24 cromossomas nos gametas e outra (Hominídeos) apareceu com 23 cromossomos.

Ruy Miranda, Médico, Doutor em Psiquiatria, ex-Professor de Psicoterapia e de Psicologia Médica da UFMG. Psicoterapeuta durante quase quatro décadas.


Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 27 de Novembro de 2009, 17:45
Boa Tarde

O pensamento agora nestes texto demonstra uma tendência lógica de que Adão e Eva não foram os primeiros no planeta e sim que foi um inicio de uma nova raça chamada Adamica.

Para sustentar isto vamos até a Biblia:
 Gênesis 4:16-17

Caim e Abel , os dois filhos de Adão e Eva onde Caim matou abel e aparentemente ficou 3 pessoas. Adão, Eva e Caim.

Gn 4:16-17 - E saiu Caim de diante da face do Senhor e habitou na terra de Node, da banda do oriente do Édem.
 (17) E conheceu Caim a sua mulher, e ela concebeu e teve a Enoque; e ele edificou uma cidade e chamou o nome da cidade pelo nome de seu filho Enoque.

E conheceu Caim a sua mulher,
Bom, para que ele conhecer a sua mulher e já tivesse condiçoes de gerar , com certeza a sua mulher já existia e não pertencia a clebe de Adão e Eva.

Não estamos duvidando da fidelidade da Bíblia. Mas já temos mais de 130 traduções com várias mudanças desde a primeira Original. Temos mais de 40.000 religiões diferentes no mundo, buscando cada uma das últimas traduções e ensinando o que conseguem entender.
Para analisar e buscar a informação mais próxima , é preciso ficar isento da influência religiosa e buscar a fé raciocinada.

Eu creio que Adão e Eva foram o início de uma nova geração neste mundo e que o ser homem e mulher já existiam anteriormente e que a mulher sempre foi a geradora.

Sê quizermos pegar uma história e buscar coincidências para provar a verdade , sempre iremos encontrar informações com a suposta coincidência.
Um texto fora do contesto , vira pretesto.

Notemos que hoje mesmo, para se provar que uma idéia da bíblia é verdadeira , busca-se vários textos fora do contesto e provamos que o texto daquela idéia é bíblica.Não estou polemizando e nem estou colocando como regra que tudo é assim.
 Mas muitos textos são interpretados por várias congregações e pessoas de formas diferentes.

Unindo vários pensamentos e com a ajuda do Espiritismo do qual sou um estudante , é que creio na hipótese colocada acima por mim.


Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Marianna em 08 de Dezembro de 2009, 23:36

Citar
O pensamento agora nestes texto demonstra uma tendência lógica de que Adão e Eva não foram os primeiros no planeta e sim que foi um inicio de uma nova raça chamada Adamica.

É por ai meu amigo.

Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Mourarego em 10 de Dezembro de 2009, 20:46
Contam a boca pequena, que esse papo de costela de Adão tem fundamento:
Deus, havendo feito em Adão uma costela a mais, resolveu desta fazer a mulher...
Segundo a história, Deus teria dito: Bom, bom bom, não está, mas tá bom... Afinal ela não vai pensar muito mesmo!
Abraços,
Moura
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 12 de Dezembro de 2009, 16:54
Olá Mourarego.  Blz...

rsrsrsrsrs...


Mas é importante notar que a metade da população do mundo é mulher......
E que a outra metade veio por intermédio dela....

rsrsrsrs...


Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Mourarego em 12 de Dezembro de 2009, 19:02
Mas é isso mesmo mano Siegmund!!
Uma costelinha só que nem fazia falta e que dá um trabalho danado pra entender, teve um serviço de progresso no mundo inteiro!
Abraços,
Moura
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 13 de Dezembro de 2009, 10:24
Sim. Mourarego. É isto mesmo.

Sendo assim,  eu creio que quando Deus criou o "homem e a mulher", criou a mulher para que fosse a geradora de vidas no planeta. Falo corpo homem e corpo mulher.
É a mulher que gera um novo ser aqui na terra. Creio que sempre foi assim. O inicio do inicio está muito longe. Como veio para cá o primeiro homem e a primeira mulher está muito longe de sabermos.Nos falta muita informação para a devida compreensão.Só há especulação.

É interessante ver que 50% do planeta é mulher e os outros 50% veio por intermédio dela.

Então penso. Porque Deus tiraria a mulher de uma costela? Teria ele mudado a lei só para iniciar uma raça na terra e satisfazer o ego do homem macho?

Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Mourarego em 13 de Dezembro de 2009, 16:15
A História da costela, para mim, é uma forma de mostrar a obrigatoriedade da submissão da mulher ao homem.
Abração,
Moura
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: J.Rodrigues em 14 de Dezembro de 2009, 21:43
Ei Siegmund

Mais devagar com o andor que pode cair.

Que é isso de ser a mulher a gerar?
Ela é parte do sistema não é o todo.
Ela produz o óvulo 50% o homem dá o espermatezóide 50% (embora seja muito pequenino em relação ao tamanho do óvulo.
Quando este último consegue penetrar no óvulo e se desencadeiam os mecanismos da reprodução mais nenhum espermatezoide consegue romper a barreira imediatamente criada à volta do óvulo e a partir desse momento este se transforma em ovo que iniciar a sua multiplicação celular dando origem a um novo ser corporal que irá servir um espírito ao cumprimento da missão que se propôs cumprir.

