Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => A Génese => Tópico iniciado por: Blue soft em 10 de Setembro de 2009, 20:48

Título: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 10 de Setembro de 2009, 20:48
           Companheiros queridos
mais uma vez venho aqui para colocar uma
questão. Bem, falamos de Deus a todo tempo.
           Dizemos que Deus está em tudo, que
está nas árvores, plantas, nas pedras e em
todo lado por onde viramos.
            Mas, se Ele é onipresente, onisciente
e onipotente. "Por que nós não o vemos?
Vê-lo-emos quando deixarmos a Terra? Tais perguntas
são formuladas todos os dias."
Estas questões
fazem parte do capítulo II, 31 a 37 do livro A Gênese.
          Então, qual a visão que temos de Deus?



                      Abraços fraternos,

                           Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Mind em 11 de Setembro de 2009, 02:02
 Olá amiga Blue Soft.
   Pergunta complicada a sua.    ::)


     Sei que a pergunta da amiga não exige a colocação das minhas citações mas vou fazê-lo como referência à sua questão.
Livro Dos Espíritos
Citar
1. Que é Deus?
“Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas”
3. Poder-se-ia dizer que Deus é o infinito?
“Definição incompleta. Pobreza da linguagem humana, insuficiente para definir o
que está acima da linguagem dos homens.”

    Na minha opinião como seres Terrenos é-nos impensável ver a Deus, pois Deus se dá a conhecer pela sua inteligência.
    Talvez quando chegarmos a um estado evolutivo de um mundo Feliz ou Divino, consigamos ver a Deus pois por enquanto na minha opinião ele apenas se dá a conhecer pelas suas obras.

Abraço Fraterno.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: EsterEly em 11 de Setembro de 2009, 02:22
Saudações,

Deus, espírito de amor e de verdade.

...no livro de Mateus, capítulo 5, versículo 8, :

"Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus".

Chegaremos a ele...

abraços fraternos



Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 11 de Setembro de 2009, 13:25
         Nelson querido,
gostei muito da sua resposta, sim, poderemos
ter este encontro com Deus quando alçarmos
voos mais altos em nossas encarnações, quando
evoluirmos a ponto de podermos compreendê-lo
aí o veremos, por enquanto temos que nos satisfazer
com a sua presença junto a sua criação.


                  Carinhos,

                   Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 11 de Setembro de 2009, 13:31
         Olá Ester,
obrigada pela sua colaboração,
foi elucidativa.



                   Abraços fraternos,


                        Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: arielly, viva no amor do Pai em 11 de Setembro de 2009, 13:58
OI  :-*!!!
ESTOU LENDO O LIVRO A CABANA.
ME DISSERAM Q ESTE LIVRO É MUITO BONITO  E TRATA DA NOSSA RELAÇÃO COM DEUS.
DE CRENÇA, DE AMOR, DE "ÓDIO".
COMECEI A LER ONTEM. AO TÉRMINO VENHO AQUI COMPARTILHAR COM VCS!

MUITA PAZ PARA TODOS!

ARIELLY
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: selmaramos em 12 de Setembro de 2009, 03:32
Boa Noite a todos e muita Paz,

                   Olha juntei algumas palavras que absorvi sobre Deus, que gostaria de aqui colocar para somar a outras visões dos demais irmãos, assim, vejamos o que posso acrescentar sobre Deus: É a força que tudo impulsiona, que faz  tudo ter sentido e destinação, que é cheiro, cor , som e principalmente luz, luz  transbrilhante, enfim é o que ordena e cria, cujo começo leva  a um fim que é infinito e até onde o pensamento não chega e a compreensão humana é rasa. Impossível imaginar o que e ou como Ele É, a única certeza é que Ele É, Está e Existe!!!   :D
                     Abraço fraterno,
                                  Selma    
                              ]
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: liebih em 13 de Setembro de 2009, 04:47
         Eita! o que está acontecendo estão estudando
pouco, a pergunta é sobre a visão de Deus que fica no livro a Genese,
mas parece que não ficou intendido.
        Não veremos Deus enquanto naõ tivemos condição para ve.
        E so poderemos ve-o quando tivermos em mundos mais elevados.


           

             Liebih
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: selmaramos em 14 de Setembro de 2009, 03:34
Cara irmã Liehbi,

                          Realmente ão prestei atenção que  relativo a  pergunta sobre “como vemos Deus” da irmã Blue Soft,  teríamos que responder com base no livro “A Gênese”- que ainda não li – porém a minha resposta, foi baseada em estudos que iniciei recentemente do “Livro dos Espíritos” e que venho captando das palestras públicas que já venho assistindo a algum tempo e meu grande interesse é aprender, se fiz uma colocação não válida ou errada peço desculpas, pois esta foi a primeira vez que fiz algum comentário no fórum.
                          Luz e muita paz a todos!
                                               Selma
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Mind em 14 de Setembro de 2009, 04:28
Olá amigos(as).

No que diz respeito a ver Deus, isso é-nos impossibilitado devido ao grau que nos encontramos seja em que aspecto for, tanto moral como intelectual.

Referencias do Livro Genese Allan Kardec


Génese Existência de Deus
.

(…Deus não se mostra, mas se revela pelas suas obras….)

Da Natureza Divina.

8. – (…) Não é dado ao homem sondar a natureza íntima de Deus. Para compreendê-lo, ainda nos falta o sentido próprio, que só se adquire por meio da completa depuração do Espírito (…).



    Atrevo-me a dizer que se Deus se revela pelas suas grandiosas obras, e sendo eu, (espírito) criação de Deus, afirmo que posso reconhecer Deus em mim, embora não o possa ver, pois não sou Deus e sim criação Dele. O mais importante é reconhecermos Deus na sua suprema inteligência e termos viva Fé que, é um Deus que nos ama e não castiga!
     Amiga selmaramos, adorei sua resposta pois ela, reflecte o que todos nós devemos sentir relativamente à existência de Deus.
 Você como iniciante no fórum na minha maneira de ver é importante a sua participação por dois motivos:

1-Aprende relendo as respostas de amigos mais conhecedores da Doutrina.
2-Se por eventualidade colocar uma mensagem com a particularidade de esta não se encontrar muito correcta, também é uma forma de os amigos, mais esclarecidos ajudarem no entendimento na mesma. (esta é minha opinião)

Abraço fraterno.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Gigii em 14 de Setembro de 2009, 10:01
Olá meus amigos!

A questão levantada é interessante, porém pode sugerir dois tipos de resposta:

- como vemos Deus, no sentido de como nós O sentimos

- como vemos Deus, no sentido de se algum dia ele seja "visto"por todos

Em tempos reflecti sobre o assunto aqui (http://www.forumespirita.net/fe/auto-conhecimento/encontrar-deus-dentro-de-nos/), o que não deixa de ser apenas a minha visão de Deus.

Na minha opinião, existe uma visão do Pai para cada um de nós, pois cada um O sente de acordo com a sua vivência e experiência de vida.
Não existe uma ideia de Deus única a todos, isso seria impossível sequer imaginar.

E nada nos garante que algum dia o veremos da forma que Ele desejaria ser sentido, ou naquela que se julga ser a verdadeira. É uma busca muito pessoal, que implica auto-conhecimento e entrega diária a Ele.

Cada um, a seu tempo "verá" Deus dentro de si. Não existe um roteiro igual para todos, nem receitas que possamos seguir com a certeza de alcança-lo, mas existe a esperança e a confiança de que um dia TODOS VEREMOS A DEUS.

Mas....como se apresenta Ele? Será palpável? Vê-lo-emos com os olhos da matéria? Iremos reconhecê-lo?
Certamente que nada disto acontecerá. Deus está além da nossa compreensão humana.

Estudemos-lhe os atributos, e reconheceremos o quão infimos nos encontramos para ir além de apenas O sentirmos.

Grata pela oportunidade de me exprimir sobre o tema.

Beijitos
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 14 de Setembro de 2009, 14:47
          Amigos querido,
iniciei este tópico com o intuito de perceber
qual a nossa visão sobre Deus, mas como
espírita tinha que me basear em uma obra
básica e a escolhida, foi A Gênese, não
por ser a única que demonstra uma visão de
Deus, mas a que escolhi como base de estudo,
não significando que não gostaria de saber, as
opiniões dos companheiros.
         Agradeço a contribuição de todos, para
mim é sinal de respeito dos que ainda não
conheço e carinhos dos que já tenho amizade.


              Carinhos,

                 Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: arielly, viva no amor do Pai em 14 de Setembro de 2009, 15:04
DEUS É AMOR!
vejo Deus como um amor puro e incondicional!
Ele nos ama independente das nossas escolhas porque somos a sua criação. somos os seus filhos.
o que não quer dizer que Deus está feliz com o rumo que o mundo tem tomado.
buscamos por uma liberdade e acabamos nos enredando em um mundo de regras absurdas, exclusão social, preconceitos e guerras.
Temos o livre arbítrio e nossas ações tem reações poderosas em nossas vidas!
Nos lembramos de Deus qdo algo ruim acontece mas não fomos nós mesmos que provocamos tal acontecimento.
Às vezes queremos colocar Deus como um ser vingativo e cruel.
Mas penso e sinto que Deus não é assim.
Se nos distanciamos de Deus, estamos sujeitos as tempestades que o mundo ultrapassa.
Mas se nos voltamos pra Deus, Ele nos ajuda a mudar, nos envolve com todo o seu amor e nos acolhe mesmo qdo pensamos não merecer a sua graça.
Deus não é vingativo e muito menos cruel!!
Nós é que devemos pensar em nossos atos para que estes não se voltem para nós de forma negativa.

enfim...
De coração
Deixe o Amor de Deus entrar na sua vida.
Ele pode não impedir que vc sofra...
...mas com certeza estará do seu lado te amparando!

beijos a todos!
lembrando que é apenas a expressão do que eu sinto. não é uma regra.
é o meu sentimento!
muita luz e muito amor .
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: dim-dim em 14 de Setembro de 2009, 15:05
Olá amigos deixo aqui um texto de Saint Germain que me tem iluminado e mostrado a essência da vida:


"A questão do conhecimento de Deus e Seu Universo se resume em restabelecer
contato com os anais da Vida em todas as formas. Todas as formas
contêm Vida, e dentro da emanação de Luz de cada forma está
registrado seu passado inteiro, que qualquer um pode exercitar-se em
descobrir e compreender, desde que esteja disposto a dedicar atenção e
tempo na auto-disciplina necessária a aquietar a confusão na atividade
externa da vida diária. Esse registro eterno dentro de todas as coisas
existiu desde o princípio.

“Em épocas passadas, a humanidade manifestou Perfeição em
todos os aspectos. Essa condição anterior da raça foi narrada pelos
historiadores como o Jardim do Éden -Éden ou E-Don - significando
Divina Sabedoria. À medida que a atenção consciente ou atividade externa
da mente tinha permissão para pousar no mundo dos sentidos físicos, a
‘Divina Sabedoria’ - a CONSCIÊNCIA ONISAPIENTE - tornava-se nublada
ou encoberta e o ‘Divino Plano Cósmico’ da vida do indivíduo veio a
submergir. Foram-se embora a Perfeição e o domínio consciente da
humanidade sobre todas as formas, que ficaram ocultas e esquecidas daí
por diante.

“O homem passou a ter consciência sensorial em vez de
consciência Divina, e desse modo, a manifestar aquilo para que se
dirigia sua atenção e em que mais pensava. Deliberada e
conscientemente voltou as costas à Perfeição e ao Domínio de que fora
dotado pelo Pai, no princípio Criou suas próprias experiências de
penúria, limitação e discórdia de toda categoria. Identificou-se com a
parte em vez do todo e o resultado disso foi, naturalmente, a
imperfeição.

“Toda limitação da humanidade é o resultado do mau emprego que
o indivíduo faz do Atributo Divino do LIVRE ARBÍTRIO. Ele se obriga a
viver dentro de suas próprias criações até que, pela direta volição da
atividade externa da mente, olha de novo para trás, com toda a
consciência, para a sua origem Real - para DEUS, a GRANDE ORIGEM DE
TUDO. Quando isso ocorre, começa o homem a recordar Aquilo que foi um
dia, e que poderá ainda vir a ser - a qualquer tempo que decidir olhar,
uma vez mais, para a ‘Grande Cópia Cósmica’ de Si Mesmo.

Adeus amigos
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Jorge em 14 de Setembro de 2009, 17:30
Herdeiro de DEUS

Considerando-se a tua ascendência divina, já te destes conta de que és herdeiro de Deus?

Ele criou o Universo e a vida, enriqueceu a Sua Obra de sabedoria e beleza, colocando-te, por amor, como parte integrante dessas maravilhas e facultando-te fruí-las todas.

Por direito natural possuis tudo que é d'Ele, bastando somente que desenvolvas os dons em ti latentes, a fim de que possas desfrutar de toda essa opulência e grandeza.

Amado por Deus, és também herdeiro das idéias sublimes, que te proporcionam conquistar espaços, penetrar o mecanismo da vida e decifrar os enigmas desafiadores que te aguardam.

O teu dever é fazeres-te receptivo ao pensamento divino em tudo e em todos presente, de modo a captá-lo e pô-lo em ação à medida que o conquistes.

Dispões de todos os bens e poderes, que estão ao teu alcance. Todavia, são importantes, senão imprescindíveis para lográ-los, a confiança e a fé, bem como o esforço para desdobrares as capacidades adormecidas em ti, mediante as quais saberás usar esses tesouros com edificação e integridade.

Tudo que te falte, não é valioso, porquanto o essencial à vida é a sabedoria para conduzi-la, a fim de conseguires, não apenas coisas, senão lograres a plenitude e a abundância que o teu direito de herdeiro põe à tua disposição.

Se permaneces na infância espiritual não podes usufruir, por não saberes utilizar, de todos os bens; todavia, se adquires a maioridade, irás utilizando-te e felicitando-te com todos os tesouros da Criação, como filho de Deus, portanto, Seu herdeiro ditoso.



Autor: Joanna de Ângelis
Psicografia de Divaldo Franco  

------------------------------------------

Numa só palavra: Excelente!

Abraços fraternos.
Jorge
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 14 de Setembro de 2009, 19:03
        Jorge querido,
gostei tanto deste texto da nossa
querida dona Joanna de Ângelis,
que te presentearei com esta
música.

http://www.youtube.com/watch?v=2E860hClpxg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTJFODYwaENscHhn)


            Carinhos,


              Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: selmaramos em 14 de Setembro de 2009, 21:17
Boa Tarde a todos,

                             
Agradeço Nelson pelo seu esclarecimento, acho que é válido para todos. Então, pelo pouco que venho apreendendo e por não gostar de ficar com dúvidas a respeito de qualquer assunto, acredito que se falando em Deus e principalmente sobre sua natureza íntima, acredito que cada um de nós – assim como vc – percebe Deus do seu modo próprio de perceber,  e isto é muito relativo, incompleto, etc..., Como nas respostas da Gênese e do LE , q vc citou, evidencia maior não há, de que não podemos sequer imaginar o que, quem  ou como  Ele é exatamente (...Deus não se mostra, mas se revela pelas suas obras...) – em relação ao LE, na minha opinião, esta pergunta feita sobre se nos é dado o conhecimento da “natureza íntima” de Deus, eu penso penso e não consigo entender o sentido de “natureza íntima” colocado na pergunta, pois como responderam os espíritos que não temos o sentido para vê-lo até nos depurar-mos espiritualmente (e aí vai um longa e interminável estrada, até quando...? A lei da Evolução e Progresso tem alguma resposta?), aí então concluo que até um salto mais além neste entendimento, é muito pretensioso se pensar em conhecer a natureza íntima de Deus,  sendo que ou a resposta seria muito simples de responder, considerando que “Deus é eterno, imutável, imaterial, único, todo-poderoso, soberanamente justo e bom.” (Introdução do LE), ou a pergunta foi muito pretensiosa, nem precisaria ter sido feita...???. Percebi também a contribuição dos outros colegas  do forum, achei maravilhosso!!!
Abraço de Paz!
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 14 de Setembro de 2009, 21:52
         Selma querida,
as perguntas que fiz não são minhas, estão no livro A Gênese,
sob o título A Visão de Deus, quem as fez foi Kardec aos Espíritos,
não tive nehuma pretensão, quer dizer tive sim, a pretensão de estudar
em conjunto com os compenheiros do Fórum um capítulo deste livro,
não que não possa surgir respostas que sejam diferentes do referido
capítulo, claro que podem, estamos estudando, para sermos mais
esclarecidos.