Por isso acada um a sua parcela de responsabilidade e nada de previligiar uns em detrimento dos outros (outras  ;D ::) :-*)

Abraços
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 20 de Dezembro de 2009, 13:23
Olá amigo J. Rodrigues

Você falou muito bem.
Não estou em hipótese alguma retirando a responsabilidade do homem.
Se você perceber estou falando de gerar e não de fecundar.

A mulher , é a que carrega o filho 9 meses. É ela que gera o filho.
Veja que eu coloquei em contraste da costela de adão, e não na responsabilidade. Entende.
O homem dá a sua participação sim, eu entendo isso, e você o colocou muito bem ,e a nossa parte vai para dentro da mulher, fecunda o óvulo e lá fica durante 9 meses. Ou não é assim que acontece.

Também não falei que a mulher é o todo. Sim é parte. E que parte....não é mesmo.
É a grande geradora de vidas.

Abraços


Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: J.Rodrigues em 21 de Dezembro de 2009, 18:20
Ola Siegmund

Os 50% de participação do homem são de facto para Fecumdar os outros 50% fornecidos pela mulher e com esta acção se processa o início ( por Geração ou criação) de uma nova vida.
Após isso a mulher defacto é o elemento onde se processa a gestação do novo ser até ao momento em que o corpo físico estejaq em condições de enfrentar a dificuldades deste mundo terreno para o espírito dar, ou pelo menos tentar dar,cumprimento à missão que se propôs cumprir.
Deixe que nesta oportunidade o cumprimente, agradeça as suas preciosas participações e lhe apresente os meus desejos de boas festas nesta quadra que relembra o nascimento do nosso muito querido Jesus Cristo.
Que o 2010 lhe proporciona as melhores oportunidades para cumprimetos da sia missão terrena.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 22 de Dezembro de 2009, 00:51
Ola Siegmund

Os 50% de participação do homem são de facto para Fecumdar os outros 50% fornecidos pela mulher e com esta acção se processa o início ( por Geração ou criação) de uma nova vida.
Após isso a mulher defacto é o elemento onde se processa a gestação do novo ser até ao momento em que o corpo físico estejaq em condições de enfrentar a dificuldades deste mundo terreno para o espírito dar, ou pelo menos tentar dar,cumprimento à missão que se propôs cumprir.
Deixe que nesta oportunidade o cumprimente, agradeça as suas preciosas participações e lhe apresente os meus desejos de boas festas nesta quadra que relembra o nascimento do nosso muito querido Jesus Cristo.
Que o 2010 lhe proporciona as melhores oportunidades para cumprimetos da sia missão terrena.



Olá amigo J. Rodrigues

Obrigado pelo carinho. Desejo, também,  à você e toda a sua família um feliz natal e próspero ano novo 2010, com muita saúde, paz, harmonia e prosperidade em ascensão.
Abraços fraternos....
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 22 de Dezembro de 2009, 00:56
A História da costela, para mim, é uma forma de mostrar a obrigatoriedade da submissão da mulher ao homem.
Abração,
Moura

Olá amigo Mourarego

É isso ai amigo. É bem por ai o que você colocou.

Quero aproveitar , dizer que foi muito bom conhecê-lo, aprendi muito com você, e desejar ao amigo e toda a sua família, boas festas e um feliz, ano 2010 com muita saúde, paz, felicidade e prosperidade em ascensão...

Abraços fraternos.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: llua em 22 de Dezembro de 2009, 01:15
ah! ah!
quem assim pensa devia encarnar mulher na próxima vida e casar com aqueles machões que dão porrada até matar.

gargalhadas a valer................
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: J.Rodrigues em 22 de Dezembro de 2009, 13:01
Olá Ilua

Não percebi muito bem o que pretendeu dizercom a sua resposta aos textos colocados recentemente sonre este tema.
Porém, pegando nas suas palavras e ligando-as ao que aprendemos na Doutrina dos Espiritos, tema Reencarnação, podemos concluir que o que refere quanto às casadas com os tais machões que lhes dão porrada(? ??? :-[), serão eventualmente mulheres que em outra encarnação foram os machões que infligiram sevícias sobre as mulheres com quem compartilharam a vida nessa encarnação.

Que tenha muito Boas Festas neste Natal em que já estamos e cujo dia marcante se aproxima a passos largos.
Que o 2010 lhe traga o necessário ao cumprimento da missão que a trouxe a esta presente reencarnação.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Marianna em 30 de Dezembro de 2009, 03:27
Citar
Que o 2010 lhe traga o necessário ao cumprimento da missão que a trouxe a esta presente reencarnação.

Paz pra todos.

Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Siegmund Beulke em 30 de Dezembro de 2009, 14:51
Olá a todos

Desejo a todos

Boas Festas e um ano 2010 cheio de sucesso, saúde, paz e muito dinheiro  no bolso.

Abraços fraternais
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Marianna em 15 de Fevereiro de 2010, 04:43

Citar
quem assim pensa devia encarnar mulher na próxima vida e casar com aqueles machões que dão porrada até matar.

Não podemos pensar assim porque isso só a Deus pertence.

Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: MongeShaolin em 15 de Abril de 2010, 11:28

Citar
quem assim pensa devia encarnar mulher na próxima vida e casar com aqueles machões que dão porrada até matar.


Não podemos pensar assim porque isso só a Deus pertence.



Muito bom.
Título: Re: EVA E A COSTELA DE ADÃO
Enviado por: Marianna em 28 de Abril de 2010, 19:27
Muito obrigada.