         Agora, não posso deixar de propor um estudo só porque eu
ainda não tenho conhecimento, e a este estudo digo, que nossa visão
acerca de Deus é relativa a nossa compreensão, ao nosso crescimento,
intelectual e espiritual, então como você mesma disse é incompleta na
medida em que nossas possibilidades também as são.

         Agradeço a você pela contribuição dada, todos temos a nossa
própria visão de Deus e àquela da qual vimos estudando, enquanto
espíritas, assim como você sou apenas estudante, aprendiz desta
linda Doutrina que me tem tirado da escuridão da ignorância.

          
                  Da muito grata,


                     Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Vitor Santos em 15 de Setembro de 2009, 00:50
Olá Blue Soft

A "herança" vale a pena ouvir (e ver)!

Havia aqui um amigo no fóruum que dizia:

- Eu não sou o dono do mundo, mas sou filho do dono!

bem haja

Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: dim-dim em 15 de Setembro de 2009, 01:49
Olá

Um texto de SAINT GERMAIN " Lei do Amor"

“Amor e glorificação ao Grande Eu Interior e a atenção mantida
focalizada sobre a Verdade, a saúde, a liberdade, a paz, a fartura, ou
qualquer outra coisa que desejardes para correto uso, trarão à
manifestação para o vosso proveito e de vosso mundo — se com
persistência os conservardes em vossa consciência (pensamento e
sentimento). Isto é tão certo como existe uma Grande Lei de Atração
Magnética no Universo”.

“O pensamento construtivo e o sentimento harmonioso dentro da
mente e do corpo humano, são as atividades do Amor e da Ordem. Estes
permitem que a Perfeita Proporção e Velocidade dos elétrons dentro do
átomo se mantenham permanentes; desse modo, eles buscam o seu
caminho inteligentemente até o Grande Sol Central, para repolarizar-se
sempre que houver dispersão e perda da polaridade e enquanto for
mantida a duração do Alento de Deus dentro do seu núcleo — pela
Vontade da Inteligência Diretora Auto-Consciente, que utiliza o corpo no
qual eles existem. Desse modo, a qualidade de Perfeição e a manutenção
da Vida num corpo humano estão sempre sob o controle consciente da
Vontade do indivíduo que o ocupa.A Vontade do indivíduo é suprema com
relação ao seu templo e, mesmo em caso de acidente, ninguém deixa seu
corpo-templo enquanto não o quiser. Muitas vezes os padecimentos do
corpo, o medo, a incerteza e muitas outras coisas influenciam a
personalidade para mudar suas decisões, acerca do que decidiu no
passado, mas tudo o que acontece ao corpo está e estará sempre sob o
controle da livre vontade individual.

“Para compreender a explicação acima, concernente ao elétron e ao
controle consciente que o indivíduo tem para governar a estrutura atômica
do próprio corpo, através do seu pensamento e sentimento, deve
compreender o Princípio Uno que governa a forma por toda a Imensidade.
Quando o homem fizer o esforço necessário para provar isto a si mesmo,
ou dentro do seu próprio corpo atômico de carne, então tratará de se
dominar. Quando tiver feito isso, tudo no Universo será voluntário
cooperador seu, para realizar o que desejar através do Amor.

“Todo aquele que se faz voluntariamente obediente à ‘Lei do Amor’,
tem a Perfeição em sua mente e em seu mundo permanentemente
mantida. A ele e só a ele pertence Toda Autoridade e Mestria, Só ele tem o
direito de ordenar, porque aprendeu primeiro a obedecer. Quando tiver
conseguido a obediência da estrutura atômica dentro de sua própria mente
e corpo, toda a estrutura atômica fora de sua mente e de seu corpo
também lhe obedecerá.

“Assim, a humanidade, através do pensamento e do sentimento,
tem o poder — cada indivíduo dentro de si mesmo — de se elevar à maior
altura, ou submergir na maior profundeza. Cada um, por si só, determina
seu próprio caminho de experiência. Pelo controle consciente de sua
atenção, quanto àquilo que permite à própria mente aceitar, pode andar e
falar com Deus — Face a Face — ou, desviando-se de Deus, tornar-se
inferior aos animais, mergulhando sua consciência humana no mais
profundo esquecimento. Neste último caso, a Chama de Deus Dentro dele
se retira de sua habitação humana. Depois de eóns de tempo, ela tenta de
novo uma jornada humana no mundo da matéria física, até que a vitória
final seja alcançada conscientemente e por sua Livre Vontade”.

A Deus amigos
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Jorge em 15 de Setembro de 2009, 09:49
        Jorge querido,
gostei tanto deste texto da nossa
querida dona Joanna de Ângelis,
que te presentearei com esta
música.

Muito obrigado Blue soft,

Muito belo esse video-clip que parece até que foi inspirado na mensagem de Joanna  :)

Com carinho,
Jorge
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Gigii em 16 de Setembro de 2009, 11:58
Bom dia amigos

Deixo aqui um video muito interessante que lança algumas "luzes" sobre o tema...

Beijitos

[youtube=425,350]h-vpmlz7Sac[/youtube]
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Jorge em 16 de Setembro de 2009, 12:15
Deixo aqui um video muito interessante que lança algumas "luzes" sobre o tema...

Excelente amiga Gigii,

Obrigado por partilhares esse vídeo!  ;)

Jorge
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 16 de Setembro de 2009, 21:12
      Gigi querida,
sabe que venho lendo sobre a
sequência do Fibonacci e o
retângulo aurico, gostei muito
do vídeo.
       Talves, por esta razão
dizemos que vemos Deus em
todas as coisas. Pois em cada
uma delas tem sua marca exclusiva.


                Carinhos,

               Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: dim-dim em 17 de Setembro de 2009, 02:30
Olá

SOPHIA ANDRESEN

Chamo-Te porque tudo está ainda no princípio
E suportar é o tempo mais comprido.

Peço-Te que venhas e me dês a liberdade,
Que um só dos teus olhares me purifique e acabe.

Há muitas coisas que eu quero ver.

Peço-Te que sejas o presente.
Peço-Te que inundes tudo.
E que o teu reino antes do tempo venha.
E se derrame sobre a Terra
Em primavera feroz pricipitado.
*****

Sound of Silence e na mesma página o Condor passa
Simon & Garfunkel
http://www.youtube.com/watch?v=eZGWQauQOAQ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWVaR1dRYXVRT0FR)

E também Humanos com o Camané em adeus que me vou embora
http://www.youtube.com/watch?v=NCID3781Xcg&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5DSUQzNzgxWGNnJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

A DEUS AMIGOS
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: hcancela em 17 de Setembro de 2009, 10:48
Olá amigos(as)

O CÉU É DEUS

Antigamente,Senhor,eu me aproximava de ti como quem se achega a um PAI exterior.Tu eras meu amigo,Eu era Teu amigo.Esperava,assim,que daquela nossa camaradagem resulta-se o meu ingresso,depois da morte,em algum céu exterior onde eu seria regiamente compensado por amar-te. Eu não era ainda,Senhor,o filho prodìgio,mas o mais velho;aquele que tudo possuia,mas ignorava sua fortuna.Aquele que vivia em companhia do Pai,não pelo Pai,mas ao menos,por um cabritinho que lhe permitisse regozizar-se com os amigos. Mais tarde,Senhor, rolaram dentro de mim,as águas ìmpetuosas de uma arrasadora tempestade.Fui poderosamente abalado por ventos,relãmpagos e trovôes,até que compreendi que Tu não és um Senhor externo e longinquo,mas umPai interno e bom.Percebi,então,que não te buscava,esperando um céu de dentro para fora.Outrora Senhor,Tu eras Tu e eu era eu.Hoje,onde termino eu,onde começas Tu?Não sei e não me importa sâbê-lo.O que eu sei,Senhor,é que tu és o meu céu,e não me importa sabê-lo.Invades e premeias os céus e os "infernos"de todos os meus aquéns e aléns de fora.

SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Vitor Santos em 17 de Setembro de 2009, 10:56
Olá

Olha Deus pela sua obra grandiosa!
não vês o mar e o céu?
não vês os animais e as plantinhas?
Não vês o espaço gigantesco?
não te vês a ti mesmo?
Conheces alguém aqui no planeta
capaz de criar algo assim?
De nada podia sair um universo assim?
Então porque dúvidas?

para Deus todos são muito importantes
e todos têm as mesmas oportunidades.
E se falharmos temos sempre mais oportunidades.
E Deus envia-nos os seus trabalhadores espirituais
para nos amparar incessantemente.

E mesmo aqueles que nos tentam prejudicar
fazem parte da obra de Deus
É porque Deus quer que nós sejamos submetidos a provas,
que nos desenvolvem o coração e o intelecto.
Quer tb que aprendamos a perdoar.
No perdão está o segredo, podes crer...

bem hajam
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Jorge em 17 de Setembro de 2009, 10:58
Olá

Olha Deus pela sua obra grandiosa!
não vês o mar e o céu?
não vês os animais e as plantinhas?
Não vês o espaço gigantesco?
não te vês a ti mesmo?
Conheces alguém aqui no planeta
capaz de criar algo assim?
De nada podia sair um universo assim?
Então porque dúvidas?

para Deus todos são muito importantes
e todos têm as mesmas oportunidades.
E se falharmos temos sempre mais oportunidades.
E Deus envia-nos os seus trabalhadores espirituais
para nos amparar incessantemente.

E mesmo aqueles que nos tentam prejudicar
fazem parte da obra de Deus
É porque Deus quer que nós sejamos submetidos a provas,
que nos desenvolvem o coração e o intelecto.
Quer tb que aprendamos a perdoar.
No perdão está o segredo, podes crer...

bem hajam

Olá amigo Vitor,

Excelente, amigo!

É bom saber que existem pessoas como tu, à face deste atribulado planeta!

Grande abraço.
Jorge
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Vitor Santos em 17 de Setembro de 2009, 11:10
Ola

Citar
É bom saber que existem pessoas como tu, à face deste atribulado planeta!

obrigado pelo incentivo Mas acho que são os teus olhos é que só vêm o lado bom das pessoas, amigo Jorge.

bem hajas
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 17 de Setembro de 2009, 20:47
          Queridos amigo,
obrigada por nos tornar cúmplices
na maneira de ver Deus. Cada qual
com sua leitura, vivência e cultura
nos trouxe a sua visão de Deus.
         Não poderia deixar de notar
o belo poema do Vitor, a maneira
direta do amigo Hcancela, a sensibilidade
do Jorge e os lindos vídeos de dim-dim.
E todos nos apresentando a marca
que Deus deixou nos seus olhares,
a marca que Deus deixou em suas vidas
e a marca que Deus está deixando em seus
corações.


                     Carinhos,


                      Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: rwer em 19 de Outubro de 2009, 01:05
Bluezinha,

Adorei seu tópico e alguns comentários, principalmente o do HCancela.

Sim, eu vejo a Deus.  Sempre que quero, vejo-O.  Para tanto, imagino as figuras que me são mais queridas e divinas.  Por exemplo: o retrato falado de Maria de Nazareth, realizado por Emannuel, Chico Xavier e Vicente Avela.  

Acho ótimo "ver" a Divindade como mãe.  Talvez tenha mais simpatia por uma Deusa, mãe de amor e alegria, do que por um Deus Pai, de força e justiça.

Mas adoro sentir o Deus invisível, infinito, não manifesto.  É melhor do que tentar ver.

Uma das minhas imagens pra Deus é a de Ananda Moyi Ma (Mãe inundada de beatitude). Ela via a Deus, e vivia quase que em permanente êxtase (Samadhi).

"Muitos sentem a necessidade de criar um mundo novo e melhor. Em vez de permitir aos seus pensamentos que se demorem neste assunto, você deveria concentrar-se Naquele em Cuja contemplação há esperança de perfeita paz.  É dever do homem procurar Deus ou a Verdade."     Ananda Moyi Ma, no livro Autobiografia de um Iogue

(http://www.anandamayi.org/photos/Masc39.JPG)
Ananda Moyi Ma

Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 19 de Outubro de 2009, 02:19
          Ram querido,
eu conheci Deus e não no sentido de encontrá-lo
face-a-face, mas como quem sente que existe
alguém que nos ama e protege.
          Já Maria, foi diferente, não fui ensinada a crer
ou vê-la como especial, mas um dia vendo estes filmes
de final de ano, daqui do Brasil, com a história de Jesus,
mas, protagonizada por Maria, o filme, não era sobre
Jesus e sim sobre sua mãe, acho que o filme se chama
Maria, neste dia foi como se algo diferente me penetrasse,
como se um amor diferente me fosse apresentado.
           E era evangélica, imagina, depois deste dia me
senti, não sei explicar o que senti, mas foi como se a
vida me disse, "eis aí a sua mãe", sei que estas são palavras
do Mestre, mas me senti assim, como encontrando doçura,
amabilidade e ternura, quando lemos a Bíblia e sempre vemos
um ar de tranquilidade vindas dela, então, sim a amo não
como uma Deusa, mas como uma mãe, sim amigo mãe.
           Maria, ela me trouxe a Doutrina, não podia mais
ficar junto a uma crença que não aceita a mãe de Jesus,
como nossa, então pedi a Deus que me levasse a uma
fé que me dê a possibilidade de sentir este amor e doçura
e não precisar acreditar e decorar nomes de santos, encontrei
a Doutrina, foi assim, há 18 anos atráz.
            Menino, linda a sua crença em Deus, espero que, o
amor e a doçura de Maria te envolvam sempre.



                       Carinhos,


                         Blue Soft

P.S.Não conheço a Ananda Moyi Ma, mas sei que encontrou mas, uma
das marcas de Deus.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Vitor Santos em 19 de Outubro de 2009, 16:38
Olá Ram

A contemplação e a meditação só para interesse pessoal não chegam a Deus. São práticas interessantes mas egoistas.

Se a Ananda Moyi Ma, para além de viver em extase, leva Deus aos outros com o seu trabalho, o seu carinho, o seu amor, se ensina os outros com a sua sabedoria, então é uma mulher muito especial.

Se a Ananda Moyi Ma só vive para meditar e não contribuir de forma útil para a sociedade, estou convicto de que vai chegar ao mundo dos espiritos e apanhar uma enorme decepção.

Espero que a Ananda Moyi Ma esteja no primeiro caso. E se assim for dou graças a Deus por ela.

bem haja
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Mourarego em 19 de Outubro de 2009, 16:44
Este, mano Vitor, é também o meu pensamento!
Abraços,
Moura
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Jorge em 19 de Outubro de 2009, 17:14
Olá Ram

A contemplação e a meditação só para interesse pessoal não chegam a Deus. São práticas interessantes mas egoistas.

Se a Ananda Moyi Ma, para além de viver em extase, leva Deus aos outros com o seu trabalho, o seu carinho, o seu amor, se ensina os outros com a sua sabedoria, então é uma mulher muito especial.

Se a Ananda Moyi Ma só vive para meditar e não contribuir de forma útil para a sociedade, estou convicto de que vai chegar ao mundo dos espiritos e apanhar uma enorme decepção.

Espero que a Ananda Moyi Ma esteja no primeiro caso. E se assim for dou graças a Deus por ela.

bem haja

Ora aqui está o amigo Vitor no seu melhor  :D *

Eu também concordo plenamente com a grande clarividência do Vitor!

* Esta é de um teu admirador!

Abraços fraternos.
Jorge
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Atlante em 19 de Outubro de 2009, 17:21
Olá

Eu também concordo plenamente com o Vitor, neste pensamento.
Espero é que todos os que concordam tenham feito, na prática, o suficiente para poderem concordar.

Por exemplo tu, meu amigo Jorge, duvido que de braços cruzados como estás tenhas atingido essa condição. ::) ::) ::)

Atlante
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Jorge em 19 de Outubro de 2009, 17:29
Olá

Eu também concordo plenamente com o Vitor, neste pensamento.
Espero é que todos os que concordam tenham feito, na prática, o suficiente para poderem concordar.

Por exemplo tu, meu amigo Jorge, duvido que de braços cruzados como estás tenhas atingido essa condição. ::) ::) ::)

Atlante

Por entre montes, vales e planícies fui crescendo ...  :D

Agora deixa-me descansar um pouquinho, ó amigo Atlante  :D :D

Aquele abração.
Jorge
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 19 de Outubro de 2009, 17:44
Olá Ram

Se a Ananda Moyi Ma, para além de viver em extase, leva Deus aos outros com o seu trabalho, o seu carinho, o seu amor, se ensina os outros com a sua sabedoria, então é uma mulher muito especial.




                 Victor querido,
você tem toda razão, não adianta a contemplação
sem um objetivo, sem uma ação. ;)
                Acho que ela tem feito este exercício,
pelo menos para o nosso amigo Ram, pois despertou
nele alguma coisa, o fez ver  Deus...



                    Carinhos,


                      Blue Soft

P.S. Amigo, fico muito grata em vê-lo respondendo
aos tópicos, ainda mais iniciado por mim. :-* :-* :-*
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Mourarego em 19 de Outubro de 2009, 17:47
Mas é exactamente isso maninha Blue!
Jesus mesmo ensinou: "Faze por ti e o céu te ajudará"
abraços,
Moura
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Vitor Santos em 19 de Outubro de 2009, 23:35
Olá Blue

Citar
P.S. Amigo, fico muito grata em vê-lo respondendo
aos tópicos, ainda mais iniciado por mim.

Eu é que fico grato por este tema que é muito interessante e útil. A amiga sabe melhor que ninguém escolher temas importantes. Procura o que nos une em detrimento do que nos separa. E fala sempre de uma forma calma e meiga, sem deixar contudo de dizer o que pensa livremente.

A sua postura é de admirar e faz-me lembrar do tanto que eu ainda tenho para aprender em termos de relações humanas, de paciência, de calma e de amor pelo próximo.

Que Deus a abençõe e que a deixe continuar por aqui a tentar aproximar-nos a todos e a chamar a atenção para o que é o mais importante.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Mourarego em 20 de Outubro de 2009, 16:01
Sabe Vitor,
não sou daqueles que vive a rasgar seda, você bem o sabe.
Mais das vezes torno-me chato chamar a atenção dos meus amigos daqui para o estudo sério e sem tendenciosismos, da obra básica.
Isso chateia a muitos, mas de outra forma recebo também muitos emails concitando-me a continuar na mesma e me agradecendo pelo que faço.
Um dia porém conheci, pela escrita, uma pessoa que a sei iluminada.
Tranquila, boa de tendencias, que transmite calma e conhecimento como um dia eu sei que vou conseguir fazer.
Esta é a minha maninha Blue.
Falo de inteligência e sentimento meu mano, e isso ela nos ensina a cada post que responde ou cria.
Gosto de todos aqui e tenho-os como família, por isso não me furto em falar mais forte, como se faz com irmãos ou primos. Mas pela Blue, eu sinto um misto de alegria, orgulho e inveja. Uma dia, quem sabe, vou achar o caminho que sei que ela já trilhou e me fazer quase que como ela o é, até contudo, vou tentar me segurar mais um cadinho, me espelhando nela.
Abraços,
Moura
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 20 de Outubro de 2009, 18:39
Olá Blue

Citar
P.S. Amigo, fico muito grata em vê-lo respondendo
aos tópicos, ainda mais iniciado por mim.

Eu é que fico grato por este tema que é muito interessante e útil. A amiga sabe melhor que ninguém escolher temas importantes. Procura o que nos une em detrimento do que nos separa. E fala sempre de uma forma calma e meiga, sem deixar contudo de dizer o que pensa livremente.

A sua postura é de admirar e faz-me lembrar do tanto que eu ainda tenho para aprender em termos de relações humanas, de paciência, de calma e de amor pelo próximo.

Que Deus a abençõe e que a deixe continuar por aqui a tentar aproximar-nos a todos e a chamar a atenção para o que é o mais importante.


                    Vitor querido,
não sou assim tão calma e nem tão meiga, mas os seus
olhos amorosos e doces, que me veem desta maneira,
obrigada pelo carinho e pelas palavras tão amáveis, que
me dirige.


                   
                    Carinhos,

                 

                     Blue Soft



P.S. Amigo, vou te segredar uma coisa, sou chorona :'( :'( :'( :'(
Mas, você é uma marca de Deus em minha vida.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 20 de Outubro de 2009, 18:57
Sabe Vitor,
não sou daqueles que vive a rasgar seda, você bem o sabe.
Mais das vezes torno-me chato chamar a atenção dos meus amigos daqui para o estudo sério e sem tendenciosismos, da obra básica.
Isso chateia a muitos, mas de outra forma recebo também muitos emails concitando-me a continuar na mesma e me agradecendo pelo que faço.
Um dia porém conheci, pela escrita, uma pessoa que a sei iluminada.
Tranquila, boa de tendencias, que transmite calma e conhecimento como um dia eu sei que vou conseguir fazer.
Esta é a minha maninha Blue.
Falo de inteligência e sentimento meu mano, e isso ela nos ensina a cada post que responde ou cria.
Gosto de todos aqui e tenho-os como família, por isso não me furto em falar mais forte, como se faz com irmãos ou primos. Mas pela Blue, eu sinto um misto de alegria, orgulho e inveja. Uma dia, quem sabe, vou achar o caminho que sei que ela já trilhou e me fazer quase que como ela o é, até contudo, vou tentar me segurar mais um cadinho, me espelhando nela.
Abraços,
Moura



                   Moura querido,
eu lhe estimo, pelo vigor e vontade de nos
fazer compreender a necessidade do estudo e
a sua importância, não poderia deixar de anotar
isto.
                   Menino, desta maneira, vou ficar
encabulada, não sou e não sirvo de espelho a
ninguém, sou apenas uma estudante da Doutrina,
esperando andar corretamente, e desta maneira
vou ficar fascinada, agora só as orações de nosso
Vitor vão me fazer melhorar.


                    Carinhos,


                       Da sempre grata
                       
                            e muito emocionada :'(



                       Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: hcancela em 20 de Outubro de 2009, 19:26
Olá amigos(as)

De facto a fé sem obras é oca (vazia).

A meditação é um acto de auto-conhecimento pessoal(conhece-te a ti mesmo)para tratares os outros melhor, enfim; deve ser de amor e paz com o mundo que nos rodeia.
Desta feita percebemos melhor os nossos defeitos, sem ter tempo para ver os defeitos dos outros.


SAUDAÇÕES FRATERNAS

Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Mourarego em 20 de Outubro de 2009, 19:39
Eu me lembro de ter lido, acredito que numa das mensagens do Chico, que todos nós deveríamos colocar um espelho na mochila daquele que nos vai a frente.,
Chico dizia que cada um de nós viajores, trilhamos nosso caminho carregando uma mochila onde depositamos nossos acertos e erros.
Acontece que sempre nos esquecemos de olhar a nossa moichila na parte onde estão os erros cometidos mas como geralmente colocamos essa parte naquele bolso que fica na parte mais exterior da mochila, aquele que vem atrás de nós os vê com facilidade.
Como queremos sempre esquecer nossos erros, geralmente vamos ver os erros do outro. e se na mochila dele tivesse um espelho veríamos os nosso próprios erros e assim os consertaríamos mais depressa.
A idéia é interessante não é mesmo?
Abraços,
Moura
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: hcancela em 21 de Outubro de 2009, 09:28
Olá amigos(as)

A migo Moura ,na mesma sequência ;D lembro umas palavras(penso que foi o Dalai Lama)que disse, mais ou menos assim?

"Damos tanto valor a nós mesmo, que se na nossa hora da (morte)nos fosse dado a ver a nossa vida através de um espelho, tenho a certeza que não veríamos assim tantos motivos de orgulho, para nos vangloriarmos das nossas proezas."


SAUDAÇÕES FRATERNAS

Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Mourarego em 21 de Outubro de 2009, 17:12
Olá amigos(as)

A migo Moura ,na mesma sequência ;D lembro umas palavras(penso que foi o Dalai Lama)que disse, mais ou menos assim?

"Damos tanto valor a nós mesmo, que se na nossa hora da (morte)nos fosse dado a ver a nossa vida através de um espelho, tenho a certeza que não veríamos assim tantos motivos de orgulho, para nos vangloriarmos das nossas proezas."


SAUDAÇÕES FRATERNAS



É verdade mano Cancela, eu também apoio essa citação.
Abração,
moura
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: rwer em 22 de Outubro de 2009, 00:54
Bluezinha, lindinha,

Foi um prazer participar do seu tópico.  Olha que nunca o tinha visto antes, ou já teria chegado no começo.

Querida, deixe-me esclarecer uma coisa:  não adoro Maria Santíssima como se Deus fosse (embora Ela, você e eu sejamos Deus).  Apenas "peço emprestada" a sua divina imagem, quando quero personalizar a Divindade.  

O mesmo se dá com a santíssima Ananda Moyi Ma.  Seu nome de família era Nirmala Devi. Nasceu na Índia, em 1896.  Desencarnou em 1982.  Durante sua passagem pela Terra, conduziu milhões de almas para Deus.  Sempre em comunhão com o Pai, sua presença transformou populações.  Curava, abençoava, cheia da Divina Alegria. E hoje tem mais devotos do que quando encarnada.  

Meninos, não teçam comentários sobre o que não conhecem. ;)

Hare, Jesus.   Viva, Krishna.

(http://www.anandamayi.org/photos/pics/255.jpg)
Ananda Moyi Ma,  a Mãe Saturada de Beatitude
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Mourarego em 22 de Outubro de 2009, 15:15
Qual a divindade de Maria, mano Ram wer, segundo a doutrina?
O mesmo se dá para com esta senhora que o amigo nos trás.
Abraços,
Moura
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 22 de Outubro de 2009, 16:26
Olá blue soft. "Como vemos Deus?" - essa é a sua pergunta e pede aos demais suas opiniões.
Bom, quando a gente era criança, víamos ele como  o velho de barbas brancas  não  é mesmo?? rsrsrs
Acho que hoje, eu vejo Deus, como  os filósofo naturais o viam (do ponto de vista físico): Deus é "matéria pensante" (Descartes). Deus é a inteligência suprema e tem um corpo físico, que é o Éter (Newton, Henry More). Natura naturans - a natureza da natureza, em Spinoza. Anima mundi - Alma do Mundo, em Platão; Espírito da Natureza, em Henry More.
Mas tudo isso seria o "corpo de Deus", ou seja, o FCU, e não o próprio Deus. Do ponto de vista da conceituação, Deus é o dogma religioso por excelência, uma vez que sua existência jamais será provada pela ciência.
E no dizer de Aristóteles e Tomás de Aquino, Deus é o "motor imóvel", a causa primeira de todas as coisas.

bjos,

Renato
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 22 de Outubro de 2009, 18:55
         Olá para você também, Aldebaran,
na verdade, quando iniciei este tópico,
tinha como objetivo de um capítulo d'A Gênese,
o II, itens entre 31 e 37- A visão de Deus .
        Porque, a pergunta, pois sempre a fazemos,
mesmo que intimamente, então, como estudiosa,
a proposta só poderia ser dentro daquilo que temos
como básico, que é uma das obras de Kardec.
       Assim sendo, obrigada pela colaboração,
sim temos todos uma visão de Deus e um dia,
mais cedo ou mais tarde, compreenderemos esta
inteligencia suprema em nossas vidas.



                 Abraços fraternos,


                       Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 22 de Outubro de 2009, 21:26
A compreensão  de Deus é inacessível ao entendimento humano. Quando alguém faz uma prece e diz "oh! meu Deus, obrigado, me ajude etc e tal", quem está ouvindo essa prece são os Espíritos, e não que ela chegue diretamente a Deus.

O que eu penso é isso, mas vou reler esse trecho de A Gênese, para poder penetrar na essência daquilo que você quis enfatizar com o seu profícuo e interessante tópico.

beijinhos  azuis ....  :)

Renato
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: rwer em 25 de Outubro de 2009, 15:24
Bluezinha e amigos,

Ananda Moyi Ma disse:

"Muitos sentem a necessidade de criar um mundo novo e melhor. Em vez de permitir aos seus pensamentos que se demorem neste assunto, você deveria concentrar-se Naquele em Cuja contemplação há esperança de perfeita paz.  É dever do homem procurar Deus ou a Verdade."

O amigo Vitor Santos argumentou (19 de Outubro de 2009, 16:38):

"A contemplação e a meditação só para interesse pessoal não chegam a Deus. São práticas interessantes mas egoístas.  Se a Ananda Moyi Ma, para além de viver em êxtase, leva Deus aos outros com o seu trabalho, o seu carinho, o seu amor, se ensina os outros com a sua sabedoria, então é uma mulher muito especial." (...)

É claro, querido Vitor, que uma Alma realizada em Deus sabe muito bem o que fazer (ou não fazer) para cumprir sua missão na Terra. E não há meditação ou contemplação pra "interesse pessoal".  Pessoas não podem meditar.  É algo impessoal, tem a ver com comunhão.

E ouçamos Jesus, segundo São Lucas (10:38-42):

"Ora, quando iam de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa.  Tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, sentando-se aos pés do Senhor, ouvia a sua palavra.

"Marta, porém, andava preocupada com muito serviço; e aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá que minha irmã me tenha deixado a servir sozinha? Dize-lhe, pois, que me ajude. Respondeu-lhe o Senhor:

"Marta, Marta, estás ansiosa e perturbada com muitas coisas; entretanto poucas são necessárias, ou mesmo uma só; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada".
(Tradução de João Ferreira de Almeida)

E quanto à sua pergunta, mano Moura, sobre qual seria a divindade de Maria Santíssima e Ananda Moyi Ma segundo a D.E…. Imagino que você gostaria que eu cometesse o risível mau gosto de tentar enquadrar duas Almas santas naquela "tabelinha" de classificação. Que nem um canibal analisando Francisco de Assis segundo peso, carnadura, tempo de cozimento... :D

Não, querido Moura, não caio nessa. ;)

Abraços, RW
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Vitor Santos em 25 de Outubro de 2009, 16:02
Olá Ram

Citar
É claro, querido Vitor, que uma Alma realizada em Deus sabe muito bem o que fazer (ou não fazer) para cumprir sua missão na Terra. E não há meditação ou contemplação pra "interesse pessoal".  Pessoas não podem meditar.  É algo impessoal, tem a ver com comunhão.

Penso que compreendi, amigo.

Ananda Moyi Ma vive já permanentemente num estado de espirito de emancipação parcial da alma, e viver permanentemente nesse estado nunca pode ser egoísta, porque implica elevação moral. Compreendi bem?

bem haja
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: MongeShaolin em 25 de Outubro de 2009, 16:33
Saudações,
Em poucas palavras, não vemos, sentimos!
pois querer ver Deus, é querer colocar uma imagem Nele.
Deus não tem forma!

Abraços.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Vitor Santos em 25 de Outubro de 2009, 16:59
Olá Thiago

Na minha experiência pessoal, nem vejo, nem sinto Deus. Apenas imagino as consequências da sua infinita bondade, o que me aquece o coração.

Também me parece lógica (aceito racionalmente) a definição dos espiritos: Não há causa sem efeito. Se o universo foi criado, alguma entidade inteligente que já existia, o criou. Ora a ciência confirma que o universo foi criado (teoria do Big Bang), logo parece-me pensar que existiu uma entidade criadora.

Se Deus é a causa primeira, ninguém o criou a Ele, por muito que isso nos custe entender.

Não me parece é nada lógico pensar que de nada possa ter saido o universo, sem uma intervenção externa e inteligente e capaz de criar, ou seja Deus (como Ele criou o universo, isso não sei explicar, óbviamente).

Uma coisa é Deus, a Inteligência Suprema criar algo de nada, outra é a matéria criar-se a si própria, partindo de nada.

Mas isto é tão complicado que eu até me baralho todo a mim próprio quando penso nestas coisas. Vai muito além da minha capacidade de entender. Nem consigo sequer imaginar-me a perceber isso. O que digo são especulações minhas. Mas que o meu coração sabe que Deus existe, ai isso sabe!

bem haja
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: MarcoALSilva em 25 de Outubro de 2009, 18:23

Há quem diga que o todo universal (com TODAS as suas dimensões) constituem o corpo de Deus. O que entendemos como a essência de Deus, seria o Espírito desse corpo.

Há quem diga, também, que a Natureza tem perfeições porque é a imagem de Deus; e tem imperfeições também porque é apenas a imagem de Deus.

Conceituar o Ser que É mesmo antes de todo o ser constitui, convenhamos, tarefa inócua. Não há expressões em idioma algum (e vejam que o nosso é riquíssimo) que possam ajustar o pensamento a definições desse jaez.


Concordo com o Renato.

Seja qual for o conceito que alguém tenha de Deus, a atitude de buscar contato (comunhão) com a Divindade deflagrará fenômenos tão-somente com a estatura que nossa condição evolutiva permite.

Mas fiquemos felizes!  ;)

É reconfortante saber que há prepostos do Pai em todos os níveis.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Vitor Santos em 25 de Outubro de 2009, 19:01
Olá

Citar
Mas fiquemos felizes!

É reconfortante saber que há prepostos do Pai em todos os níveis

É mesmo reconfortante amigo.

Nós não somos donos do universo, mas saber que somos filhos do dono já não é mau.

bem haja
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 25 de Outubro de 2009, 20:26
Filósofos Naturais como Galileu,  Kepler, Huygens e Newton entre outros diziam que "Deus  possui os arquétipo matemáticos de tudo o que existe". Galileu dizia que o Universo está escrito e caracteres matemáticos, logo, estudar a Natureza é ler o livro de Deus - todo escrito com caracteres matemáticos". Para Newton o Espaço Absoluto é o corpo de Deus, e tudo o mais que está no Espaço relativo, se move no Corpo de Deus. Para Newton e Henry More, a partir do corpo de Deus encontramos os aquétipos para as coisas do mundo material, idéia essa já existente em Platão. Antoine Mesmer acreditava que esse fluido cósmico (corpo de Deus), era o mesmo que estruturava os astros e tinha ao mesmo tempo poderes curativos. E Allan Kardec retoma os antigos para dizer que Deus é a inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas. Bom, isso do ponto de vista matemático e físico não é?
E do ponto de vista psicológico ou pessoal; ou ainda moral?? costumamos criar Deus à nossa imagem e semelhança. Do ponto de vista da razão é normal criar Deus à imagem e semelhança da razão, como fez Descartes. E retomando Kardec, "É possível ao homem compreender Deus?" Resposta: "Não, lhe falta sentidos para isso.

abçs ,


Renato
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: MongeShaolin em 25 de Outubro de 2009, 20:59
Saudações,
este assunto acaba-se tornando muito complexo,
como pode o finito compreender o infinito?

Abraços.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 25 de Outubro de 2009, 21:06
Saudações,
este assunto acaba-se tornando muito complexo,
como pode o finito compreender o infinito?
Abraços.

Por causa da razão. A matemática concebe números infinitos... concebe n dimensões, quando sabemos  que existem  3 ou 4.
Acho que Descartes  nos mostrou uma coisa: Penso, logo Deus existe, ou seja, Deus só existe porque a nossa razão pode concebê-lo, e é por isso que um animal não  pode conceber Deus.
Nesse sentido,  não nos é difícil imaginar o infinito.

abçs

Renato
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: dim-dim em 25 de Outubro de 2009, 21:22

Olá amigos gosto do vosso diálogo.


Mas, o animal não se fracionou como nós por isso é Infinito, Deus.

Tal como nós que temos a ilusão da parte quando só existe o todo, o Infinito Deus.


Namasté
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: MongeShaolin em 25 de Outubro de 2009, 21:56
Saudações,
este assunto acaba-se tornando muito complexo,
como pode o finito compreender o infinito?
Abraços.


Nesse sentido,  não nos é difícil imaginar o infinito.

abçs

Renato



Pois é amigo Renato,imaginar é uma coisa,compreender é outra!
Como o universo, até hoje imaginam, mas não sabem de seu tamanho.

Abraços.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 25 de Outubro de 2009, 23:13
Olá, o tamanho do Universo de matéria luminosa ou vísivel, é de 13,7 bilhões de anos-luz. Sabemos disso - e não imaginamos - pelo cálculo da "Fuga das galáxias" de Hubble, em 1929, e também pela "radiação cósmica de fundo", descoberta acidentalmente por Arno Penzias e Robert Wilson, quando testavam aparelhos captadores de radiações e ondas, e com isso, foi descoberto o rádio-telescópio.

Quanto a questão de Deus, é apenas  um dogma. Mas é um dogma que historicamente, fora das religiões, foi trabalhada de maneira a se encontrar uma lógica para ele, sobretudo em Tomás de Aquino que, não sei porque cargas d'água, não se faz menção a ele nas Obras  Básicas - talvez por ele ter defendido a igreja?? não sei...

Mas a questão "como vemos Deus" é bastante interessante: é verdade que só o Espiritismo pôde resgatar a visão que se tinham de Deus antes do século XIX, mas, mesmo antes dele, essa visão foi pertencente à ciência e não à religião. Quando falo em Aristóteles, Tomás de AQuino e Spinosa, estou falando de Filosofia e não de religião.

abçs .

Renato

Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: MongeShaolin em 25 de Outubro de 2009, 23:52
Olá, o tamanho do Universo de matéria luminosa ou vísivel, é de 13,7 bilhões de anos-luz. Sabemos disso - e não imaginamos - pelo cálculo da "Fuga das galáxias" de Hubble, em 1929, e também pela "radiação cósmica de fundo", descoberta acidentalmente por Arno Penzias e Robert Wilson, quando testavam aparelhos captadores de radiações e ondas, e com isso, foi descoberto o rádio-telescópio.

Renato



Amigo Renato, obrigado pela explicação,e aproveitando a oportunidade,confesso que sou leigo quanto ao tamanho do universo, e fugindo
apenas por um instante do tema principal, só gostaria de perguntar:
Se sabe-se da parte visivel, significa que tem a invisivel?
E se por um instante fosse declarado que o universo tenha o tamanho X, e depois dele,
o que seria?

Deus Pague,
Abraços.
 
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 26 de Outubro de 2009, 00:03
Olá Tiago. Tem a invisível sim. Chama-se matéria-escura e energia-escura. A primeira surgiu em 1993 (é uma teoria apenas) para explicar porque as estrelas do halo de um disco galáctico giram de tal forma que não escapam à força gravitacional do sistema?? Depois dividiram Matéria escura em bariônica - formadas por micro-partículas como bárions, neutrino e outras e não-bariônica, formada por buracos-negros, estrelas  anãs marrons e etc.
Já a energia escura (não existe propriamente, é teórica tbm), foi "criada" para explicar a questão da Conservação da Energia. Se  o Universo explodiu há 13,7bilhoes de anos, de um minúsculo ponto de matéria, da ordem de 10x -23 (elevado à), e toda a matéria foi tranformada em galáxias, e se ele foi criado do nada, aonde está essa matéria que lhe repõe a energia consumida? Resposta: com a matéria-escura.

Assim sendo, o nosso Universo visível (visível quer dizer não só aquilo que vemos, mas aquilo que é detectável por instrumentos, como os raios X p/ ex.) é de apenas 0,4% de matéria[/u] o restante é de matéria e energia escura. (mas nunca foram observadas essas matéria e energia escura) .

abçs


Renato  
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 26 de Outubro de 2009, 00:46
             Companheiros,
Dim-dim, Thiago e Aldebaran,
obrigada pela contribuição de
vocês neste tópico.
            Como disse antes,
o objetivo deste tópico era
o estudo do capítulo II do
livro A Gêneses. Espero que
com isso todos tenham feito
sua compreensão deste tema.


               Abraços fraternos,


                   Blue Soft
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 26 de Outubro de 2009, 01:26
Olá blue, o capítulo II é fantástico mesmo. Ele é um capítulo de Teologia Espírita:
24. - Seja ou não assim no que concerne ao pensamento de Deus, isto é, quer o pensamento de Deus atue diretamente, quer por intermédio de um fluido, para facilitarmos a compreensão à nossa inteligência, figuremo-lo sob a forma concreta de um fluido inteligente que enche o universo infinito e penetra todas as partes da criação: a Natureza inteira mergulhada no fluido divino. Ora, em virtude do princípio de que as partes de um todo são da mesma natureza e têm as mesmas propriedades que ele, cada átomo desse fluido, se assim nos podemos exprimir, possuindo o pensamento, isto é, os atributos essenciais da Divindade e estando o mesmo fluido em toda parte, tudo está submetido à sua ação inteligente, à sua previdência, à sua solicitude. Nenhum ser haverá, por mais ínfimo que o suponhamos, que não esteja saturado dele. Achamo-nos então, constantemente, em presença da Divindade; nenhuma das nossas ações lhe podemos subtrair ao olhar; o nosso pensamento está em contacto ininterrupto com o seu pensamento, havendo, pois, razão para dizer-se que Deus vê os mais profundos refolhos do nosso coração. Estamos nele, como ele está em nós, segundo a palavra do Cristo.
Para estender a sua solicitude a todas as criaturas, não precisa Deus lançar o olhar do Alto da imensidade. As nossas preces, para que ele as ouça, não precisam transpor o espaço, nem ser ditas com voz retumbante, pois que, estando de contínuo ao nosso lado, os nossos pensamentos repercutem nele. Os nossos pensamentos são como os sons de um sino, que fazem vibrar todas as moléculas do ar ambiente./b]
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 26 de Outubro de 2009, 01:32
Esse íten 24, do cap II de A Gênese é uma prova da Onipresença e Onisciência de Deus. Mas ela não é nova, já tinha sido demonstrada por Leibniz através da teoria das "Mônadas primordiais", (ver A Monadologia, Leibniz, col. Os Pensadores), e, ainda que Henry More seja anti-cartesiano, e portanto contra Leibniz, ele também irá provar a onisciência e a onipotênica de Deus pelo Espírito da Natureza, que seria propriamente o FCU.

Até aí, não há nenhuma revelação. Mas, no meu caso, primeiro eu li A Gênese, e depois fui aprender isso em outros autores. E com isso aprendemos um pouco de tudo com o Espiritismo: Teologia, Astronomia, História, Física, Gramática, Geologia, Arqueologia, Antropologia e Psicologia.   ;)
 
abçs,

Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Blue soft em 26 de Outubro de 2009, 01:41
Olá blue, o capítulo II é fantástico mesmo. Ele é um capítulo de Teologia Espírita:
24. - Seja ou não assim no que concerne ao pensamento de Deus, isto é, quer o pensamento de Deus atue diretamente, quer por intermédio de um fluido, para facilitarmos a compreensão à nossa inteligência, figuremo-lo sob a forma concreta de um fluido inteligente que enche o universo infinito e penetra todas as partes da criação: a Natureza inteira mergulhada no fluido divino. Ora, em virtude do princípio de que as partes de um todo são da mesma natureza e têm as mesmas propriedades que ele, cada átomo desse fluido, se assim nos podemos exprimir, possuindo o pensamento, isto é, os atributos essenciais da Divindade e estando o mesmo fluido em toda parte, tudo está submetido à sua ação inteligente, à sua previdência, à sua solicitude. Nenhum ser haverá, por mais ínfimo que o suponhamos, que não esteja saturado dele. Achamo-nos então, constantemente, em presença da Divindade; nenhuma das nossas ações lhe podemos subtrair ao olhar; o nosso pensamento está em contacto ininterrupto com o seu pensamento, havendo, pois, razão para dizer-se que Deus vê os mais profundos refolhos do nosso coração. Estamos nele, como ele está em nós, segundo a palavra do Cristo.
Para estender a sua solicitude a todas as criaturas, não precisa Deus lançar o olhar do Alto da imensidade. As nossas preces, para que ele as ouça, não precisam transpor o espaço, nem ser ditas com voz retumbante, pois que, estando de contínuo ao nosso lado, os nossos pensamentos repercutem nele. Os nossos pensamentos são como os sons de um sino, que fazem vibrar todas as moléculas do ar ambiente./b]


               Aldebaran,
e não é especial, não é maravilhoso
percebermos que a Doutrina que seguimos
nos dá a possibilidade de ver Deus desta
maneira, como se tudo, como não, tudo
a nossa volta transpira esse Deus, e esse
ser, o Deus da minha crença, nada de
barba grande, nada de trono, nada de ilusão,
uma Divindade que está conosco, que sabe
o que estamos sentindo e o que se passa em
nosso íntimo sem precisarmos dar sinal algum.
                Para mim, esta é a visão de Deus
e um dia poderei vê-lo, pois ascenderei aos
páramos de luz, de progresso moral que me
levará a este ser, enquanto não acontece vou
caminhando com meus pequenos passos.



                   Abraços fraternos,



                         Blue Soft



P.S. Agora basta dar uma lida no que resta do capítulo e
encontrar o item a Visão de Deus.... ;) ;D

              Brincadeirinha ;D
    
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: MongeShaolin em 26 de Outubro de 2009, 01:45
Saudações,
valeu pela explicação Renato.

Abraços.
Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Suelen em 26 de Outubro de 2009, 02:03
Oi Blue!

Como vejo Deus! Perguntinha difícil, não?!

Dentro dos escritos de Kardec "Deus não se mostra, mas se revela pelas suas obras".

Mas eu sinto a presença Dele na minha vida, nos momentos de instrospecção, sinto a sua Presença podendo ser de um emoção gratificante até um vento suave no rosto, sei que Ele está ali, pertinho, me confortando, me orientando, me esclarecendo, sinto Paz, tenho certeza que vem Dele. Me emociono quando tenho esse encontro. Essa é a minha forma de estar com Ele.

Deixo um pps, com carinho!

Abraço fraterno e muita paz!

Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 26 de Outubro de 2009, 02:19
Citar
blue soft: P.S. Agora basta dar uma lida no que resta do capítulo e
encontrar o item a Visão de Deus....   

oi blue, eu li lá "a visão de Deus", muito lindo. Foi bom vc relembrar esse capítulo, porque ele é dos meus preferidos de "A Gênese". Eu acho que a teologia espirita está ali.

bjinhos,

Renato

Título: Re: Como vemos Deus?
Enviado por: Aldebaran em 26 de Outubro de 2009, 02:24
Saudações,
valeu pela explicação Renato.

Abraços.

Por nada, Thiago.  Na verdade foi uma explicação bem tosca. Mas se quiser saber mais sobre matéria e energia escura um bom site é o da UFRGS, dos profs, Kepler e Ana.
Dê uma olhada nesse link http://www.if.ufrgs.br/ast/ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5pZi51ZnJncy5ici9hc3Qv)

abçs

REnato